[Crítica] Território Lovecraft - HBO

domingo, 20 de setembro de 2020

 


Lançamento: 2020
Duração 60min
Gênero: Drama, Terror, Fantasia
Direção: Misha Green, Jordan Peele
Elenco: Jurnee Smollett-Bell, Jonathan Majors, Aunjanue Ellis
Canal original: HBO

Sinopse: Chicago, 1954. Atticus Turner (Jonathan Majors) é um veterano do exército que vê sua vida mudar quando seu pai desaparece misteriosamente. Decidido a encontrá-lo, o jovem embarca numa viagem de carro ao lado do tio George (Courtney B. Vance) e da amiga de infância Letitia (Jurnee Smollett), mas a jornada logo se revela muito mais perigosa do que eles esperavam.


Território Lovecraft vai ao ar todo o domingo às 22:00 na HBO. A trama conta as histórias de um autor racista, aterrorizando negros durante a época mais sombria da história racista americana, os anos 50.
Acompanhamos os amigos Atticus e Letitia (Leti) em muitas aventuras macabras por diversos lugares dos EUA, onde a luta contra os monstros sejam humanos ou não é contínua, rendendo muita euforia, apreensão e expectativa por parte dos expectadores em cada episódio.

A trama é recheada de mistério e situações sobrenaturais, mas o que mais me atrai nesta série é a retratação nua e crua do forte racismo que infelizmente está ainda muito enraizado na cultura americana.
O primeiro episódio foi sensacional, mas a partir daí tivemos alguns altos e baixos, mesmo assim, a série está valendo muito a pena e recomendo assistir!

[Primeiras Impressões] Jackpot - Nic Stone - The Gift Box Editora

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

 

JACKPOT 
Autora: Nic Stone
Editora: The Gift Box
Pré-Venda com brinde no Site da Editora: https://bit.ly/32uANoU


JACKPOT
Conheça Rico: estudante do Ensino Médio e caixa do turno da tarde em um posto de gasolina, que depois da escola e do trabalho, corre para casa para tomar conta do irmão mais novo. Todo. Santo. Dia.
Quando Rico vende um bilhete premiado de loteria, ela acha que talvez, sua sorte finalmente mude, mas apenas se — com alguma ajuda de Zan, seu colega de classe insanamente rico e popular — puder encontrar a dona do bilhete, que não apareceu para buscar o prêmio. Mas o que acontece quando os que têm e os que não têm se encontram? Essa dupla de investigação irá se unir... ou se dividir?
Nic Stone, autora best-seller do New York Times com "Cartas Para Martin" e "Odd One Out", criou dois personagens inesquecíveis em uma história contundente sobre classe, privilégio, dinheiro — seja ele de mais ou de menos — e como fazer sua própria sorte.


Nic Stone

Nic Stone é autora best-seller do New York Times e finalista do prêmio William C. Morris com os livros "Cartas Para Martin" e "Odd One Out". Jackpot, seu terceiro livro, é uma história de vida sobre a humanidade das pessoas, não importa se há muito ou pouco em suas contas bancárias.
Ela vive em Atlanta com sua pequena família adorável.


Oi Gente como estão?
Hoje venho trazer minhas primeiras impressões quanto a este livro incrível e com certeza muito esperado!

Em Jackpot conhecemos a adolescente Rico, uma menina negra, de classe baixa e que desde cedo já conhece a responsabilidade e a necessidade de contribuir para o sustento da família, assim, tendo que fazer muitos malabarismos com a escola e outras atribuições, já é um membro produtivo da sociedade, trabalhando em uma loja de conveniências. As reviravoltas começam quanto Rico vende um bilhete premiado e acaba recrutando Zan o playboyzinho da escola para lhe ajudar a encontrar a ganhadora.


[LANÇAMENTO] Tudo de Mim - Evelyn Santana

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

 


Sinopse: Um coração destroçado pode reaprender a amar?

Lorena pensou que já havia recebido o pior golpe que a vida poderia lhe dar, mas descobrir que seu noivo teria um filho, fruto de uma traição, foi o que de fato fez com que seu mundo virasse de cabeça para baixo. Prestes a realizar seu maior sonho, ela viu sua vida aparentemente perfeita desmoronar e assistiu, impassível, à sua felicidade ser arrancada de suas mãos outra vez, obrigando-a a tentar um recomeço improvável.

Vincent não tinha a pretensão de se apaixonar. Focado demais em sua carreira e em ser o melhor pai possível para a pequena Juliet, não havia espaço em sua agenda para relacionamentos. No entanto, quando Lorena surge em seu caminho como a solução perfeita para os seus problemas, Vincent acaba descobrindo que talvez seja fácil demais se apaixonar por ela.


Garanta o seu e-Book grátis: https://amzn.to/2GFfYP1

::: SCOOBY! O FILME ganha exibição nos cinemas a partir desta quinta, 10 :::

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

 


Animação com aventuras do Scooby-Doo e seus amigos entra em cartaz em circuito drive-in e complexos em funcionamento de acordo com liberação de órgãos responsáveis

Aventura e mistério podem ser encontrados em cinemas selecionados e circuitos drive-in do Brasil a partir desta quinta-feira (10), com a chegada de SCOOBY! O Filme. Após ser lançado pela Warner Bros. Home Entertainment, por meio das plataformas de vídeo on demand, o longa-metragem de animação do Scooby-Doo chega às telonas de 16 estados brasileiros, com distribuição da Warner Bros. Pictures, para contar a história inédita da origem do Scooby-Doo e o maior mistério na carreira da Mistério S/A. A exibição da produção, agora nos cinemas, oferece uma nova opção para as famílias, dentro do calendário de lançamentos da retomada do setor cinematográfico e apenas em cidades em que os protocolos de segurança autorizam a exibição.

Na dublagem nacional, o filme conta com Guilherme Briggs (Scooby), Fernando Mendonça (Salsicha), Flavia Saddy (Dafne) e Fernanda Barone (Velma), além dos três netos do ator Orlando Drummond, a voz clássica de Scooby-Doo: Alexandre Drummond, como o Jovem Scooby-Doo; Felipe Drummond, como Fred; e Dudu Drummond, como Jovem Fred.

Circuito de Cinema - A partir de quinta-feira, 10 de setembro
Sujeito a alterações. Consulte as redes de cinema para confirmações

[Crítica] MULAN

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

 

Direção: Niki Caro

Orçamento: 200 milhões USD

Música composta por: Harry Gregson-Williams

Figurino: Bina Daigeler

A aclamada cineasta Niki Caro dá vida à épica lenda da icônica guerreira chinesa em "Mulan", da Disney, em que uma jovem destemida arrisca a própria vida por amor à família e à pátria para se tornar uma das maiores guerreiras de toda a China. Quando o Imperador da China emite um decreto estabelecendo que um homem de cada família deve servir no exército imperial para defender o país dos invasores do Norte, Hua Mulan, a filha mais velha de um honrado guerreiro se apresenta no lugar de seu pai adoentado. Disfarçada de homem, como Hua Jun, ela é testada a cada etapa do caminho e deve controlar sua força interior e abraçar seu verdadeiro potencial. É uma jornada épica que vai transformá-la em uma reverenciada guerreira e levá-la a conquistar o respeito de uma nação agradecida... e um pai orgulhoso.



Estreando direto no serviço de streaming Disney+ ao custo de U$29,99, "MULAN" divide opiniões entre os fãs da animação e sofre boicote liderado por ativistas que trouxeram à tona frases polêmicas da protagonista do live-action Liu Yifei, que apoiou publicamente a polícia de Hong Kong contra manifestantes pró-democracia.

Claro que não tem como comparar o live-action com a animação. Mas se formos analisar, todo o simbolismo da lenda está presente tanto na animação que tanto amamos, quanto neste novo filme.
Gostei muito das sutilezas empregadas no live-action, onde embora não tenhamos as músicas da animação cantadas, boa parte delas está sim presente na trilha sonora instrumental o que desperta a memória afetiva dos fãs e nos faz embarcar de cabeça nesta aventura.

[Diários da Quarentena] Amor Garantido - Netflix

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

 



Lançamento: 2020
Duração: 1h 31min
Gênero: Comédias românticas
Estrelando: Rachael Leigh Cook,Damon Wayans Jr.,Heather Graham

O clima esquenta quando uma advogada ajuda um cliente bonitão a processar um site de namoro por propaganda enganosa.



E hoje estreou Amor Garantido na #Neflix, uma comédia romântica muito fofa. Ideal para quem quer esquecer o stress da quarentena e mergulhar numa trama deliciosamente leve, divertida e que te deixa com o coração mais alegre.

Nick é um cara legal e está inconformado de não ter encontrado o amor após se inscrever no site de namoro, mesmo tendo participado de 1.000 encontros, o amor não está garantido como o site prometia.
Mas ao contratar uma advogada altruísta para lhe representar contra o site fraudulento, o destino pode dar uma reviravolta e Nick verá que não há como ter garantias no amor.

[CRÍTICA] QUASE UMA ROCKSTAR - NETFLIX

sábado, 29 de agosto de 2020

 


All Together Now é um drama americano de 2020 dirigido por Brett Haley, a partir de um roteiro de Haley, Marc Basch, Matthew Quick e Ol Parker. É baseado no romance Sorta Like a Rockstar de Quick que foi publicado aqui no Brasil pela editora Intrínseca e agora recebe uma nova edição com a jacket com o pôster do filme.

Confira a sinopse do livro:

Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma terrível tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais encarar as coisas da mesma forma. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida?

Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

- Esse é o segundo romance de Matthew Quick , autor do best-seller O lado bom da vida , que ficou 48 semanas nas listas de mais vendidos brasileiras e cuja adaptação para o cinema garantiu a Jennifer Lawrence o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Atriz e a David O. Russel o Bafta de Melhor Roteiro Adaptado.


- Quase uma rockstar recebeu, entre outros prêmios, o Yalsa de Melhor Ficção para Jovens e o Thumbs Up!, da Michigan Library Association, que em 2012 concedeu o mesmo prêmio ao livro A culpa é das estrelas, de John Green.
- Os direitos da adaptação cinematográfica de Quase uma rockstar foram comprados pela Fox Searchlight. Os produtores serão os mesmos da série Crepúsculo e de A Culpa É das Estrelas .

“Quase uma rockstar é a resposta para todos os romances repletos de angústia e dor. Extremamente prazeroso.” School Library Journal

“Uma vigorosa história de redenção. É praticamente impossível ficar indiferente a Amber.” Publishers Weekly




Oi galera, se ainda não decidiram o que assistir neste findi, a nossa dica é Quase uma Rockstar, baseado no livro de Matthew Quick, autor de O Lado Bom da Vida e publicado aqui no Brasil pela Editora Intrínseca e que chegou nesta sexta-feira ao catálogo da Netflix.

Acompanhamos a história da carismática, aberta, sensível e dedicada Amber e sua luta diária para superar suas dificuldades e manter vivos seus sonhos de ter uma vida melhor juntamente com sua mãe. Até que mais uma vez a tragédia se abate sobre sua pequena família e a luz de seus olhos parece lhe abandonar.

[CRÍTICA] COBRA KAI - NETFLIX

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

 


Cobra Kai é uma websérie americana de comédia dramática, baseada no primeiro filme da trilogia Karate Kid, criada por Robert Mark Kamen, que estreou em 2 de maio de 2018 no YouTube Premium, agora disponível na Netflix.

Oi gente, tudo bem?

Desde 2018 eu houvia falar sobre a websérie Cobra Kai e morria de curiosidade para saber o que estava rolando com a galera da ala das Bahianas do Karatê, hehehe. Assim, agora que as 2 temporadas estão na Netflix, não tive dúvidas e abracei a nostalgia.

Para quem assim como eu cresceu absorvendo aos ensinamentos do Sr. Miyagi, enquanto assistia à sessão da tarde, a série é uma excelente forma de reviver momentos épicos dos filmes Karat Kid originais (e não aquela abominação com o Jackie Chan), sem falar na trilha sonora matadora com muitos sucessos dos anos 80.

A rivalidade entre Johnny e Daniel está mais acirrada do que nunca e enquanto vemos o dojo Cobra Kai ressurgindo das cinzas,  também acompanhamos o dojo do falecido Sr. Miyagi tentando fazer a diferença e revidar contra os malvadões rivais.

Gente, a série além de ser uma viagem fantástica ao passado, também é muito feliz em demonstrar que nada é preto no branco. E mesmo do jeito torto dele, conseguimos ver que Johnny (o Sensei do Cobra Kai) está tentando dar uma guinada na sua vida e de alguma forma.

Mas é um pouco difícil ensinar da maneira correta, quando durante a vida toda aprendemos da maneira torta, né?

Primeiras Impressões: Uma Razão para Sonhar - Jennifer Van Wyk - Editora Bookmarks

domingo, 16 de agosto de 2020

Uma razão para sonhar

Autora: Jennifer Van Wyk

Editora: Bookmarks

Pré venda: https://bit.ly/2Y4ex2o

Utilize o cumpom: guardia10 e garanta o seu com 10% de desconto!

 

Sinopse:

Ela diz que só pode oferecer amizade.

Ele quer amor verdadeiro.

James passou as duas últimas décadas adiando seus sonhos para criar a filha. Mas agora, a oportunidade de realizar seu maior sonho aparece. E um encontro casual com Carly amplia ainda mais suas possibilidades.

Para continuar vivendo, Carly precisou guardar um segredo enorme e renunciou à uma série de coisas. Relacionamento é uma delas. Mas não consegue resistir quando James começa lentamente a derrubar o muro que ela construiu ao redor do coração com tanto cuidado.

Quando o segredo de Carly ameaça destruir tudo o que ela conquistou, James vai fazer de tudo para proteger a ela e a seu filho.

Mas será que ela vai conseguir confiar e entregar seu coração novamente?



Uma Razão para Sonhar é um dos mais novos lançamentos da Bookmarks, e eu já estava animada para a leitura depois de ver essa capa linda e ler a sinopse. Então aproveitei o combo promocional do site e já garanti o meu!

Mas esta semana a editora nos mandou os primeiros capítulos para que pudéssemos ter um gostinho dessa história, gente....estou aqui ansiosa agora com o gosto de quero mais!

[RESENHA] Black Hammer 4: Era Da Destruição – Parte 2 - Editora Intrínseca

quarta-feira, 12 de agosto de 2020


Black Hammer 4
Era Da Destruição - Parte 2
Editora: Intrínseca
Páginas: 192

No último volume da aclamada série Black Hammer, revelações colocam o equilíbrio do universo em risco

Criada por Jeff Lemire e Dean Ormston, a premiada série Black Hammer conquistou o público e a crítica ao unir elementos de grandes clássicos dos quadrinhos, tramas únicas e personagens complexos. Sucesso inquestionável, agora a intensa jornada se encaminha para o desfecho, quando finalmente vamos descobrir o que aconteceu com os maiores heróis de Spiral City.

Após derrotarem o poderoso e maligno Antideus, eles caíram no esquecimento ao se verem presos em um estranho purgatório: uma fazenda isolada e misteriosa da qual não conseguem sair. Por dez anos viveram como uma família, escondendo sua verdadeira natureza dos habitantes locais. Até que uma visita vinda de seu antigo mundo consegue chegar até eles, trazendo consigo a esperança de voltarem para casa, mas também o prenúncio de uma era de caos e destruição.

Neste quarto e último volume, mais segredos vêm à tona, e quando a verdade sobre o que aconteceu naquela batalha fatídica é revelada, o mundo dos ex-heróis muda completamente outra vez. Com o equilíbrio do universo sob ameaça, eles serão obrigados a decidir se o preço que pagaram para salvar Spiral City valeu a pena.

Infelizmente, meus queridos, como tudo que é bom, dura muito pouco. Não se preocupem, mas isso não se trata de eu parar com críticas literárias ou mesmo acabar com qualquer parceria, mas por enquanto, Black Hammer está finalizado. Assim como toda a temporada de série, vai demorar um bom tempo até Black Hammer voltar a ter histórias novas sendo publicadas.

Infelizmente, antes de chegarmos nos eventos da nova aventura dos heróis mais deslocados de Jeff Lemire, é necessário dar uma contextualização rápida, visto que muitos podem não ter visto as outras partes. Depois da luta com o AntiDeus, os hérois Menina de Ouro, Black Hammer, Talky Walky, Madame Libélula, Abraham Slam, Coronel Weird e Barbalien foram jogados a outra dimensão. Um dos heróis, Black Hammer, tentou sair da dimensão onde estavam, mas morreu no processo.