Especial de Halloween - Nosso Mundo Encantado - Semana dos Vampiros

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Finalmente...esta semana chegou a vez de falarmos sobre nós...os Vampiros...heheheeheheh...então gente...vamos lá...pois como somos as criaturas mais Sexys e Interessantes do Universo (Ataque de Narcismo da Guardiã)...tem muita coisa para contarmos para vocês...hehehehe
Segundo a Desciclopédia: Existem muitas explicações para a existência dos vampiros, a primeira delas diz que numa bela tarde no Egito a FaraOa Akasha foi vitimada por uma revolução e gravemente ferida (dizem que pelas mãos dos mesmos camponeses que fundaram o Partido Comunista séculos mais tarde) e um Espirito megalomaníaco 'possuiu', num ritual cheio de dor e sangue e poses para os heirógrifos, a tal faraOa que passou a se alimentar de sangue pela 'predileção' do tal espírito.
A segunda teoria diz que uma cientista também megalomaníaca, numa onda eufórica de criação, olhou para o espelho e viu Deus, dai saiu por ai criando diversas criaturas bizarras dentre elas o Vampiro que seria resultado da combinação dos genes do Morcego hematófilo com os de um Galã (famoso e que aceita empregos que não pagam bem), resultando em uma criatura com dupla tendência vampírica.
A terceira diz que o vampiro é na verdade uma raça derivada do morcego, um morcego super-desenvolvido, que adquiriu forma de humano para atacar a presa e alimentar-se de seu sangue mais facilmente.
Uma outra linha de pensamentos diz que os vampiros são descendentes de Caim, o primeiro fêla-da-puta da história. Que fodeu a porra toda quando matou seu irmão, o que fez com que Deus o colocasse de castigo por toda eternidade.
Além destas existe uma história não muito divulgada que explica que os vampiros não existem realmente, eles são fruto de sucessivos delírios coletivos das classes baixas da Romênia que não tinham dinheiro para a Vodka então produziam uma bebida estranhamente amarronzada e alucinógena, que tinha dentre seus efeitos: a perda inexplicável de sangue, hematomas na região do pescoço, susceptibilidade a obedecer ordens. E se ingerida em grandes quantidades dava ao usuário a sensação de poderes paranormais, fala hipnótica, sensação de ser irresistível, os feios ficavam bonitos, os bonitos se comiam frente a espelhos e eventualmente tendências a megalomania. Estudos na área desta corrente de pensamento provam que essa 'bebida' causou a Grande Peste Negra, a Segunda Guerra Mundial e o ataque às Duas Torres (Saruman se fodeu!) e que hoje foi sintetizada e é vendida como adesivos nas festas Rave.
Seja qual for a origem destes tão antigos seres da noite a utilidade de um vampiro nunca foi provada e na verdade é necessário um estudo mais a fundo nessa área para desmitificar o fato de que estes tão misteriosos e eróticos Mestres das Trevas só servem pra você explicar para sua mãe o fato de ter um puta chupão no seu pescoço ou o fato de você dormir o dia todo e passar a noite fora de casa (outro verbete que explicaria isso seria: Profissão de risco) além é claro de ser uma ótima autoexplicação do Porque de você ter (dado para) ficado com aquele cara ontem na balada, é obvio que ele era um Vampiro, aquele olhar, o jeito como ele estava em todos os lugares ao mesmo tempo, o modo como ele fazia... Wou!

 Mas agora falando sério...

A palavra Vampiro surgiu por volta do século XVIII. Tem origem no idioma sérvio como Vampir, e sua forma básica é invariável nos idiomas tcheco, russo, búlgaro e húngaro.
Lendas oriundas da Eslováquia e da Hungria, estabelecem que a alma de um suicida deixava seu sepulcro durante as noites para atacar os humanos, sugava o sangue e retornava como morcego para o túmulo, antes do nascer do sol. Assim, suas vítimas também tornavam-se vampiros após a morte. As civilizações da Assíria e Babilônia, também registram lendas sobre criaturas que sugavam sangue de seres humanos e animais de grande porte. Outros mitos pregam que as pessoas que morrem excomungadas, tornam-se mortos-vivos vagando pela noite e alimentando-se de sangue, até que os sacramentos da Igreja os libertem. Crianças não-batizadas, e o sétimo filho de um sétimo filho também se tornariam vampiros.
O lendário Livro de Nod, originalmente concebido por White-Wolf para o RPG Vampiro - A Máscara, narra a origem dos vampiros. Além de A Crônica das Sombras revelando os ensinamentos ocultos de Caim; e A Crônica dos Segredos que revela os mistérios vampíricos.
A tradição judaico-cristã, prega a origem dos vampiros associada aos personagens bíblicos Caim e Abel. Como é descrito, Caim foi amaldiçoado por Deus pelo assassinato de seu irmão, Abel. Os Anjos do Criador foram até ele exigir que se redimisse. Orgulhoso, recusou-se e acatou as punições impostas pelos Anjos. A partir deste momento, Caim via-se condenado a solidão e vida eterna, temendo o fogo e a luz, longe do convívio dos mortais.
Caim foi anistiado por Deus após sofrer durante uma era inteira. De volta ao mundo terreno dos homens, fundou e fez-se rei da primeira cidade chamada Enoque. Mas ainda temia a luz, o fogo, e a solidão da eternidade.
Passado-se muitos anos de prosperidade em Enoque, Caim ainda sentia-se só devido a sua imortalidade. Abatido e desmotivado, acabou por cometer outro grande erro: gerou três filhos, que posteriormente geraram outros. Seguiram-se tempos de paz até que chegou o grande dilúvio e lavou toda a Terra. Na cidade de Enoque, sobreviveram apenas Caim, seus filhos, netos e uns poucos mortais. Caim recusou-se a reconstruir a cidade, pois considerava o dilúvio um castigo divino por ter subvertido as leis naturais e gerado seres amaldiçoados como ele. Assim, sua prole reergueu Enoque e assumiu o poder perante os mortais.
Após um período de paz e prosperidade, os sucessores de Caim passaram a travar batalhas entre si. A autoridade dos governantes foi revogada, e tanto os mortais como os membros da prole sentiam-se livres para fundar outras cidades e tornar seu próprio rei. Dessa forma, os imortais ascendentes de Caim, espalharam-se por toda a Terra.
Nesta versão da origem dos vampiros, vimos que tudo teve início com uma maldição divina atribuída a Caim, e depois herdada por sua prole. Porém, torna-se muito difícil estabelecer um limite entre os fatos e as lendas que circundam o mito vampírico, já que boa parte destas informações confunde-se entre os relatos e pesquisas históricas coerentes, com a ficção dos filmes e RPG’s.
Na lenda de Caim, a conotação do termo Vampiro ainda está ligada apenas ao sentido de imortalidade, solidão e aversão a luz. A relação estabelecida entre a longevidade e a sede pelo sangue (que caracteriza a imagem mais comum dos vampiros), deve-se possivelmente, a personagens lendários que viviam anos incalculáveis alimentando-se de sangue humano, após terem firmado supostos pactos com entidades malignas. Outras versões são encontradas em diferentes culturas, e todas combinam fatos históricos com a crendice regional. Portanto, a maior parte dos povos possui uma entidade sobrenatural que alimenta-se de sangue, imortal e considerada maldita. O mito do vampiro é um ponto comum entre várias civilizações desde a Antigüidade.
Uma das maiores referências do mito vampírico é o sanguinário Vlad Tepes (ou Vlad III), que existiu realmente no século XV na Transilvânia. Porém, ele governou apenas a Valáquia, que era uma região vizinha. Apesar da crueldade extrema com os inimigos, Vlad III não possuía nenhuma ligação com os vampiros. O termo Drácula (Dracul, originalmente significa Dragão) foi herdado de seu pai, Vlad II, que foi cavaleiro da Ordem do Dragão. Provavelmente, a confusão se deu através da semelhança entre os termos Drache, que era o título de nobreza atribuído à Vlad II, e Drac que significa Diabo.
A relação entre Vlad III e o mito vampírico foi dada pelo escritor Bram Stocker. O autor de Drácula inspirou-se (provavelmente) nas atrocidades cometidas por Vlad III, e as incorporou em seu personagem principal. A partir deste momento, Vampiro e Drácula tornaram-se praticamente sinônimos na literatura e nas crenças populares.
No Brasil também encontra-se mitos relacionados aos vampiros e outros seres semelhantes. Neste caso, os registros entrelaçam-se com o rico folclore das várias regiões do país. Desde os centros urbanos, até as áreas menos desenvolvidas do Brasil, é comum ouvir-se relatos dos ataques sanguinários de criaturas que perambulam pelas madrugadas. Na maioria das vezes, essas histórias assemelham-se muito com as lendas européias.
Na mitologia indígena existe o Cupendipe, que apesar de não possuir a sede de sangue caracterizada pelos vampiros, possui asas de morcego, sai de sua gruta apenas durante a noite e ataca as pessoas usando um machado.
No nordeste brasileiro conta-se a história do Encourado. Um homem de hábitos noturnos, que usa trajes de couro preto, exalando um odor de sangria. O Encourado ataca animais e seres humanos para sugar-lhes o sangue. Prefere as pessoas que não freqüentam igrejas. Porém, os habitantes das cidades por onde o Encourado passa, oferecem-lhe o sacrifício de criminosos, crianças ou animais de pequeno porte.
Em Manaus, há relatos da presença de uma vampira que atacava os moradores, sugando o sangue através da jugular e deixando marcas de dentes em sua vítimas, exatamente como é contada nos cinemas. Após os ataques, a vampira corria em direção a um rio e transformava-se em sereia, desaparecendo na água. A Vampira do Amazonas possui a capacidade de transmutar-se e força física descomunal.
Em maio de 1973 no município paulista de Guarulhos, foi encontrado o corpo de um rapaz com as perfurações características em seu pescoço. Esse é apenas um exemplo da hipotética ação de vampiros em zonas urbanas. Neste caso, os relatos transcendem a fronteira da boataria e do folclore. Fonte Aqui.

Continuem acompanhando nosso Especial de Halloween através dos posts no QSV...Confira, Comente, Participe!!

Fiquem ligados também nas Entrevistas FODÁSTICAS que irão rolar nos dois Blogs esta Semana!!

Carpe Noctem!!

2 comentários

  1. Aquela moça embaixo do edredon sou eu depois de ver um filme de terror kkkkkkk

    Acho que o meu 31 vou passar vendo Buffy!!!! kkkk

    ResponderExcluir
  2. FOdastikOOooo !

    ke venhaaa O Halloween !

    Salomon kane no dia 31 e dracula 2000 são especiais para o dia 31 \o/

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!