RESENHA COMO SE LIVRAR DE UM VAMPIRO APAIXONADO - BETH FANTASKEY

quinta-feira, 10 de março de 2011



SINOPSE
Jessica Packwood levava uma vida tranqüila no interior da Pensilvânia e esperava ansiosamente pelo início do último ano escolar. Seus planos eram se formar e conseguir uma bolsa de estudos para a faculdade, ganhar a olimpíada de matemática e namorar seu colega Jake Zinn.
Mas aí um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e lhe foi prometida em casamento para selar a união entre os clãs mais poderosos dos vampiros. E de repente Jessica percebe que sua vida está prestes a virar de pernas para o ar.
Para completar, Lucius fica hospedado na casa dela e faz de tudo para conquistá-la e atrapalhar seu flerte com Jake. Com a desculpa de que está fazendo intercâmbio, ele gruda em Jessica na escola e humilha todos os outros alunos da aula de literatura. O romeno esnobe e perfeitinho tira a garota do sério, mas logo começa a se encantar pelo estilo de vida local e a rever seus conceitos.
Jessica, por sua vez, vivencia uma importante autodescoberta e sofre uma transformação física e psicológica, fazendo as pazes com o seu passado e chegando a uma encruzilhada: ela deve ignorar o pacto de casamento e tocar sua vida simples ao lado da família e do namoradinho do colégio ou se abrir para uma experiência surreal e se unir a Lucius por toda a eternidade?
Em seu livro de estréia, Beth Fantaskey mesclou humor, fantasia, romance e terror para criar uma história surpreendente. Repleto de tiradas sarcásticas, diálogos divertidos e personagens complexos, Como se livrar de um vampiro apaixonado apresenta uma nova forma de enxergar os mortos-vivos mais atraentes da literatura mundial.
****
– Estou cansado da sua ignorância. Como seus pais se recusam a informá-la, eu mesmo darei a notícia. – Ele apontou para o próprio peito e anunciou, como se falasse com uma criança: – Eu sou um vampiro. – E apontou para o meu peito.– Você é uma vampira. E vamos nos casar assim que você alcançar a maioridade. Isso foi decretado desde o nosso nascimento.
Não cheguei a processar a parte do “vamos nos casar”, muito menos o lance sobre “decretado”. Eu já tinha me perdido na parte do “vampiro”.
Pirado. Lucius Vladescu é completamente pirado. E estou sozinha com ele num estábulo.
Por isso fiz o que qualquer pessoa sensata faria. Cravei o forcado no pé dele e corri feito louca para casa, ignorando seu grito de dor.
Antanasia Dragomir nasceu na Romênia e, ainda bebê, foi levada para os Estados Unidos, onde recebeu o nome de Jessica Packwood. Ela foi criada pelos pais adotivos numa fazenda e, prestes a completar 18 anos, não vê a hora de começar seu último ano de escola. Jessica acha que tem chances de ficar com Jake, um cara sarado de lindos olhos azuis, mas está insegura. Sua autoestima está lá embaixo depois que ganhou uns quilinhos nas férias, por isso vive se escondendo em camisetas folgadas, jeans surrados e tênis velhos. A nerd apaixonada por matemática sofre bullying da popular líder de torcida e de um gorducho insuportável que a chama de “Pacotão”. Já sua melhor amiga, Mindy, só pensa em garotos e lê todas as dicas de sexo das revistas femininas.
Lucius Vladescu também nasceu na Romênia, mas foi criado lá mesmo, em castelos imponentes e sombrios, por um poderoso clã de vampiros. Sua infância não foi nada fácil e muitas vezes apanhou do tio, que pretendia fazer dele um governante. Lucius recebeu uma educação de alto nível, aprendeu boas maneiras e se tornou um exímio atleta de polo. Aos 18 anos, no auge da fama de conquistador implacável, Lucius recebe a missão de ir aos Estados Unidos buscar sua noiva prometida para se casarem e estabelecerem a paz entre seus clãs.
Quando dois mundos tão diferentes se encontram, conflitos são inevitáveis. Jessica, uma garota pé no chão que só dá ouvidos ao que é racional, não engole a história de que eles são príncipes vampiros destinados a se casarem pelo bem de sua espécie. Ela só quer que o europeu metido a besta a deixe em paz para curtir sua adolescência. Mas Lucius adora um desafio e não vai desistir até conquistá-la.
 
Numero de páginas: 304
Editora: Sextante
Acesse o hotsite: clique aqui
Primeiro capítulo:
clique aqui
 


Um livro com esse título “Como se livrar de um vampiro apaixonado” além de ser enorme logo imagina, “Mais um romance adolescente dito sobrenatural”, além da sinopse do livro não ajudar muito, só reafirmava minha desconfiança que fosse livro de uma garota que não queria o garoto (que era um vampiro) e o livro iria ser certa perseguição de gato e rato com dramas existenciais... ufa isso tudo que agente anda lendo agora, tipo “Não posso ficar com você” ou “Não consigo viver sem você, seu sangue me enlouquece”, “Nossa você é um vampiro”, “Sim sou”, “Você bebe sangue”, “Bebo, mas somente de você” kkkkk, desculpa exagerei kkkk, mas fiz isso pra dizer que o livro apesar do título e da sinopse não é nada assim, muito pelo contrário.
Como diria Lucius (o vampiro romeno tenho muita coisa pra falar dele) mas.... As damas primeiro:

Nome: Jessica Packwoord (nome de batismo Antanasia Dragomir)
Idade: 17 anos
Pais: Adotada por Dara e Ned Packwood (ambos vegetarianos)
Estado Civil: Solteira, ficante Jake (carinhosamente chamado de “camponês atarracado” por Lucius) e noiva forçada de Lucius.
Espécie: vampira humana
Amigos: Mindy
Áreas de Interesse: vive em uma fazenda e adora cavalgar na sua egua Bela, e as vezes participa em competições de salto e participa do grupo de matemática.
Personalidade: Forte, lógica, cética, e meio que é vegetariana, e quando fica irritada consegue se expressar de maneira engraçada tem o velho problema de auto-estima baixa, nunca foi beijada (mas isso não fica assim até o final do livro kkkk)




Nome: Lucius Dragromir
Idade: 18 anos

Pais: foi criado pelo Tio Vasile Vladescu (um amor de pessoa)
Estado Civil: Solteiro, mas não sozinho kkkk, e noivo por obrigação de Antanasia (Jess)
Espécie: Vampiro
Amigos: O que é isso???
Áreas de interesse: adora ler, cavalgar, lutar (espadas), adora escutar músicas quando está melancólico escuta músicas instrumentais russas (estilo disco arranhado), mas se está feliz adora black eyed peas (principalmente o hit My humps) gosta de pizza, sangue e lebres e detesta lentilhas e joga basquete (Magic Lucius).
Personalidade: divertido, arrogante, perigoso, honrado, passional e cavalheirismo, possui um humor sarcástico que se revela principalmente nas cartas ao seu tio Valise diretamente ligado aos hábitos americanos.



D
epois dos profiles, já perceberam um pouco dos personagens, agora vamos à história, então...
 
Nossa lógica e cética Jess/Antanasia vivia pacatamente numa fazenda, durante a aula de história, apareceu um estudante romeno, de nome Lucius, além de ser charmoso meio Ben Barnes da vida, mas até ai nada demais, porém o decidido e regencial Lucius chega na lata para Jess/Antanasia, e diz que ela é uma vampira, princesa e estão noivos desde que nasceram, e ele é um príncipe que  veio buscá-la para casarem na Romênia para evitar uma guerra  entre famílias vampiros, os Dragomir e os Vladescu.  Imaginem como Jess/Antanasia reagiu??? (leiam o profile)

 Leram o profile??? Então Jess o achou um lunático e como ela mesmo definiu “o delirante projeto de Drácula”, e para piorar os seus pais adotivos e vegetarianos (sutil humor, já que jess é uma vampira) confirmaram a história, enquanto Lucius tem como esse compromisso, que denomina-se um pacto, que ele tem por obrigação cumprir, enquanto Jess nem quer saber de pacto nenhum, e além do mais não acredita que ele seja um vampiro muito menos que ela também seja uma princesa muito menos uma vampira, e para piorar quando Lucius mostrou suas presas, ela ainda teve a coragem de perguntar em que lojinha de Haloween ele tinha adquirido os dentes. Imagina como Lucius ficou??? (leiam o profile) pobre Principe Lucius.

A
gora vamos falar sério, não tinha como descrever os personagens e o inicio do enredo sem ter humor, porque o livro no inicio até certa parte é diversão na certa, quando fazia a resenha eu fiz tanta anotação das partes divertidas, que realmente não teria como colocar na resenha, o ponto alto do livro são as cartas de Lucius para o seu tio Valise, tem um humor sarcástico com ares de inocência, que você ri alto, na maioria das vezes são criticas por costumes e comportamentos locais.  Apesar da personagem da Jess não fica atrás em tiradas espirituosas, mas Lucius que realmente carrega o livro.


Com o decorrer da trama vemos que o comportamento de Lucius e Jess irá se modificando, Lucius fica um pouco menos régio e mais humano (na medida do possível, velhos hábitos não mudam) enquanto Jesse fica mais tentada com a possibilidade de ser uma princesa vampira, e também pela convivência com Lucius, ela ter sensações (sede de sangue, e uma certa possessividade por Lucius),  obvio que é um romance, mas não é bobo, os personagens são bem definidos, os diálogos são bem escritos e a base do romance é sólida, e mais interessante, é que o livro é narrado na visão de Jéssica, só sabemos da visão de Lucius através das cartas enviadas para o tio, o que é surpreendente já que o personagem em destaque no livro ao meu ver é Lucius, ou seja, como o autora conseguiu produzir uma narrativa que enriqueceu um personagem que não faz parte das narrações do livro.

Da metade para o fim o enredo fica bastante sombrio, perde um pouco o humor, mas não a qualidade,  Lucius fica mais apavorante e amargo, enquanto Jesse aceita o fato de ser vampira e quer concretizar a união, mas há uma trama sórdida da parte do tio de Lucius, mas com certeza não irei contar, terão que ler o livro para saber, que ocasiona essa mudança comportamental de Lucius, e deixa a narrativa empolgante, já que esse transformação de Lucius e de Jess  e suas decisões serão determinante para o final de ambos.

O livro é indicadissimo é uma leitura de divertida a sombria, e não é um livro de mulherzinha não, a galera masculina irá adorar principalmente o sarcasmo irônico de Lucius.

Com certeza esse será um dos livros que ficará na minha memória, pois ter uma narrativa simples e divertida, e uma trama deliciosamente envolvente, e com certeza irei diversas vezes folhear novamente as páginas para me divertir com Lucius e Jess.


E não tinha como terminar essa resenha com um espaço especial para Lucius. Só algumas tem muito mais no livro.
  

"Então você não acha que pode se transformar num morcego?"
(...) "Por favor. Um morcego? Que vampiro com auto-respeito se transformaria num roedor que voa? Você se transformaria num gambá, mesmo se tivesse a habilidade?"
"Não, eu acho que não." (...)
"Bem, vampiros não podem se transformar em nada."
"E quanto a alho? Ele te repulsa?"
"Só se for no hálito de alguém."
"E estacas? Você pode ser morto com uma estaca?"
"Qualquer um pode ser morto com uma estaca. Mas sim - isso e verdade. De fato, uma estaca no coração e a única forma efetiva de matar um vampiro."
"Uh, sim. Claro."
"Pra poupar seu tempo, eu vou dizer que nos não dormimos em caixões. Nos não dormimos de cabeça para baixo. Nos, obviamente, não desintegramos com a luz do sol. Como uma pessoa viveria uma vida pratica e útil desse jeito?"

"(...) O negócio é, parece que eu tenho "concorrência", Vasile. Concorrência por parte de um camponês, cujas grosseiras estratégias para cortejá-la incluem parecer na fazenda Packwood, desnecessariamente sem camisa, para contrair os músculos na frente dela! Exibindo-se como um faisão estufado! E se o senhor pudesse vê-la flertando com o palerma. . .(...)"

"(...) Eu fiz aos Packwoods o favor de retirar a coleção inteira, com a ajuda da marreta medieval que o senhor teve a gentileza de incluir na remessa. Um par de saleiro e pimenteiro  em formato de cães com chapéus de chef de cozinha também encontrou seus destino. Um dia, sem dúvida, os Packwoods vão recuperar o bom senso e me agradecer. (...)"


"(...) Como anunciei  em minha última correspondência,  de fato tentei numerosas estratégias “americanas” para ao menos criar algum tipo de relacionamento com Antanasia – inclusive usar calça “jeans” (que, aliás, são bastante confortáveis) e, como mencionei, jogar  basquete, um esporte para" garotos populares". (Pode me chamar de Magic Lucius)."

" (...) Você sabia que aqui nos Estados Unidos, “escolhas” são tão abundantes, que alguns indivíduos débeis mentais e irresponsáveis se encontram sobrecarregados e precisam de aconselhamento psicológico (Eu sei – Tem que rir mesmo!) só por que são incapazes de escolher entra as aparentemente infinitas opções em literalmente qualquer pequena ação? Aqui, até para pedir pizza (enfim encontrei algo comestível) requer varias escolhas. Grande? Extragrande? Almôndegas em miniaturas e Pepperoni? Algum tipo de vegetal? Mais queijo? Menos queijo? Queijo escondido, como uma surpresa, dentro da massa? (...)"

Onde comprar: clique aqui


27 comentários

  1. kkkkkkkkkkkkkk ADOREI!!!! PARABÉNS PELA RESENHA PATY!!!

    Sério, não vejo a hora do meu exemplar que comprei na Saraiva chegar pra eu poder conhecer o Lucius mais de perto...ele tem tudo que eu gosto! Bonito, Sarcástico, Bonito, Inteligente, Bonito, Vampiro, Bonito, Vampiro, Forte Bonito e Vampiro!! kkkkk

    Mas assim falando sério agora...é bom achar um livro que foge da babaquice de vampiros vegetarianos adolescentes com crise de consciência e mocinhas idiotas com crises constantes de burrice.

    P.S. Finalmente a Bella foi cavalgada por alguém!! (não resisti já que o nome da égua da Jess é esse!! kkkkk caiu como uma luva!!!)

    Morri rindo das tiradas do Lucius que você colocou na resenha!!! Realmente ele é o meu número!! hehehehehe Gollum ataca novamente!

    Bites!

    ResponderExcluir
  2. Oii Paty!!
    Amei a resenha!!! parabéns!!
    Vou correndo procurar esse livro pra comprar, mesmo q eu já tenha acabado com o estoque da livraria ontem! (comprei uma penca de livros!! rs'). E concordo com a guardiã, esse livro tem cara de que foge aos padrões atuais sobre como um relacinomento entre vampiros e humanos deve ser e eu fico extremamente feliz com isso. Fora que qdo vi o nome da égua eu pensei a msm coisa sobre a Bella! rsrsrsrsrs
    Amei,parabéns!!! Bjooos

    ResponderExcluir
  3. Eu mudei muito meu julgamento a respeito deste livro depois que conversei com a Paty a respeito dele, praticamente tudo que eu sentia com relação a ele foi dito no inicio da resenha.

    Adorei esse relacionamento entre esses opostos que a principio parecem não se atrair. Lucius se mostrou um personagem ao mesmo tempo carismatico e hilário, essa passagem da lentinha me faz rir até dar dor na barriga, sem contar as pérolas do "Ele disse..."

    O texto da resenha ficou ótimo, e tenho que agradecer pelo privilegio de ser o primeiro a lê-la, as montagens sempre muito bem feitas e com citações interessantes, instigantes.

    Parabéns maninha... Muitooo bom... Beijão...

    ResponderExcluir
  4. A melhor resenha que eu li desse livro! FATO!
    Esse atorque você escolheu para ilustrar é perfeito, como não pensei nele antes huahuahaua
    Amei esse livro, e concordo que apesar do titulo um tanto bobo, o livro não é infantilzinho e nem nos brinda com mais do mesmo, mesmo Lucius sendo um vampiro gostosão!!
    Lucius carrega o livro nas costas!
    beijocas enormes
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  5. Ai Paty, assim você acaba comigo...
    Eu comprei o livro há um mês mais ou menos e fico enrolando pra ler, aí chego aqui e vejo essa resenha maravilhosa e o que acontecerá? Terei que passa-lo na frente...aff...
    AMEI a resenha!
    Sche, eu tbm adorei suas "anotações"... a cavalgada na bela foi ótima...rsrs...E ser vampiro é nosso ingrediente principal né?
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  6. Hhahahahhaha, muitoooo boa!!!
    Adorei a resenha, esse livro parece mesmo ser muito bom.
    Quando eu ia na livraria não tinha a menor vontade de ler esse livro, achava o título estranho, a capa feia, e a sinopse não das mais interessantes!
    Mas uma resenha realmente faz milagres!hahahahhaha
    Agora quero esse livro de qualquer jeito!!
    Bju.
    =]

    ResponderExcluir
  7. Paty, que resenha Diva *.* Gostei mais dela do que da minha \o/

    Você contou tudo que era importante, inclusive que passa longe de ser "livro de mulherzinha"! Amei os perfis, a menção à égua Bela (acabei esquecendo), as citações em boxes *.*

    De verdade, tinha tanta citação legal que eu tive dificuldade em escolher algumas XP

    "Tio Vasile, um amor de pessoa" e "Amigos: O que é isso???" XD #Adoro

    Só no meu DreamCast eu imagino Jess sendo feita por Anna Kendrik (eu simplesmente a vejo no papel) e Magic Lucius - amo Ben, que tem um charme natural irresistível e estes olhos e cabelos escuros (*.*) daria um ótimo Lucius. Ele tem esse ar sério, grave...

    Imaginei também alguém com um pouco mais de sarcasmo natural, junto ao charme. Tipo Jensen Ackles =D Claro, com uma maquiagem/CGI pra deixá-lo mais jovem (TUDO É POSSÍVEL),um cabelo escurecido e treinando um sotaque, seria perfect!)

    Beijos =*

    ResponderExcluir
  8. UAU! Lucius! a qnto tempo!
    adoro esse livro, li ele em 12h XD
    muito boa a resennha. parabens ^^

    + se tem algo q eu nao gosto eh da Jess jumenta e do namorico do lucius. aff, pessimo gosto.

    enfim, parabens ^^

    ResponderExcluir
  9. Pati.... que mega resenha hein? Arrasou...

    Lucius é otimo! Gamei nele *-*

    Li o livro no início de 2010, em uma tarde... tua resenha deu pra matar as saudades. ^^

    =*


    Guria que Lê

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, Patty! Sua resenha ficou mara! E dá muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  11. Eu nem queria mais ler nenhum YA de vampiro... mas não vou resistir depois de ler sua resenha...
    Paty, adoro as suas montagens e suas resenhas!

    ResponderExcluir
  12. Nossa ameiii a resenha!!!
    As tiradas de Lucius são ótimas!!
    Quando fiquei sabendo desse livro, com esse nome, não me empolguei em nenhum momento! Nem com essa capa porque parecia mais um livro desses bobos por aí, e tudo bem que eu gosto de alguns assim mas chega uma hora que querermos coisa nova né!

    Depois de ler sua resenha senti muita vontade de ler esse livro! Parece fugir dos padõres atuais de livro de vampiro!!

    Vai pra lista de desejados e assim que eu puder leio!

    Bjs.
    The Lost Girl
    Leituras&Fofuras

    ResponderExcluir
  13. nossa eu comprei o livro hojee e estou doida p ler ainda mais depois dessa resenha que ja me fez rir ahuhuauhauhauh nossa acho q eu vou amar esse livroo!!Beijos e parabens pelo post ta lindo e mt bem feito!
    Maria Clara
    http://oslivrosdeclara.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Ameei a resenha.
    USHAUSHAS'
    Já tinha lido o livro e realmente gostei.
    "Pais: foi criado pelo Tio Vasile Vladescu (um amor de pessoa)"
    KKKKKKK'
    Claro, um amor :D

    Beijoos,
    Mariih
    Mundo da Noite

    ResponderExcluir
  15. Sério, o que é essa resenha? Já encomendei o meu porque estava ansiosa pra ler, agora estou desesperada pra ler. É a melhor resenha que já li. Fiquei rindo sozinha aqui.
    Já estou apaixonada por Lucius.
    Parabéns.
    Bj
    @Mariskal

    ResponderExcluir
  16. Opa! Fiquei louca por essa resenha, ela está perfeita e super chamativa como o Lucius...hehe

    @Beckymy

    ResponderExcluir
  17. Nossa isso que é resenha de verdade, eu vejo só umas sem graça uma la que outra sai boa mas a sua ta maravilhosa, amei mesmo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Hehehe, as citações do Lucius são ótimas!
    Ainda não li o livro, estava um pouco saturada de vamps, mas vamos combinar que o precinho ajuda, né?

    @thaorteg

    ResponderExcluir
  19. Tu conseguiu ultrapassar a nossa média de palavras por resenha numa tacada soh :-P Adorei as citações, parece seguir bem a linha do Opúsculo, mas tem umas que tão bem mais engraçadas aheuaheuh ;-)

    ResponderExcluir
  20. amiga eu simplesmente amei esse livro.
    e já estou apaixonada pelo lucius.
    beijos

    ResponderExcluir
  21. Por sua resenha fiquei com mais vontade de ler o livro - já havia achado curioso e só as citações então... são de morrer de rir heheheheh
    Vou colocar na to-read list

    Bjussssssssssssssss =D

    E o Lucius parece um chato metido a besta, mas com algum senso de humor =D

    ResponderExcluir
  22. TERMINEI DE LER LIVRO HOJE... É MARAVILHOSO, TOTALMENTE DIFERENTE E MUITO MAIS ( DE LONGE MUITO MAIS) INTERESSANTE QUE O FREFÚFULO ^^...MERECE UM FILME A ALTURA...VOU LER NOVAMENTE...E SUA RESENHA FICOU 10...PARABÉNS...

    ResponderExcluir
  23. parabéns pelo blog !!! nossa vc é muito detalhista tem uma interpretação incrível do livro ! eu li e vc conseguiu expressar td o que eu achei dele aqui nessa resenha ! agora sempre vou procurar resenhas aqui e continue assim =)

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!