RESENHA A MALDIÇÃO DO LOBISOMEM - SHANNON DELANY DA EDITORA UNIVERSO DOS LIVROS

sábado, 5 de março de 2011

Autora: Shannon Delany (site da autora)
Selo: Universo dos Livros
ISBN: 978-85-7930-180-3

Páginas: 336

SINOPSE


Descubra o que os lobisomens podem oferecer e apaixone-se também!
Jéssica é uma garota inteligente e esperta, porém, disposta a dissimular os seus sentimentos mais reais. Este mundo de mentiras está prestes a acabar com a chegada de Pietr Rusakova.

Ela é atraída pelo misterioso (e sexy) forasteiro. Aquele olhar… pode atravessá-la como uma flecha! Ele é muito mais que um rosto perfeito, Pietr é perigoso e tem muitos segredos.

O que Jéssica não imagina é que aos 13 anos os Rusakova recebem uma sentença. Se uma transformação a qual estão destinados ocorrer eles terão uma vida curta, mas repleta de aventuras, onde as ligações afetivas tornam-se mais intensas e arriscadas. Uma corrida contra o relógio. Bem diferente da vida que ela imaginou…
Metade homem, metade monstro. Pietr levará Jéssica a um novo mundo onde heroínas e lobisomens se apaixonam em uma história cheia de reviravoltas.
A série 13 to Life irá levá-lo a um mundo onde heroínas e lobisomens vivem uma intensa história de amor, aventuras e suspense.
Quando a editora Universo dos livros anunciou o lançamento desse livro, confesso que não conhecia, mas depois que li sinopse fiquei tentada a adquiri-lo, mas sinceramente não tinha nenhuma expectativa, porém o livro foi uma grata surpresa, a autora Shannon Delany  instiga o leitor a não largar o livro até a página final, pois tem uma trama cheia de mistérios, com momentos de tensão, e ao mesmo tempo explora os problemas do mundo adolescente.
A protagonista (“Aleluia Senhor”) é uma adolescente normal, de nome Jéssica (“Jess”) vive uma vida tranqüila, têm duas amigas, Sarah (como originou a amizade das duas é bastante interessante e fora do padrão) a outra amiga é Amy (que realmente é aquela amiga nota 10), Jess é tão normal que tem uma paixonite platônica por um atleta popular da escola Derek (que deixou no ar que tem algo mais...), vive com o pai, pois a mãe faleceu (a morte da mãe tem uma ligação interessante com Sarah). Mas óbvio que não irei contar, e mais a autora sabe trabalhar tão bem com mistério, ou seja, a resenha não vai ter spoiler porque a autora não confessa nada também...
A vida de Jess estava tranqüila, mas chega um aluno novo na escola,  e ela é convocada para mostrar a escola para Pietr que não mostrou ser um cara simpático e bastante enigmático porém como um tempo passando juntos irá desenvolvendo uma relação entre os dois, porém vem a parte que realmente achei desnecessária, ao meu ver, foi o único ponto negativo do livro.
Os personagens Jess e Pietr são personagens fortes, com uma gama de valores para serem desenvolvidos em uma relação sentimental, porém a autora para não fugir do clichê inventou um trio, pois é... afirmo isso não estraga o livro, como já citei acima a autora tem uma narrativa tão envolvente que não tinha o porque, até entendi o que a autora queria mostrar, mas ela podia ter desenvolvido  a outra pessoa de forma diferente.  Quando lerem o livro vocês irão adorar o casal do Pietr e da Jess porque é uma relação que tem fatores externos que impulsionam a relação (mas ela só dá a entender, não explica muito nesse livro os fatores, talvez no segundo pelo que entendi da sinopse) e além de todo sentimento que um tem pelo outro. Comentando sobre isso com o meu amigo @SnakeTnTaylor ele até citou uma frase “Se você estiver apaixonada por duas pessoas escolha a segunda, porque se a primeira fosse importante não haveria opção”. Então acho esses trios tão se tornando tão clichê que podem um dia destruir uma narrativa, mas não foi o caso desta.
Depois do momento DESABAFO, vou destacar uma cena interessante, a música que tocava no baile (até coloquei em uma das montagens para vocês entenderem) simbolizava emoções que os personagens estavam passando no baile, achei muito interessante e criativo. A autora é excelente.

Outro lado do livro, além do romance e dramas adolescentes, tem a parte do sobrenatural, por enquanto nesse livro obviamente tem lobisomens, e que podem estar envolvidos com a Máfia Russa e a CIA, pois é a autora deixou a entender, mas não afirmou que talvez os lobisomens fossem usados como armas de guerra.  Mas isso é tudo suposições....

T
em tanta coisa o livro que ia esquecendo... os personagens paralelos, a família de Pietr, as amigas da Jess,  os pais dessas amigas, o próprio pai da Jesse, o Derek (esse então você fica desconfiada direto) todos esses personagens acho que irão se revelar no próximo livro, mas pelo que vi da autora talvez só uma parte desses personagens, ela adora fazer uma trama que você fica presa no livro e nem tem vontade de tomar água kkkkkk

A
resenha ficou enorme, porque realmente o livro é muito bom, ele não revela quase nada, deixa você cheia de incertezas, mas mesmo assim você tem muita coisa para tentar contar, espero que resenha tenha conseguido dar uma idéia desse incrível livro escrito por essa excelente autora Shannon Delany.
Então quem ainda está pensando em comprar, não pensem, adquirem logo, super recomendo esse livro. Com certeza vocês irão adorar!!!! E não é um livro apenas feminino, a galera masculina também irá apreciar muito.
ONDE COMPRAR: CLIQUE AQUI

CAPA ORIGINAL


BOOK TRAILER



OUTROS LIVROS DA SÉRIE:

2º Livro da Série 13 To Life – Secrets and Shadows
Data de Lançamento: 15/02/2011 (sem previsão no Brasil)
Sinopse: As estacas sobrenaturais são mais elevados do que nunca, agora que mais do que apenas lobisomens rondam a cidade de Junction - amizades serão formadas, as escolhas serão feitas e aliados podem se tornar inimigos ...

Nada é simples quando você correr com lobisomens. Jess Gillmansen pensa que já viu tudo, mas seus olhos estão prestes a ser aberto ao perigo ainda maior e uma realidade muito mais paranormal do que ela é suspeita.


3º Livro da Série 13 To Life - Bargains and Betrayals
Data de Lançamento: Previsto para 16/08/2011 (Sem Previsão no Brasil)
Sem Sinopse







MARCADOR
DE
LIVRO

14 comentários

  1. Oi!

    Caramba, te juro que estava sem nenhuma expectativa pra esse livro, mas depois dessa resenha, eu tô com muita vontade de ler! Mistério é comigo mesmo! xD Adorei a resenha! ^^

    Beijão, linda!

    Mateus Bandeira
    "Our Vices!"

    ResponderExcluir
  2. Ai... a vingança foi forte... como não querer me apaixonar por mais um russo... apesar que Dimitri Belikov é único, perfeito... mas já sei que vou me apaixonar por Pietr... vou esperar um pouco... pois estou querendo livro adultos...

    AMEI a resenha, as montagens! Você arrasa!

    Beijos, te adoro, amiga!
    Não fica com ciúmes She... também te adoro!

    ResponderExcluir
  3. Oii! Cada vez q entro aqui fico mais impressionada, adoro suas resenhas que sempre me dão dicas ótimas, como essa, q logo vou procurar!
    Bjoos!

    BLOG: kastmaker.blogspot.com
    Twitter: @GKasmaker

    ResponderExcluir
  4. AMEI!!!!
    Eu quero esse livro logo!!!
    Bjs.
    =]

    ResponderExcluir
  5. Ai meus deuses...
    Peguei esse livro hje na livraria pra trazer, mas desisti e trouxe Dezesseis Luas, será que fiz besteira?
    Adorei a resenha...
    bjos Paty.

    ResponderExcluir
  6. E mais uma vez a minha maninha querida me faz ficar doido, querendo ler logo esse livro.

    Adorei a história, e além de tudo gostei do tema inovador aqui no Brasil. Sem contar a arte das montagens que deixam o post um primor. Ótimo texto com o complemento visual, perfeito.

    Parabéns pela resenha maninha, ficou ótima!
    Mais um dos tantos que estão na fila de leitura e aquisiçao;
    Beijosss!

    ResponderExcluir
  7. ADOREI!!!

    Realmente tenho que concordar com a Ci..o que me fez enlouquecer primeiramente com esta resenha foi o sotaque russo do Pietr...hehehehe...embora o meu perfeito seja somente o Dimka não resisto a um homem com este sotaque!

    A Resenha ficou maravilhosa amiga! As montagens divinas e realmente vou correr e comprar o meu ainda neste final de semana!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Amiga... adorei!

    Vc já tinha me falado do livro, mas achei que era empolgação pós-leitura. Mas adorei a resenha (e viu como vc arrasa?!) e vou querer ler!

    Vai demorar pra poder ler... mas enfim, um dia, quem sabe, eu leia kkkk

    Beijos =**

    ps: lindas as montagens!!



    Guria Que Lê

    ResponderExcluir
  9. Não... não... não...
    Minha listas de livros para comprar já está muito grande. rs

    Adorei a resenha e esse toque de mistério que tem o livro. Não vai ter como não colocá-lo na minha lista de leituras =)

    E as montagens... Eu já falei que você arrasa, né?


    =*

    ResponderExcluir
  10. Ai, mais um pra minha lista de EU QUERO!!!!
    Mas que pena que mudaram a arte da capa. A original é muito mais linda!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Demorei, mas aqui estou

    Como pude não ler essa resenha antes O.õ
    Só pelo fato de não ser vampiros lantejoulas já me deixa mais aliviado (Tá, parei qualquer dia alguém me bate por falar assim dos vamp's)

    Adorei a resenha e ainda mais as montagens feitas para essa postagem, realmente são apetrechos que chamam ainda mais a atenção.

    Gostei também da citação do @SnakeTnTaylor em relação ao uso massivo de trio amoroso

    Bom
    Parabéns Paty pelo trabalho magnífico que vem desenvolvendo e ao blog da Guardiã por estar cada vez mais evoluindo e ganhando novos seguidores

    Grande abraço
    Rafael Sales
    www.projeto-penumbra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Consegui finalmente comentar aqui ehheheehee
    Então nesse primeiro a autora não revela as coisas? Tenho agonia, acho que espero saber sobre o segundo pra ver o andamento. Prefiro esperar pra saber se esse lance da CIA e da máfia vai ser desenvolvido de um jeito legal pq se for aí sim vale a compra da série, senão nem tanto :-)

    À parte disso, só pra comentar, a frase do SnakeTnTaylor me chamou bastante a atenção, a princípio achei interessante, mas pensei melhor e lembrei de algumas coisas que meio que contradizem completamente isso.

    Com exceção de Crepúsculo, que o terceiro envolvido era meio que "o grande mal"... não só livros, como filmes e séries de tv também há um excesso de trios amorosos (em Gossip Girl, por exemplo, quando teve uma cena de sexo a três, houve uma onda de revolta criada pela associação de pais e mães lá nos EUA). E isso não é um clichê por lá. É uma tentativa inconsciente (e, às vezes, proposital) das pessoas de se oporem e tentar derrubar as doutrinas e o repúdio (muito mais intenso lá do que aqui) de que qualquer coisa que se desvie de uma relação monogâmica tradicional seja errada, tenha de ser resolvida a todo custo. Não é à toa que centenas de obras de lá tratem exatamente sobre desse tema e apresentem, mesmo que de forma subliminar, trios, sexo a três entre outras coisas e que, em países onde há menos preconceito sexual as coisas tendem a ter as mesmas cenas mas sem o exagero, sem o objetivo de comover o público (exatamente com aquilo e não com a história) e muitas vezes sem tanta relevância na obra como um todo.

    Não só autoras, como autores também falam disso. Ex: Scott Westerfeld. É algo a se pensar. Não acho que o lance dos trios seja certo nem errado, simplesmente acontecem e meio que condenar isso é um falso moralismo.

    Fico no aguardo da resenha do segundo volume da saga pra saber se os segredos são revelados, afinal estamos precisando de mais boas (ênfase no boas) obras com o tema lobisomem :-P

    ResponderExcluir
  13. Ah, Zumbia, eu já tinha lido e comentado nessa resenha, mas tinha dado pau no comment e perdi e o Bell falou e disse aí em cima.

    A acrescentar... Sinto agonia com falta de revelações em excesso no primeiro livro justamente por causa de HoN, mas o tema lobisomem muito me agrada...

    Só que o título em inglês diz tão mais coisa... porque é uma maldição que começa aos 13 anos para a vida toda, né? =/

    Mas, às vezes, gosto mais de livros que têm, no máximo 3 volumes, ou um bem extenso, ou 2. Sei lá.... posso parecer chata, mas acho que dá para enrolar menos e fazer uma boa história em menos livros... temo que isso se torne costume demais ... já vi séries de 20 livros ou mais... pra q?

    Gostei de Sangue de Lobo, cheio de informações e segredos em um único livro, li o capítulo 1 de Lobo Alpha e já gamei (e são 2 volumes apenas), então por que não pode ser assim lá fora?

    Há uma Hound of God (outra forma de se chamar lobisomem em inglês) no Graveyard Book do Neil Gaiman, personagem importante, embora não principal, e é um livro...

    As sagas estão meio que desgastando as pessoas, eu acho, bem, pelo menos a mim... gostaria de saber sobre a história do segundo e quantos livros vai ter a saga... mas me atraiu. Boa resenha, Zumbia! =D

    {Copiando e colando o comment pra não perdê-lo de novo}

    ResponderExcluir
  14. eu quero ler os que faltam...alguém sabe quando serão lançados

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!