Resenha Dupla @blogdaguardia + @paros28 : O Beijo da Meia Noite - Lara Adrian - @univdoslivros

terça-feira, 24 de maio de 2011

Desejo insaciável. Sedução sem fim.
Um toque é apenas o começo.

Gabrielle Maxwell é uma renomada artista plástica que vive na cidade de Boston. Abandonada pela mãe ainda na infância ela carrega um marca de nascença que mudará sua vida. Depois de uma exposição de fotos bem-sucedida é testemunha de um assassinato sangrento. Transtornada com as cenas de terror ela procura explicações...E apenas um homem, Lucan Thorne, será capaz de ajudá-la.

Lucan despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro da Raça, e jurou proteger sua espécie - e os humanos - da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda.

Agora, nos braços desse intimidane lider da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres.

"Sedutor, erótico, intrigante."
J.R. Ward autora da série Irmandade da Adaga Negra

Review da Guardiã: Realmente tenho que concordar com a Warden...isso que eu já AMO BDB, mas realmente Lara Adrian é de tirar o chapéu!!! Midnight Breed surpreende os fãs de romances sobrenaturais com uma batida sombria e eletrizante, o erotismo pulsa nas páginas de O Beijo da Meia Noite, temperando com sangue e cenas HOTs este delicioso livro.

Gabrielle é uma artista renomada e independente, não acredita no amor e vive sua vida para o trabalho, cética, não acredida na espera pelo príncipe encantado...mesmo assim sua alma é inquieta e ela sabe que alguma coisa é diferente com ela...só não imagina o quê.

Com amigos comemorando o sucesso de sua última exposição, foi quando ela viu sua vida mudar...uma noite sombria, corpos suados colados na pista de dança....e um olhar cruzando com o seu mesmo no meio da multidão...o magnetismo que o leitor sente desde este primeiro contato é inebriante para nós...imaginem para Gaby (afffff...me abana).

Lucan é o líder da Raça, o único descendente da primeira linhagem...carrega o peso de proteger os seus e os humanos contra os constantes ataques dos Renegados (vampiros fora da lei que cedem à sede de sangue e usam a humanidade como gado)...mas a batalha contra o inimigo é mais complexa e viceral para ela...pois a sede também habita em suas veias e ele também precisa lutar consigo mesmo para tentar não sucumbir à sede e tornar-se ele próprio um Renegado. Mas Gabrielle cruza o seu caminho...e tudo o que ele não precisava naquele momento era mais complicação em sua vida (ou pelo menos era isso que ele pensava...hehehe).
Após testemunhar um brutal assassinato por uma suposta gang de motoqueiros...Gaby e Lucan passam a entrelaçar sua histórias.
Ahhhh realmente a química entre os dois é explosiva desde o primeiro contato. Gabrielle cada vez mais envolvida no mundo dos vampiros (mesmo sem saber), depende cada vez mais de Lucan para sobreviver...e não é somente sua integridade física que ela entrega à ela...mas também a sua alma e seu coração. 
Lara Adrian, conseguiu muito bem juntar diversos elementos diferentes desde o contemporâneo na vida agitada da Boston nos dias atuais e elementos lendários e de ficção cientifica (realmente concordo muito com a hipótese dos vampiros como seres de outro planeta)...Os outros membros defensores da Raça dão ao livro aquele ar brincalhão carregado de honra e amizade...Dante, Gideon e Tegan são os que mais prometem para os próximos livros...claro que o clã de amigos de Gabrielle também desempenharão papel importante na trama, assim como os fantasmas de familia tanto dela, quanto de Lucan. 

Gabrielle é forte, decidida e lutará por sua vida e pelo o que quer em sua vida...Lucan tem sua convicção...quem será o mais forte no final?

Para quem ainda não leu, realmente O Beijo da Meia Noite será uma história cativante e a Universo dos Livros realmente está de parabéns por trazer Midnight Breed ao Brasil...antes que eu conte tudo e não deixe nada para a @paros28...vou parando por aqui. Mas não sem antes deixá-los com o "gostinho" (literalmente) da minha cena favorita deste livro.

...Beijou a doce curva de seu quadril, e deixou a língua passear pelo pequeno vale em seu umbigo. Sentiu-a arfar enquanto mergulhava em suas reentrâncias, e a fragrância do desejo de Gabrielle envolveu seus sentidos.
- Jasmim - sussurrou rouco contra sua pele aquecida, arrastando os dentes com cuidado enquanto seus beijos se venturavam mas em baixo.
O Beijo da Meia Noite - Lara Adrian - página 51
O Beijo da Meia Noite merece o selo de Qualidade GMN!! Confira!



SINOPSE

Título Original: Kiss of Midnight
Número de páginas: 400
Selo: 
Universo dos Livros
Tradução: Adriana Fernandes Machado de OliveiraISBN: 978-85-7930-195-7
Gabrielle Maxwell é uma renomada artista plástica que vive na cidade de Boston. Abandonada pela mãe ainda na infância ela carrega uma marca de nascença que mudará sua vida. Depois de uma exposição de fotos bem-sucedida é testemunha de um assassinato sangrento. Transtornada com as cenas de terror ela procura explicações... E apenas um homem, Lucan Thorne, será capaz de ajudá-la.

Lucan despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro da Raça, e jurou proteger sua espécie - e os humanos - da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda.

Agora, nos braços desse intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres...

RESENHA

As minhas opiniões sobre o livro O Beijo da Meia-Noite de Lara Adrian, teve um forte influência na questão “comparação” com os livros da série Irmandade da Adaga Negra da J.R.Ward, ambos lançados pela editora, Universo dos Livros.



Foi inevitável não fazer, já que em várias características dos personagens lembram os irmãos da Adaga Negra, além de físicas (obvio todos são fortes e assassinos), mas algumas características comportamentais, quem já leu Irmandade da Adaga Negra irão identificar um Zsadist, Wrath, Vishous, porém as características não são iguais, mas irá lembrá-los.

Então devem estar achando, nem vou ler esse livro, mais igual... No início até achei, mas no decorrer do livro foi uma grata surpresa, a receita pode até ser a mesma, mas o desenvolvimento da narrativa é completamente diferente.
Os vampiros desse livro são originários de seres extraterrestres, hã? Podem até achar viagem, mas a explicação é bem plausível, esse seres vieram ao planeta há muitos anos atrás eram exploradores, quando chegaram à Terra, já que o seu organismo tinha um desenvolvimento avançado, não conseguiam se alimentar de animais ou vegetais, descobriram que só o sangue conseguia alimentá-los, e a denominação vampiro foi dada pelos terrestres, pois eles tinham outra denominação. Viu nem é tão doido assim...


Desses seres extraterrestres e mulheres humanas originaram-se os vampiros desse livro, por causa de um defeito genético só originam-se homens vampiros, não existem mulheres. O personagem central desse livro é Lucan, os outros livros da série são de cada um dos irmãos que apareceram nesse livro e outros que aparecerão nos próximos.

Então... Lucan é um vampiro da primeira geração (vampiros originários dos E.T. Vamp) como diz aqui no sul, “Ele é um guri novo” só tem 900 anos, kkkk... Ele é o rei dos guerreiros da Raça, que são vampiros que defendem a Raça, e lutam contra os Renegados (vampiros com sede de sangue). Hã???  Mas não é confuso não é muito bem explicado e bem definido pela autora no livro.  Nas montagens coloquei algumas definições sobre sede de sangue, mas acho que já estou explicando demais, melhor vocês lerem o livro para entenderem...



Uma curiosidade é em relação das tatuagens, que denominam, dermoglifos, que os guerreiros possuem pelo corpo, além de simbolizaram a importância de cada guerreiro, elas também modificam a cor de acordo com o momento do guerreiro (em uma das montagens eu coloquei um pouco da explicação dos dermoglifos).

Um ponto forte do livro é os inimigos no caso os Renegados, e os Subordinados (humanos escravos), realmente gostei muito do estilo como autora os criou, realmente são inimigos que você torce na leitura do livro para que virem pedaçinhos nas mãos dos guerreiros.

Outra parte interessante é a questão da armas dos guerreiros, principalmente a arma do guerreiro Dante, é bem interessante, e fiquei bastante empolgada com as lutas descritas no livro, pois a definição de uma arma letal para os Renegados, em relação aos guerreiros nesse livro aparece Dante, Colan, Rio, Gideon, Nicolai e Tegan (é o personagem do 3º livro, lembra o Z), de todos o Tegan é o mais complexo já que ele tem uma mágoa com Lucan, que no decorrer da leitura acabamos descobrindo os motivos.

Fiquei tão empolgada com a narrativa elaborada pela autora em relação ao mundo vampiresco do livro, que já ia esquecendo a personagem feminina central, que é Gabrielle Maxwell, uma fotógrafa que presencia a hora do lanche (MC Humano)dos Renegados, e fotografa a cena, é nesse momento irá acontecer o encontro de Gabrielle e Lucan, pois ele terá que recuperar as fotos antes que Gabrielle mostre-as para alguém.


Ok... Ok... Para as taradas de plantão... Lucan e Gabrielle protagonizam alguns hots, um dos interessantes é quando ela está dormindo, é que esses vampiros têm alguns poderes psíquicos e Lucan já que é o mais velho tem poderes maiores, mas não é um sonho virtual não... É presencial kkkkkkkkkkk só ela que está dormindo ele não...

Em relação ao casal, Lucan não quer ter uma Companheira de Raça, já que o mais importante para ele é servir a Raça, e caso tenha uma Companheira tem medo além de relaxar em relação a sua responsabilidade, também tem outro receio oculto, algo haver com que aconteceu com seu pai em relação a sua mãe, e também o que houve com seus irmãos.



Alguns guerreiros já possuem Companheiras de Raça (para o pessoal que já leu IAN é as sheelan) outra definição que achei interessante o que é uma Companheira de Raça na visão da Lara Adrian (vocês terão que ler o livro para descobrir), até mais interessante que IAN, em minha opinião, tudo bem que tem o velho clichê “Você nasceu para mim”, mas na verdade, as companheiras são escolhidas por afinidade, como qualquer relacionamento normal.

O livro não perde o ritmo nunca tem um equilíbrio, a autora consegue nos passar toda a estrutura do mundo vampiresco que ela criou, sem ser monótona e na maioria das vezes  essa visão vem através de uma narração de Lucan, até a parte dos inimigos que em IAN você quer ler por achar cansativo, no livro de Lara, pelo contrário, nesse essencialmente, ela conseguiu nos capturar já que a identificação do líder dos Renegados é uma incógnita até o final do livro, e para melhorar é surpreendente a revelação.

Resumindo, adorei o livro, a leitura é agradável e viciante, com certeza quem já leu IAN, e principalmente quem ainda não leu irá adorar o livro, Lara Adrian fez com a mesma receita, um resultado diferente, e até por vezes muito mais empolgante.

Dica: Não leiam os e-books, pois irão se decepcionar, as traduções são horríveis e descaracterizam o livro totalmente.



OS IRMÃOS












MARCADOR DE LIVROS





PRÓXIMO LANÇAMENTO O BEIJO ESCARLATE (KISS OF CRIMSON)

SINOPSE: Unidos pelo sangue e por sombrios segredos, eles mergulham em um mundo repleto de perigos e prazer interminável…
Tess Culver é uma sensual veterinária que se envolve com um desconhecido ao tentar salvá-lo. Ela luta pela vida de Dante que não é realmente um homem, e sim um dos guerreiros da Raça dos vampiros, que estão envolvidos em uma batalha desesperada. Em um momento único repleto de sensualidade, Tess invade seu mundo – um lugar obscuro em que gangues de vampiros Renegados espreitam pela noite, causando terror por onde passam.
Aterrorizado por visões de um futuro sombrio, Dante vive e luta como se não houvesse amanhã. Tess é um contratempo de que ele não precisa – mas agora, com seus irmãos sob ataque, Dante deve protegê-la de uma ameaça crescente que inclui ele mesmo. Pois, com um beijo imprudente e irresistível, Tess se torna parte importante de seu reino no submundo.
Ligados por um vínculo de sangue, Dante e Tess precisam se unir para acabar com inimigos
letais, enquanto descobrem uma paixão que transcende às próprias fronteiras da vida…
Os demais livros da série:

7 comentários

  1. Jesus, eu quero ler!! Mas 9 livros?? Eu vou a falencia kkkkkkkk
    Fazer o que, né? Quando a serie é boa não tem jeito, TEM que ler.
    Resenha MARA!!! S2

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  2. Ui, até arrepiou agora!! rsrsrsrsr
    Gente que resenha dupla mais show!!
    Adorei, mas agora, por culpa de vcs eu vou ficar numa ansiedade tremenda para ler o livro, isso não é justo!!! kkkkkkkkkk

    Ai, vcs mandam mto bem, resenhas incríveis,parabéns!!!

    bjoos da Gih

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito ler esse livro. E eu devo ser louca de verdade por gostar tanto de ler series. 9 livros??? Mas eu vou ler, nem que saiba daqui 10 anos kkkkk E ainda a personagem é Chará *-* Otima resenha!

    ResponderExcluir
  4. Huhhhhhuuuu o Tegan é meu!! Estou apostando todas as minhas fichas nele!!

    ResponderExcluir
  5. Oba!!! Não vai ter briga...rsrsrs...
    O Niko é meu...
    Resenhas excelentes(novidade....rsrsrs...)
    Eu amo essa série. Li até o livro do Kade e lógico já comprei o do Lucan...
    Amei meninas!!!
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  6. Desculpem a demora… no comentário… mas ando meio agarrada… sei que vcs me entendem…
    Vcs sabem que eu amo IAN mas estou impressionada com os Midnight Breed… a forma de Lara Adrian escrever é muitas vezes melhor e em outras diferente, mas nunca pior que J.R.Ward…
    Pedi minha mãe para comprar um perfume com cheiro de jasmim… quem sabe Lucan nãome confunde com Gabrielle… e já estou ansiosa por O Beijo Escarlate…

    ResponderExcluir
  7. Adorei as resenhas cada uma expondo de forma primorosa um ponto de vista sobre a série. Fiquei tentado a lê-la por causa das comparações a IAN e do melhor desenvolvimento dos Antagonistas. A parte erótica por ser muito voltada para o lado de SS me desanima um pouco... prefiro algo mais intenso e enxuto como as descrições de IAN.

    Enfim um livro que permite 'aprofundar' mais nesse gênero de livros que tem ganhado mais espaço por aqui e sem serem rotulados como romances de banca.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!