Resenha Especial: Perdida - Carina Rissi por @blogdaguardia e @paros28

segunda-feira, 6 de junho de 2011

“Ian era diferente dos caras que eu conhecia, sempre tão educado e atencioso. Mas assim eram todos os homens daquele século. Alguma coisa naqueles olhos escuros me fizeram confiar nele, aceitar sua ajuda, querer falar com ele e... querer tocá-lo de forma nada educada! Um tremendo erro! Um erro que depois me machucaria muito. Precisaria ser cuidadosa e evitar ficar sozinha com Ian. E precisaria, acima de tudo, manter minhas mãos bem longe dele!”

 Numa louca e divertida aventura, Sofia acaba encontrando mais que diferenças culturais, acaba encontrando a si mesma e um grande amor. Uma narrativa bem humorada sobre uma história tão devassada como a viagem no tempo vista do ponto de vista feminino, que sempre é um pouco diferente, ligeiramente mais confuso e muito conturbado. Perdida é uma história apaixonante e com um ritmo eletrizante, que fará o leitor devorar até a última página! 






Resenha da Guardiã: Sabe aqueles livros que amamos e deixamos sempre em cima da estante ou ao lado da cabeceira da cama para darmos um espiadinha sempre que der vontade? Pois bem, Perdida tornou-se um destes livros pra mim! Só tenho a agradecer à nossa amiga Carina Rissi por nos presentear com um livro assim tão gostoso de ler e também a minha gêmea de compras @paros28 por me dar ele de presente de Páscoa, realmente foi muito melhor do que chocolate...hehehe 

Sofia é uma workaholic que só pensa em sua carreira, trabalha muitas horas por dia e não vive sem a tecnologia (computador e celular são praticamente como peças de roupa de baixo, ela praticamente nunca está sem..kkk), cética, não acredita no amor e muito menos em casamento, mas vive perdida no romance que encontra nas páginas de seus livros favoritos (qualquer semelhança entre ela e esta blogueira que vos escreve é mera coincidência...ou não? Hehehe).

Pois bem, Sofia realmente não entende porque as pessoas dão tanta importância ao casamento (ao morar junto, enfim... e realmente eu também não, mesmo já estando no meu segundo casamento.) e durante uma pseudo comemoração em que sua amiga Nina lhe comunica que irá chamar seu namorado Rafa para morar junto, Sophia acaba se excedendo na bebida e deixando seu celular cair na privada do boteco onde eles estavam (achei o ambiente muito parecido com alguns barzinhos que eu freqüento aqui na Cidade Baixa em Porto Alegre...hehehe).


Sem celular, Sofia consegue ficar mais perdida do que cego em tiroteio...sua primeira providencia no sábado pela manhã foi tentar adquirir um novo aparelho (apesar da ressaca), ao entrar em uma loja vazia com uma vendedora muito estranha, ela realmente vê literalmente sua vida dar instantaneamente um giro de 180° virando tudo de pernas pro ar! E ela aterrissa literalmente em 1830 e começa toda a confusão!!


Imaginem alguém caindo de pára-quedas no meio dos prados de sua propriedade em pleno século XIX vestindo regata branca, mini-saia jeans e allstar vermelho? Pois imaginem a cara do Ian quando deu de cara com a Sophia deste jeito! O primeiro reflexo do homem foi achar que a guria havia sido atacada por bandoleiros, assaltada e largada nua pelas pradarias (meu...me perdi tanto nas páginas de Perdida que agora estou falando igual à ele...kkkk). Mas como todo o bom cavalheiro do século XIX ele vai em seu socorro, lhe oferecendo apoio e tentando auxiliá-la a voltar para casa, mesmo que ele não tenha a menor idéia de onde seja.


Carina realmente escreve com muita desenvoltura, o humor espontâneo que brota nas páginas de Perdida derivado dos choques culturais entre a vida moderna de Sophia e os costumes de 2 séculos atrás por parte de Ian, divertem o leitor e dão leveza à narrativa. O romance tecido por Carina entre Sophia e Ian é leve e muito natural, com ingenuidade e malícia nas doses certas, permitindo que os leitores fiquem com aquela sensação de amor adolescente brotando a cada novo capitulo, mas que vai crescendo e se desenvolvendo, culminando num clímax de desejo mais adulto.
(desde o primeiro capítulo eu achei a Keri Russel a Sofia perfeita!!)


As agruras da nossa cética e workaholic Sofia realmente nos permitem refletir...e se isso acontecesse comigo? Como eu me viraria sem água encanada? Sem banheiro? E principalmente no meu caso, sem microondas ou internet??? (eu ia morrer!! Será?) E com certeza após ler Perdida nunca mais você irá encarar um pé de alface da mesma forma!!! (pronto falei!! Ri horrores nesta parte! Heehehe) 

A cena dele arrombando o quarto dela por que ela foi pedir uma navalha pra poder raspar o sovaco (axilas) durante o banho foi mundial!!! Ainda mais porque ela estava com o cabelo verde por conta de uma meleca de abacate (hidratante natural que ela fez para tentar dar um jeito nos cabelos)...kkkkkk...muito boa!!


Ian é personificação do homem ideal feminino, ele é forte, bonito, inteligente, bonito, educado, bonito, tem senso de humor e é realmente muuuiiiitttoooo bonito!! Hehehehe – Como não se apaixonar por um carinha destes???? Um gentleman em todos os sentidos, mas com paixão suficiente para incendiar qualquer uma!! AMO o Ian!! O dia em que a Sophia cansar dele (o que eu acho muito difícil) eu sou a ficha 2 (a @paros28 que me perdoe, mas a Gollum aqui tem prioridade! Kkkk).


A cena mais marcante e perfeita foi quando Sofia canta para ele após a primeira noite da amor!! Não resisti e fui pentelhar a Carina no MSN assim que acabei de ler o livro..e esta é a musica que embalou o amor de Ian e Sophia em Perdida!! AMEI!! AMEI!! AMEI!!

[trouxemos aqui para vocês a música de Sofia e Ian]



Nos apaixonamos perdidamente junto com eles! Rimos e choramos, ficamos na expectativa pelo desenrolar da história e realmente no momento final após todo o baque (no qual eu chorei igual uma criança junto com a Sofia quando ela viu os quadros) acabamos vibrando muito com o final!

 Um livro que consegue isso com o leitor não é qualquer livrinho! Um livro que permite ao leitor se perder dele mesmo em suas páginas, mergulhar fundo e curtir cada parágrafo, merece o selo de Qualidade GMN!


P.S.: Hoje fazem 7 dias que terminei de ler Perdida, e tenho a dizer à vocês que ainda não superei a DPL que me assola!

P.S.2: Onde eu consigo o telefone da tia da loja de celulares?

P.S.3: Tenho 2 celulares agora, um pessoal e um corporativo, será que minhas chances de encontrar o Ian aumentam agora?




SINOPSE

ISBN: 978-85-7923-314-2
Páginas: 472
Editora: Baraúna

Sofia vive em uma metrópole e está habituada com a modernidade e as facilidades que isso lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor à menção da palavra casamento. 

Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição.

Após comprar um novo celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter idéia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda do prestativo Ian, Sofia embarca numa procura às cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam levá-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

Sobre a autora
Carina Rissi nasceu no interior e viveu na Capital paulistana por seis anos. Atualmente, mora com sua família no interior de São Paulo. Já atuou em diversas áreas, mas acabou se encontrando como autora. Leitora compulsiva assumida, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo. Perdida marca o início de sua carreira muito promissora.

Quando eu tenho o privilégio de poder conversar com o autor, eu sempre pergunto o que o autor pretendia com o livro, perguntei para Carina e ela me respondeu:
“Quando eu estava escrevendo perdida eu não sabia bem que estava escrevendo um livro. Comecei com um trecho que acabou ficando muito maior que um texto qualquer. Na época eu ainda não pretendia nada, só queria saber como a história terminaria. Depois que terminei, e o marido leu e me incentivou a tentar a sorte, voltei para editar e aí sim pensei em possíveis leitores. Eu só queria que o leitor se divertisse lendo Perdida, nada, além disso.”

Se ela queria que o ator só se divertisse ela não conseguiu... porque além de divertir, ela foi bem mais além... Ela conseguiu emocionar...


RESENHA

Eu realmente não posso começar essa resenha, sem antes contar como conheci a autora, acho que foi dezembro por aí, a insegura Carina Rissi, entrou em contato comigo através do twitter, para dar uma força com o livro que ela tinha escrito, estava sem editora, e tentando igual a milhares de escritores nacionais mostrarem sua obra, nesse contato ela me enviou apenas uma capa provisória (lindíssima), a sinopse, e um prólogo do livro.

Mas desde aquele momento eu sabia que o livro iria ser maravilhoso, sério não li nem e-book, até porque não queria, pois especificamente o livro da Carina eu queria ler com ele em minhas mãos, além de ser um romance atual e histórico ao mesmo tempo, e conhecendo a simpatia e sensibilidade da Carina nos nossos papos virtuais, eu não tive dúvidas nenhuma que era uma obra que iria apaixonar quem fosse ler...
Quando ela confirmou a editora, entramos em outra etapa, a expectativa do lançamento do livro, ela nervosa que as pessoas poderiam não gostar (Piada...), e todas aquelas paranóias de autores que escrevem um primeiro livro, e por incrível que pareça a minha expectativa e medo, mas isso eu nunca confessei para ninguém e principalmente para ela, mas agora eu admito que a minha expectativa em relação ao livro era tão grande que eu tinha medo de me decepcionar... Imagina meu primeiro livro que iria ganhar de presente do autor, e seria responsável pela resenha, e se não gostasse? Teria que fazer uma resenha criticando, além de toda a ligação de amizade que tenho com a Carina.
E para piorar a chegada do livro se transformou numa novela, pois ela mandou pelo correio para todo mundo juntamente com o meu, só que o correio alegando chuvas fortes atrasou a entrega nem sabia onde estava à encomenda, resumindo só chegou quase um mês depois que todo mundo.


Quando leio um livro, eu me preparo de post-it e caneta para anotar as partes mais interessantes, no caso de Perdida quando fui ver eu tava ainda na página 20 e já tinha uma post-it quase completa, o livro é perfeito que praticamente que cada linha das 470 páginas é interessante, larguei as post-it de lado, e comecei a ler o livro, pra dizer a verdade comecei a viver do livro, porque realmente esqueci a vida.


Não tem como não se apaixonar pela leitura, apesar de o livro ser em primeira pessoa, narrada por Sofia a personagem principal, a autora conseguiu transmitir os sentimentos dos outros personagens pelo olhar de Sofia, e isso é complicado, pois já li muitos livros que a primeira pessoa o torna maçante ou fica curiosa para saber a opinião dos outros personagens, principalmente se for um casal, em Perdida isso não acontece...


Já que citei Sofia, e até porque o livro inicia apresentando a personagem, Sofia é uma garota moderna, tem o celular que faz tudo e até ligações kkkk, não vive sem microondas, computador, a vida dela sem tecnologia não existe, por isso é hilária a cena dela com a tal de “Tec. Tec, tec, tec, tec, tec, plim!”.


Depois de ter acontecido algo muito grave em sua vida... Ela perdeu o celular, ou ele se suicidou???  Tudo bem não é tão grave, mas para Sofia é... Ela irá adquirir outro no outro dia, mas além de todas as funções segundo a “vendedora” tem uma função maior é de mudar a vida de Sofia...

Em relação à personagem Sofia, ela lembra Lizzie Bennett com as personagens de livros históricos de Patricia Cabot (nunca ouviram falar? Personagem do livro da Jane Austen), pois é independente, espirituosa, acredita no amor, porém nega isso terminantemente, não ligada a convenções, espontânea, divertida e acima de tudo cativante.
Voltando a história, depois de ligar o celular, ela para no século 19, mas precisamente em 1830, ou seja, uma viagem no tempo, ainda meio “Perdida” um jovem cavalheiro a socorre, o nosso personagem masculino Ian Clarke (nome inglês, pois os avôs são ingleses, e um romance histórico sem inglês não tem graça kkkk, a autora sabe disso).


Quem já leu algum romance histórico, sabem que os personagens masculinos, são cavalheiros, educados, delicados, atenciosos, ou seja, o sonho de consumo de qualquer mulher, e claro que Ian Clarke não foge desse perfil, e com uma pitada de inocência, ele é todos os adjetivos acima, e muito mais, pois ele é inteligente, divertido, como Sofia mesmo se refere, “boa pegada” além de ser bonito.
O casal é simplesmente cativante e apaixonante, os diálogos dos dois são ótimos, com um pouco de humor, tanto da parte de Sofia e da parte de Ian, e quando o relacionamento começa a se encaminhar para algo mais intimo, os diálogos são envolventes e sensuais, um toque de Nora Roberts com Candace Camp (autora de romances históricos tanto de banca quanto de livraria)

As situações que Sofia enfrenta no século 19 são uma comédia, a cena da casinha (banheiro), do pé de alface (segundo Sofia não irá conseguir comer mais nenhum), das roupas da época (detesta as gaiolas kkkk), e todo mundo deve achar que o tênis vermelho da capa se refere à modernidade e o vestido longo e branco a época passada, mas na verdade o tênis vermelho é praticamente um personagem do livro.







E por falar em personagens diferentes, existe um cavalo, o Storm, pelo nome vocês devem perceber que ele é bem enfezado, e é... Storm é um cavalo negro, que no primeiro momento do livro apareceu numa tela de pintura, ahhhh... Esqueci de adicionar nas características de Ian, ele pinta lindos quadros, voltando a Storm (antes que ele me dê um coice) ele é indomável, Ian nunca conseguiu montá-lo, e quando consegue o cavalo que defini o caminho, quase no final do livro descobre que Storm é mais que um simples cavalo, não é que ele não seja um cavalo, ele é realmente um cavalo, deixa pra lá... Leiam o livro e descubram...


Os outros personagens que completam a narrativa a doce Elisa é irmã mais nova de Ian; Teodora inicialmente insuportável amiga de Elisa; Gomes o mordono camarada, Madalena a cozinheira que praticamente vira um cinto de castidade para Sofia; a piscante Valentina apaixonada pelo Ian; Dr. Almeida o médico que vê tudo e não pergunta nada e Santiago um personagem intrigante.





Sei que a resenha tá bem doida, mas foram meses de espera, e mais alguns dias para escrevê-la, e estou também um pouco nervosa (peguei a síndrome Carina kkkkk, será que a autora vai gostar da resenha?).
























Voltando a história, inicialmente Sofia quer voltar para casa, além das mensagens esporádicas do celular que a tal “vendedora” envia para Sofia, como se ela tivesse completando uma etapa, e em uma dessas mensagens está escrito que existe alguém igual à Sofia, ou seja, alguém do século 21 no século 19, então ela com ajuda de Ian tentam encontrar essa pessoa, que talvez a ajude voltar para os dias de hoje, mas como falei essa era intenção no início, mas depois...




Gostei muito das partes sensuais, pois estas são simplesmente lindas, envolventes, apaixonantes... Possuem detalhes sutis, que se caracterizam por uma visão mais romantica e sentimental, sem possuirem um caracter explicito como em outras obras.



Acho que por influência de Jane Austen, a autora criou personagens tão cativantes, inclusive os personagens secundários, sendo que não tem aqueles personagens que aparecem no inicio do livro e depois não se vê mais, nesse livro, apesar de certos personagens terem partes pequenas, mas eles estão sempre em envolvimento com a narrativa de uma maneira ou de outra. Quem já leu Jane Austen sabe que ela faz isso com os personagens dos seus livros, Carina conseguiu fazer também com Perdida.



Algo que me chamou atenção, porém não sei se foi proposital ou intencional da autora, apesar dela dar a entender uma determinada cidade, ou seja, São Paulo, mas ela em nenhum momento citou o nome, o que me leva a entender que ela quis que o leitor imaginasse o seu próprio local, em ambos os casos, eu realmente adorei, já que pude deixar que a minha imaginação idealizasse um ambiente.

A partir da página 397 até o final do livro, você chora/ri, angustia, aflita, mas acima de tudo se apaixona, são diversas emoções, mas em especial uma cena a da “Carta”, não sei se sou uma bobona sentimental, mas realmente fiquei com um nó na garganta, você foi danada “Senhorita Carina”, a emoção que passa ao leitor que acompanha o casal é incrível, e você realmente sente as aflições e a dor como se fosse a Sofia ou o Ian...



Já que a autora confessou no seu perfil, ela gosta de ler o final dos livros antes de ler, então com certeza ela soube fazer um final, e se alguém também ler o final antes de ler o livro, com certeza vai querer ler todo o livro. Porque foi brilhante final.



Se me pedissem para definir o livro da Carina, mais especificamente, eu diria que Perdida, tem os personagens cativantes de Jane Austen, o romantismo de Nora Roberts, a sensualidade de Candace Camp e o humor de Patricia Cabot, e para quem não conhece nenhuma dessas autoras ou alguns delas, o livro é simplesmente INESQUECÍVEL.

Carina, como você falou para mim quando saiu o livro, que estava nervosa com a minha opinião, agora eu estou com a sua, espero que a resenha tenha sido a altura das expectativas que você tinha sobre ela. Cheguei a comprar até fraldas... kkkkkk








Quer ganhar Ecobag de Perdida
+
Marcador do Livro Autografado
pela Carina Rissi??

Então bora comentar!!

Leia a resenha e deixe suas impressões
junto com o seu nome e Twitter.
(não vale comentários Tá legal! Gostei! entre outros, tem que realmente ler a resenha e deixar sua impressão)

(O Sorteio ocorrerá quando atingirmos 30 comentários)

Vamos conhecer o Ganhador da Ecobag + Marcador?? 
 Só tenho uma coisa a dizer, a pessoa aqui tá com uma linha direta com aquela tia que mandou a Sofia para 1830, só pode!!
 Continuem comentando a resenha e participando da nossa Promoção Perdida de Amores!!

62 comentários

  1. Meninas, arrasaram na resenha! O livro é ótimo mesmo! E a Carina é uma pessoa meiga demais! Bjkas

    ResponderExcluir
  2. OI
    Eu ainda não li esse livro, mas pelas resenhar eu achei muito parecido com Lost in Austen seriado de uma apaixonada por Jane Austen que vai parar dentro de suas histórias e acaba se envolvendo com Mr Darcy, e por eu ter amado o seriado e vendo que o enredo é bem semelhante, eu quero ler esse livro AAAHHHHH!!! O Ian parec ser TUDO!!!!
    Parabéns pela resenha dupla!!!
    Susana Weiss
    @ladyweiss

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha ficou maravilhosa! Eu já tava interessadíssima no livro da Carina aí vem voce e me faz uma resenha tão fantástica, pronto, agora vou ter que correr na livraria e gastar, o pior, sem poder, rsrsrs! Bjinhos!

    ResponderExcluir
  4. Eu conheci 'Perdida' graças a vocês... do GMN... e me apaixonei pelo livro... por Carina Rissi... por Sofia, por Ian... e como eu disse na minha resenha... a forma como Carina Rissi escreve é encantadora... adorei me sentir em um livro de Jane Austen...

    Ontem assisti à minisérie 'Orgulho e Preconceito' e me lembrei de Carina, de Paty... e me apaixonei ainda mais por romances históricos... ainda não li Patrícia Cabot e Candance Camp... mas acredito na Paty quando ela diz que Carina mistura os estilos de Jane Austen, Nora Roberts e as citadas anteriormente... quero TODOS os livros de Carina Rissi... ever and ever...

    Adorei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Aaiaiaiai, como pode isso?
    Conheci o livro por aqui e agora é por aqui que me deixaram morreeeeeendo de vontade de ler!
    A idéia é super original e tem tudo para cativar tipos diferentes de leitores, e com certeza é o meu tipo de livro, vou lê-lo o quanto antes!!
    Resenha? Isso não foi uma resenha, foi um show que essas moças lindas nos proporcionaram, dois pontos de vista semelhantes mas expostos de formas completamente diferentes, mas que de qualquer forma deixa os leitores com água na boca (ou nos olhos, não sei rs') para ler esse livro. Música linda e as montagens estavam lindas e me fizeram viajar! Fora que a proximidade com a autora nos faz ter uma visão muito mais pessoal do enredo do livro. Parabéns meninas!!!.....AMEI!

    Preciso desse livro....vou correndo comprar!!!
    Bjuuu da Gih


    Gislene S. Pinheiro
    @GKastmaker

    ResponderExcluir
  7. She e Paty,

    Tô tentando encontrar as palavras certas pra agradecer, mas parecesse que elas não existem. Voces duas são as culpadas de tudo isso que está acontecendo. Foi por culpa da Paty e sua empolgação sincera que fechei meu contrato com a editora. Foi aqui no Guardiã da Sche que as pessoas ouviram sobre Perdida pela primeira vez. Por culpa das duas esse sonho hoje é real. Jamais vou esquece-las (e coloco a Ci do fotos e livros também, que me adotou logo depois disso). Como agradece-las? Eu não faço ideia!
    MUITO OBRIGADA POR TUDO!!!!
    Essa resenha é mais que especial pra mim, voces sabem disso. E nem tem a ver com as coisas lindas que vcs duas escreveram e nem com essas montagens perfeitas que realmente são muito Ian&Sofia, é por tudo que fizeram, pelo carinho (comigo e com o livro) e pela amizade. Espero que um dia eu possa retrubuir ao menos uma parte do tanto que já fizeram por mim e por Perdida!
    Muito obrigada de coração! S2

    Beijoooooooooos

    ResponderExcluir
  8. Eu já tinha ouvido falar desse livro e as resenhas de vocês me deixaram com mais vontade ainda de ler... Volta no tempo, com reflexões ainda sobre falta de chuveiro, etc.? Parece ser muito legal! E qual é a do alface? Fiquei curiosa demais com esse lance do alface.

    Quero ganhar ecobag e marcador e vou querer ler o livro (tomara que meu "time turner" chegue logo! (LOL))

    @anadeathduarte

    ResponderExcluir
  9. Ai que resenha mais linda!! Acreditam que fiquei emocionada? Eu AMO esse livro, não só porque conheço a Carina e ela é uma pessoa incrível, mas porque a história é maravilhosa! Linda romântica, sexy e tudo o mais! (Já sei o que me emocionou, a música! Eu li a resenha com a musica tocando *-*)
    As montagens estão lindas, vocês captaram a essência!
    Enfim, tudo lindooo, deu vontade ler o livro de novo! Mas ta na casa da sogra hehehe
    beijocas enormes meninas!!
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  10. Amei! Amei! Amei! É o tipo de livro que eu leria em poucos dias (eu sou lerda lendo) e terminaria super apaixonada por tudo e por todos,rs.

    A resenha do livro, me fez lembrar a historia do filme Kate & Leopold que é mais ou menos processo contrario, adorei!

    Beijokas

    Mari - @oblogdamari

    ResponderExcluir
  11. MEU DEUS! EU PRECISO LER ESTE LIVRO.
    Imaginem... Apenas com esta resenha fiquei totalmente apaixonada e em certos trechos do livro tive vontade de chorar, rir e me emocionei.
    Carina parece ser uma escritora genial, afinal misturar século XXI e século XIX não é uma tarefa fácil. Acho que estou apaixonada pelo Ian *-* Me tornei fã sem nem ler o livro!
    Parabéns as duas resenhas, pois ficaram maravilhosas. Me emocionaram muito! Estou em uma confusão de sentimentos, totalmente Perdida! HAHAHA.
    E esta musica é linda e inspiradora, usando para fazer o comentário. ;)

    PS.: SEM CHUVEIRO? MICROONDAS? SEM AS ATUALIZAÇÕES AQUI? NÃO AGUENTO, NÃO! :x HAHA.

    Beijos,
    Samyra Aquino.
    http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Simplesmente MARAVILHOSO!
    tenho que ler esse livro IMEDIATAMENTE!
    Adoreiiiii!

    @Jennifer13d

    ResponderExcluir
  13. Desde que lançou quero ler este livro!
    No momento que vi a capa, pensei "Eu TENHO que ler". Então, procurei pela sinopse e tals.
    Até agora, não tinha visto nenhuma resenha.
    Garotas, vocês estão de parabéns. Adorei as resenhas e os trechos :D
    Beijoos,
    @MariihGoomes
    http://mundo-da-noite.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Uau, parabéns pela resenha, está maravilhosa, mas não podia ser diferente, este livro merece, a estória é linda de morrer, eu amo PERDIDA e está entre meus livros preferidos, Carina é ótima escritora e tem um futuro brilhante! esperamos mais aventuras de Sofia e Ian :D
    BJSSSSS

    ResponderExcluir
  15. Com certeza esta foi a melhor resenha que li sobre este livro. Parabéns, Bjs, Rose;D

    ResponderExcluir
  16. Ótima resenha queridas!!!
    Isso tudo é pra me matar de vontade de ler?Tô perdida aqui!
    Desde que a editora Baraúna lançou "Perdida" fiquei totalmente encantada pela história,se tornou um dos 5 Top desejados da minha lista!
    Acho que vou jogar um charme na mamis pra comprá-lo...

    @babiever
    Babi Moreira da Silva

    ResponderExcluir
  17. Estou louca para ler esse livro e sua resenha aumentou a minha vontade. Se há uma atmosfera que lembra Jane Austen, então... eu tenho que comprar. rsrsrsr

    bjokas

    Tonks
    @romancesinpink

    ResponderExcluir
  18. Me imaginei voltando ao passado junto com a Sofia, adoro livros com o mote de viagem no tempo, nunca tinha visto uma resenha que me desejasse tanto ler um livro quanto a de vcs meninas, parabéns mesmo, e que bom que a Carina teve seu livro resenhado aqui.
    A capa do livro, a imagem dos personagens são apenas alguns atrativos a mais, porém depois desse e de algumas resenhas do livro, me apaixonei e preciso ler esse livro!

    @lenadivulga
    Aurilene Vieira
    Leninha

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?

    Parabéns pela resenha!Eu quero esse livro faz um tempinho,do jeito que você resenhou, fiquei animada para lê-lo!

    Eu tbém gosto de ler o final dos livros ...rs

    Beijos
    @Appromances
    Luciana Zuanon

    ResponderExcluir
  20. Meninas,
    A resenha está, simplesmente, maravilhosa!!!
    Fiquei com muita vontade de ler este livro. Autora brasileira? Ótimo!!! Mais um motivo para querer ler.
    Vi pela sinopse e pela resenha que a capa tem tudo a ver com a história. Mas engraçado... eu não compraria este livro pela capa.
    Então, a resenha me cativou e "Perdida" está na minha lista de "livros à comprar"!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu achei extremamente interessante a idéia da viagem no tempo, não é um tema muito explorado nos livros...e eu apaixonada que sou pelo passado (acredito que as coisas eram mais belas e verdadeiras) com certeza quero ler esse livro!!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  22. Uau!!!
    Se o livro for metade do que foi comentado será espetacular!
    Eu adoro histórias com viagem no tempo, ainda mais quando é a mocinha que vai parar em outra 'era'.
    Eu já me esenti envolvida com a história...

    @CauAnjos

    ResponderExcluir
  23. Parabéns, por mais uma resenha dupla, o livro parece mesmo muito interessante e lendo as resenhas de vocês lembro muito das conversas com minha namorada onde ela me comentava sobre os livros de Jane Austen e outros livros de romances domésticos. Assim que ela ler, quero ver se incluo Perdida nas minha leituras!

    ResponderExcluir
  24. OiE!!!
    Para tudO que eu quero descer...e ler. Kkk
    Fiquei encantada com o enredo da resenha...kkk imagina lendo o livro.
    A maneira que prende a gente e em como ficamos imaginando o Ian em nossas Vidas é incrível além de tudo representa o presente e o passadO...como só li a resenha...aposto que aponta os pontos positivos e negativos de ambos os ladoss....Ah!!!! Eu querOOOOOOO!!!

    ResponderExcluir
  25. Tô vendo esse livro sendo citado em TODO LUGAR!
    Além da história parecer super interessante, a menina da capa ta usando um Converse vermelho LIIINDO *-* E com esse vestido então...
    Tô apaixonada! QUERO LER JÁ!

    ResponderExcluir
  26. Que super resenha, fiquei louca pra ler, ai quero um Ian so de ler a resenha, eu também quando gosto muito do livro fico bem deprimida depois.. rsrs, depressão pós livro é @#@#.
    A musica é muito linda, ouvindo sem parar,
    beijos.

    ResponderExcluir
  27. Adorei a resenha, mas vou te falar uma coisa, tenho que parar de ler as resenhas desse livro, pois cada uma que eu leio faz eu me apaixonar cada vez mais pela história e me deixa com muita vontade de ler ele agora e eu ainda não tenho.

    ResponderExcluir
  28. Aaaaai esse livro parece ser tão bom *-* Fico cada vez mais com vontade de ler! Ian é muito amor! hhahha
    bjs,
    @CamilaCandomil

    ResponderExcluir
  29. Nossa adorei! Esse livro deve ser muito bom!
    Deu pra perceber que é muito divertido, deve ser um livro gostoso e bem leve de se ler. Uma garota fissurada em modernidade que vai parar no ano 1830!KKKKK. Fiquei até com pena.Coitada!
    Acredito que quando eu ler ficarei também encantada pelo Ian...Serei mais uma.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  30. Adorei a resenha!!! Para falar a verdade, nunca tinha ouvido falar no "Perdida" (nem na Carina), mas foi só ler sobre o livro, cada trecho citado, que eu me apaixonei pela história. Me encantei por Ian e Sofia e pela atmosfera doida e ao mesmo tempo romântica que o livro parece ter. Agora a minha curiosidade está fora de controle, eu quero muito ler esse livro!!! *-*
    Beijocas ;*
    Fernanda Coradim
    @Feer_Coradim

    ResponderExcluir
  31. Again! UN-BE-FUCKING-LIEVABLE! FELIZZZZZZZZZZZ! <3

    ResponderExcluir
  32. Meninas, que resenha maravilhosa! Agora preciso ler urgetemente Perdida! E aí, o final é feliz? Eu tb quando pego um livro, vou ver o final primeiro, depois é que começo a ler o livro. Gosto dos finais felizes. Fiquei apaixonada pelos personagens. Nossa, vocês me deixaram com água na boca pra ler esse livro!

    Beijo

    Eliane (Leituras de Eliane)

    ResponderExcluir
  33. Depois que li essa resenha fiquei super curiosa pra ler, viajem no tempo é um dos meus temas favoritos de leitura alem das citaçoes que voce colocou!
    Ficou super incrivel mesmooooooooo!

    @Jennifer13d

    ResponderExcluir
  34. Eu diria que é uma mega resenha!
    Adorei! Me fez ficar mais ainda com vontade de ler, nossa tem coisas que me identifiquei muito com ela! haha Essas tecnologias...

    ResponderExcluir
  35. Adoreiiiii! Já estava com vontade de ler, agora eu TENHO que ler! Muito legal e parabéns pela resenha, muito boa! E sem falar na capa, que tá lida!

    ResponderExcluir
  36. Uau! No começo pensei em nem ler essa resenha giiiiiigantesca! Mas não me arrependi. Adorei a resenha e estou loooooooouca de vontade para ler o livro. A capa então, é maravilhosa e confesso que compraria o livro só pela capa porque é incrível!
    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Resenha maravilhosa, neste clima de romance combina bem com a semana do dia dos namorados, adoro a leitura e quanto maior a ternura melhor. Bjos e obrigada!

    ResponderExcluir
  38. Resenha dupla? adoro. Nossa nem posso falar a empolgação que senti para ter meu exemplar. Como grande fã de Jane austen, adoro todos os romances históricos e quando o vi aki pela 1° senti que essa historia é a minha cara. Adorei a resenha, amo as imagens da paros e espero em breve ter o meu.
    Bjo

    ResponderExcluir
  39. Adorei esse livro desde que vi a capa pela primeira vez e só tenho lido ótimas resenhas sobre ele!Preciso ler esse livro!

    ResponderExcluir
  40. Tenho o marcador autografado, noss, quero mto o livro, já li várias resenhas, Sofia e Ian me cativaram de tal maneira, e só de imaginar uma garota moderna que fazia tudo, dependia de tudo atualmente, está presa no século XIX.
    Autores nacionais estão se valorizando + e + não só nas minhas leituras, mas de vários apaixonados por livros que usam principalmente a internet mas conhecer novos autores e suas obras.

    ResponderExcluir
  41. Adorei sua resenha. Grandinha, não?! ahaha... Bom, esse livro parace ser muuuito legal! Os choques culturais de dois mundos completamente diferentes com certeza vão dar muitas situações engraçadas, como vc descreveu. Fiquei muito curiosa pra ler agora. Eu não sei como me viraria no lugar de Sofia, mas com um Ian como esses acho que facilitaria bem as coisas, não é?! ;) Bem, resumindo, adorei a história do livro e mal posso esperar a oportunidade para tê-lo em minhas mãos.
    beijos,
    @misslarkin_

    obs.: ameei a música do One Republic! :D

    ResponderExcluir
  42. Ai, Adorei e vou ler com certeza! Parece ser muito divertido e engraçado. Como voces de blogs adoram me apresentar livros que eu nao conhecia e me fazer, pelas resenhas, ficar curiosas e querer ler. beijos

    ResponderExcluir
  43. Resenha perfeita, ADOREI. Eu já tinha vontade de ler esse livro, agora com essa resenha então! A história parece ser bem gostosa. E essa resnha menina? Bem especial mesmo hein, amei. Parabéns.

    ResponderExcluir
  44. Nossa, essa resenha dupla me deixou com a sensação de que já li o livro! Hehehe
    E eu tbm me sentiria perdidinha sem microondas e sem celular =X
    ahuhaua
    Cara, não dá pra não se apaixonar pela Sofia logo a primeira vista, e pelo Ian então, nem se fala!
    Amo a capa do livro, o enredo, tudo!!!
    Eu realmente preeeeciso tê-lo na minha estante!
    Resenhas perfeitas meninas =)
    =***
    Seguidora: Shanelly Faust
    @shanellyfaust

    ResponderExcluir
  45. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  46. Me identifique com a Sofia em relação ao seu jeito de ser, como a dificuldade de viver sem a tecnologia rs !
    Quero muito ter o livro e pelo visto será mais um que me fará chorar de emoção! Com certeza é um livro apaixonante

    ResponderExcluir
  47. Esse livro parece ser tão fofo,acho que vou rir muito com a sofia..Também quero esse número da tia dos celulares rs.

    Os quotes estão ótimos, só aumentou minha curiosidade..esse será o próximo livro que vou comprar, sério!Meta!!!

    Ambas gostaram do livro que legal!

    ^^

    ResponderExcluir
  48. Oi!
    Esse livro parece ser muito bom!Já li alguma resenhas sobre ele, o que aumente cada vez mais minha vontade de ler. ^^

    ResponderExcluir
  49. Estou louca para ler Perdida, parece ser muito bom! Amei a resenha, só me deixou com mais vontade de ler.

    @mari_gerling

    ResponderExcluir
  50. Nossa, adorei resenha! A história parece ser berm legal mesmo. Daquelas de fazer a gente não querer desgrudar do livro. Fiquei bem curiosa para saber mais do Ian...

    ResponderExcluir
  51. HAUSHAUhaushHAUS rindo muito, sua resenha está muito divertida, caramba, eu tenho que ler esse livro, porquê a Sofia é muito parecida comigo! Descrentes do amor e significado do mesmo e ainda assim adora ler romances.

    Imaginar minha vida naquele tempo não seria fácil, raspar a axila daquele jeito? Eu chorei de tanto rir.

    E Mais, Ian, Jesus! Descrito desse jeito só falto babar! Sério, com todas essas qualidades dá vontade de voltar no tempo também e encontrar um cara desses, e ele parecendo com Ben Barnes? Meu ator favorito? OMG hiper sonho de consumo!

    Adorei tudo! Obrigada pela resenha meninas

    ResponderExcluir
  52. Já li várias resenhas de Perdida,mas nenhuma chega aos pés dessa...fiquei muita envolvida pela estória,acho que quase fui parar em 1830...
    Bjs.
    Eva Munhoz
    @Evinha_eva

    ResponderExcluir
  53. Entendo perfeitamente a protagonista, ficar sem celular é pior do que ficar sem ar, rsrs.
    Agora... 1830? Não sei se eu ia ficar tão empolgada, o pessoal mal tomava banho nessa época! Rsrs.

    ResponderExcluir
  54. OWnnn!! Quem não quer um cavalheiro do século XVIII pra sí? Eu quero! E que seja tão apaixonante quanto o Ian!!
    Ainda não li o livro, mas vcs fizeram eu me apaixonar pela história!
    (E, eu adoro all stars! Uma pessoa que usa um All Star vermelho merece meu eterno respeito e admiração! kkkkkk)
    Vou tentar ganhar o livro sorteado aqui no blog, mas se não conseguir vou ficar pentelhando no Skoob Plus até que alguém me envie! E tenho dito!
    Parabéns pelas resenhas e muito sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  55. Nossaaaaa! Que post mais liiiindo! :) Que capricho!
    A capa do livro é maravilhosa e a forma como a autora mesclou a modernidade com fatos do passado me deixou com mais vontade ainda de ler logo este livro!
    Parabéns para a autora do livro e do blog!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  56. Nossa, perfeito.
    Faz tempo que estou para ler uma resenha desse livro, mas nunca tive tempo. Agora, aproveitando a promo resolvi ler. Amei preciso do livro nesse exato momento! *---*

    ResponderExcluir
  57. Que reviravolta essa de Sofia, ein?!! No começo ela é bem cética quanto ao amor, mas depois de apaixonada ela entende como é se apaixonar. Eu amei a resenha(mesmo sendo beeem grande. kkk), fiquei super curiosa pra ler o livro e pelo que você disse. acho que vou amar!!! Tomara que eu ganhe!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  58. Que resenha lindaaaaaaaaa!!! Adorei, adorei, adorei. Quero ler perdidaaa!!

    ResponderExcluir
  59. Eu simplesmente amei a sua resenha.
    Muito bem escrita e aprofunda perfeitamente não só as suas sensações sobre a história como dá uma opinião critica universal da história.

    A Carina é uma fofa, merece tudo de maravilhoso nesse mundo e o livro dela, como aconteceu com você, também me fez apaixonar só na leitura da sinopse, tipo, eu li e falei: TENHO QUE LER ESSA OBRA DE ARTE!
    Duas coisas a destacar:
    - Amei descobrir essa curiosidade que a música que embalou o amor de Ian e Sofia, foi de uma das minhas bandas favoritas, One Republic

    - Amei ver as fotos do Ben Barnes, ele é a minha personificação do Ian, sem mais.

    Parabens pela resenha *---*

    ResponderExcluir
  60. Hello it is my first post on this website and to start with I would like to thank for the great quality information, which I were able to find in this and all previous posts ,it really helped me a lot.

    ResponderExcluir
  61. Misericórdia tem dois dias que acabei de ler Perdida e estou simplesmente em DPL não consigo esquecer um só minuto de Ian e Sofia estou apaixonada pelo livro por tudo e ansiosa pelo lançamento de Encontrada!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!