Resenha Especial: Insaciável - Meg Cabot - @galerarecord

terça-feira, 12 de julho de 2011

Sinopse: Meena tem o dom de prever o futuro e usa isso para escrever uma novela de sucesso. Justo quando ela previu uma moda de temas vampirescos, ataques de vampiros tomam NY. Ela vai ser usada por um simpático detetive da Guarda Paladina para, se aproveitando de seus dons de vidente, para procurar um vampiro de péssima reputação. O problema é que ela se apaixona pelo procurado.

- Meena - disse ele. A voz era magoada, o desejo enorme.
Então, as reservas finais de controle destruídas pela sensação da pele acetinada dela sob seus dedos, ele se viu puxando-a contra si, maravilhado com o calor do corpo de Meena e colou os lábios sobre os dela, dominado por um desespero para consumi-la...devorá-la...
Ela soltou um gemido abafado - se era de protesto ou de desejo, ele não conseguiu determinar - e colocou as duas mãos no peito de Lucien.
Relutante, ele afastou os lábios dos dela e perguntou:
- O que foi?
- Nada de mordidas - sussurou ela. - Estou falando sério desta vez.
 
Resenha da Guardiã: Eu realmente fui Insaciável durante a leitura deste livro!! Gostei tanto que não conseguia parar e como tenho pouco tempo de leitura pois trabalho durante a semana, adentrei a madrugada toda lendo de sexta para sábado...e realmente não me arrependi.
Já estava tão cansada de enredos de vampiros adolescentes que realmente Insaciável foi sangue novo para minhas veias...hehehe

Narrado em 3ª pessoa Meg Cabot alterna os capítulos pelo ponto de vista dos 3 personagens principais...assim conhecemos Meena Harper (roteirista de telenovela e sensitiva), Alaric Wulf (Guarda Palatino caçador de demônios) e Lucien Antonesco (moreno, alto, bonito e sensual, professor de história européia, Romeno e também nas horas vagas...Príncipe das Trevas).

Meena está no meio de um turbilhão emocional, perdeu a promoção que almejava em sua emissora de TV para uma patricinha inútil e viciada em academia que tem as costas quentes, pois seus tios são os criadores da novela Insaciável para qual ela escreve os diálogos, como se isso não bastasse, o patrocinador quer que a novela entre na onda dos vampiros. Já que vampiros estão na moda e todo mundo parece amá-los chegou a vez de Insaciável também se render ao tema para conseguir audiência entre o público mais jovem.
Completamente contra a inclusão de “monstros misóginos” no enredo de sua novela, ela passa a tentar encontrar um enredo criativo para a inclusão de um caçador de vampiros para neutralizar o personagem criado por Shoshana (aquela que ficou com a sua promoção).
Entre o stress do trabalho e agora sua mais recente aversão contra vampiros ela ainda tem que lidar com sua sina de ser a “garota-você-vai-morrer”, realmente isto, Meena tem um dom (ou uma maldição dependendo do panorama em questão) que é saber como todas as pessoas que ela encontra vão morrer.

E temos também Alaric, loiro, sotaque alemão, uma montanha de homem bonito e completamente letal. Profissão: matador de vampiros. Adorei o Al desde o primeiro capítulo que li pelo seu ponto de vista, completamente durão e sarcástico ele é o “badass” que roubou a cena com suas tiradas ácidas, dando a Insaciável uma batida de ação incrível.

Alaric não deu uma chance para ele pronunciar suas últimas palavras. Por experiência própria, achava que vampiros não tinham nada muito interessante ou profundo para dizer. Era tudo muito shakespeariano e emo.

Alaric – Insaciável – página 68

Meena emersa em seus pensamentos desconexos, ruminando os problemas do trabalho e tentando fugir da visão terrível das mortes de todas as pessoas que a cercam, nunca imaginaria encontrar o amor de sua vida, até porque ela nem o estava procurando visto que sozinha já passava por problemas de mais. Mas em uma noite escura durante uma caminhada pela cidade as 4hs da manhã com seu cachorro Jack Bauer (é...este é o nome do cachorrinho vira-lata dela...kkkk) em frente a Igreja de São Jorge ocorre um ataque súbito de morcegos assassinos. Meena poderia esta morta se não fosse o estranho lindo, de sobre-tudo e sotaque europeu que a protegeu com o próprio corpo a salvando do ataque. Lucien.

A química entre Meena e Lucien é perfeita! Meg consegue deixar os leitores em êxtase esperando para saber o desenrolar deste encantador romance permeado de mistérios...entre uma mulher assombrada e um homem condenado.

Lucien esticou o braço e colocou a mão sobre a dela, no balcão do bar. A pele dela parecia tentadoramente lisa e macia. O toque era tão gostoso quanto a aparência.
- Eu poderia pensar mal de você.
Lucien – Insaciável – página 181

Um Príncipe Encantado com diversos segredos, mas afinal quem não os tem?? Meena atravessa a borda e cai no precipício...presa entre o amor e o sentimento de proteção para com a humanidade.

Dividida entre a paixão por Lucien e seus próprios valores...Meena ainda tem que lidar com um certo Guarda Palatino irritante, mas que com seu complexo de herói ainda assim passa a fazer cada vez mais parte de sua vida.
Uma guerra foi declarada e de que lado Meena e seu coração irão ficar?

Convido vocês para conhecerem um livro para leitores Isaciáveis!!


Conheça Overbite, o Segundo Livro da Série Insaciável

Título Nacional: Overbite
Ano de Lançamento:
Sem Previsão
Número de Páginas:
Sem Previsão
Editora:
Galera Record
Tradutor:
Sem Informação


Título Original: Overbite
Ano de Lançamento: 05/07/11
Número de Páginas: 320 Páginas
Editora: William Morrow

Sinopse by SobreLivros: Meena Harper tem um dom especial, mas apenas agora ele passou a ser valorizado. A Guarda Paladina – uma unidade poderosa e secreta caçadora de demônios – a contratou para trabalhar na sua nova filial em Manhattan. Com as habilidades de Meena de prever como todos que ela conhece vão morrer, Os paladinos finalmente têm uma chance contra os mortos-vivos. Claro que o ex-namorado dela era Lucien Antonesco, filho de Drácula, o príncipe das trevas. Mas isso foi antes dele (e da relação deles) acabar em chamas. Agora Meena desistiu dos vampiros para sempre… pelo menos até que ela possa provar sua teoria de que só porque eles perderam suas almas, não quer dizer que os demônios perderam a habilidade de amar.


6 comentários

  1. A minha irmã pulou na frente e pegou o livro, e ela tá amando, doida pra ler.

    Poxa Gollum os dois ? Nossa divide um com eu kkkkkkkkk

    Adorei resenha, e as montagens (tá ficando expert)

    Doida pra ler o livro!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa. Resenha mais que show!!
    Eu já queria ler o livro, mas agora fiquei doidinha! kkk

    Lindo demais, quero o livro!! kkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu estou louca para ler esse livro! A Meg sempre manda muito bem, não importa qual seja o tema.
    Adorei a resenha e agora fiquei com gostinho de quero mais!hahahah
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Sua resenha ficou ótima,adorei a forma como vc escreveu.Gosto muito do trabalho da Meg,é uma "diva dos livros".Bjs.
    Eva Munhoz

    ResponderExcluir
  5. Scheilaaaaaaa

    Fiquei apaixonada por esse livro! Eu também estava cansada de Vampiros Teens. Lucien é OMG!
    Amei Alaric, o final, o livro todinho!!
    Agora é esperar a sequência, né?
    Resenha impecável como sempre! S2
    Beijooooooos

    ResponderExcluir
  6. Acabei de ler o segundo e amei o final, mas para mim não ficou claro se ela realmente ame ele, então queria saber se vai ter o terceiro livro?
    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!