RESENHA DESEJO - 2º LIVRO DA SÉRIE FALLEN ANGELS - J. R. WARD

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011


SINOPSE
    
Série: 2º Livro da série Fallen Angels
Título Original: Crave
Tradução: Carolina Curassá Rosa [OK Lingüística]
Números de páginas: 432
Editora: Universo dos Livros
Sete pecados mortais. Sete almas para salvar. Esta é a segunda batalha entre um salvador que não acredita em si mesmo e um demônio sem nada a perder!

O jogo final entre anjos e demônios começou. E a contagem de pontos será feita pela quantidade de almas que Jim Heron foz capaz de salvar… Jim Heron? Um soldado com uma bondade tão latente quanto seu instinto para matar. Por isso ele foi escolhido para decidir este jogo.
Jim Heron encontra-se em uma nova missão: salvar a vida de Isaac Rothe. Ele e Isaac trabalharam juntos nas operações extraoficiais do exército e agora devem fugir de um antigo chefe – o temido Matthias. Qual deles é a verdadeira alma desta batalha?
O jogo entre Anjos e Demônios está cada vez mais arriscado e Heron irá descobrir da maneira mais cruel que entregar-se ao inimigo, e suprimir seus sentimentos pode ser a única maneira de atingir seus objetivos.
Paixão e romance ainda são ingredientes importantes desta saga. A advogada Grier Childe verá sua vida ser arrastada a um mundo de mentiras, violências e intrigas. Mas ela também descobrirá que mesmo as piores verdades podem levar a redenção...

RESENHA

Isaac Rothe é um assassino, desertor do exército, e por isso, manter-se nas sombras é a única maneira de sobreviver. Fugindo de seu antigo chefe ele é preso e seu futuro fica nas mãos da bela defensora pública, Grier Childe. A forte atração que existe entre eles pode ser fatal.
Com essa premissa posso dizer que o segundo livro da série Fallen Angels é muito melhor que o primeiro Cobiça (confira a resenha na imagem sobre a série no final do post), exponho isso porque li vários comentários que acharam o primeiro livro monótono, enrolado... particularmente eu não achei, é complicado para quem lê a série da Irmandade onde o ritmo narrativo é completamente diferente da série Fallen Angels.

A série Fallen Angels a narrativa é mais elaborada, o que dá impressão de uma leitura lenta, não tem o ritmo alucinante que estamos acostumadas de IAN, mas sinceramente Fallen Angels por ser assim, é muito interessante, a autora continua colocando elementos tensos, humorados e sensuais com o habitual equilíbrio, e para quem leu Cobiça e não ficou com vontade de adquirir o próximo, Desejo, eu sugiro que comece a leitura, já que esse segundo livro  se aproxima bem mais da narrativa da série Irmandade da Adaga Negra.



"Mas que maldição, as regras precisavam ser seguidas. Era por isso que, nos jogos de estratégia, e lãs eram estabelecidas antes de começar a disputa, por isso não havia dúvidas ou erros de interpretação durante o jogo. Na verdade, ele sempre acreditou que uma competição justa requeria duas coisas: adversários de habilidades equivalentes e parâmetros bem definidos."
Igualmente como IAN, cada livro da série traz um casal principal, mas com um diferencial,  existe um único personagem principal e irá aparecer em todos os outros livros, que é o Jim Heron, o humano escolhido para equilibrar a guerra entre anjos e demônios. Jim Heron une-se a dois anjos caídos Eddie e Adrian,  para combater os demônios, ou melhor, o demônio.



O Jim tem que salvar sete almas, se salvar mais almas para o bem, os anjos vencem, se ele não conseguir salvar, e também ele é constantemente atrapalhado pelo demônio, os demônios irão vencer. Tem uma parte engraçadíssima do demônio, já que ele pode possuir corpo humano, e com o desfecho do primeiro livro o demônio está com problemas e irá consultar uma psiquiatra.
Em relação ao demônio não gostei muito que fizeram com a sinopse desse segundo, a descoberta do demônio no primeiro livro, foi uma grande surpresa, então para quem não leu o primeiro livro, na contra-capa do segundo livro revela o nome desse personagem (no caso dessa resenha pode ler a sinopse porque não coloquei), não digo que irá estragar a leitura mas sinceramente foi um spoiler inconveniente.
No livro anterior o Jim pediu ajuda ao antigo chefe Matthias (chefe das forças especiais), porém a informação deu a Jim um débito com Matthias, e esse débito foi cobrado, Jim teria que matar Isaac Rothe, que desertou das operações especiais (esse grupo quem deserta é morte, já que todos os soldados são dados como mortos, mas somente o Jim conseguiu sair porque tem um segredo entre ele e Matthias).



O soldado Isaac Rothe vive se escondendo do chefe das operações especiais, Mathias, mas para sobreviver ele participa de lutas clandestinas, numa dessas lutas o promotor da luta decide distribuir panfletos com o rosto de Issac, e com isso levou o segundo homem do comando de Matthias a encontrá-lo, porém ocorreu uma batida da policia e Isaac acabou sendo preso. Isaac é um soldado total, taciturno, duro e solitário.

A defensora pública Grier Childe, foi denominada a defender o caso de Isaac, a personagem de Grier é interessante, já que ela é uma mulher de posses, uma advogada de sucesso, porém defende ainda casos para o estado, os motivos dessa atitude são pessoais, pois seu irmão morreu de overdose de drogas, e ela sente culpada de não ter conseguido ajudá-lo, no decorrer do livro descobrimos que todas essas coincidências, o caso do Isaac, a morte do irmão, tudo está interligado.



Grier é uma mulher bonita e bem sucedida, porém ela é solitária, apesar de desfrutar da companhia do fantasma do irmão, pode até parecer inicialmente esquisito e que poderia se tornar piegas, mas a autora soube conduzir essa situação, e até porque a presença do irmão da Grier será esclarecida no decorrer do livro e o pai de Grier também tem uma ligação com tudo que está acontecendo.




O relacionamento do casal é tempestuoso, ambos sempre atração pelo outro, porém Isaac tem seus princípios e sente-se intimidado e inferior em relação a Grier, ela no entanto é bem decidida, diferente do primeiro livro, a relação é bastante sexual, cenas bastante hots, e obviamente sem vulgaridade que é uma qualidade da autora.



A relação é construída aos poucos, apesar da forte atração, é uma relação baseada a sentimentos e necessidades emocionais de ambos, já que são pessoas solitárias, é bem envolvente e cativante o casal, para quem gosta de um romance maduro sem ser açucarado e extremamente sensual, o casal de Desejo tem todas essas qualidades.




Mas o casal é atingido pela perseguição de Matthias atrás de Isaac, além do Demônio que tenta atrapalhar o trabalho de Jim Heron, a vida de Jim nesse livro não é fácil, tem uma cena bem forte entre ele e o demônio, nesse livro todos os personagens são diretamente ou indiretamente envolvidos com a guerra entre anjos e demônios, já que eles estão sendo manipulados, pois são muitos fatores envolvidos.




Sendo o livro da autora J.R. Ward sempre têm a parte relaxante, que é o humor dos personagens, principalmente o diálogo dos anjos caídos Eddie e Adrian com Jim Heron, principalmente entre Adrian e Jim, comparando é um pouco Vishous e Butch da Irmandade da Adaga Negra, porém sem aqueles sentimentos fortes entre eles, já que eles são heteros de carteirinha filiado a sindicato kkkkkk, tem uma cena nesse livro não tão explícita, mas Adrian arranjou uma mulher e dividiu como um bom amigo como Eddie. Jim não se envolve nisso, ficou com o cachorro chamado Cachorro kkkkkk.

O final do livro é bem eletrizante e intenso, várias reviravoltas, muitas revelações e admirável autora, conseguiu descrever uma trama alucinante, o decorrer da narrativa é toda surpreendente, nunca sabemos como irá terminar, tem momentos que parece que não vai ter nenhuma novidade, e a autora trama uma reviravolta, interliga personagens que não imaginas ter uma correlação. 


E sempre no final do livro um irá ganhar, ou Jim Heron pelos anjos, ou o Demônio pelos demônios, e nesse não foi diferente, um ganhou.... e quem será que foi????


"O destino era uma máquina construída sobre o tempo, cada escolha que fez na vida adiciona uma engrenagem, uma correia transportadora. Onde você acaba sendo o produto cuspido no final – e não tinha como voltar atrás e refazer. Você não poderia dar uma espiada no que tinha fabricado e dizer: oh, espere, eu queria fazer uma máquina de costura ao invés de uma máquina de armas; deixe-me voltar ao início e começar de novo."

Marcador 
de 
Livro






acesse o site da autora
acesse a resenha



acesse a resenha








9 comentários

  1. Esta é uma série que a Ogra aqui só vai comprando e guardando...mas kd tempo de ler...cada resenha sua me deixa ainda mais intusiasmada...vou ter que dar um jeito e tirar os dois primeiros da estante e tomar vergonha na cara para ler logo!! heheheheeh

    Parabéns amiga, lindas montagens, texto como sempre maravilhoso e avaliação primorosa!

    ResponderExcluir
  2. Bem, gosto da narrativa da Ward, idependente da série. Acho que isso é um diferencial e ao mesmo tempo uma marca... A narrativa dela é sempre cativante, com elementos que prendem... Mas não é igual entre IAN e Fallen Angels! E acho que ai ela ganha pontos. Vc não tem a sensação de estar lendo mais do mesmo! E gosto disso!!! A cenas de sexo sempre muito bem descritas, sem vulgaridade. Casais que acabam marcando a gente! Enfim, excelente resenha! E se é Ward eu sempre com e sempre leio! Igual de Gena... A mesma coisa... Richelle Mead é outra... Minhas divas! Adoro!!! Agora Ward e NR são minhas divas mor´s! Excelente resenha, sem spoilers, aguça a vontade de ler e te dá uma boa visão do que esperar da série e da história!

    ResponderExcluir
  3. AI, Paty, doida pra ler mas com um medinho dos infernos! rsrsrs
    Minha curiosidade vai acabar vencendo. Adoro os livros da Ward e se forem tão bacanas quanto os "Amantes" é leitura obrigatória.
    Amei as montagens, lindas demais! E os trechos do livro foram escolhidos a dedo, né, dona Patrícia?! =D
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Então né...mais um livro que a dona Pati vai me fazer comprar, não creio!! rs'
    Muito linda a resenha amigaa! Fiquei super curiosa para ler os dois livros, pelo jeito por ter que dar meus pulos pra poder comprar! rs'
    Para variar as montagens estão ótimas!!

    Beijoos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Como se diz aqui, no sul, "estou mais perdida que cusco em tiroteio"...rsrs Não costumo ler histórias com anjos, demônios, vampiros e afins. Vou me restringir,então, a comentar a resenha muito bem construída e sedutora. O Butler foi bem colocado, aí...rs Mas não foi o "macho man" que chamou a atenção, e sim o modo criativo e inteligente de você, Pati, escrever sobre a literatura gringa da Ward.

    Como sempre, adorei as montagens *-----*

    Beijão!

    http://terraardenteolivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Paty!
    Assim como você amo Ward e considero tudo que ela escreve leitura obrigatória! Adorei este livro, assim como cobiça, mas senti falta de algumas coisinhas.
    A primeira foi a falta de menções ao casal do livro anterior, é como se nem fosse uma sequência pois não há menção ao destino dos dois... Outra coisa foi o nome do livro.
    A premissa básica da história é que cada livro falará sobre um pecado capital, um humano que o cometeu e tal. O primeiro ficou super dentro do propósito, mas este... Desejo, pra início de conversa, nem é nome de pecado aqui no Brasil (ficaria muito melhor Luxúria então) e, correndo o risco de soltar um gigantesco spoiler para quem estiver lendo, a alma que precisa ser "arrebanhada" no livro não sofr edeste pecado em particular. Achei que foi um furo bem grande na trama.
    Maaaas, mesmo com tudo isso, adorei o livro, até porque a autora escreve muito bem, não há como não se apaixonar pelos personagens :)
    Espero que o próximo livro não demore muito para sair, quero mais de Ward!!!

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir
  7. Tô morta de curiosidade, mas não vou ler pq nem tenho o 1º em mãos ainda.. o grande perigo é me apaixonar por este livro e ter que acrescentar toda a série na minha lista de desejos quando eu tenho quase 40 livros para ler.. não dá! rs Vou resistir a linda capa e deixar para ler depois.

    ResponderExcluir
  8. Adorei demais o livro. A relação entre os protagonistas e linda e a química perfeita. A maneira como ele tenta protegê-la dele o tempo inteiro... aff.
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, adorei o seu blog. Se conseguir visite o meu! Grande abraço! http://leituraeoutrostantos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!