Resenha: Footloose - Rudy Josephs - @galerarecord

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Footloose
Rudy Josephs



Sinopse: Quando Ren, saído de Boston, se muda
para uma pequena cidade no interior dos Estados 
Unidos, enfrenta um intenso choque cultural. 
Em Bomont, a diversão é proibida: nada de ficar 
fora de casa até tarde; festas, sem chance; o rock é 
banido e simplesmente esqueça sair para dançar. 
Agora ele está engajado em uma causa simples: 
fazer com que todos possam se divertir! 

Daqueles que não desistem com facilidade, 
Ren desafia a ordem local enquanto luta para
chamar a atenção de Ariel, a bela e atraente filha
do reverendo Shaw.




 "Tudo o que ela queria era dançar. Footloose, livre como dizia a canção."

A vida Ren McCormack nunca foi fácil, filho de mãe solteira, estudante de escola publica, membro da equipe de ginastica Olímpica da cidade, tendo de trabalhar em dois empregos para ajudar na casa, é, provavelmente essa seria uma rotina pesada para a maioria dos meninos de 17 anos, mas Ren vem levando essa vida a anos, sem reclamar, tirando o melhor de todas essas situações, mas tudo muda com a descoberta de que sua mãe esta gravemente doente. Apartir desse momento Ren, precisa dividir seu tempo em cuidar da mãe, trabalhar e estudar, só que as dificuldades nunca o fizeram perder a esperança, sempre lutando incessantemente para proporcionar à mãe as melhores condições de vida e saúde.
Passa a dedicar a maior parte do seu tempo cuidando da mãe, mas seus esforços assim como a suas esperanças são destruídas quando a mãe vem a falecer e ele é obrigado a abandonar a cidade de Boston e tudo que conhece para morar com um tio que poucas vezes viu em uma cidade do interior.

Bomont é uma cidade pequena localizada no interior dos Estados Unidos, seu número de habitantes é quase menor que o numero de alunos da ultima escola que Ren estudou, o lugar não é promissor, mas é a sua única opção, mas Ren tem seu Ipod, sua música e a sua dança, e isso o ajudará a superar isso tudo, bom, é isso que ele pensa até descobrir que em Bomont é proibido se divertir, qualquer tipo de manifestação publica de dança é recriminada severamente pela igreja.  Todos os jovens tem um toque de recolher e desobedecer qualquer umas dessas regras leva o jovem infrator diretamente a um tribunal.

Ren, acaba descobrindo que o criador dessas malucas leis é o Reverendo Moore, o pastor da igreja local e uma especie de "governador" da cidade. Tudo dentro dos limites de Bomont é basicamente decidido por votação, mas a opinião do Reverendo é levada a sério, e acatada por todos.

Após alguns dias na cidade, ele acaba descobrindo que as leis foram instauradas depois de um grave acidente de carro que matou cinco jovens moradores da cidade, dentre eles Bobby, o filho mais velho do Reverendo, e desde então, a cidade vem culpando a música pelo acidente e pela rebeldia de seus jovens.

Viver em uma cidade em que fazer o que mais gosta é proibido, leva Ren a desafiar a lei,e é em meio a sua luta contra as absurdas regras que acaba conhecendo a rebelde Ariel, uma menina também inconformada com a situação da cidade, mas que tem uma maneira selvagem e inconseqüente de demonstrar isso.

“Deixe-me lhe dizer algo sobre leis. Elas existem para serem desafiadas. Nada é escrito em pedra.”

Ariel não é apenas mais uma garota de cidadezinha pequena inconformada, ela é a filha caçula do Revendo e a primeira dentre todos os jovens a desafiar abertamente as regras impostas pela sociedade, e é essa rebeldia e a paixão pela música que acaba unindo Ren e Ariel, mas, não é apenas o casal a ser unido pela musica, todos os jovens da cidade acabam  juntando suas forças na luta para concientizar a todos que se divertir não é pecado.

“Meu nome é Ren McCormack - anunciou ele, com a voz clara, mas trêmula. - E quero fazer uma moção, em nome da maior parte da turma de veteranos da Bomont High School, para que...a lei contra dança em público dentro dos limites de Bomont seja abolida."
FootLoose é baseado no roteiro escrito para o Remake de “Footloose – Ritmo Louco” que foi exibido originalmente na década de 80, confesso que não assiti ao filme, mas segundo críticos de cinema confiáveis(ok! nem tão confiáveis, foi minha mãe quem disse...kkk') o filme é muito bom, uma ótima pedida para quem compartilha do amor pela dança, já o livro foi realmente uma surpresa, eu não estava esperando muito, normalmente livros sem nada "sobrenatural" me entediam facilmente, mas Rudy Josephs me cativou,  a narrativa te mantem preso, os fatos não demoram a acontecer, mas a acada pagina surge um novo motivo para você continuar lendo, os capítulos são bem curtos e objetivos, com uma leitura fácil e bem agradável, não vou dizer que envolvente do inicio ao fim, mas se der uma chance a Ren e Ariel (principalmente a Ariel) pode acabar apaixonado por esse casal de "ritmo louco".

 

7 comentários

  1. Puxa! Eu assisti esse filme na primeira versão, dos anos 80 (cof! cof!). Enfim, na época eu gostei bastante, então pra mim sempre será um clássico. Não li o livro, mas tenho bastante curiosidade, já que eu tenho uma relação sentimental com o tema.

    ResponderExcluir
  2. Eu querooooo ler muito esse livro, nem sabia que existia o filme hahhaha vou ver tbém :D

    Adorei a resenha.

    Beijo,
    Lariane - Leituras & Devaneios

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha!
    Eu sou das antigas...rsrsr... e assisti a 1ª versão...Agora estou louca para ler o livro e assistir ao remake.
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei muito muito da resenha Gessica, mas na boa, sou das antigas e conservadora ao extremo...não sei que gostarei do Remake de Footloose, até porque o Kevin Bacon é imbatível! Pelo que ouvi falar, não acrecentaram nada de novo à história, é exatamente o mesmo filme, só que com atores diferentes...não entendo porque refilmar algo sem abordar novas perspectivas...mas em fim!! hehehehe

    ResponderExcluir
  5. Quero ler esse livro, pq conforme li a resenha me lembro do filme, da primeira versão que foi maravilhosa, tenho ele em casa e vira e mexe coloco pra ver Kevin Bacon e me lembrar da minha adolescência(to velhinha já,rsrs)! Parabéns pela resenha, adorei!

    ResponderExcluir
  6. Acho bem difícil o remake de Footloose superar a primeira versão, que aliás eu assisti e amo... já se tratando do livro, confesso que não me chamou a atenção, então, fico só com o filme mesmo, mas pra quem não conhece o filme, é sempre bacana ler o livro primeiro.

    @Only_Mah

    ResponderExcluir
  7. Sabia que existia o filme, fizeram um atualmente, ano passado se não me engano, por isso a capa com o casal.
    Quando li o título achei bem fraco, mas depois da resenha confesso que estou curiosa para conhecer Ren e Ariel.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!