Resenha + Sorteio O Atlas Esmeralda - John Stephens - @Suma_BR

sexta-feira, 13 de abril de 2012

O Atlas Esmeralda
De John Stephens
"... uma grande história está no modo como ela é narrada, e em ‘O Atlas Esmeralda’ a narrativa é soberba." — The Wall Street Journal

“A energia e o humor elevados do romance atenuam o tom, ao mesmo tempo em que honra a profunda busca pela família. O final... traça bem o caminho para o segundo livro desta promissora trilogia.” – The Washington Post

Este é o primeiro livro da trilogia Os Livros do Princípio e também o romance de estreia de John Stephens, roteirista, diretor e produtor de televisão de Hollywood. Fã dos livros de J. R. R. Tolkien e de J. K. Rowling, Stephens narra em O Atlas Esmeralda a história de três irmãos que descobrem um livro mágico e viajam por uma terra encantada em busca de seus pais.



Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite.



Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração.



Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.



Segundo Stephens, uma das mensagens que ele espera passar aos leitores é a de que livros podem ser mágicos, “como o livro que Kate, Michael e Emma encontram e os transportam através do tempo, ou como um livro que você lê e o leva para uma aventura a outro mundo”. O Atlas Esmeralda será publicado em mais 35 países.

Sobre o autor:

JOHN STEPHENS é roteirista, diretor e produtor de televisão, autor de episódios de The O.C. e Gilmore Girls e produtor-executivo da série Gossip Girl. Ele vive em Los Angeles com a esposa e seu cão, Bug.

“Esta é uma história de três crianças que só queriam salvar sua família e acabam tendo que salvar o mundo.”

Ainda muito pequenos em uma noite de inverno Kate, Emma e Michael foram separados dos pais,e apartir dai, tudo mudou na vida dos três irmãos. A única lembrança de Kate, a irmã mais velha, é de sua mãe a acordando no meio da noite chorando e fazendo-a prometer que cuidaria dos irmãos, e de logo após um estranho homem aparecendo na porta de seu quarto. A lembrança seguinte é de acordar em um orfanato.

Mantendo a promessa feita a mãe, Kate mantém a família unida da melhor maneira que consegue, já que por serem três irmãos são considerados inaptos para adoção, nenhuma família quer adotar três crianças, sendo assim,  passam suas vidas mudando de orfanato, sem nunca conseguir um lugar fixo para ficar ou um lar para chamar de seu.

[...] Já vou avisando. Não tolero bagunça de criança. Não admito que corram, gritem, berrem, riam alto, andem com mãos ou pés sujos, nem façam comentários grosseiros[...]

Os irmãos P, (sim, é isso mesmo,o sobrenome das crianças é apenas P. o que nos leva a crer que quem os registrou no primeiro orfanato tinha uma péssima criatividade, e que causa grande desconforto as crianças, já que constantemente são alvo de piadinhas dos outros colegas.) apesar de todos os indícios e de todos dizerem ao contrario, não aceitam a sua condição de "órfãos", acreditam fielmente que os pais voltaram para buscá-los e é isso o que mais causa transtornos e elimina todas as chances de uma adoção. 

Depois de uma grande confusão em seu ultimo orfanato, as crianças são transferidas para um misterioso lugar chamado Cambridge Falls comandado pelo mais misterioso ainda Dr. Stanislau Pym. Mas o diretor misterioso não é a única coisa peculiar em Cambridge Falls, sua localização é desconhecida por todos os habitantes da cidade vizinha, ninguém nunca ouviu falar de um lugar com esse nome, muito menos em um tal Dr.Pym, mas os mistérios não terminam ai, o orfanato na verdade é praticamente uma casa abandonada, e o mais estranho de tudo, Kate, Michel e Emma são as únicas crianças no lugar, não apenas na casa, mas sim em toda a cidade, tudo parece abandonado e sem vida em Cambridge Falls.

[...]O medo tinha desaparecido. Todo o seu corpo foi subitamente consumido por uma raiva ardente. Ela queria pular sobre a mesa e gritar com a Condessa, dizer-lhe como ano após ano, orfanato após orfanato, sem ter nada, nem mesmo uma cama para chamar de sua, Emma nunca havia desistido. Ela sempre lutou. Porque sabia que aonde quer que fossem, o irmão e a irmã estariam lá. Eram sua família, a única coisa certa na vida. E agora a Condessa havia tirado aquilo dela.[...]

Levados pela curiosidade de descobrir mais sobre o estranho lugar em que se encontram, Kate, Emma e Michael sempre saem para explorar a casa de vários cômodos( cada qual mais estranho que o outro e em total petição de miséria) mantida por um casal de idosos chamados Abraham e Srta Sallow que coordenam tudo na ausência (constante) do Dr.Pym. E é em uma de suas expedições pela casa que descobrem um estranho cômodo, um escritório atulhado de coisas sinistras, e um tanto quanto bagunçado, mas o que as crianças não imaginam é que em meio a esta bagunça encontrarão suas entradas para um mundo novo e cheio de aventuras. 

Michael, o mais curioso entre os irmãos acaba encontrando no escritório um engraçado livro com a capa em tom de esmeralda, mas que possui todos as páginas em branco. Aparentemente é um álbum de fotos, e é seguindo essa ideia que Michael encosta uma foto qualquer em suas paginas, o no mesmo instante as crianças são sugadas para o passado, iniciando assim, uma incrível e perigosa jornada no mundo da magia.

Quando li a sinopse do livro imediatamente me veio a mente :" uma mistura de Harry Potter com As cronicas de Narnia", mas não é que eu estava enganada? (novamente, acabo sempre julgando os livros antes de le-los, e me surpreendendo por ser totalmente ao contrário do que eu imaginava.). 

O Atlas esmeralda tem a maior diversificação de personagem que  eu já vi, não apenas em espécie (sim, existe uma incontável quantidade de seres/monstros ao longo da historia) mas também em personalidade. Cada uma dos irmãos tem uma característica marcante que se mantém ao longo de toda a historia, os personagens são tão reais que não tem como você não torcer e sofrer junto com eles. 

John Stephens soube cativar o leitor do início ao fim! O livro tem reviravoltas emocionantes, é uma historia envolvente, mas ao contrário de muitos livros "sobrenaturais" escritos atualmente, O Atlas Esmeralda não é apenas um livro infanto-juvenil, possui variações entre o passado e o presente, que pode confundir o leitor que não esta devidamente envolvido com a trama. Escrito em terceira pessoa, alternando capítulos que mostram a visão de cada uma das crianças em diferentes momentos da trama, te deixando sem folego até a ultima pagina. 

Ao que parece O Atlas Esmeralda faz parte de uma trilogia, não consegui achar informações concretas sobre isso, mas aguardo ansiosa pelo próximo volume, esperando para me deliciar em mais uma aventura de Kate, Emma e Michael.

 
Quer ganhar 1 Exemplar de O Atlas Esmeralda??
Então bora participar da nossa promo! 
É só deixar um comentário válido na resenha e depois é entrar no Rafflecopter para ter muitas chances de ganhar!!



a Rafflecopter giveaway

18 comentários

  1. Ai adorei a resenha,nunca tinha ouvido falar desse livro mas pelo que eu li ele é no mesmo estilo do Narnia né?!...Legal,não costumo ler esse tipo de livro,mas posso abrir uma exceção,rsrsr'

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha! Nunca tinha escutado sobre ele, mas parece bom! Hehe.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da resenha e estava de olho nesse livro há algum tempo, mas o fato de ser uma trilogia já desanima um pouquinho, hehehe. Mesmo assim, quando tiver a oportunidade de lê-lo, vou agarrar. Adoro aventuras assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse livro chamou minha atenção por envolver magia e monstros, pela resenha parece ser muito bom, embora seja em terceira pessoa me despertou curiosidade,quero saber o que acontece com os irmãos P (fiquei com pena deles pela falta de criatividade do sobrenome rsrs),será que eles encontram os pais? >< participando, se ganhar irei descobrir *-* Amei a resenha :*

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha, espero ler esse livro que parece maravilhoso
    beijos
    Susana

    ResponderExcluir
  6. Excelente sua resenha, vi que vc gosta do mesmo estilo de livros que eu e minha filha Beatriz. Ela está começando a ler a série Instrumentos Mortais, que vou ler também e eu estou acompanhando Hush-Hush (falta ler o terceiro) e Beijada por Um Anjo (estou no segundo livro).
    É interessante motivar a leitura das crianças/adolescentes com H.Potter, Nárnia e outros que as fazem viajar!
    Beijos e parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Ana! A minha filha começou a ler devido a minha paixão pelas séries YAs (apesar da idade...hehehehe), Instrumentos Mortais é uma das minhas séries favoritas, Hush Hush está nos deixando alucinados aguardando por Finale e agora estou como beijada um anjo 5 aqui mas ainda não tive tempo de pegar...siga nos acompanhando e incentivando sua filhota na leitura que vale a pena (pelo menos elas não ficam derretendo o cérebro na frente da tv o tempo todo...hehehe). Outras séries que te indico são as do Rick Riordan...minha filha adora Percy Jackson, O Heroi Perdido e As Crônicas dos Kanes...todas com muita mitologia Grega/Romana/Egípcia além de aventura, agrega cultura às cabecinhas deles...hehehe

      Excluir
  7. Tem um bom tempo que estou querendo ler esse livro, gosto muito do tema fantasia e de livros com reviravoltas e cheio de detalhes sobre os personagens.
    A resenha só me fez querer ler logo , fiquei muito curiosa.

    ResponderExcluir
  8. Participando! Nossa, esse livro parece ser super demais. Magia, monstros... Parece ser meio Nárnia, sei lá. mesmo assim quero ler!

    ResponderExcluir
  9. Franciane @Saaneflores16 de abril de 2012 02:18

    Desde o lançamento deste livro que eu surto com ele. Consegui comprá-lo não faz muito tempo e pretendo lê-lo logo.
    É muito bom ver elogios ao livro, ainda mais tendo ele aqui ao alcance das minhas mãos. rs
    Essa mistura de aventuras, fantasia e mistérios parece tão boa.
    A resenha tá ótima, deu uma animação a mais, acho que vou passar o livro na frente de muitos que estão na espera.
    Sorte aos participantes da promoção.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Lembrou CdN. Sua resenha me empolgou a ler o livro, embora eu meio que estou me afastando de livros desse estilo. Sinto falta do meu HP, mas sua resenha é realmente empolgante. Quero ler o livro e gostei bastente da resenha.

    ResponderExcluir
  11. É um livro de fantasia e só isso é motivo suficiente para colocar este livro na minha lista!! Eu sou apaixonada pela literatura fantástica!!

    Boa Resenhaaaaa

    Miquilis:
    Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  12. Oioioioi. Adorei a resenha. Acho esse livro suuuper interessante e estou louca para lê-lo já faz um tempinho. A capa, na primeira vez que vi, me lembrava muito a capa de O Mar de Monstros o segundo livro da série Percy Jackson, mas, depois de um tempo, vi que a semelhança era muuuito pouca, então nem penso mais nisso. hihi.

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha, já tinha ouvido falar do livro, mas não tinha lido nenhuma resenha até então. Espero que eu possa ler logo, fiquei super interessada.

    ResponderExcluir
  14. Amei sua resenha. Já faz tempo que quero lê-lo, parece ser bem interessante e com essa capa, quem não quer?
    Não sei porque e sei que não tem nada a ver, mas lembrei de "Coração de tinta". Quando você falou de orfanatos, me veio a mente "Camundo" e pensar em personagens com personalidade marcante, logo lembre de "Desventuras em Série" e ainda mais por serem 3 irmãos. Mas creio que devo, assim como você, não julgar o livro antes de conhecê-lo. Mesmo que tenha um lado positivo nisso, o de se surpreender com o desconhecido. *-*
    Quero muito saber como se desenvolve a estória.

    ^-^
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Sua resenha está ótima, cheia de descrições e detalhes, amei! Já havia ouvido falar sobre o livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e realmente me interessei em sabe o que acontece com os irmãos. Será que os pais voltam para busca-los? Porque q cidade esta vazia. Bom já estou morrendo de curiosidade aqui! xD

    nasproximaspaginas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Nossa! KAte ;/
    O livro parece ótimo, amei a forma que colocaste a resenha...
    Que triste ser tirado dos pais, e ainda ter que cuidar dos irmaos, para que smp fiquem juntos, o responsabilidade.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!