MORDIDA DE BANCA: INDISCRETA - CANDACE CAMP

sexta-feira, 15 de junho de 2012


SINOPSE:

Título Original: Indiscreet
Tradução: Alexandre D'Elia
Edição: 6
Série: Grandes Autores

Benedict Wincross entra na vida de Camilla Ferrand tão rápido quanto puxa o gatilho de sua arma. Seria ele um sequestrador? Um ladrão? Por que Camilla começou a fazer parte da vida dele sem nem se dar conta disso? 

Embora Benedict não seja um perfeito “gentleman”, Camilla percebe que ele é exatamente o tipo de homem de que ela precisa: um noivo temporário para satisfazer as exigências de seu avô, o Conde de Chevington. 

Por outro lado, Benedict também tem seus interesses em jogo. E um deles é conseguir passe livre em Chevington Park, propriedade da família de Camilla, para conduzir uma investigação secreta sobre corrupção. 

Benedict e Camilla têm seus objetivos particulares, mas não estão preparados para enfrentarem a paixão forte e inesperada que surge entre eles e que é capaz de colocar ambos em grande perigo. 

Obs.: A resenha do livro fiz através da edição antiga de Indiscreta, porém recentemente a editora relançou o livro, confira a capa atual abaixo:


RESENHA
Resenhar livros da Candace Camp é um verdadeiro prazer, pois ela é Diva dos romances históricos, isso tudo minha opinião, não sei o que ela faz, mas livros da Candace Camp que adquiro é livro lido praticamente, ou seja, adquiri no mesmo dia começo a ler e não consigo parar até terminar a história, e isso são todos até hoje.


Não posso mentir para vocês que todos os livros são perfeitos, tem livros com ótimas outros com boas histórias, mas no meu caso, é difícil classificar um livro ruim da autora, já que todos me provocam o prazer da leitura, já que a autora consegue criar uma narrativa bem escrita, romântica, com personagens cativantes e isso em todos os livros.

Para quem nunca leu nada de Candace o livro, Indiscreta, podemos caracterizar como um livro “Bom”, é praticamente uma comédia de erros, é leve, divertido e romântico, mas posso garantir que depois da leitura desse livro serão instigadas a lerem outros da autora, porque mesmo o somente “bom” da autora é ótimo em relação há muitos por aí no mercado.

A história começa já com uma confusão, os protagonistas no meio de um tiroteio, carruagens a toda velocidade e casal rolando na lama, esse foi o inicio intempestivo que nos é apresentada a protagonista do livro Srta. Camila Ferrand, uma mulher de 25 anos independente que não quer saber de casamentos, e homens controlando sua vida, mas o avô o Conde de Chevington acha que a neta tem que casar para que alguém cuide dela, até que um dia o conde fica muito doente e ela acaba mentindo dizendo que tem um noivo para tranquiliza-lo, porém cadê o noivo?

Na ida para casa do avô Camila se vê envolvida em uma confusão, de perseguição, bandidos e como falei anteriormente muito lama literalmente.  Quando se hospeda numa taverna encontra um cavalheiro, Sedgewick que além de consola-la, lhe dá uma alternativa, um noivo provisório, e adivinha quem é o noivo???? O homem que protagonizou o caos na vida dela, Sr. Benedict Wincross que até a pouco só o conhecia na lama kkkkk, e no qual ela achava ser um bandido.
A partir desse ponto começa a gostosa narrativa de mistério, sedução, romance e bastante humor, Benedict que finge ser um homem simples, sem títulos, mas Camila depois de uma boa dose de conhaque o aceita como noivo de mentirinha, enquanto Benedict mesmo contrariado, aceita o “trabalho” também por ter objetivos pessoais.

Benedict durante a guerra foi um grande líder, e formou um grupo de espiões a serviço da Inglaterra contra França, um dos espiões foi morto nas proximidades da propriedade do avô de Camila, já que nessas proximidades existe um bando de contrabandistas, e no qual tem um novo líder, nada melhor sendo noivo de Camila para investigar melhor se isso tem interligação com mortes e desaparecimentos desses amigos.

Enquanto Benedict investiga e Camila tenta de todas as maneiras convencerem a sua família, principalmente sua tia Beryl que é ele é seu noivo, já que por alguns momentos esquisitos do casal levanta desconfiança, e fica pior quando Benedict é promovido de noivo a marido kkkkkkk.

Mas sem querer Camila também se vê envolvido com os contrabandistas através de seu primo e grande amigo, que a envolve nessa confusão, já que ele encontra um homem muito ferido e pede ajuda para Camila.
Enquanto todas essas confusões ocorrem, o relacionamento do casal evolui, e temos cenas sensuais, porque a maioria dos livros da autora, são apenas um sensualidade sexual, tem alguns que posso dizer que chegam ao “Hot” ela direciona mais um romantismo leve e bem humorado.

E o casal protagonista muitas cenas descritas acima, além de diálogos interessantes estilo Jane Austen, quando a Camila defende a posição da mulher na sociedade através do seu intelecto e seu direito de independência, que naquela época “contextualmente” bastante machista.
Talvez seja isso que gosto muito na Candace, ela lembra muito a Jane Austen nessas questões da defesa da mulher, além dessa parte misteriosa que sempre tem em praticamente todos os livros da autora, e também a leveza da narrativa através de diálogos bem humorados.

Outro ponto forte dos livros da autora, são os personagens secundários, sempre tem algum que se destaque no livro, nesse essencialmente eu gostei muito do avô da Camila, todo mundo achava que está conseguindo enganar o conde, mas na verdade ele estava bem mais informado do que se imaginava.
E o vilão que Benedict  estava procurando sabemos somente nas páginas finais livro, e realmente foi uma grande surpresa, já que a autora as vezes confunde o leitor com informações erradas durante o decorrer do livro.


Sei que sou suspeita para falar, mas indico Indiscreta para quem gosta de romances históricos com personagens que lembram livros da Jane Austen, narrativa envolvente com sensualidade dos livros da Judith McNaught, Patricia Cabot, Julia Quinn, diálogos e situações bem humoradas estilo Georgette Heyer e um instigante mistério, sei que vou cometer uma heresia mas um toque de Agatha Christie.





Filme: Amor e Inocência

Aproveitando que usei os atores principais do filme Amor e Inocência, para fazer as montagens, recomendo e muito o filme, principalmente para fãs da Jane Austen, já que ele é autobiográfico, ou até mesmo para fãs de um bom filme de época. Ele é excelente!!!!! 

Sinopse
Drama biográfico sobre a escritora inglesa Jane Austen, que antes de tornar-se famosa com livros como "Orgulho e Preconceito" ou "Razão e Sensibilidade", apaixona-se perdidamente por um jovem irlandês.


Título Original: Becoming Jane
Estado: Em DVD
Gênero: Biografia, Drama, Romance
Direção: Julian Jarrold
Roteiro: Jane Austen, Kevin Hood, Sarah (IX) Williams

Elenco: James McAvoy (Tom Lefroy), Anne Hathaway (Jane Austen), Eleanor Methven (Mrs. Lefroy), Michael James Ford (Mr. Lefroy), Leo Bill (John Warren), Joe Anderson (Henry Austen), Lucy Cohu (Eliza De Feuillide), Laurence Fox (Mr. Wisley), Anna Maxwell Martin (Cassandra 'Cassie' Austen), Maggie Smith (Lady Gresham), James Cromwell (Rev Austen), Julie Walters (Mrs. Austen),  Jessica Ashworth (Lucy Lefroy), Tom Vaughan-Lawlor (Robert Fowle)

País de Origem: Estados Unidos da América
Estreia Mundial: 10 de Agosto de 2007
Duração: 120 minutos




10 comentários

  1. Que lindo!!!!!!! Amei sua resenha!
    O livro parece realmente surpreendente!!
    Parabéns pelo blog, é fofo e lindo!!
    Já estou seguindo!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Li o livro e posso dizer que você captou perfeitamente a essência da trama na resenha. Gostei muito da escolha dos personagens de Amor e Inocência para representarem Camilla e Benedict, pois parecem combinar bem com as características... ou é porque também amo o filme! kkk
    Bjkas!!
    Monique Martins
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha Pati! Já li Candace Camp e concordo com todas as características citadas. E me interessei muito por Indiscreta, afinal, amo os livros da Jane Austen, e tendo traços dela na narrativa, só me deixou ainda mais aguçada. Já assisti Amor e Inocência e amei! Excelente dica, com certeza! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ah Patthy, a Candance é diva mesmo!!! Eu adoro os livros da Candance!!! E virei fã dela graças a você! hehehehe Como sempre resenha perfeita, fofa e com montagens maravilhosas! Gostei da dica de filme, vou assistir!

    ResponderExcluir
  5. Oi Pá!

    Que fofura de livro! Fiquei com vontade de ler kkkk

    Eu já assisti esse filme que indicou e é lindo \o/

    Adorei a atuação dos dois \o/\o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Leve, divertido e romântico? É quase um chick -lit dos romances de banca. Tiroteio, carruagens em disparada e casal rolando na grama, rsrs, já me chamou a atenção.
    Vou procurar no Estante Virtual, derrepente acho por lá né.
    Até hoje só li um livro da Candace Camp, até tenho outros aqui em casa, mas devido às parcerias ainda não consegui ler.

    Vanessa - http://balaiodelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Indiscreta está a um tempinho na minha estante... Também com a capa antiga, ele fica só me olhando e me chamando rs
    Agora, a capa nova ficou muito mais linda!!!!!


    (Me sinto como a única criatura da face da terra que não gosta e não vai com a cara da Hathaway.... =X)

    ResponderExcluir
  8. Ah, Paty, voce juntou tudo que eu gosto num unico post: uma das autoras preferidas + meu filme preferido + minha atriz favorita + um dos atores que mais me emocionam na telona + filme sobre a DIVA Jane. S2
    Sou louca pelos livros da Candace. Mas não consigo encontrar muita semelhança com as obras da Jane, não. Acho os da Candace mais maduros, cheios de paixão, sensualidade e misterio enquanto os da Jane retratam problemas cotidianos, são inocentes, ingenuos e puros (e lindos e apaixonantes exatamente por isso). Amo as duas autoras embora ninguém nunca irá conseguir ocupar o lugar da Jane em meu coração.
    Eu sempre torço quando assisto Becoming Jane para que no fundo exista um pouco de verdade no filme e que a Jane realmente tenha tido um grande amor desses de virar a cabeça. Me deixa arrasada pensar que alguém que fez e faz com que nos apaixonemos de novo e de novo pelos Sr. Darcy, capitãos Wentwoth, Edward Ferrars e tantos outros tenha passado pela vida sem sentir essa paixão consumindo sua alma.
    Ai, nossa, me empolguei rsrs
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. É o meu estilo favorito de livro, mal posso esperar para ler!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!