RESENHA LUA DE SANGUE (SÉRIE NIGHTSHADE #2) - ANDREA CREMER

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013




Título Original: Wolfsbane
Tradutor: Flávia Neves
ISBN: 8501090484
Páginas: 406
Gênero: Juvenil
Editora: Record
Formato: 16 x 23 cm


Sinopse: Um romance juvenil arrebatador. Ao misturar opressão social e feminismo com um mundo fantástico de feiticeiros e lobisomens, Andrea Cremer chegou à cobiçada lista do New York Times. Neste segundo volume da série Nightshade, que acompanha as aventuras de Calla, líder da alcatéia homônima, acompanhamos os acontecimentos logo após Sob a luz da lua. Quando Calla acorda no quartel-general dos Inquisidores, seus maiores inimigos, ela acredita que seus dias estão contados. Mas quando estes oferecem ajuda salvar sua matilha, ela deve decidir em quem confiar. Se nos mestres que a traíram ou nestes novos ‘amigos’. Cabe a Calla lidar com a liberdade de finalmente escolher as próprias batalhas e trilhar seu destino.

RESENHA
Eu realmente não via hora de ler Lua de Sangue, tanto que quando a Galera me enviou o livro eu inclusive já havia comprado ele na Saraiva (e estou esperando ele chegar até agora (desde o dia 06/12) vê se pode isso?). Calla, Shy e Ren simplesmente formam o meu triangulo amoroso favorito no momento e a expectativa para o desenrolar da trama realmente estava me consumindo.

Andrea como sempre está primorosa em sua narrativa. Em 1ª pessoa embarcamos através de Calla em um “mundo distópico” apartado do mundo em que vivemos (mesmo a história se passando nos EUA dos dias de hoje, onde a guerra entre Inquisidores e Protetores se encaminha ao ápice decisivo).

Lua de Sangue começa exatamente onde termina Sob a Luz da Lua, Calla está desacordada após o Pandemônio que foi após a fuga de sua união com Ren para salvar a vida de Shy “o escolhido”.

Assim como Calla, somos catapultados a uma nova vida, onde o inimigo é seu amigo e seus amigos, bem, estes ainda são uma incógnita no momento. A vida que ela conhecia foi edificada em cima de mentiras e os Protetores agora realmente mostram quem e o que eles são, mas o que terá acontecido com sua matilha? Com Ren?

Uma aliança deve ser formada entre Inquisidores e Guardiões e Calla é o elo para que esta união dê certo, mas como ajudar a formular um plano de ataque e um exército enquanto sua vida e seu emocional estão despedaçados.

As dúvidas de Calla e a indecisão em seu coração são a cereja para este emocionante livro de aventura e magia. Guerra e lições de amor e amizade.

Dividida entre o amor de Shy e o desejo por Ren, Calla tem que descobrir principalmente quem ela é, e principalmente como alfa, como garantir o bem estar e a segurança dos seus após as torturas sofridas por eles nas mãos dos Protetores após a sua fuga.

Remoemos a culpa junto com Calla, mas também nos apaixonamos novamente a cada novo toque de Shy. Desejamos Ren, mas também acompanhamos o crescimento dele como companheiro (e quando eu digo isto, não falo apenas em relação à Calla, mas também em relação à matilha e ao novo status que ele assume no decorrer da trama).

Nossa eu fiquei com o coração na mão em diversos momentos.  Mas mais do que tudo estou completamente apaixonada pelo Ren, realmente eu torço muito por ele e para que ele fique com a Calla (o que estou achando cada vez mais difícil), mas realmente eu AMO ele...hehehe

Andrea se superou na introdução dos novos personagens à trama, Connor e Ethan dão um show à parte, assim como Ariadne e Sillas, todo o núcleo dos inquisidores foi muito bem construído nos transportando para um pedaço de existência medieval costurado aos dias atuais. Achei fantástico.

Realmente chorei de rir muitas vezes com o bom humor de Connor, as tiradas dele são impagáveis, e o clima de amizade e companheirismo deles dão leveza à trama.

Com uma capa maravilhosa, diagramação e revisão impecáveis, a Galera Record como sempre está de parabéns por nos brindar com mais uma série apaixonante e viciante. Que nos conquista já desde o primeiro livro e nos tira o sono nos deixando com a ansiedade a mil agora aguardando Bloodrose (3º e conclusivo livro da série) o qual eu não resisti e já estou lendo.

O legal também é que temos já lançados nos EUA os Prequels, mas infelizmente aqui no Brasil ainda não foram lançados pela Galera (agora é roer unhas e esperar). O prequel é ambientado no século XV, na Escócia, há centenas de anos antes do nascimento de Calla, protagonista de Nightshade e segue a história de duas mulheres e suas escolhas.

CONFIRA A RESENHA DO PRIMEIRO LIVRO
(CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO)


5 comentários

  1. Oi estou descobrindo q livros brasileiros sao bons tbm :)
    Amei o seu blog:) parabens :)
    www.resenhasteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Scheila eu tb sou Team Ren! Estou na metade do Lua de Sangue. Que reviravolta não?? Adoro essa série!! E estou apaixonada pelos novos personagens! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. A Sche está me tentando acompanhar essa série kkkkkkkkkkkkkkkk Gente má!!!! kkkkk

    ResponderExcluir
  4. O 3 é uma merda, chorei mto cm o final, n era oq eu esperava

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca tinha visto esse livro, mas parece ser muito bom adorei a capa do primeiro livro "sob a luz da lua" a capa realmente é linda, gostaria muito de ler esses livros, pois ele parecem ser legais.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!