RESENHA: DANNA - LÍZIEN DANIELLE

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


Editora: Novo Século
ISBN: 9788576796770
Ano: 2012
Páginas: 302

Sinopse:
Quando um poderoso e misterioso artefato é retirado do reino sagrado e escondido por um corajoso anjo em uma das milhares de dimensões existentes entre o céu e a Terra, começa uma busca implacável pelo objeto sagrado, e todos os arcanjos, incluindo Lúcifer, dão início a uma batalha velada entre eles. Em meio ao caos, o arcanjo Gabriel tem como missão proteger Danna, uma jovem artista plástica, extremamente talentosa, que se revela dona de um dom muito especial. Incumbido de guardá-la, ele se expõe ao observar cada passo dado por ela, sentindo-se muitas vezes próximo demais. E essa exposição enreda o arcanjo numa instigante e envolvente relação que o leva a desvendar os intrigantes mistérios acerca da condição humana. E mesmo diante de uma guerra silenciosa cheia de grandes conspirações, Gabriel pode pôr toda sua missão a perder quando se descobre irremediavelmente apaixonado por sua protegida.

Resenha:
Ainda muito nova em um fatídico acidente de carro, Danna perdeu os pais. Até hoje ninguém sabe como ela sobreviveu ao acidente, seu corpo foi arremessado pelo para-brisa do carro e encontrado no acostamento com poucos ferimentos, apenas leves aranhões. Mas o que ninguém sabe, é que forças divinas podem interferir no destino de algumas pessoas.
Anos após o acidente, Danna tenta manter uma vida normal, morando agora com a avó, sua única parente viva, estudante de Arte e artista de corpo e alma.

Seu único escape para as suas angustias é a sua arte, e é desses momentos de solidão e reclusão que vem as suas maiores inspirações. Tomada muitas vezes apenas pelo instinto, Danna passa ter destaque na mídia por suas obras de arte, com o tema sacro, retratando batalhas apocalípticas, anjos em batalhas com demônios. Só que o que ela não poderia imaginar, é que a suas obras não estavam chamando atenção apenas do publico humano. Anjos e demônios estão atrás dela também, para descobrir de onde vem a sua inspiração, que aparentemente são as chaves para encontrar um artefato sagrado que pode destruir o céu e o inferno.

Esse misterioso dom de Danna a coloca em perigo, exposta a todas as forças sobrenaturais, inclusive o próprio Lúcifer está em seu encalço. E é nesse momento que seu anjo guardião precisa se revelar. Gabriel assume a sua forma humana para pode explicar o que esta acontecendo, e ajudá-la a se proteger, mas a sua maior missão é descobrir, através das pistas que vem das obras pintadas por Danna, o paradeiro do tal objeto que pode causar o novo apocalipse. Mas a missão não é fácil, e a proximidade entre o anjo e sua protegida pode colocar em risco a grande missão e a segurança de tudo e todos.

“(...) O bater de suas asas revolvia o vento e emaranhava seus lindos cabelos  castanhos-dourados. A figura magnânima e divina tocou o solo com a leveza de uma pluma, embora sua aparência fosse dura e pesada. Aquela era, sem duvida, a imagem mais linda que eu veria em toda a minha vida. Embevecida com o que me era mostrado, fui arrematada por um ínfima dor no coração. Nossos olhares se encontraram, convergindo para o mesmo pensamento: eu estava segura dali para a frente. Mas uma certeza irrevogável me invadia, estava condenada a amá-lo por toda a minha vida (...).”

Danna é aquele tipo de livro com uma sinopse incrível, que te deixa morrendo de vontade ler o livro, mas ao decorrer da leitura você fica se perguntando o porquê não acontece nada do que estava escrito lá na capa. E a sinopse do livro tem uma premissa de algo fantástico, uma grande batalha apocalíptica entre o céu e o inferno, em busca do tal objeto que pode destruir tudo, com Lúcifer e seus demônios de um lado, e Deus e seus anjos guerreiros do outro e a pobre Danna ao meio de tudo isso. Logo te vem a mente, algo no estilo Dan Brown, um tremendo suspense com um pitada de romance para finalizar, mas o que realmente acontece? Um grande romance com uma pitada de suspense para terminar.

O livro é muito bem escrito, e flui fácil. O livro não é ruim, pelo contrario, é bem interessante, pois a historia é contada incialmente a partir do ponto de vista de Gabriel, o que é muito diferente e instigante, chega até ser engraçada a maneira analítica que ele observa a vida de Danna, principalmente a amorosa. Só que a historia central é "engolida" pelo romance, e tanto enfoque na relação dos protagonistas que esquecemos o porquê de tudo aquilo, ao que realmente era para dar emoção no livro, fica de segundo plano quase perdido. Já o romance é lindo, acho que devo alertar a TODAS que forem ler esse livro: Cuidado, grande possibilidade de se apaixonar por Gabriel, o cara é perfeito.

O livro é uma publicação da editora Novo Século, sobre o selo Novos talentos da literatura Brasileira, a capa é completamente inspirada na historia, inclusive a tatuagem de asas no braço da modelo, que tem um grande significado na historia. Já no quesito personagens, são apenas dois Danna e Gabriel. A história se desenrola somente sobre eles, e esporadicamente sobre outros.

Aparentemente a historia deve ter continuação, pois o fim é completamente aberto, com um grande ponto de interrogação, o que me levou a pesquisar sobre isso, mas infelizmente não encontrei nada sobre, mas quem quiser saber mais pode visitar o site do livro (www.dannaromance.com.br), e se ficar sabendo de alguma coisa, corre aqui para nos contar.

O que eu posso dizer para vocês é que o livro é bom, mas leiam sem muita expectativa, não levem como sabe a sinopse, a historia tem seu próprio charme.

Sobre a autora:
Lízien Danielle é graduada em letras e especialista em língua portuguesa com ênfase na formação do leitor. Apaixonada por livros desde criança, ela sempre quis ser escritora.
Escreveu seu primeiro livro aos quatorze anos de idade e desde então dedica grande parte do seu tempo à literatura.
Danna é seu terceiro livro, mas é sua estreia no universo da Literatura Fantástica.
"Apaixonada por livros desde que aprendi a ler. Sempre fiz da leitura um prazer. Com o passar do tempo desenvolvi o gosto por escrever e hoje compartilho parte dos frutos da minha imaginação com alguns leitores.”
“Adoro dividir com os amigos opiniões sobre as obras lidas.”
Personagens preferidos: os complexos.
Algumas obras marcantes: As Brumas de Avalon; A Sombra do Vento; A Divina Comédia; O Gato Preto; A Cidade do Sol; Capitães de Areia; Kafka e a Boneca Viajante; Flores entre outras tantas.
“Amo cinema, séries, bolsas e sapatos rsrs. Mas nada me envolve mais que a sensação de folhear um livro.”


4 comentários

  1. Eu já tinha ouvido falar desse livro e gostei demais da sinceridade da sua resenha,pois continuo querendo ler o livro,mas agora com uma expectativa mais real!!!!

    ótima resenha!!!!

    bjsss

    Bianca
    Resenha no ar:
    Milagres do Ágape da Editora Valentina !!!!

    Confere e comenta!!!

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Sincera e objetiva! Se ler o livro sei exatamente o que esperar dele. Com isso aproveitarei bem mais a leitura!

    ResponderExcluir
  3. Adoro resenhas assim. Sinceras e que nos dizem exatamente o que esperar de um livro. Eu fiquei com vontade de ler somente para saber como Gabriel, se comporta no desenrolar da história, e claro porque sou uma romântica incurável... kkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Vou concordar com a minha amiga Bia aí em cima. Continuo querendo ler o livro, mas agora estou mais ciente que não encontrei essa aventura toda prometida na sinopse. Vou confessar que me sinto muito atraída pelas estórias de amor. Eu comecei a ler romance muito cedo e não perdi o gosto. Vou procurar o livro. BJS Géssica! Você já ganhou promoção lá do blog não é? Acho que reconheci pelo nome. E foi livro da Judith Patricia... Viu só? Eu falo mal mas gosto... rsrsrs

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!