Resenha: A Espada na Pedra - O Único e Eterno Rei - Volume I - T.H. White

sexta-feira, 19 de abril de 2013

A Espada na Pedra
O Único e Eterno Rei - Volume I 
T.H. White
· Editora: Hamelin
· Tradução: Maria Jose Silveira.
· ISBN: 9788581861128
· Ano: 2013
· Páginas: 256

Sinopse: No cenário de magia e esplendor da Inglaterra medieval, T.H White recria a educação e a formação do jovem Arthur, então apelidado Wart, que se tornaria o maior dos reis lendários britânicos.
Crescendo num mundo exuberante,povoado de cavaleiros com armaduras e donzelas formosas , monstros sórdidos e bruxas diabólicas , Arthur lentamente aprende o código tipico de um cavaleiro.
Sob a orientação sabia do todo-poderoso mago Merlin, o futuro rei é treinado nas artes tempestuosas da falcoaria , da caça , do manejo da espada e do combate com lanças montado em cavalo.

Arthur é até transformado por seus notável tutor em diversos tipos de animais, para que possa experimentar a vida  de todos os pontos de vista.
De maneira imaginosa e empolgante, Arthur  é preparado para o dia em que ele, e somente ele entre todos os ingleses , será designado a tirar a espada da pedra magica e se tornar o rei legitimo de toda a Inglaterra.


"O reino está por um fio. A espada é a chave do trono. A pedra guarda o segredo."

Wart é um menino comum, e como qualquer outro da sua idade sonha em ser nomeado Cavaleiro. Mas para o pequeno Wart, esse é um sonho impossível de ser realizado. Pelo fato de ser filho ilegitimo de Sir Ector, o destino dele é ser escudeiro do herdeiro legitimo, o seu melhor amigo Kay.

Mesmo estando ciente que nunca irá se tornar um cavaleiro, Wart compartilha da mesma edução de Kay, e aprende todos os códigos típicos. Mas, Sir Ector precisa encontrar um tutor para os meninos, para completar a sua educação.

Como todo pré adolescente Wart e Kay anseiam por aventura, e é em uma dessas aventuras na Floresta Sauvage que Wart encontra um velho mago chamado Merlin. Um velho sábio, que mora em um pequeno chalé, cercado dos animais mais inusitados, que tem uma coruja falante como melhor amigo, e que constantemente divaga sobre estar fora do seu tempo real, ou seja,  meio senil.

Mas ao descobrir que estava em uma missão, e que Merlin agora é o seu tutor, Wart fica fascinado ao constatar que o velho mago, é extramente poderoso.
Merlin transforma Wart em diversos animais, para que ele fique familiarizado com todas as formas de vida, e assim, aprenda a conviver e a respeitar todo tipo de vida existente.

(...)- A melhor coisa a fazer quando se esta triste - respondeu Merlin, começando a fumar e soltar baforadas - é aprender alguma coisa. Essa é a única coisa que nunca falha. Você pode ficar velho e trêmulo em sua anatomia, pode passar a noite acordado escutando a desordem de sua veias, pode sentir saudade de seu único amor, pode ver o mundo ao seu redor ser devastado por lunáticos malvados  ou saber que a sua honra foi pisoteada no esgoto das mentes baixas. Só há uma coisa  para isso : aprender. Aprender por que o mundo gira e o que o faz girar. Essa  é a única coisa da qual a mente não pode jamais se cansar, nem se alienar,nem se torturar,nem temer ou descrer, e  nunca sonhar em se arrepender.(...)




Chega a hora de Sir Kay ser armado como cavaleiro. Apesar de Wart estar conformado com a sua posição ao lado do meio irmão, e também estar feliz por seu melhor amigo, ele não deixa de ficar inconformado e até um pouco deprimido com seu destino. Ele que sempre sonhou em lutar em guerras, agora teria de se conformar com ficar para trás e apenas segurar as lanças.

Mas eis que uma grande novidade coloca o reino em polvorosa. Uther Pendragon o rei da Inglaterra, esta morto, não deixou nenhum herdeiro e não tem parentes próximos. Quem assumira o trono?  essa é a pergunta que todos fazem. O único indicio do novo rei, é uma espada cravada em uma bigorna com a seguinte frase escrita em ouro : "Aquele que tirar esta espada desta pedra e bigorna. É por direito o rei nascido para governar toda a Inglaterra.".

(...)Sei tudo sobre o seu nascimento e parentesco e quem lhe deu seu verdadeiro nome. Sei os sofrimentos que o esperam e as alegrias , e como já não haverá ninguém que ousara chama-lo pelo amigável nome de Wart. No futuro, será seu glorioso destino suportar o fardo e desfrutar a nobreza de seu próprio título: portanto , agora, eu lhe rogo o privilegio de ser o primeiríssimo  de seus súditos a se dirigir a você como - meu amado soberano, Rei Arthur.(...)

Primeiramente eu gostaria de agradecer a editora Hamelin, pela confiança e por nos dar a oportunidade de ler essa obra incrível.

A espada na pedra - o único e eterno Rei é o primeiro volume de uma serie de cinco volumes, respectivamente intitulados : A rainha do ar e das sombras" , "O cavaleiro Imperfeito", "A chama ao vento" e "O livro de Merlin".

Nesse volume nos conhecemos Arthur, que quando pequeno era chamado pelos amigos de Wart. Podemos acompanhar todo o processo da educação do lendário Rei, sob os cuidados do grande mago Merlin.

O incrível nesse livro é a narrativa, o autor relata os fatos de seculos atras, usando referencias atuais, que nos fazem compreender melhor o contexto todo, e poder realmente imaginar o cenário descrito por ele com riqueza de detalhes.

Eu como uma grande fã de J.K Rowlling ,George Martin e J. R. R. Tolkien, pode enfim compreender de onde surgiu a inspiração desse grandes autores. Em varios momentos encontramos cenários ou personagens com extrema semelhança nas descrições, ou até mesmo animais, ervas e objetos. Cheguei a sorrir para o livro quando mencionado, hidromel,basiliscos e mandrágoras.Mas calma, os basiliscos não matam com o olhar e nem as mandrágoras com os seus gritos, ok? hahahaha

Foi uma leitura extremamente agradável, e apesar da vergonha em admitir, eu ainda não conhecia a historia do Rei Arthur, conhecia apenas o nome e alguns elementos ligados a historia dele, foi incrível começar a conhecer essa historia.

Outra coisa que eu não poderia deixar de comentar com vocês, é essa linda edição. O livro é simplesmente magnifico,a capa tem as letras em relevo e um textura diferente, as primeiras paginas onde ficam o título e sumario são vermelhas com ilustrações de castelos, espadas e cavaleiros com os seus estandartes, perfeito. A diagramação de cada capitulo também é sensacional, é semelhante a aqueles livros antigos, com a primeira letra cheia de floreios.
Como se todo esse capricho já não fosse o suficiente,no final temos um capitulo onde explica a linhagem de cada um dos personagem centrais da serie, até mesmo os que ainda não foram citados, assim como um somente sobre os personagens citados nesse livro, explicando a origem de cada um,como a sua "função" na historia. Nas ultimas paginas, tem pequenos resumos dos próximos livros, assim como um biografia do incrível autor. Essa é uma obra completa, em todos os sentidos. Recomendo a todos a leitura, até mesmo para quem já conhece a historia, vale muito apena reler.


17 comentários

  1. Oi se vc puder visitar meu novo blog...eu era do blog laddy macbeth,mas estou com um novo...Se puder me seguir e visitar...arteasavessas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Comprei o livro hoje mais cedo só pelo fato de ser do rei Artur e agora, depois de ler essa resenha, estou super ansiosa para que o livre chegue!.

    ResponderExcluir
  3. Comprei o livro hoje mais cedo só pelo fato de ser do rei Artur e agora, depois de ler essa resenha, estou super ansiosa para que o livre chegue!.

    ResponderExcluir
  4. assemelha-se as brumas de avalon ou algo assim, de qq forma vou comprar e ler só pra ter certeza....

    ResponderExcluir
  5. assemelha-se as brumas de avalon ou algo assim, de qq forma vou comprar e ler só pra ter certeza....

    ResponderExcluir
  6. As Brumas de Avalon é tão fantástico que fico até com medo de ler outros livros sobre Artur.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E todas as mulheres de Marion Z. Bradley são sensacionais.

      Excluir
  7. FFFFFOOOOODDDDDAAAAAA-------SSSSSSSEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  8. ESSE LIVRO EH UMA CARALHA

    ResponderExcluir
  9. FAZ O MEU PAU DE TRAMPOLIM

    ResponderExcluir
  10. CAI..CAI..CAI..CAI COM BUCETA PRA FRENTEE,CAI COM A BUCETA PRA TRAS

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!