Resenha: Abandono - Meg Cabot - @galerarecord

sábado, 29 de junho de 2013



ABANDONO

MEG CABOT

Pierce tem dezessete anos de idade e sabe o que acontece quando morremos. É assim que ela conheceu John Hayden, o misterioso estranho que fez ela voltar a vida normal — ao menos a vida que Pierce conhecia antes do acidente — quase inacreditável. Embora ela pense que escapou dele — começando em uma nova escola em um novo lugar — confirma-se que ela estava errada. Ele a encontra. O que John quer dela? Pierce acha que sabe… também acha que ele não é um anjo da guarda, e seu mundo sombrio não é exatamente o céu. Mas ela não consegue ficar longe dele, especialmente porque ele está sempre lá quando ela menos espera, exatamente quando ela mais precisa. Mas se ela deixa cair qualquer coisa, ela pode se ver no lugar que ela mais teme. E quando Pierce descobre uma verdade chocante, sabe de onde John a salvou: o submundo.



"Cuide-se antes de se detonar".

Embora eu tenha toda a série da Mediadora, até agora havia conseguido ler apenas Insaciável (que amei) e Mordida (a continuação nada bem sucedida de Insaciável) da Meg Cabot. Mas desde que vi a capa em inglês na Saraiva com o título de Abandon eu fiquei enlouquecida esperando o lançamento no Brasil e realmente NÃO me decepcionei!!

Pierce Oliviera não é mais a mesma. Depois de passar por uma EQM (Experiência de Quase Morte) ela luta para viver uma vida normal. Ao lado da mãe tenta um recomeço.

Mas Pierce nunca mais será a mesma. Não apenas por ter voltado dos mortos, mas também pelo que viu e viveu nos momentos em que estava com hipotermia no fundo de sua piscina.

Ela não sentiu paz. Ela não viu a luz nos momentos em que estava morta. Ela apenas viu Ele.
Pierce esteve com Ele. 
E por Ele ela perdeu a barca. Retornou. E, agora, nada nunca mais será como antes.

Ele é John. E, ele a queria com ele no mundo inferior.

Entre tentar levar uma vida normal e "se engajar", Pierce ainda tenta compreender esta forte atração entre ela e o misterioso John.
Ela o odeia?
Ela sente pena dele?
Ela gosta dele?
Ela tem medo dele?

Sentimentos e pensamentos muito controversos tomam conta de Pierce o tempo todo e diversos fatos envolvendo o pessoas ruins ou a perda de pessoas queridas embolam mais ainda o meio de campo de sua relação com John.

Meg nos trás o mito de Perséfone e Hades com uma nova roupagem. Abandono é um conto de fadas sobrenatural delicioso e mescla o mito grego com o mundo moderno deixando a estória atual e cativante.

Neste 1º livro da série, ainda sentimos a narrativa um pouco amarrada, visto que é narrado em primeira pessoa apenas pela perspectiva de Pierce. E, como ela ainda está tentando lidar com sua EQM, mas principalmente com o selvagem e misterioso John, ainda passamos bons momentos presos em sua tagarelice reflexiva tentando entender os fatos e seus sentimentos, deixando assim o rítimo um pouco lento até mais da metade do livro. 

Gostei bastante da construção das personagens, onde principalmente Pierce aos poucos vai demonstrando mais fibra e facetas que fazem uma promessa de surpresas com sua evolução no decorrer da série. Também senti isso em relação à seus pais e demais familiares.
O mesmo já não posso dizer em relação a John. Embora ele seja a maior boa pinta badboy sobrenatural misterioso, senti falta de ver mais dele.
Acho que a autora poderia ter nos dado um gostinho um pouco maior em relação a John, que no fim acaba mostrando à que veio somente na finaleira de Abandono.

Mesmo assim, a Diva Meg Cabot com certeza nos brinda com um ótimo romance, que com muita pesquisa e capricho vai amarrando mito e ficção. Tornando assim, Abandono uma promessa de continuação muito boa e grandes expectativas para Submundo (próximo volume, ainda sem data de lançamento por aqui).

Confira os títulos e capas dos próximos livros da Trilogia:

                                          Submundo                    Despertar



0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!