Resenha: Métrica - Colleen Hoover - @galerarecord

domingo, 7 de julho de 2013


Métrica
(Slammed)
Colleen Hoover
I.S.B.N.: 9788501401861
O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.


• Colleen Hoover é a principal autora do gênero new adult nos Estados Unidos. O gênero tem movimentado milhões de dólares no mercado com livros sobre questões amorosas e existenciais de jovens universitários, na casa dos vinte e poucos anos.

• O livro recebeu 5 estrelas no site da Amazon e 4,4 estrelas no Good Reads com mais de 53 mil avaliações.

• Métrica (Slammed) ficou entre os 10 primeiros mais vendidos na lista do NYT por várias semanas.

• O novo livro da autora, Hopeless, entrou em 1º lugar na lista de e-books do NYT.


Simplesmente estou seriamente, profundamente, loucamente, incrivelmente e inegavelmente apaixonada, por este livro. (e usando as palavras da própria Lake...declaro meu amor e alegria ao ler Métrica.)

Layken, sua mãe Julia e seu irmão Kel acabaram de se mudar do Texas para Michigan para tentar recomeçar. Após um infarto fulminante, a família tenta se reestruturar após a perda de seu amado pai, esposo e chefe da família.

Lake (como costuma ser chamada pela família (Lago em inglês)), acaba de fazer 18 anos e ainda não conseguiu assimilar a perda do pai e seu lar no Texas. Concluindo o ensino médio, ela agora terá que se adaptar à esta nova realidade, assim como apoiar sua mãe Julia neste penoso recomeço.

Após dias exaustivos de viagem, Kel já tem um novo amigo assim que salta do caminhão de mudanças, Lake ao descer além de dois garotinhos brincando com espadas imaginárias nesta nova casa, ela também se depara com um garoto novo. Deve ser uns 2 ou 3 anos mais velho que ela...e Gato! Muito Gato! 

Assim, Lake conhece Will e a atração é instantânea.
Narrado em 1ª pessoa, vamos acompanhando através da perspectiva de Layken o desenrolar deste romance lindo e cativante.
Consegui devorar Métrica em apenas um dia, tamanha foi a paixão a primeira vista que senti por este livro maravilhoso!

Colleen consegue simplesmente cativar o leitor já desde o primeiro capítulo, com uma narrativa lindamente estruturada, ela alterna poesia, fantasia, estrofes de músicas e emoção, muita emoção em uma narrativa fácil e fluída.

Métrica é um livro tão gostoso e natural, que a leitura é simples assim...simplesmente flui direto das páginas para o coração.

- Você é uma gracinha - diz. Ele pega as quatro sacolas de dentro da mala de uma só vez, depois vai em direção à casa e as coloca na porta.
   Fico imóvel, tentando assimilar os últimos quinze segundos da minha vida. De onde foi que surgiu aquilo? Por que é que eu fiquei lá parada, deixando que ele fizesse aquilo? Apesar das minhas objeções, percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonado que já recebi de um garoto - e foi na porcaria da testa!

Métrica - página 34
E assim, como rapidamente Will toca o coração e a alma de Lake, ele também nos cativa através de sua sensibilidade e poesia.
Sozinho no mundo, Will se vê tendo que cuidar do irmãozinho, tornando-se um chefe de família aos 19 anos.

Duas famílias desestruturadas, aproximando duas almas gêmeas. Pena que o destino nem sempre é gentil ou neste caso, a vida faz questão de demonstrar quem é que manda.

"Your heart says not again
What kind of mess have you got me in?
But when the feeling's there
It can lift you up and take you anywhere."
- THE AVETT BROTHERS, "LIVING OF LOVE"
"O seu coração diz: de novo, não/Em que tipo de confusão você me meteu?/Mas quando tem sentimento/ Ele consegue levar vocês para qualquer lugar."

E assim como a neve, a felicidade é frágil. Esta atração avassaladora entre Lake e Will, simplesmente não pode acontecer. Tudo está fadado à dor, ao stress para manter a distância e principalmente à ética que rege os relacionamentos entre alunos e professores. Will é um professor estudante. Ainda na faculdade ele dá aulas de poesia na escola onde Layken estuda para poder sustentar sua casa e seu irmão e Layken não pode ser a distração que poderá por tudo a perder.

Claro que todo o drama do amor impossível entre Will e Lake é o que nos impulsiona para a próxima página. Mas Métrica não é somente isso.

Métrica fala de amor, de poesia. Nos conta casos de amizade e superação.
Nos cativa com personagens apaixonantes e inesquecíveis.
Nos faz rir. Nos fazer sentir ódio das situações às quais a protagonista Lake acaba passando. Nos faz aceitar as coisas que realmente não se pode mudar.
Mas também nos mostra que: "Temos que ampliar nossos limites, afinal, é para isso que eles servem."

Embora Lake infelizmente tenha alguns momentos bem pouco iluminados e as vezes caia no egoísmo adolescente de apenas olhar para seu próprio umbigo. Ela é uma garota forte e vibrante que além do amor, descobre lições valiosas de vida.
Seu relacionamento com a mãe também é algo que vai se estreitando e evoluindo aos poucos, mesmo durante a tragédia, a dor e a ausência que se segue.

A personalidade de sua mãe Julia também é algo memorável, assim como seus conselhos.
"Questione tudo. Seu amor, sua religião, sua paixão. Se você não tem questionamentos, você nunca encontrará respostas."

E aprendemos a apreciar o Slammed como forma poética de expressão. Um tipo de poesia performática através de rimas ou anagramas. Onde vale tudo. O importante é expressar o que está sentindo, o que está em seu coração e sua alma. Will é um fascinado professor de poesia aficcionado por Slammed (Métrica) e é através dela que vamos conhecendo junto com Lake sua alma e seus sentimentos.

Tenho tanto a falar sobre o Will e o quanto ele é maravilhoso...mas já está virando spoiler...hehehehe...mas digo que fora ele, Lake, sua mãe e os meninos Caulder e Kel (irmãos de Will e Layken), ainda temos Eddie.

Eddie foi um show a parte. Ela é um raio de sol, que ameniza a densidade emocional em alguns momentos da narrativa, mas que também ajuda a emocionar em outros. Eu a vi como uma ninfa que pontilhou de brilho diversas páginas e mesmo fazendo "puf" fica marcada na memória dos leitores após terminar Métrica.

Métrica é o tipo de livro que nos faz suspirar e sonhar novamente. Nos diverte e emociona. Nos dá lições e nos faz querer acreditar novamente que o amor está nos esperando simplesmente.

Escolham suas batalhas, mas não escolham muitas.Tenham uma mente aberta; só assim as coisas novas chegarão a vocês.E, por último, mas nem um tiquinho menos importante. Nunca se arrependam.
Métrica - Colleen Hoover

E sabem qual é a melhor notícia? É que ainda teremos mais 2 livros pela frente!! \o/
Eu realmente espero ansiosa o lançamento deles por aqui!!


8 comentários

  1. Nossaaaa... Agora você me deixou mega ansiosa pra conferir este livro. Sou dessas que se apaixona por um livro pela capa, e este confesso que não me despertou o interesse, tanto que nem mesmo parei pra ler a sinopse. Agora lendo sua resenha percebo a bobagem que fiz e já estou colocando ele na lista de futuras aquisições. Vlw pela super dica Sheila. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é Lia...eu também não dava nada por ele e no fim estou completamente apaixonada e em profunda DPL após terminar de ler!! Realmente muito bom!!

      Excluir
  2. Oi! Caraca, velho. Injustiça. Antes não dava nada pelo livro; agora estou com muita vontade de lê-lo! Parabéns pela resenha! De tanto você dizer que a história é cativante e cheia de emoção, fiquei com muita vontade mesmo de conhecer a história. Vai para a listinha!
    Beijo!
    Doce Sabor dos Livros - Visite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jeni,
      Métrica é aquele livro despretensioso, que chega de mansinho e se aloja no nosso coração pra sempre!!! AMEI!!

      Excluir
  3. Sche lindaaaaaaaaaaaaa a resenha!!!!! E que droga vou ter que comprar Métrica kkkkkk. Os outros livros também é do mesmo casal, ou são de casais diferentes????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei...mas pelas capas dá a entender que sim!!

      Excluir
  4. Gostei muito!!! O li apenas em uma madrugada!!!

    ResponderExcluir
  5. Scheila, demorei mas cheguei... Amei a resenha... É, me convenceu... Terei de ler esse livro... Sem choro nem vela... Mais para a lista de compras na próxima ida ao shopping! Faz bem meu estilo tb... Gostei muito!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!