Resenha: Um Toque de Vermelho - Sylvia Day

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Um toque de vermelho

SYLVIA DAY
Editora Paralela
I.S.B.N.: 9788565530293

Sinopse: Adrian Mitchell não é um homem qualquer. Além de ser o mais sensual, elegante e charmoso dos seres, ele é também o grande líder de uma unidade de elite de Operações Especiais dos Serafins. Sua missão: controlar vampiros e licanos e manter todo o universo em ordem. No entanto, o seu encontro, depois de quase duzentos anos, com a alma da mulher que ama, no corpo da bela Lindsay, os leva a uma proibida – mas incontrolável – paixão que poderá colocar tudo a perder.





"Uma aventura emocionante em um ousado mundo de anjos e demônios...vai deixar os leitores fascinados."
Publishers Weekly


Adrian Michell é rico, sofisticado, lindo e envolto em uma aura de mistério e perigo.

Lindsay Gibson é uma mulher que guarda alguns segredos. Não se encaixa na sociedade. Com um sexto sentido super-hiper-mega desenvolvido, Lindsay apenas sabe...apenas vê... apenas sente o sobrenatural. Marcada pela tragédia ela agora busca vingança, mas ao encontrar Adrian ela acaba encontrando muito mais.

Adrian é o seu lugar no mundo.

Um toque de vermelho é o primeiro livro da série Renegade Angels da Diva do Tesão Literário Sylvia Day e depois de estarmos tão acostumadas com as coelhadas de Gideon e Eva em Cross Fire, nos leva a um patamar que eu particularmente sou aficcionada...o Tesão sobrenatural.

Sylvia tece uma trama com maestria, interligando mitos dos anjos Serafins e Arcanjos, origem dos Vampiros, Demônios e Werewolves (neste caso Licanos) e é claro, muita sedução, sensualidade e sexo...até porque segundo a própria autora na sua entrevista aos fãs durante a Bienal do RJ...sexo é bom e é saudável!!

Nesta nova série, Sylvia já nos seduz desde o primeiro capítulo. Assim como Adrian seduz Lindsay já no primeiro olhar, com o primeiro contato.

Minha nossa...aquela voz. Sedutoramente sonora. Lindsay tinha certeza de que era ele.
Ele se inclinou em sua direção, e ela sentiu o perfume exótico dele. Não era colônia. Era um cheiro de homem. Natural e viril. Puro e límpido, como o ar depois de uma tempestade.
Um toque de vermelho - página 19
Podem almas gêmeas se reconhecerem imediatamente ao se cruzarem?
Adrian a muito havia perdido a sua. Lindsay nunca havia tido um relacionamento. Mas, quando os seus mundos se chocam, as faíscas destas paixão podem incendiar o mundo.

Ela é minha. Adrian saboreou aquela sensação avassaladora de triunfo.
Se Lindsay Gibson soubesse o instinto predatório e brutalmente sexual que havia por trás daquela conquista, talvez pensasse duas vezes antes de aceitar jantar com ele.
Um toque de vermelho - página 26
Mas este amor é amaldiçoado, assim como os anjos que caíram no passado.
E em meio a uma guerra envolvendo poder, sangue e luxúria, será Lindsay capaz de salvar sua alma ou seu coração?

Caídos versus Sentinelas. Uma nova praga vampírica. Uma rebelião licana tomando forma. 
Este livro com certeza é alucinante da primeira até a última página, nos deixando ávidos por contemplar o desenrolar dos fatos, mas sobre tudo, o rumo em que o relacionamento deles irá enveredar.

Com uma narrativa em 3ª pessoa muito direta, rápida e fluída, Sylvia não fica de muito rodeio não. Vai indo direto ao assunto em todos os pontos, o que torna Um toque de Vermelho uma leitura muito rápida...mas que em alguns pontos poderia ter sido mais bem desenvolvida, visto que alguns fatos de tão rápido que foram desenvolvidos, acabaram dando a impressão de ter deixado muita coisa de fora ou passado batido por algo que poderia ser importante.

A capa e o acabamento da Paralela estão formidáveis, o que acaba absolvendo os pequenos erros de revisão encontrados durante a leitura.

Sylvia Day com este livro realmente arrebata um filão de mercado que por enquanto era muito bem explorado por J.R. Ward, Sherrilin Kenyon e Gena Showalter e com certeza cativando as fãs do Tesão Sobrenatural assim como eu...(começa o momento Scheila Flores) hehehehe...e digo pra vocês, as cenas de sexo com este anjo maravilhoso foram de um calor...ahhhh me abana...hehehehe (termina o momento Scheila Flores).

O corpo dela estremeceu de excitação e contentamento. Ela chegou a pensar que, se voasse com ele o tempo suficiente, poderia ter um orgasmo em pleno ar. Como uma motoqueira que ela conhecia que gozou ao sentir a vibração de uma Harley-Davidson. A adrenalina sempre a deixou com tesão. E a adrenalina combinada com Adrian era quase um martírio. Ela o olhou por inteiro, da cabeça aos pés descalços...que na verdade não estavam tocando o chão.
   Ela não era capaz nem de imaginar o que viria pela frente.
Um toque de vermelho - página 101


Não preciso nem dizer que super recomendo esta leitura né?? 
E se você ficou a fim, passa lá na Saraiva que o preço tá melhor que o da Bienal!!

5 comentários

  1. Amo essa mulher! Sylvia Day arrasa! Não vejo a hora de começar a ler essa serie dela. Erótico e sobrenatural? Vou amar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga...a coisa é tensa!! Este anjo é de arrasar o quarteirão...imagina a cama?? hehehehe

      Excluir
  2. Eu nunca li nada dela até hoje, acredita? Mas confesso que tenho bastante curiosidade em conhecer o trabalho da autora, pois é muito bem falado, esse parece ótimo, gostei muito da sua resenha!


    Estandy Books - A Estante Da Andy

    ResponderExcluir
  3. Adoro os livros da sylvia, ate agr so tinha ouvido falar mal desse livros, mas sua resenha me fez querer devoralo, nao conhecia seu blog e amei tudo que li,parabens sempre que puder estarei aqui bjs

    ResponderExcluir
  4. Estou adorando o livro. Achei seu blog colocando o livro dele no google. Parabéns pela resenha. Se possível, indica uns livros parecidos, abraços.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!