Resenha : O Presente - Cecelia Ahern.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014



Autor: Cecelia Ahern
Titulo original: The Gift.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633145
Ano: 2013
Páginas: 320
Tradutor: Ivar Panazollo Júnior.

Sinopse:
Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.


Resenha:

"Às vezes é preciso se entregar a alguém para perceber quem você realmente é."

Os livros escritos por Cecelia Ahern não são exatamente o meu estilo favorito, mas por uma força desconhecida eu sempre sou atraída por eles, já li todos os livros dela publicados, e apesar de ser livros com uma lição e uma trama reflexiva, sempre me prendem de alguma forma.
Em O Presente conhecemos Lou Suffern, um tipico homem moderno do seculo XXI. Empresario renomado, passa mais tempo em seu escritório do que em casa com a família. Na verdade, o trabalho esta sempre em primeiro lugar em sua vida, e Lou prefere assim, já que não leva muito jeito para lidar com problemas domésticos e familiares. Sua rotina é a mesma a muito tempo. Acorda cedo, dorme tarde, passa mais de 12 horas em seu escritório, e quando chega; seu inconsciente ainda esta ligado ao trabalho, imaginando como será o dia de amanhã.
Lou é casado e pai de dois filhos pequenos,rico , com um ótimo emprego e uma carreira promissora. Aos olhos dos outros a vida dele é perfeita, o próprio a considera assim, mas sua meta é sempre conseguir mais. Para ele, suas coisa, casa, carro, roupas de grife, são o reflexo do quão bem sucedido ele é.  Mas apesar de todo luxo, sua família não é a mais feliz, pelo contrario. Seu casamento esta abalado, já que sua esposa o pegou com a baba no próprio quarto do casal, seu filho mais novo chora desesperadamente cada vez que pai se aproxima. Mas o maior o objetivo de Lou no momento é conseguir uma promoção na empresa, assumir um cargo mais alto, e consequentemente passar mais tempo no escritório.
"Esta é uma historia sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa que é desembrulhada . e cujo o interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo."
Certo dia, ao cruzar a calçada do prédio onde trabalha, em um dia de muita neve e um frio congelante, Lou encontrou Gabe, um simples mendigo, que passa seus dias pedindo esmolas, mas que mesmo assim, parece feliz. Mas o que deixa Lou intrigado, é o fato de que ele parece saber tudo que se passa na empresa e com seus colegas de trabalho.
Gabe tem um dom incrível, o poder de observar e assimilar detalhes pequenos e insignificantes para muitos, como o modelo dos sapatos que cruzam a calçada a altura de seus olhos, mas que Lou logo percebe ser uma fonte de informação incrível. Sendo assim, Gabe passa de um simples mendigo para o novo funcionário da Patterson Empreendimentos.
O que Lou não poderia prever, é que Gabe se mostraria muito mais astuto e misterioso do que ele imaginava, e que mostraria a ele um novo modo de olhar para a vida.
"As sirenes de alarme estavam tocando cada vez mais alto em seus ouvidos,e ninguém além do seu inconsciente conseguia ouvi-las. Ele estava tentando ignora-las,tentando apertar o botão "soneca" para que pudesse se entregar ao estilo de vida no qual se sentia bem, mas  que não estava funcionando. Não sabia que era impossível dizer a vida quando ele estaria pronto a aprender, e a vida estava lhe dizendo que estava preparada para ensinar.Ele não sabia que não era o caso de apertar alguns botões e,repentinamente,sabe de tudo;não sabia que os botões a serem apertados estavam nele mesmo. Lou Suffern achava que sabia tudo. Mas estava apenas começando a arranhar a superfície."
A trama toda se passa próximo ao Natal, talvez para enfatizar o quanto essa data é significativa e o quanto o espirito natalino pode influenciar as pessoas, e que garante um ar magico a historia.
Este livro na realidade, é um presente, literalmente, a mensagem transmitida pela autora é simples e direta, e vai atingir a todos, com toda certeza. Talvez você não seja um Lou Suffern, viciado em trabalho, mas nos sempre desperdiçamos tempo, e essa é a única coisa que não podemos ter de volta, e é isso que aprendemos com Lou e Gabe, que a felicidade esta nas pequenas coisas e que apesar de o trabalho ser uma parte considerável de nossas vidas, não podemos deixar que ele consuma todo o nosso tempo, família e amigos sempre devem ser a prioridade.
Esse é o tipo de livro que todos deveriam ler, indiferente da idade ou gênero favorito, é uma leitura indispensável, pois te faz refletir, e não é uma forma piegas, mas totalmente realista. Lou Suffern é um cretino insensível, mas que se for analisar, quase todo mundo tem um pouco de Lou Suffern  em sí.

Fica aqui um alerta, se você é emotivo, cuidado: O final deste livro pode te deixar com um pouco de olho em suas lagrimas. E estou falando serio. Este livro é um drama na medida certa, você vai se emocionar, mas também vai rir e torcer para que Lou consiga dar um rumo para a vida dele.
Eu acho fantástico o modo como esta autora introduz "magia" em suas historia de forma sutil. Em "A vez da minha vida" a protagonista tem um encontro com a própria vida, em "O livro do amanhã", um livro que revela o futuro, e neste, bem, eu não posso contar, se não vai ser spoiler, mas também temos a magia envolvida de alguma forma.
"O Presente" possui uma narrativa simples, leve e fluida. Possui uma diagramação linda, com paginas enfeitadas e divisões de capítulos lindas. A revisão também esta ótima, sem erros aparente.
Um livro simples, mas completamente fascinante.

Sobre a autora:


Cecelia Ahern é filha do atual Taoiseach irlandês, Bertie Ahern. É formada em jornalismo e multimídia pelo Griffith College Dublin. Sua irmã mais velha, Georgina Ahern, é casada com Nicky Byrne, da banda pop irlandesa Westlife.
Em 2000, Cecelia fazia parte do grupo pop Shimma, que terminou em terceiro lugar na final irlandesa do Festival Eurovisão da Canção.
Aos vinte e um anos, seu primeiro romance, PS. Eu Te Amo, tornou-se o bestseller mais vendido na Irlanda (por 19 semanas), Reino Unido, EUA, Alemanha e Holanda. O livro foi adaptado para o cinema, numa produção dirigida por Richard LaGravenese. Seu segundo livro, Onde Terminam os Arco-íris foi o vencedor do CORINE Award alemão. Cecília tem também contribuído escrevendo contos em livros editados por organizações beneficentes sem fins lucrativos

6 comentários

  1. HAAAA!!!!! Perfeito! Amei sua resenha! como sempre ¬¬
    Comprei este livro no natal, ainda não o li mas pretendo fazê-lo em breve!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. PS: vc não leu todos não! Falta PS eu te amo! Perfeito tbm! LEIA!!!!! rsrsrsrrsrs

    ResponderExcluir
  3. Terminei de ler O Presente esses dias; gostei do livro, a história é bonita e tem uma moral interessante. Apesar de não ser lá muito surpreendente, é um bom livro e a narrativa da Cecelia Ahern é mesmo muito fluida, agradável de ler.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da resenha! Até agora todas as resenhas que li sobre este livro foram positivas, mas ainda não li. Parece ser um livro muito bom, muito emocionante e nos faz refletir nossa vida!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A resenha ficou bem legal, o livro parece ser ótimo, com uma trama emocionante e fascinante. Desde que eu li sobre ele já coloquei na minha listinha de futuras leituras *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  6. Ah eu já li este e é muito lindo ^_^ tbm gostei bastante do Livro do Amanhã e P.s Eu Te Amo então nem se fala , Adoro demais esta autora e adorei a resenha que fizeram ficou demais ^_^ .
    Face :Lays Snaps
    Email : lays_snaps@hotmail.com

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!