Resenha : Enders - Lissa Price.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Autor: Lissa Price.
Serie : Starters - livro II
Titulo original : Enders.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633602
Ano: 2014
Páginas: 285
Tradutor: Ivar Panazzolo Júnior

Sinopse:
Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do ir- mão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou. Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama. Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar.

 Cuidado! Pode conter spoilers sobre o livro anterior.
Resenha:
(...)Não Confie em Ninguém além de você mesma.E,em seguida,questione essa confiança.(...)
Depois que a  Prime Destinations foi destruída, Callie estava crente de que enfim poderia ter uma vida normal ao lado de seu irmão e Michael.  Mas ela não poderia estar mais enganada. O fato de a Prime não mais existir, não significou o fim das atividade do Velho, que agora pode falar com Callie diretamente em sua mente, através de seu neurochip.  E essa não é a única novidade que o misterioso homem preparou para ela. Em uma demostração de seu poder de controle sobre os Starters doadores, ele mostra a Callie que os chips podem ser utilizados como bombas, explodindo não somente o  Starter, mas também tudo ao seu redor.
Desesperada, Callie precisa encontrar uma forma bloquear o Velho de sua cabeça, proteger seu irmão e Michael, e ainda tentar impedir que outros Starters sejam mortos.
E é em meio a esse misto de desespero e confusão que algo inusitado acontece. Uma nova voz surge em sua cabeça, não a do Velho, e sim de alguém que ela acreditava estar morto a muito tempo, seu pai, que supostamente havia morrido durante a guerra. Mas como ela pode ter certeza de que não é apenas mais um truque do Velho, já que ele parece saber de tudo sobre todos e dominar grande parte das tecnologias avançadas utilizadas?
(...)Senti como se meu estômago estivesse se retorcendo em um nó. Eu realmente detestava esse chip – essa coisa – na minha cabeça. Não ia deixar um Ender sinistro me controlar pelo resto da vida.(...)
O desejo de descobrir a verdade sobre o Velho, sobre o seu pai, e o  dever de cuidar de seu irmão, acabam deixando Callie em um conflito, e eis que a ajuda vem de uma fonte totalmente inusitada.
Quando prestes a se entregar ao Velho, que esta obsessivo por colocar as mãos em seu neurochip adulterado  que lhe permite matar quando esta sendo controlada, a ajuda vem de alguém inimaginável. Hyden, o filho do Velho, que aparentemente é um dos cientistas que o ajudou a desenvolver os chips, e que agora luta para destruir a tecnologia e dar um fim a ganancia desmedida de seu pai, se alia a Callie nesta luta.
Então Callie e Hyden se juntam em uma busca a todos os "Metais", Starters que possuem o chip, para garantir a segurança e impedir que o Velho possa utiliza-los para atingir seus objetivos.


Olha, eu tenho duas avaliações sobre esse livro, pois quando eu o li, imaginava que fosse uma serie, então o classifiquei como "muito bom", mas recentemente descobri que é apenas uma duologia, então minha classificação mudou para regular. Curiosos?  eu explico.
Starters não é um livro realmente eletrizante, ele faz bem o estilo primeiro livro, é mais uma forma de ambientar o leitor, do que realmente desenvolver a trama, e Enders segue o mesmo padrão, não é lá muito ativo, apesar de a leitura seguir um ritmo leve e agradável. Outro ponto de que deixou a desejar para este "final" super precipitado, é a falta de respostas, continuamos não sabendo nada sobre a guerra, nem como aconteceu, e muito menos o seu motivo. O futuro de Callie também é inserto, inclusive o amoroso, não sabemos se ela fica com o Michael, que é praticamente o seu companheiro, ou se a química entre ela e Hyden realmente vai levar a alguma coisa a mais.
De modo geral, eu gostei bastante do livro, apesar de o enredo em si, não ter se desenvolvido de um livro para o outro, já que Callie continua impulsiva e Michael um personagem quase inexistente. É Hyden, um novo personagem, quem deixa tudo um pouco mais interessante. O que realmente me incomodou foi o final, totalmente aberto e sem quase nenhuma resposta para o leitor. Um desfecho totalmente decepcionante, considerando fato de que a premissa inicial era de uma distopia eletrizante. Como eu disse anteriormente, a escrita de Lissa Price é fantástica, flui super fácil, mas ouve uma visível diferença entre o primeiro e o segundo livro, e não no bom sentido, já que ela eliminou quase todos os personagens principais do primeiro livro, focando apenas em Hyden ,Callie e o Velho, que se mostrou bastante ativos em Enders, mas de uma forma destorcida e forçada, fantasioso demais, até mesmo para uma distopia.
Enfim, não posso dizer que o livro é ruim, não é, mas aconselharia a autora a continuar escrevendo, quem sabe mais um livro, para tentar um fim mais digno para esta estoria que prometia ser fantástica.
Mas falando sobre o trabalho da editora, eu também achei que o nível caiu um pouquinho, não na questão diagramação, que continua incrível, mas a capa em si ficou bem estranha, e perdeu um pouco do encanto da primeira.
Mas leia, é um bom livro para quem gosta do gênero.Só por favor, não vá com tanta expectativa.

Sobre a autora:

 Lissa Price estudou Fotografia e Escrita, mas o mundo acabou sendo seu melhor professor. Ela passeou com elefantes em Botswana, nadou com pinguins em Galápagos e ficou em um campo rodeada de nômades em Gujarat, Índia. Ela foi cercada por búfalos Cape furiosos na África do Sul e cantou um refrão silencioso com cem belugas da costa de Oahu. Ela dançou na cabanas em casamentos na Índia e tomou chá com a socialite viva mais famosa de Kyoto. Quando ela se sentou para escrever, descobriu que as viagens mais surpreendentes ainda estavam em sua mente. Ela mora perto das montanhas da Califórnia do Sul com seu marido.

9 comentários

  1. Oi Geeh!

    Ainda não li o primeiro livro, então não li a resenha. Mas quero muito lê-lo, antes tenho que comprar Enders neh??? rsrsrsrsrrs

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Estou louca pra ler starters e Enders ...
    Acho super perfeita a história e amei a resenha. ..

    ResponderExcluir
  3. Não gosto muito do estilo. Minha irmã tem esse livro, Ela leu e amou. Disse que vale a pena. Quem sabe um dia eu consiga ler.

    ResponderExcluir
  4. Mais que droga é essa ? Aff .. li o Starters e amei de verdade é eletrizante .. Mais agora lendo vendo sua resenha , é muito triste isso .. e o garoto , até esqueci o nome dele , o " namoradinho " dela ? Poxa o livro 1 termina com eles dois , e surge outro desconhecido . Odeio estórias em que a personagem principal é uma galinha completa , e se apaixona por todos . Aff .. deprimente isso .

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro bom , ou mais ou menos , tantos pontos negativos assim rsrs .. Distopias são boas muitas delas ..

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi comentarios super positivos sobre o primeiro livro e fiquei interessada em ler ele .

    ResponderExcluir
  7. Eu estou com altas expectativas sobre essa série, já que todo mundo anda fazendo uma propaganda sobre ele '-' Espero não me decepcionar quando eu for ler.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  8. Parece que não irei gostar , li o primeiro e adorei , é uma estória tão envolvente , já essa , parece que irá me deixar com raiva.

    ResponderExcluir
  9. Apesar de ter esse livro em casa, não me agrada muito esse tipo de leitura.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!