Resenha: Dublin Street - Samantha Young - @EditoraLeya

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Dublin Street

I.S.B.N.: 9788544100363
Cód. Barras: 9788544100363
Reduzido: 7459183
Altura: 23 cm.
Largura: 16 cm.
Profundidade: 1 cm.
Acabamento : Brochura / Brochura
Edição : 1 / 1 / 2014 / 2014
Idioma : Português / Português
Número de Paginas : 400 / 400

Sinopse: Traumatizada pelo seu trágico passado, a americana Joss muda-se para a Escócia, na romântica Edimburgo, onde espera começar uma nova vida. Durante quatro anos tenta negar memórias dolorosas, refugiando-se na escrita, no sonho de um dia, finalmente, pôr os seus fantasmas no papel. Mas de repente tudo muda. Quando vai morar em um luxuoso apartamento na Dublin Street, conhece o desconcertante Branden, um carismático milionário que exerce sobre ela um irresistível fascínio. Joss se vê numa encruzilhada. Sabe que a atração entre ambos é imediata, avassaladora. Mas os demônios do seu passado a impedem de se entregar ao sensual escocês. É então que ele lhe propõe um estranho acordo, que lhes permitirá explorar a atração entre eles sem se envolverem emocionalmente. Joss aceita. E no início acredita, inocentemente, que o acordo vai dar certo. Mas Branden quer mais, muito mais, quer tudo. Quer desvendar todos os seus segredos – e está disposto a mudar o que for preciso para tê-la por inteiro. Mas será que ela está disposta a ir até o fim?
Um livro sexy e delicioso, com personagens fortes, reais e cativantes. AMEI!!
Joss é uma americana descolada que vive na Escócia após se formar na Universidade. Traumatizada por seu passado ela se esconde atrás desta faixada de garota inacessível que ela criou.
Mas Joss ainda não consegue lidar com a sua vida e mesmo não deixando ninguém penetrar em sua armadura, ela não quer viver sozinha, assim, após sua melhor amiga se mudar com o namorado para Londres ela precisa encontrar uma nova pessoa para dividir um apartamento.

Mas o destino realmente é meio manipulador não é? 
Ao dividir um táxi com um belo estranho, lindo, engravatado e sexy, Joss nunca poderia imaginar as reviravoltas que sua vida enfrentará.

Já instalada no novo endereço, vamos aos poucos vendo a doce Ellie aos poucos quebrando a casca de indiferença de Joss e realmente se tornando parte de sua vida. Realmente uma amiga íntima.
E então temos Branden. Lindo, rico, sexy e com um sotaque de arrancar calcinhas...ó mas e que novidade?? Ele é irmão de Ellie...e o que mais? O cara sexy e sacana que ela encontrou no táxi.

Samantha Young conseguiu me cativar com sua escrita, onde conseguiu se destacar com um livro delicioso e que acabou por me surpreender depois de eu já ter lido por aí tanto mais do mesmo.
Dublin Street foi realmente uma agradável surpresa.

A leitura foi deliciosa e divertida.

A química entre Branden e Joss é explosiva desde o início e ambos acabam nos divertindo muito com seu joguinho de gato e rato muito sexy.
As cenas são muito bem escritas, passando ao leitor todas as emoções, aflições, divertimento e tesão que permeiam as páginas deste ótimo livro.

Branden foi um show a parte. Um predador maravilhoso, o sonho de consumo de toda a mulher...ser caçada por ele. E, quando ele decide que quer alguma coisa, ele consegue.
Amei seu sex appeal e sobre tudo seu senso de humor safado e atrevido! Ele é simplesmente delicioso, digno de ser devorado sem moderação...hehehehe.
Dublin Street é um livro lindo, com um romance sexy e abrasador, mas melhor do que isso foi a construção da personagem principal com síndrome do pânico. Jocelyn (Joss) é uma mulher linda, forte e independente, mesmo assim sofre com suas feridas emocionais. A Síndrome do pânico é algo mais comum nos dias de hoje do que se pode imaginar, onde somos governados pelo stress e ansiedade, lidar com isso é um desafio que vale a pena ser partilhado com quem amamos.

O trabalho de Joss para conseguir se libertar de suas amarras emocionais é gradual e a autora conseguiu com muita sensibilidade abordar a questão da síndrome do pânico, com situações plausíveis ela conseguiu trazer muita veracidade para o romance, fazendo disto o seu principal diferencial.

Dublin Street é maravilhoso e com certeza uma ótima dica para todas as LeYtoras que #AMAM se apaixonar por um bom livro e se encantar por personagens tão fortes, reais e cativantes.

Conheça este endereço e principalmente, apreciem Joss e Branden sem moderação!!


O que é a Síndrome do Pânico? 
"A síndrome do pânico, na linguagem psiquiátrica chamada de transtorno do pânico, é uma enfermidade que se caracteriza por crises absolutamente inesperadas de medo e desespero." 
(fonte: DrauzioVarella.com.br)

Quais são os Sintomas? 
"A pessoa tem a impressão de que vai morrer naquele momento de um ataque cardíaco, porque o coração dispara, sente falta de ar e tem sudorese abundante. 
Quem padece de síndrome do pânico sofre durante as crises e ainda mais nos intervalos entre uma e outra, pois não faz a menor ideia de quando elas ocorrerão novamente, se dali a cinco minutos, cinco dias ou cinco meses. Isso traz tamanha insegurança que a qualidade de vida do paciente fica seriamente comprometida." 
(fonte: DrauzioVarella.com.br) 

Qual a Evolução da Síndrome caso não haja Tratamento? 
"A pessoa tranquila de antes torna-se tensa por dois motivos especiais: a expectativa da próxima e inesperada crise e, paradoxalmente, porque a tensão protege contra o pânico. Se antes possuía uma personalidade relaxada e autoconfiante, fica insegura e leva uma vida mais restrita por causa da agorafobia que se instalou. A longo prazo, 60% dos pacientes com pânico apresentam depressão e 12% tentam suicídio." 
(fonte: DrauzioVarella.com.br) 

Qual o Tratamento? 
"O que se sabe hoje é que a técnica de combinar medicamentos e terapia comportamental é mais eficiente, pois é muito penoso para o paciente adotar um programa comportamental baseado na exposição a situações que provocam pânico, sistematicamente, de forma gradual e progressiva, até que ocorra a dessensibilização. 
A terapia de exposição baseia-se na capacidade de o ser humano habituar-se ao estresse. É como se assistisse a um filme de terror 15 vezes. Na primeira vez, os cabelos ficam em pé. Na segunda, como já sabe o que vai rolar e que vai espirrar sangue no teto, a reação é menos intensa. Na última, o filme não desperta mais nenhuma resposta emocional. Todavia, os pacientes aceitam melhor o tratamento e melhoram mais depressa se simultaneamente tomarem antidepressivos, medicação que se torna obrigatória para os 60% daqueles que têm depressão associada ao pânico." 
(fonte: DrauzioVarella.com.br) 


15 comentários

  1. é tão bom quanto livros abordam assustos tão delicados como este e isso me deixou ainda mais curiosa para ler este livro .

    ResponderExcluir
  2. Opa! rsrsrsrrsrs
    Ótima resenha! Passou seus sentimentos sobre o livro e fiquei mega curiosa!
    A capa tbm é linda, sem ler a sinopse, não imaginaria o enredo!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha *-*
    Já há algum tempo quero ler esse livro, o tema que ele trata é muito interessante e já vi muitos elogios ao livro.
    Com certeza deve ser muito bom :)

    ResponderExcluir
  4. É realmente muito bom quando os livros abordam temas destes.
    OTima resenha, fiquei muito curiosa para saber mais do livro,

    ResponderExcluir
  5. Quando olhei de início o nome e a capa do livro não me interessei muito, mas agora que li sua resenha fiquei com vontade de lê-lo. Parece ser muito bom.
    Haha o bom desses livros é que são bem engraçados, e o diferente deste para os outros é que aborda uma questao delicada e que merece destaque hoje em dia, que é essa síndrome do pânico.
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
  6. Nunca teria imaginado o enredo pela capa, mas pela resenha já vi que parece ser bom! Meus amigos já haviam recomendado mas não tinha me interessado... Vou dar uma chance a esse livro o/

    ResponderExcluir
  7. Amei esse livro, já li em pdf antes e amei
    Adoro romancese assim sexy :D
    Aborda tbm um tema importante ,super vale a pena a ler

    ResponderExcluir
  8. Legal a resenha, parece ser um livro interessante, achei a capa muito simples que nem da para imaginar a história que tem. Se eu tiver a oportunidade com certeza vou ler esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Amei a sinopse do livro, realmente chamou minha atenção ao ponto de me fazer correr para uma livraria e compra-lo. A história parece ser surpreendentemente cativante. Espero poder lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  10. Estou com o livro aqui em casa para ler, mas ainda não comecei. É um dos próximos da minha lista.
    Foi bom ler sua resenha que só me deixou com mais vontade de conhecer este endereço.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  11. Nunca cheguei a ler nenhum livro que trouxesse alguma personagem com síndrome do pânico. Além desse ter esse diferencial, a autora ainda foi ótima ao abordar com uma leveza e qualidade sem tamanhos. Fiquei super curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  12. Tai , me surpreendi com essa resenha , achei que esse livro era ruim , gostei , adoro romances calientes rsrs ..

    ResponderExcluir
  13. Não gosto da capa desse , por isso fui preconceituosa com ele , mas gostei da história , é um livro muito bom , você recomenda , eu recomendo .

    ResponderExcluir
  14. É realmente um livro que me interessa.
    É um tema bem complicado de se falar ainda mais para quem sabe como é, então sabe que tudo foi tratado de uma forma tão interessante... me faz querer ler o livro logo =)

    ResponderExcluir
  15. Conheço quase nada sobre sindrome do panico, gostei da resenha, nao sabia que o livro tratava disso, e o melhor..... ganhei esse livro agora é so esperar ele chegar aqui pra mim e vou poder conhecer essa trama.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!