Resenha: Enquanto a Chuva Caía – Christine M. - @Novo_Conceito

quarta-feira, 4 de junho de 2014


I.S.B.N.: 9788581634470

Cód. Barras: 9788581634470
Reduzido: 7462428
Altura: 23 cm.
Largura: 16 cm.
Acabamento : Brochura 
Edição : 1 / 2014
Idioma : Português
Número de Paginas : 288
Editora: Novas Páginas

Sinopse: "Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa.Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta.Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança.Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói?"


Oi gente!

Eu nem sei ainda como dizer o quanto estou feliz com esse livro. Sou suspeita em falar dele, porque sou fã dessa nossa escritora brasileira – diva. Eu gosto muito de ler e colaborar com os autores nacionais, mas confesso que nem sempre eu fico extasiada com uma leitura, como quando leio Christine M. Seus livros são simplesmente arrebatadores e perfeitos.
Christine é paulista e se enveredou por caminhos da área de administração, antes de perceber que sua vida girava mesmo era em torno das letras e do mundo fascinante que descobriu quando, ainda criança, lia os livros da estante de sua mãe. Especializou-se em Língua Portuguesa e hoje nos presenteia com mais uma linda obra, publicada pela Editora Novo Conceito, pelo selo Novas Páginas.

Ainda embasbacada com a leitura, tentarei contar para vocês o que achei de Enquanto a Chuva Caía, que nos traz a história de Marina e Erik, duas pessoas que não possuem absolutamente nada em comum, a não ser a vida doida, solitária e sem sentido que levam. São tão errados que parecem certos um para o outro.

Erik é uma espécie de agente secreto, vingador. Faz o serviço de queima de arquivo e, como ele mesmo admite, está sempre metido em confusão. Ele é advogado e isso permite que ele tenha uma fachada crível para realizar seu trabalho com eficiência. Leva uma vida solitária e faz de seu superego, a melhor companhia para alguém que, como ele, precisa ser implacável na vida e no trabalho. Ele tem uma irmã que mora em São Leopoldo, interior do Rio Grande do Sul e é aqui que tudo começa.
“... a gente quer o que já conhece, o que não gera receios ou insegurança. Nesse instante, não quero saber se há alguém mais feliz do que eu, se eu poderia ser mais feliz do que eu sou ou se essa estupidez de felicidade realmente existe. Só sei que essa é a minha vida e eu estou de volta, baby! Hora da ação!”

Já que ele está metido em encrencas, devido a uma investigação de um poderoso homem de negócios, dono de um império nos Estados Unidos, Erik se vê obrigado a tirar “umas férias” em terras americanas e lá vai ele trabalhar como consultor em uma empresa. Esta é comandada por Marina, que está à frente dos negócios depois do diagnóstico de que seu pai sofre do mal de Alzheimer. Então, numa tarde chuvosa, mesmo sem saber quem é o estranho, Marina acaba sendo ajudada por Erik a trocar o pneu do seu carro. Ele se apresenta e acabam descobrindo que são patroa e empregado.

A atração entre eles é bem evidente, até porque Marina, viúva de um médico americano morto no Iraque, não aguenta mais seus dois anos de solidão. Ela reveza sua vida entre a correria de ser uma CEO e o cemitério, onde vai todos os dias conversar com o falecido. Estamos frente a uma mulher forte, que não se deixou quebrar, e nem teve tempo pra isso, pois a vida têm-lhe imposto um desafio atrás do outro. Aqui vale ressaltar que a autora não perdeu tempo com choramingos nem nada, ela parte para um tipo diferente de contar a história, que é sob a ótica de uma jovem mulher que tem um melhor amigo pegador, que não a deixa em paz com suas implicâncias e brincadeiras sobre ela estar celibatária há anos.
“... Sou a nova CEO da mais respeitada empresa de auditoria do Hemisfério Norte. Melhoro minha postura e tento, aos vinte e cinco anos, me convencer de que colocar todo o patrimônio da nossa família nas minhas mãos não é uma absoluta loucura. Tento não deixar transparecer que, internamente, estou paralisada e assustada. Pior e mais perigoso do que temer seria deixar alguém conhecer esse medo.”

O enredo tem um tom de suspense e ao mesmo tempo que é complexo, é inebriante e divertido. Temos um casal visivelmente encantado um com o outro, mas há algo de nebuloso em tudo isso. Marina esconde coisas sobre os negócios escusos de sua família. Erik sabe de muitas dessas coisas, mas quanto mais ele fuça, mais problemas encontra. Chegaremos ao ponto em que isso interferirá na vida dos dois, mas como eles conseguirão e se conseguirão vencer, é a pergunta que nos desafia o tempo todo, a cada página. Temos à nossa frente toda uma trama suja, onde nem mesmo a mãe de Marina está fora de tudo o que há de mais manipulador.

Tive em minhas mãos um livro maravilhoso, daqueles raros em que não encontramos erros de português, nem de digitação. A diagramação e revisão estão perfeitas, o tamanho da letra é o ideal para ler. Todos os capítulos têm uma citação de um trecho de música no início, fazendo-nos refletir sobre o que será contado. Adorei, achei um show à parte.

Os capítulos têm uma narrativa intercalada entre os personagens e a capa me fazia acreditar que vinha mais uma mocinha incrível e tudo o que eu achei foi o “mocinho-mau” mais incrível da minha jornada literária. Erik é o melhor personagem masculino que uma mulher já criou. Ele consegue ser o centro da trama, o objeto da minha atenção, mesmo (talvez) por confessar seus piores defeitos sem um pingo de pudor ou incerteza. O modo como ele age com Marina faz com que tudo seja verdadeiro do início ao fim e as pitadas engraçadas são muito presentes, deixando a leitura muito agradável.
“Fui destinado a viver encrencado. Deve ser isso. Quando eu nasci, alguém do lado divino, demoníaco ou astrológico decidiu que minha vida seria uma completa enrascada. Certamente foi isso. Estou bem longe de casa, estou de terno e gravata, com um cargo do tipo “decentinho”, e estou com uma mulher só. Isso significa que estou tapeando o universo e tentando levar uma vida de bom moço, mas não dá: tenho um ímã para rolos, assuntos dúbios e pilantragem.”

Encantei-me ainda mais (se isso fosse possível) pela autora. Já disse e repito, que a seguirei onde for e lerei o que ela escrever, pois além do dom para grandes histórias com personagens incríveis, nos encanta e arrebata de forma inevitável. Basta ler para amar...
“... Estranhamente, não insisti, nem me aproximei. Nós dividimos a conta e encerramos a noite com um aperto de mão. Tem algo nela que eu não consigo decifrar. Uma parte me diz que, se eu me aproximar, vai ser encrenca. A outra diz que, se fizer isso, ela pode fugir. Mesmo assim, eu só quero poder dar mais um passo em sua direção.”

Leiam e divirtam-se!

P.S.: Aproveitem que dia 26/07 - 17 horas. ela estará aqui em Porto Alegre para uma divertida sessão de autógrafos e bate papo na Livraria Cultura do Bourbon Country.

36 comentários

  1. Vou comprar este livro eu simplesmente adorei esta resenha e fiquei super curiosa pra saber qual o segredo dos dois e eh claro que vou ir no evento para conhecer a autora xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lays, não perde, o livro é maravilhoso. Ainda estou encantada por ele... Beijos

      Excluir
  2. Oi Luciana!

    Nossa... que capa heim! Já ouvi falar desta autora, mas nunca li nada dela, vou pesquisar mais sobre o livro, pois gostei muito da sua resenha!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, obrigada.... Você não pode deixa de ler esse, eu fico importunando todo mundo quando um livro é bom e eu quero que todo mundo leia...
      Valeu pelo elogio...
      Beijos

      Excluir
  3. Não conhecia essa autora, mas achei ótimo o enredo da história. Estou com muita curiosidade para saber quais são os segredos *-*
    E essa capa também é maravilhosa <3

    Com certeza vou comprar esse livro e vou no evento pegar um autógrafo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Obrigada Luana, não deixe de ler, pq é o tipo de livro imperdível... Sem falar que vai ser mesmo muito legal poder conversar com ela pessoalmente, né? Beijos

      Excluir
  4. Quando vi a capa, não imaginei que fosse um livro nacional! E quem diria né.. São Léo bombando nos livros!

    Achei demais a capa! Acho que ele compraria pela capa, hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellen, eu amei a parte de São Léo, mas acredite, tb tem muito Engenheiros do Hawai e Nenhum de Nós... Livro imperdível!!! Beijos e obrigada

      Excluir
  5. Eu ja estava interessada pel olivro, agora quero ainda mais.
    Eu gosto quando um autor nacional escreve um livro ótimo isto me da um tremendo orgulho.
    Gosto de livros sem mimimi, e ele me parece ser assim. Um casal que tem muito caoisa diferente um do outro, curiosa pra saber se ficam juntos.
    Fora que gosto quando nos livros personagens alternam na narrativa, ponto para a autora.
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Neny, eu tenho mesmo o maior orgulho dessa escritora, já é o quarto livro dela que eu leio e nem sei dizer qual é o melhor... O livro tá excelente, vc vai adorar ler... Obrigada pelo carinho, beijo

      Excluir
  6. Adorei a resenha foi perfeita,o livro é exatamente isso...maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!! Amei de verdade esse livro... Beijo

      Excluir
  7. Pra variar Lu, adore a sua resenha! Fiquei mega curiosa sobre o livro, acho demais essa "força" q vc da para os escritores nacionais!!! esse livro acabou de ntrar para a minha listinha hehe ... Obrigada pela resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que eu adoro ler autores nacionais, principalmente porque a gente sai da rotina, mas mais ainda por romper preconceitos. Acho que quem não lê livros de autores nacionais acaba não conhecendo muitas Carinas Rissi, Christines M., Samanthas Hotz... Kamiles Girão... enfim... nunca perco meu tempo quando apoio autores nacionais. Enquanto a Chuva Caía é mais uma preciosidade brasileira e tenho pena de quem perder, kkkkkkkkkk Obrigada pelo carinho de sempre... Beijo

      Excluir
  8. Lu ainda não li nada dela, vou passar esse na frente de alguns e le-lo ^_^

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi, não deixa de ler esse, que vc vai gostar.. Beijo e obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha e como já estava curiosa sobre a história agora Enquanto a chuva caía foi para o topo da lista dos livros que preciso comprar! Nunca li nada da autora, mas já fiquei encantada quando vi essa capa!
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Evelise, acho que se você curte um bom romance, vai adorar ler esse livro... depois me conta o que achou.. beijo

      Excluir
  11. Na primeira vez que vi este livro não achei que era de uma autora brasileira! A capa é bonita e chama a atenção e pela sua resenha parece ser muito bom! Sabe, livro com muita melaçao e chororo seria um pouco chato. Quero lê-lo logo haha
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Anny, obrigada pelo comentário, depois me diz o que achou da leitura... Beijo

      Excluir
  12. Vi este livro no Skoob e fiquei com vontade de ler, e ao ler a sua resenha fiquei com mais vontade ainda.
    O livro parece ser muito bom e adorei o fato de não te um heroí ou um mocinho *-*
    Está definitavamente na minha lista de tenho que ler, agora é esperar que dias tenham mais que 24 horas para puder ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk bem isso né Catarina, a gente tá sempre correndo atrás do tempo... Mas esse livro eu passei na frente de outros e não me arrependi nadinha... Adorei! Boa leitura, depois me conta o qua achou, ok? ;) beijo

      Excluir
  13. É bom quando vemos um livro brasileiro sendo elogiado assim! A escritora merece parabéns, o livro parece ótimo e parece que já está agradando muita gente! Parabéns a ela e pela resenha tbm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Guilherme!!! Adoro me surpreender com ótimos autores, por isso sempre insisto nos daqui do nosso país... Valeu pelos elogios... ;)

      Excluir
  14. Só li resenhas ótimas sobre esse livro.Não dava nada nele, mais ta aqui na lista pra ser comprado
    Adoro romances e já quero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, vc não vai se arrepender... Beijos e obrigada pelo carinho...

      Excluir
  15. Nunca tinha ouvido falar sobre o livro. O gênero do livro até me atrai, mas confesso que a história dele não me interessou ao ponto de me fazer comprar o livro com urgência.

    ResponderExcluir
  16. Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Confesso que não conhecia essa autora, mas achei esse livro bem interessante. Gosto desse clima de suspense que paira sobre a trama e dá um tom de complexidade a ela. Mas gostei também de saber que a autora narrou tudo com uma leveza incrível. Enfim, quero ler sim!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  17. Segunda resenha desse livro que leio , eu gostei do que li , amo , amei essa capa preta , eu não sabia que esta autora era brasileira , fiquei feliz em saber ..

    ResponderExcluir
  18. Adoro a capa desses novos livros da nc , os lançamentos são demais , ainda não havia lido uma resenha dele , não sei se é um livro que vou ler, mas com certeza eu QUERO .

    ResponderExcluir
  19. Quero ler esse livro desde a primeira resenha que li, parece ser ação do começo ao fim.

    ResponderExcluir
  20. Tenho o livro.
    Capa linda e promete uma história ótima. Esta na minha pilha de futuras leituras, claro.
    NC arrasando nas capas e obras publicadas.

    ResponderExcluir
  21. Olá Lu!!Tudo bem??
    Super bacana poder conferir a resenha deste livro que chamou minha atenção desde seu lançamento devido a sua capa e sua sinopse já me pareceu bastante interessante, mas tua resenha realmente me fez incluir ele a lista de desejados, pois creio que historias assim prendem nossa atenção e seus personagens parecem ser demais!!
    Beijoca♥

    ResponderExcluir
  22. Realmente é uma capa linda, e gostei da sinopse tbm, agora com a resenha só tenho a dizer que quero muito ler o livro, parabéns aos autores nacionais né, esse ano li alguns livros nacionais, todos maravilhosos, e acredito que quando ler esse vai ser maravilhoso tbm *-*

    ResponderExcluir
  23. Ahh, quero ir na sessão de autógrafos!!

    ResponderExcluir
  24. Meu comentário não publicou...
    Teve um encontro das Gurias Românticas que vc estava com este livro e falou muito bem dele, desde lá fiquei muito curiosa para ler e agora lendo sua resenha me deu mais vontade ainda. Adoreii sua resenha!!

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!