RESENHA SUBMISSA AO GUERREIRO (CLÃ MacLERIE #8) - TERRI BRISBIN

segunda-feira, 1 de setembro de 2014


Tema: Medieval
Tradução: Silvia Moreira
Edição: HH 147
Nº de Páginas: 320
Formato: 10.7 x 17 cm
Editora: Harlequin Books Brasil
R$: 13,50

Submissa ao Guerreiro 
Título original: Yield To The Highlander


Sinopse: Aidan MacLerie é bravo, destemido e leal ao clã, mas seu coração continua insatisfeito. Até conhecer a deslumbrante Catriona MacKenzie. Por ser uma mulher casada,  Aidan jamais teria permissão para possuí-la. Mesmo assim, busca sua total rendição a cada beijo Quando o marido de Cat é derrubado no campo de batalha,ela fica sem recursos e com a reputação em farrapos. Aidan é o único homem com poder para protegê-la. Cat precisa apenas se submeter ao seu coração de guerreiro…


Guerreiro Domado (conto)
Título Original: Taming The Highland Rogue

Sinopse: Escócia, 1307 
Laird Connor MacLerie é cruel, um fato de sua esposa, Jocelyn, sabe muito bem - especialmente quando se trata de arranjar casamentos para os membros de seu clã. Apesar de terem encontrado a felicidade e a paixão, mas Jocelyn tinha sido comprada como uma noiva para Connor, e ela não quer ver outra mulher prometida sem consentimento. Ela planeja algo para organizar esses arranjos matrimoniais -, mas ela só será bem sucedida se ela for capaz de domar seu marido Highlander.


A resenha de hoje será de mais um dos meus adoráveis livros de banca, e a minha sinceridade poderá ser comprometida... já que amo a autora Terri Brisbin.
Sempre adorei os livros da autora, mas o que me conquistou totalmente e virei fã de carteirinha é a simpatia da Terri no Facebook. Ela é acessível, participa de grupos, comenta, mas claro não tão assiduamente, porém está sempre solícita aos fãs, e você sente que ela ama esse contato. Então além de fã da escrita, também amo a pessoa Terri Brisbin.
Bom...  vamos falar sobre o livro da resenha, Submissa ao Guerreiro, é o oitavo livro da série O Clã MacLerie, e aí vocês me perguntam: “Oitavo??? Tenho que ler todos os 7 antes dele?”, e eu respondo: “- Não necessário”. Vou explicar...

Apesar dos livros pertencerem a mesma família, e ter uma ordem cronológica, porém a história entre eles não tem tanta ligação, quero dizer... tem em relação aos personagens, por exemplo lendo o oitavo, os personagens dos livros anteriores aparecem nele já com as vidas definidas, porém não atrapalha em nada o entendimento da história do livro, tanto que no meu caso, eu li o primeiro, que foi publicado a mil anos atrás, depois li o sétimo, e agora li o oitavo, e ocorreu tudo sem problema, até porque é focado em um casal diferente cada livro.



Submissa ao Guerreiro traz a obsessão de um homem por uma mulher, Aidan MacLerie sempre teve as mulheres aos seus pés, não só porque ser filho de Connor MacLerie, líder do Clã MacLerie (personagem principal do primeiro livro da série), mas por ser bastante, sedutor, bonito e persuasivo nas suas conquistas. E a conquista da vez é Catriona MacKenzie...



Catriona MacKenzie uma mulher sofrida, o primeiro marido era violento, o pai também não prestava, até que  Gowan MacLerie a salvou, mesmo que o casamento não era consumado, porém ele era muito bom para ela, viviam em paz, até Aidan MacLerie tumultuar sua vida.



Gowan devido um serviço teve que viajar, deixando uma oportunidade para Aidan tentar seduzir Catriona, mesmo ela não correspondendo o assédio de Aidan, mas um momento de descuido, ocorre um beijo, e alguém vê, a partir daí a vida de Cat desmorona...



Logo em seguia Gowan morre, o filho dele a expulsa de casa, todo o vilarejo a hostiliza achando que ela traiu o marido com Aidan, até que o próprio irá salvá-la...

Por culpa  e também pela forte atração que ele tem por ela, Aidan dá uma casa, dinheiro e além pedir para prima Ciara (personagem principal do quinto livro) que a ensine a ler e escrever... mas talvez todas essas vantagens tenha um preço alto para Cat, ela será reconhecida como amante de dele, tudo que ela tentou evitar se tornou realidade...



Aidan cada dia mais está obcecado em tê-la, mas depois de tudo que aconteceu ele amadurece e aceita que a decisão seja de Cat, mas depois de todas essas demonstrações dele, mesmo ainda tentando a seduzi-la ele mostra que a resposta, começa a destruir o escudo de Cat.



Quando Cat o aceita, podemos dizer que Terri não economiza em momentos sensuais, e algo que autora sabe escrever são essas cenas, pois não são vulgares,  ao mesmo tempo tem muita sensualidade, porém  ela consegue descrever os sentimentos envolvidos do casal.

E os sentimentos do casal irá mudando, de apenas luxúria para algo mais forte, porém Aidan não pode casar com ela, e sim com uma mulher de posição social e financeira para fortalecer o clã.



Enquanto que Cat tem consciência que eles terão que se separar, já que ela não irá aceitar ser amante de um homem casado, até porque ela está apaixonada por ele...
Por outro lado, Aidan tem esperanças que mesmo casando, tenha Cat ao seu lado... porém algo irá mudar...



Muhro, o enteado de Gowan, irá estragar tudo, contando a que ele julga verdade sobre a morte do pai, com isso irá provocar uma ruptura no casal... infelizmente Cat terá que enfrentar um novo desafio sozinha...



Conclusão:
Fiquei impressionada com a personagem da Cat, uma mulher forte, que poderia ficar se lamentando, já que tem tanta personagem feminina que por muito menos, são bastantes chatas e problemáticas.



Porém Cat é forte, mesmo sofrendo de tudo que ela sofreu, ela sabe o seu lugar no mundo, mesmo que muitas vezes ela dá impressão de não se valorizar, mas pelo contrário, mesmo que tudo desmorone ela dá um jeito de se reconstruir...



Enquanto Aidan no inicio me pareceu um homem mimado, que pode ter tudo, mas na verdade ele é consciente e acho que todas essas complicações o fizeram crescer, ele se apaixona pela Cat porque ela fez ele enxergar e sofrer com as consequências dos seus atos em relação aos outros.



O livro contém um conto, Guerreiro Domado, que está entre o livro 4 e 5, que tem o enfoque o casal Connor e Jocelyn (pais de Aidan), e talvez foi publicado juntamente com o livro Submissa ao Guerreiro, devido uma parte de uma cena final do livro, caso não tivesse esse conto, talvez não entendêssemos o que eles estavam conversando...


Achei um romance lindo, sensual, envolvente,  com uma narrativa bem desenvolvida, e personagens bem construídos.  



A série o Clã MacLerie tem alguns contos entre os livros, confiram:

4.5. One Candlelit Christmas (conto: Blame It on the Mistletoe):  Iain MacLerie & Julia Fairchild (não publicado no Brasil);

4.6. Guerreiro Domado (Taming the Highland Rogue):
tem vários personagens. (junto com o livro Submissa ao Guerreiro);

6.5. Highlanders (conto: The Forbidden Highlander): Elizabeth MacLerie & James Murray (não publicado no Brasil).


Outra série da autora que foi publicada recentemente pela Harlequin:



Os atores que usei na montagem foram Craig Horner (Aidan MacLerie) e Bridget Regan (Catriona MacKenzie). 

Que formavam um casal de amor proibido na maravilhosa série Legend of the Seeker baseada no livro A Espada da Verdade do autor Terry Goodkind. Infelizmente a série teve duas temporadas e foi cancelada. 


Minha próxima resenha...


13 comentários

  1. caraca foi tudooo o que eu esperava, adorei a resenha, não vejo a hora deu comear a ler

    ResponderExcluir
  2. AIDEUS! Como eu adoro esses quotes que vc faz, nem leio a resenha vou só nos quotes! kkkkkkk brincadeira!

    Eu nunca li nada desta autora, mas tenho alguns romances de banca que eu adorei ler! Mais um pra minha listinha!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Ahh amei essa resenha esse livro parece ser muito bom, e a Cat é uma personagem feminina forte mesmo, eu seria daquelas chatas e deprimentes haha :'(
    Já disse que seus quotes são divos? :))
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
  4. É difícil e não impossível de encontrar resenhas de livros da Harlequin, pra falar a verdade este é primeiro blog que vejo grande parte dos livros aqui postados são da editora.
    Gostei da resenha, fiquei sabendo desta série aqui ;)

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    sou uma apaixonado por livros históricos de banca :) comprei esse livro, pois também sou fã da Terri Brisbin.
    Adorei sua resenha!
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Amo esses romances Históricos da Harlequin, essa série é ótima, li alguns livros dela, depois de ver essa resenha fiquei doida pra ler Submissa ao Guerreiro.

    ResponderExcluir
  7. Oii :)
    Nem sei o que falar dessa resenha, você conseguiu contar boa parte do que acontece no livro, sem contar o que acontece realmente (entende? rsrs) .. Eu amo romances de banca, e gosto muito daqueles bem clichês, o que por sinal não tem nesse livro ! É simplesmente maravilhoso .. Como uma mulher pode passar por tudo isso e ainda ser forte? Eu mesma ficaria pirada.. E o Aidan que me deixou suspirando por ele ! Eles ficam juntos né? Porque depois de tudo isso tem que se casarem de uma vez !!! Fico imaginando as cenas hot do livro, e fiquei louquinha pra ler .. *o*

    ResponderExcluir
  8. NOSSA PRIMEIRO ACHEI BACANA TUA RESENHA POIS VOCÊ DETALHOU BEM A HISTORIA MAS AINDA ASSIM FIQUEI COM AQUELES GOSTINHO DE QUERO MAIS, SABE?CONFESSO QUE HÁ MUITO NÃO LEIO NADA DA EDITORA E FIQUEI BASTANTE ANIMADA DE SABER QUE APESAR DE SER UMA SÉRIE NÃO HÁ NECESSIDADE DE LER NA ORDEM. DICA ANOTADA!!
    BEIJOS♥

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha o livro parece ser ótimo me deu uma saudade dos livros de banca, tem um tempão que eu não leio nenhum esse parece ser ótimo e nossa imagino quantas pessoas temos para conhecer que família grande, também acho super legal que não se é necessário ler em ordem que não atrapalha em nada.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. hihii, tbm adoooro esses livros de banca!!
    Mesmo a maioria pertecendo a séries beeem grande eles são escritos p poderem serem lidos separadamente, justamente por ser uma leitura mais rápida e despreocupada.
    Sua resenho ficou super bem detalhada e linda com as imagens q vc fez! Parabéns pela criatividade!

    ResponderExcluir
  11. A foto ds capa parece foto de novela mexicana!
    A resenha foi a coisa mais completa do mundoooooo!
    Como não amar?
    Pois bem a historia e bem forte e bem trabalhada na questão '' amor''
    mais o q adooorei foiiiii a parte das imagens <3 que criativo
    e

    ResponderExcluir
  12. Muito capricho neste post! Agora aguardar ansiosamente pela resenha de Nora Roberts!!

    ResponderExcluir
  13. eu queria saber se exite o filme desse livro...???

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!