Resenha Premiada: Virando o Jogo - J. Sterling - @FaroEditorial

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

I.S.B.N. 9788562409240
Cód. Barras 9788562409240
Número de Páginas 280
Idioma Português
Acabamento Brochura
Tradutor Chico Lopes
NÚMERO 1
ANO 2014


Sinopse: Jack e Cassie rapidamente percebem que a nova vida dele como astro do time muitas vezes pode ser cruel. A felicidade do casal novamente é posta à prova, e os erros do passado parecem retornar com mais força. Depois de um ano tumultuado, Jack e Cassie finalmente estão onde sempre quiseram estar... Juntos!Mas permanecer ao lado de Jack não é fácil para uma garota. Ele sabe que é sua última chance de provar seu amor para Cassie e quer fazer tudo dar certo. Mas como transmitir uma segurança capaz de deixá-la tranquila diante de tanto assédio?Cassie deve aprender a navegar nas águas deste novo mundo, em que os olhos de todos estão voltados para Jack. É um estilo de vida que a faz questionar sua felicidade, e sua própria sanidade, e se perguntar continuamente - Como acreditar que podem ficar juntos quando tudo parece querer separá-los?
"Eu não estou lhe dizendo isso para fazer você se sentir mal, Jack. Estou lhe dizendo para que você entenda a repercussão que seus atos tiveram sobre ela. O erro foi seu, mas ela teve que pagar por ele.(...) Você a destruiu, Jack."
Jack Carter está de volta, e tentando consertar a maior burrada de toda a sua vida.
Depois de ser enganado por uma maria-taco (neste caso), ele lutou durante 6 meses para tentar organizar sua vida e ter Cassie de volta, na esperança de reconquistar a mulher de sua vida, ele bate à sua porta.
No coração de Jack, Cassie sempre será sua. Mas será que depois de tantos erros, ele não chegou tarde de mais?

J. Sterling nos traz todo o arrependimento de Jack derramado sobre Cassie, após 6 meses de ausência enquanto ele tentava colocar sua vida nos trilhos e provar ser merecedor de uma 2ª chance após toda a confusão e humilhação que ele a fez passa com Christle.
"Não foram só os jornais, o Facebook e a revista. Foi todo lugar para onde ela ia. A escola era pior. Cassie não podia se quer caminhar pelo campus sem que as pessoas fizessem comentários e observações maldosos. Ela teve seus momentos mais pessoais e penosos expostos para todo mundo ver e julgar. E, acredite, todo mundo tinha uma opinião sobre o rompimento de vocês."
Em Virando o Jogo, novamente tive uma relação de amor e ódio com Jack. Não que ele não merecesse ser perdoado, visto que o seu arrependimento é verdadeiro e Cassie realmente o ama, mas achei tudo fácil de mais pra ele.
Ainda não engoli toda aquela história e se fosse eu no lugar dela, teria feito ele rastejar um pouco mais.

A narrativa do livro inicia um pouco lenta. Após a reconciliação, vamos acompanhando Jack narrar à Cassie todos os eventos dos últimos 6 meses até agora, a narrativa dos fatos sendo interrompidas apenas por algumas rapidinhas que eles dão entre um fato e outro.

Alternando a narrativa dos capítulos entre o ponto de vista de Jack e Cassie, a autora vai nos mostrando todos os lados da moeda. Do desespero dele em tentar tê-la de volta em sua vida, ao coração destroçado dela que luta para tentar viver um futuro sem ressentimentos.
Mas minha mente - minha sempre apaixonada, desolada e aborrecida mente - não deixava a coisa acabar. Minha mente seria o maior obstáculo para que voltássemos  à normalidade. Eu não queria ser estúpida. Eu já aceitara as desculpas de Jack e o acolhera em minha casa de braços abertos, mas, para ir em frente, eu não queria ser boba novamente. Não haveria segunda vez se ele estragasse as coisas. Não haveria mais nenhuma chance. Uma garota só pode suportar até certo ponto.
E mesmo que tudo entre nos trilhos, ainda há uma nova questão. Agora Jack é o lançador dos Mets de NY. Um superstar de um dos maiores times de basebol americano, se as tietes antes não davam uma folga, imaginem agora?
E até que ponto um amor pode suportar o assédio das fãs e da imprensa?

Virando o Jogo é um livro capaz de despertar vários sentimentos antagônicos durante a leitura, do divertimento a tristeza, do amor ao ódio, assim como a relação entre eles. Mas será que um amor pode ser assim tão resiliente?
- Amo você mais que tudo. Você precisa saber disso antes de sair por aquela porta. - O calor de seu hálito queimava sobre a minha pele. Meus olhos encontraram os seus e as lágrimas que escorriam por suas faces fizeram meu coração se despedaçar.- Eu também amo você. - Minha perturbação atual não tinha nada a ver com meus sentimentos por Jack. Eu o amava mais do que eu havia julgado possível. Mas às vezes o amor não era o suficiente e, para que eu ficasse com ele para sempre, precisava ter certeza de que podia lidar com o que quer que surgisse em meu caminho. 
Um livro sobre perdão, amor e o assédio grotesco da imprensa. Sobre segundas chances e principalmente sobre não desistir de um grande amor. Não importando o quê.

J. Sterling mais uma vez nos trás um livro que embora nos desperte sentimentos ambíguos durante a leitura, é verdadeiro. Trata de personagens nenhum um pouco perfeitos, assim, como nenhum de nós os são.

Convido a vocês para virar o jogo do amor e conhecer o desfecho do romance mais do que controverso entre Jack e Cassie.

Conheça as capas americanas e prepare-se para " O Jogo Mais Doce"(título provisório) que fechará a trilogia GAME.


Quer concorrer a 2 exemplares de Virando o Jogo (1 para cada ganhador)??
Bora participar da nossa promo!!
Veja as regras:
- Ser residente no Brasil;
- Ler e deixar um comentário válido nesta resenha (um comentário que reflita sua opinião sobre o que leu, não somente um "gostei" e etc.);
- Compartilhar esta publicação no seu perfil público do Facebook. Basta clicar no botão no rodapé da postagem e compartilhar;
- Preencher os requisitos conforme o Rafflecopter.

a Rafflecopter giveaway

19 comentários

  1. Participando.
    Elizabeth Machado de Salles
    elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o primeiro livro O Jogo Perfeito, estou doida pra ler e conferi a continuação dessa ótima história.

    ResponderExcluir
  3. Sou completamente louca pelo Jack, mas tenho certeza de que as coisas não serão tão simples nesta segunda etapa desta história.
    Amei O jogo perfeito e não vejo a hora de poder ler Virando o jogo

    ResponderExcluir
  4. Participando!
    Seguidora: Maria de Fátima Fernandes Oliveira
    Nome Formulário: Maria Fernandes
    E-mail: fatinhafo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ja vi algumas resenhas do livro, e senti muita vontade de ler, agora to vendo aqui, interessante essa parte dos sentimentos antagonicos, me fez ter mais vontade de ler o livro pra ver se concordo com voce...rsrs
    Ahh e a capa tbm é linda né, adorei a capa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oba, estou participando =}
    thaynaquina@yahoo.com

    ResponderExcluir
  7. PArticipo e divulguei no blog:
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br


    Um final de semana tranqüilo, carregado de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro promete virar o jogo de verdade.
      Gosto de romance e acompanhado de perdão, ainda mais.
      A imprensa tanto levanta, quanto derruba, fala sério?
      Quero muito acompanhar esse enredo.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  8. Eu também acho que ela perdou fácil demais. Tinha que ter um livro só dele rebolando pra ter ela de volta kkkk. Também tenho esse sentimento de amor e ódio pelo Jack, no primeiro livro queria simplesmente tacar o livro na parede kkkkkk. Achei legal a editora manter as capas do livro. Você sabe quando o terceiro livro será lançado? Amei sua resenha bjs.

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Encontros e desencontros são sempre um bom tema para um livro. Não li o primeiro, então não sei o que aconteceu, mas acho que para aceitar o Jack de volta ele tem que implorar mesmo, porque pela resenha eu conclui que ele trocou o amor de sua vida por uma aventura. Espero poder ler o primeiro antes de ler esse.

    ResponderExcluir
  10. ñ li o primeiro livro, mas lendo a resenha, fiquei curiosa p/ ler este negocio de perdor muito ligeiro . hum

    ResponderExcluir
  11. Ela perduou rápido e tudo foi muito fácil pra ele... e acho que o livro não precisava de um continuação mas pela resenha pode ser um livro agradável.
    Participando
    luana_sfreire@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Participando! =)
    Bjos.
    mere_fabiani@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Não li o primeiro livro ainda, mas já li várias resenhas sobre. Como vc mtas pessoas tem uma relação conturbada com o Jack, o que me faz imaginar se realmente vou gostar dele, afinal quem sempre apronta e se da bem não é mto legal, mas por enquanto eles ainda continuam na minha lista de quero ler!

    ResponderExcluir
  14. participandoo.. para minha imaginação, Jack e Cassie eram pessoas simples que não conseguiram lidar com a fama de Jack e isso fez com que a mosquinha azul do sucesso subisse a sua cabeça e ele não tenha se dado conta que seus atos magoavam a mulher da sua vida, que por vez, viu seu amor fazendo sucesso e ganhando o mundo, deixando-a um pouco de lado , o que fez com que ela se sentisse insegura, o que resultou em brigas e separação.
    Jack percebe que a fama não é nada sem Cassie ao seu lado e tenta recuperar a mulher de sua vida, mais ela fica em duvida se suportaria a fama crescente de Jack, o livro mostra uma história de amor comum, onde á ciumes e paixão, pela resenha ja percebesse que é um ótimo livro, gostaria muito de ler !

    ResponderExcluir
  15. Paula Candido
    paulaeanacandido@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Participando!
    Suelen Mendes
    suelenmendes27@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Uhuuuuuu!!
    Ganhei!
    Tananam!
    Muito feliz!
    Obrigada.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  18. Achei que deixar o comentario aqui na resenha era regra obrigatoria...

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!