RESENHA SOMBRAS DA MEIA-NOITE (SÉRIE MIDNIGHT BREED #7) - LARA ADRIAN

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015


Título Original: Shades of Midnight
Tradução: Cristina Tognelli
ISBN: 9788579307393
Ano: 2014 / Páginas: 352
Editora: Universo dos livros

Sinopse: Na vastidão congelante das trevas, os limites entre o bem e o mal, entre o amante e o inimigo, nunca são definitivos, como preto no branco, mas desenhados em nuances da meia-noite.

Algo cruel está à espreita na floresta gélida do Alasca, deixando uma carnificina inominável em seu rastro. Para a piloto do interior Alexandra Maguire, os homicídios despertam sensações que ela não consegue compreender completamente... Até um desconhecido misterioso e sedutor entrar em seu mundo.

Enviado de Boston numa missão para investigar os ataques violentos, o guerreiro vampiro Kade tem seus motivos para regressar à terra natal. Atormentado por um segredo vergonhoso, Kade logo percebe a verdade assombrosa da ameaça que enfrenta uma ameaça que pode colocar em risco o frágil vínculo formado com a jovem determinada e corajosa, que desperta suas paixões mais profundas e seus desejos mais primitivos. Contudo, ao trazer Alex para o seu mundo de sangue e escuridão, Kade deve confrontar tanto seus demônios pessoais quanto o mal maior que pode destruir tudo o que ele mais ama.

Midnight Breed foi aquela série que me conquistou desde o primeiro livro. Fiquei receosa no início por achar a premissa semelhante a IAN (Irmandade da Adaga Negra), mas depois de terminar o primeiro livro, constatei que eram completamente diferentes, principalmente o desenvolvimento da narrativa de cada autora...
Enquanto J.R. Ward prende-se mais as relações humanas entre os personagens, deixando um pouco da ação em segundo plano. Já Lara Adrian, consegue equilibrar um pouco mais, também valoriza as relações entre os personagens, porém também valoriza a ação, já que em cada livro existe um foco e um objetivo diferente para os protagonistas de cada livro, dando mais dinâmica a narrativa. Claro que isso é minha opinião, mas sou apaixonada pelas duas séries.


Em M.D (abrev. Midnight Breed), os protagonistas são vampiros guerreiros que pertencem a Ordem da Raça, existem um líder, Lucan (personagem do primeiro livro), e moram todos em uma casa em Boston. Lutam inicialmente contra os Renegados, vampiros que possuem sede de sangue, mas já que está no sétimo livro, e como escrevi no inicio, a autora muda o foco a cada livro. Atualmente a Ordem está lutando contra outros inimigos além dos Renegados.

Outra particularidade da série, é que desde o quarto livro, a narrativa acontece em outros países, o “QG” continua sendo em Boston, mas os guerreiros resolvem problemas com Renegados e principalmente com os inimigos mais perigosos em outros lugares. Já que eles também defendem os vampiros que vivem nos Refúgios Secretos, o lugar também possui um líder, mas não um guerreiro, é uma espécie de casa de família onde mora a sociedade vampiresca.

E devido essa luta constante, a Ordem teve algumas baixas logo nos primeiros livros, e por isso entraram novos guerreiros na Ordem.

Dentre esse novos guerreiros está Kade, protagonista de Sombras da Meia-Noite, o livro da resenha de hoje...


O personagem de Kade surgiu no terceiro livro, juntamente com seu amigo Brock (personagem do oitavo livro), diferente dos outros livros que havia uma ligação para o próximo livro, no caso de Kade, a autora deixou um pouco as leitoras no escuro.


Em Sombras da Meia-Noite, descobrimos que Kade é originário do Alasca, e por alguns problemas familiares, principalmente com seu pai, líder do Refúgio, decidiu se aliar a Ordem, indo contra os propósitos da família. Já que a maioria dos lideres dos refúgios não simpatizam com os métodos dos guerreiros da Ordem.


Mas Kade em breve terá que voltar a sua terra natal, pois a Ordem recebeu notícias de uma grande carnificina em uma comunidade de humanos no Alasca, e principalmente, porque alguém filmou e espalhou na Internet. E  a Ordem quer de qualquer maneira conter esse suposto Renegado que cometeu a matança, pois poderá expor a existência de vampiros.


Kade por conhecer a região tem a missão de descobrir quem é o assassino, porém a Ordem não sabe que o guerreiro desconfia que seja seu irmão gêmeo Seth. Pois quando eram mais jovens, Kade viu seu irmão abusar de seus poderes especiais.


Outra particularidade dos guerreiros, é que cada um herda um poder paranormal, hereditário da mãe. Todas as companheiras de raça, são humanas que possuem poderes especiais, além de uma marca de nascença em formato de gota.


O poder de Kade e do irmão é comunicar e comandar animais, porém Seth abusa terrivelmente do poder, e mesmo sendo o principal suspeito, haverão outras surpresas esperando Kade na sua terra natal.


E todo livro da série é formado por um casal, a protagonista desde é Alexandra Maguire, uma piloto de avião que faz entregas e transportes na região, e ela foi primeira pessoa chegar no local onde ocorreram os assassinatos.


Alexandra, ou Alex, tem algumas marcas no passado, que deseja manter no esquecimento, mas com os últimos acontecimentos, certas lembranças começam a atormentá-la, principalmente depois de encontrar o intrigante Kade.


E já que Alex é o meio de transporte da região, e ele depende dela para investigação, mas além disso tem a forte atração de Kade por ela. E nessa primeira viagem eles irão para uma cabana isolada... já viram tudo não??? Cabana isolada, no meio da neve, só com sons da natureza... sabe o que acontece...


Em todos os livros da Lara Adrian, há muita sensualidade nas cenas sexuais, porém sempre com muito romantismo, no equilíbrio certo, não levam páginas... e páginas... e quando ocorrem as mordidas fica bem melhor... rsrsrs..


Porém há um empecilho para felicidade do casal, Alex terá que aceitar Kade como vampiro, o que é complicado para ela, devidos os acontecimentos do seu passado.


Mas além de todas as desconfianças com o suposto Renegado, há outros fatos que irão incrementar ainda mais a investigação. A autora tem essa qualidade, faz uma trama bem intricada que só descobre-se a verdade, ou melhor, uma parte da verdade, no final.


Conclusão:
Como sempre a autora nos presenteia com um romance bem desenvolvido, personagens intrigantes e sedutores, e uma narrativa envolvente, e cada vez mais instigante. Além de deixar várias interrogações envolvendo a trama, para o próximo livro...

Nesse particularmente será torturante até sair o próximo livro, já que o problema da amiga de Alex, Jenna, somente será solucionada no próximo livro.

Antigo: são os vampiros extraterrestres, que deram origem a Raça.


Então vamos esperar o próximo livro para conferir o que a autora Lara Adrian nos reserva...

E que venha Brock...



QUEM PUDER AJUDAR... QUAL VOCÊS PREFEREM QUE SEJA O BROCK????







1 comentários

  1. Ao visitar alguns blogs me deparei com o seu, e quero dar-lhe os parabens por partilhar o seu saber, gostei por isso deixo aqui um convite:
    Ficaria radiante se visita-se o meu blog, e leia alguma coisa, meu blog é um blog
    cristão que fala de diversos assuntos,
    É o Peregrino E Servo.
    Desejo muita paz e saúde.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!