[CINEMA] #INSURGENTE acaba decepcionando e muito como adaptação!

quinta-feira, 19 de março de 2015

Sequência de "Divergente" (2014), filme de ficção científica baseado no romance homônimo de Veronica Roth. A trama segue a aventura de Tris (Shailene Woodley) em um mundo distópico, onde ele deve esconder o fato de não pertencer à nenhuma facção oficial.

Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Miles Teller, Ansel Elgort, Kate Winslet, Jai Courtney, Zoë Kravitz, Octavia Spencer
Direção: Robert Schwentke
Gênero: Aventura
Duração: 119 min.
Distribuidora: Paris Filmes
Classificação: 12 Anos









#DECEPÇÃO!! Pura e simples!!
A gente espera mais um ano com a maior expectativa, já que Divergente já não foi lá estas coisas. Mas a gente acha que vai acontecer como em Em Chamas onde eles se recuperaram de um primeiro filme meia boca e daí pra frente foi que é uma MARAVILHA.


Então a gente compra ingresso antecipado, convida os amigos, compra a pipoca a preço de ouro no Cinemark (porque né, 35 Dilmas um combo pra ganhar um pingentezinho é pra forçar a amizade né?), te atira na pré-estreia saindo do cinema mais de meia noite (tendo que trabalhar cedo depois) pra ver esta porcaria de adaptação.
Assim, infelizmente o melhor da noite foi o balde de pipoca que é bem bonito e o pingente da audácia que veio junto de brinde após pagar esta fábula pelo combo...snifffff


Gente, não me entendam mal! Para quem não leu os livros, o filme é até legalzinho. Tem muitas bombas, vidro estilhaçando o tempo todo e até uma ou duas tiradinhas engraçadas pra cima do idiota do Peter. Mas é só isso.
Bem o comentário que a minha filha fez: é bonzinho, meio tipo Alex Rider Contra o Tempo (tão ligados?).
É claro que com a Ana Maria Braga adolescente como protagonista né? kkkkkkk

Mas para que leu os livros, infelizmente sairá decepcionado!
Sério gente, os autores deveriam exigir que os roteiristas lessem os livros todos e mais de uma vez antes de começar a fazer o filme.
A impressão que deu foi que ninguém leu a porcaria do livro antes de escrever o roteiro!! Ficou ridículo!!


Não gostei dos efeitos especiais, pois ficaram muito, mas muito artificiais, assim como a atuação da Shailane.
Pobre do Quatro (que continua um fofo e lindo), praticamente não mostrou a que veio, a não ser quando teve que dar algumas porradas por aí e isso que nem foram muitas.

O povo ia e vinha entre os desertores, sem facção e voltavam para a Erudição assim sem mais nem menos...tipo, salvo conduto total independente do quê.

NÃO TEVE NEM O PÃO DA AMIZADE!!!

Eu já estava muito como pé atrás em relação ao Uriah não ter nem dado as caras no primeiro filme, mas tava esperançosa de ele chegar chegando em Insurgente e realmente demonstrar toda a sua importância.  Pois o coitado foi e veio do nada, sem mostrar de onde vem, como vive, de que se alimenta...e tipo, puft!! Era isso!

E quando os Sem Facção entraram na jogada? Cadê o cara que deveria ser o Edward?? Lembram o cara que o bosta do Peter fez sair na iniciação?? Ahhhh claro que não, pois ele nem aparece no primeiro filme, mesmo desempenhando um papel muito importante daí em diante.

Alguns poucos elementos do livro estavam presentes, tipo a cena de Tris e Quatro enfrentando o soro da verdade na Franqueza, até foi passável, embora não muito fiel.
Mas o desenrolar total, foi horrível! Muita coisa importante ficou de fora, os questionamentos, motivações tanto dos sem facção quanto da Erudição foram completamente distorcidos, assim como a mensagem final (estou tentando não dar spoilers, mas a raiva é tanto que tá ficando difícil!!). A invasão da sede da Erudição...e principalmente o final.

Gente, aquele final foi M....épica!! Onde estavam com a cabeça?? 

Enfim, se você não leu os livros, vai ao cinema de boa assistir a Insurgente. É um filme de entretenimento e se você gosta de ação e muita coisa explodindo, mas com enredo fraco de sessão da tarde, vai gostar.

Agora quem for esperando ver uma boa adaptação de uma obra literária, vai sair tão revoltado quanto nós.

Isso sem falar nas condições que tivemos que enfrentar no Cinemark de Canoas. O cinema está em reforma e não tem nenhum banheiro funcionando no momento para os expectadores utilizar. Olha a maratona que foi...o povo cheio de refri, com um ar condicionado na temperatura polo norte e ainda sem banheiro perto??? Ainda bem que eu não estava com a Lauren, pois teria ocorrido um baita acidente...hehehehe

Não gostei nada da interpretação da Shai. Ela estava sei lá, dura. E a caracterização dela acho que também não ajudou muito. A Tris estava muito traumatizada depois de tudo. Ficou muito tempo sem nem conseguir pegar uma arma na mão. Verdadeiramente atormentada....e no fim...#INSURGENTE não refletiu nenhum destes aspectos.
O filme deixa de fora toda a indignação de Quatro com as atitudes dela, assim como o desespero de salvá-la.
Não houve fuga elaborada da Erudição e nem a irmã do Will apareceu para aliar-se à eles...Ahhhhh gente, foram tantas falhas que de boa, nem vale a pena enumerar tudo.

Entendo perfeitamente que nem tudo que tem no livro vai caber no filme, mas também não precisam exagerar né? O fato é: Como adaptação, Insurgente acabou deixando tudo a desejar.

Desculpem o desabafo! Mas como já disse, raiva é pouco, QUERO O MEU DINHEIRO DE VOLTA! É extremamente ruim para um fã sair do cinema com este sentimento de revolta...mas infelizmente já passamos por isso também com Instrumentos Mortais, Dezesseis Luas, Percy Jackson, Vampire Academy (este nem no cinema saiu de tão ruim...foi direto para DVD) e tantos outros livros que amamos e no fim acabaram não tendo a devida atenção para ao transformarem o sonho dos leitores em filme.

2 comentários

  1. Cara, eu tava querendo assistir, mas com essa crítica e com o preçõ ab$urdo dos ingressos...puft. Adeus vontade. A vdd é que poucos sabem adaptar bem um livro para filme. O Senhor dos Anéis e Jogos Vorazes foram abençoados.

    www.oclubedameianoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não li os livros desta série, mas sei que geralmente é sempre uma decepção as adaptações para o cinema.
    Qdo vou ver um filme que já li o livro, tento desligar a tecla "livro" pra não me decepcionar mto.
    Ótima crítica.
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!