[RESENHA] TRUE - ERIN McCARTHY

terça-feira, 3 de março de 2015

TRUE
ERIN McCARTHY
Editora Verus
I.S.B.N. 9788576863335
Sinopse: Uma história sobre as possibilidades que se abrem para aqueles que estão dispostos a se entregar de corpo e alma.Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory. Ela é brilhante, enquanto ele está lutando para se formar na faculdade e conseguir um emprego, para, então, poder tirar seus irmãos mais novos da mãe drogada. Mas ele acaba aceitando a proposta, pelo menos como uma oportunidade de conhecer Rory melhor. Há algo nela que o intriga e o faz querer ficar por perto — mesmo sabendo que não deveria.
Divididos entre o bom senso e o desejo, os dois se veem envolvidos em uma relação apaixonada. Mas, quando a família desajustada de Tyler ameaça destruir seu futuro — assim como o dela —, Rory precisa decidir se vai cortar os laços com o perigoso mundo do namorado ou se vai seguir seu coração, não importa o preço a pagar.
• Best-seller do New York Times e USA Today, Erin McCarthy escreveu mais de quarenta obras de ficção nos gêneros paranormal, romance contemporâneo, new adult e jovem adulto.
• Agradará fãs das séries Belo desatre, Easy e Slammed.


True é verdadeiramente delicioso. Um New Adult bem escrito e com personagens fofos, mas infelizmente nada de novo.

Comprei True no impulso ao ver tantas blogueiras amigas falando sobre ele nas redes sociais. Corri, comprei e devorei.
Com uma narrativa em primeira pessoa, Erin conta a história de Rory de maneira rápida e fluída, quando nos damos por conta, o livro já acabou.
Não me levem a mal, eu gostei da leitura. Mas acho que estava com a expectativa muito elevada perante tanto burburinho na blogosfera e, mesmo sabendo que ultimamente os NAs dificilmente fogem dos clichês, acabei me decepcionando muito ao vê-los todos juntos em True. E o livro pra mim acabou sendo apenas mais do mesmo no final das contas.

Rory é a nerd sem sal, sempre acompanhadas de amigas Barbies gostosonas e muito...mas muito galinhas. Se acha com sorte por ter melhores amigas como elas, tenta passar despercebida na maior parte das situações, mesmo sendo muito ressentida por nunca ser notada.
Ainda é virgem e sonha em ter um namorado. E então, numa noite que poderia ter sido trágica, sua sorte virou e a fada do destino lhe sorriu.

Na forma de um belo badboy tatuado, seu príncipe encantado salva sua virtude das garras de um drogadito malfeitor. Tah-dah!! É Tyler, o lindo, sexy, badboy de nobre coração que injustiçado pela vida, tenta superar os problemas e cuidar dos irmãos menores.

Quem contou mais de um clichê aí?? Tipo todos??

O livro é muito bom, o relacionamento entre Rory e Ty é sexy e fofo ao mesmo tempo. Ela está despertando sexualmente e emocionalmente e ele precisa de um porto seguro para encontrar um pouco de paz em seu coração amargurado e um tanto cético.
Quando entramos no mercado, ao sentir minha mão fria e pequena envolta na dele, grande e áspera, pensei, maravilhada, que podemos encontrar consolo em pessoas e lugares os mais inesperados, quando a gente nem sabia que precisava disso.
Gostei muito da Rory, embora seja uma mocinha muito confusa de início, aos poucos vai se descobrindo e demonstrando a força e coragem necessários para encarar a vida ao lado de Tyler.
Ele por outro lado, além de muito previsível, veio também com aquele eterno papinho de: "Você estará melhor longe de mim", "prefiro ficar longe dela para protegê-la" e aqueles blá...blá...blás de mocinhos bobinhos...sabem a síndrome do Edward Cullen? Pois é, tô meio cansada disso e acho que foi mais por isso que o livro acabou me decepcionando.
O livro tinha tudo para se avassalador, se a autora tivesse se arriscado um pouquinho mais no destino de Tyler e principalmente dando um pouco mais de ímpeto à Rory conforme ela ia ganhando confiança em si mesma.

Os personagens secundários acabaram se mostrando de pouco conteúdo para a trama deste primeiro livro, além de completamente estereotipados.
O final também foi muito previsível e definitivamente fácil. Depois de um mero draminha, tudo parece a se encaminhar para um desfecho de contos de fadas, mas pelo que vi ainda há muita água para rolar nesta série, visto que ainda temos mais 3 livros pela frente.
E, embora cada um dos próximos volumes seja de um novo casal, tenho a esperança de que Erin traga Rory e Ty de volta para ir amarrando melhor seus desfechos... visto que este final acaba deixando muito a desejar.

A mensagem por trás do título é linda e me comoveu muito, assim como toda a vida sofrida de Tyler e seus irmãos.

A capa é maravilhosa. Diagramação muito agradável aos olhos, assim como tradução e revisão impecáveis dão um toque que valoriza muito mais a True.

Não vou colocar mais citações pois acho que seriam de grande spoiler para quem ainda não leu, e estou ciente de que mesmo que em poucas palavras acabei infelizmente resumindo praticamente 80% do livro.
Se você curte New Adults, e adora um livro delicinha e de fácil leitura, vale a pena ler!

Confira as capas dos próximos livros de Erin McCarthy que devem vir por aí!

Compre em promoção na Saraiva!!

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!