[RESENHA] Na Sua Pele - Jay Crownover - @VREditorasBR

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Na Sua Pele
Jay Cownover
Editora: Vergara & Riba (14 de abril de 2015)
Idioma: Português
ISBN-10: 8576838125
ISBN-13: 978-8576838128
Dimensões do produto: 22,8 x 16 x 1,6 cm
Peso do produto: 499 g
Sinopse: Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.



Rule Archer é o típico badboy encrenqueiro. Com o cabelo no estilo punk, sua pele tatuada é como um grito de rebeldia contra sua família.
Depois da morte de seu irmão gêmeo Remy, ele luta para tentar sobreviver ao luto e à mágoa de ser culpado pela mãe pela morte do irmão.
Sem se preocupar com o amanhã, Rule vive o momento e o prazer imediato que ele pode lhe proporcionar. Passando o rodo em toda a população feminina de Denver, este tatuador brilhante não esperava que a vida poderia lhe oferecer mais do que apenas o momento.

Shaw Landon é a boa moça. Melhor amiga de Remy na infância, ela está presente na vida de Rule já a muito tempo.
Rica, bonita, de boa família, Shaw tem tantos demônios quanto ele, mesmo assim é generosa e de coração aberto para o amor. Ela não julga, simplesmente aceita as pessoas como elas são e quer viver sua vida com a mesma liberdade e intensidade.

Na Sua Pele é um New Adult delicioso.
Narrado em primeira pessoa alternando os parágrafos entre a visão de Shaw e Rule, vamos acompanhando este casal que contraria todas as expectativas, se descobrindo e principalmente se completando.
A escrita de Jay é fluída, intensa e apaixonante, tornando o livro gostoso de ler e impossível de se largar. A profundidade com que trabalhou a personalidade de seus personagens, é um diferencial quanto a outros livros do gênero que encontramos no mercado. 

Rule é rude, durão e completamente bipolar às vezes, mas é honesto, leal e foi muito encantador presenciar suas sutis nuances e as mudanças despertadas por Shaw enquanto ia aos poucos quebrando esta sua casca grossa.
Em contrapartida, Shaw embora frágil e gentil, tinha muita personalidade, opinião e se demonstrou uma garota muito destemida, embora também tivesse sua cota de inseguranças e demônios para lidar. Em nenhum momento se demonstrou previsível ou mimizenta, ganhando assim muitos pontos comigo.

Os temas relações familiares e violência/perseguição contra a mulher também deram peso à trama. Jay conseguiu tecer uma história linda, mas muito além de um mero conto de fadas moderno. Muitos momentos foram verídicos e viscerais e acabam tocando o leitor ou assim como aconteceu comigo, deixando com os olhos marejados durante a leitura...e com certeza isso é um indicador do quanto a escrita da autora foi convincente.

Mas, embora eu tenha adorado o livro, infelizmente a quantidade de gírias empregadas por Rule durante a narrativa, acabou me incomodando um pouco. Entendo que em seu ambiente, normalmente elas ocorrem, mas não sei se foi problema de tradução, mas achei um pouco de mais chegando a carregar muito em apenas uma frase. Houve trechos do livro que parecia que a cada 3 palavras que ele dizia, 2 eram “mina”. E, por mais que eu tenha amado o personagem, com certeza este palavreado super carregado do gueto acabou ofuscando um pouco o seu encanto e quebrando um pouco o ritmo da leitura.

A capa brasileira acabou ficando bonita, mas nem um pouco condizente com a intensidade do romance que encontramos em suas páginas. A capa original traz Rule (delicioso), assim como no título. Isso foi mais uma coisa que acabou me incomodando, o nome original do livro é o nome do personagem, não tinha razão para traduzir como “Na Sua Pele”. A trilogia Homens Marcados da Jay Crowber conta com 6 livros já lançados lá fora e, em todos eles o título é o nome dos personagens masculinos, que vamos já sendo apresentados durante este primeiro livro e ficamos morrendo de vontade de reencontrá-los em seus livros específicos. Assim, fico um pouco receosa com os próximos títulos que devem vir por aí, até porque, o próximo deveria ser o nosso metaleiro Jet e depois o nosso soldado universal Rome (irmão mais velho de Rule), não vejo necessidade da alteração dos títulos, por isso não consegui dar nota máxima pra ele.

Mesmo assim, achei o romance muito bem construído. Com personagens fortes e marcantes, além de cenas hots de muito bom gosto para completar este excelente New Adult.
A leitura vale a pena e simplesmente não é possível largar o livro.
Jay está de parabéns pela graciosidade da escrita e principalmente pelo cuidado em nos mostrar com tantos detalhes o ambiente e arte da tatuagem (assim como a autora eu adoro e já tenho 2). E que venham os próximos mocinhos!!

Na Sua Pele é doce, sensual e excitante na medida certa!

Confira os próximos títulos da série Homens Marcados:

Postagem válida para o Top Comentarista maio.

10 comentários

  1. Hello!
    Lendo a sinopse não tinha gostado muito do livro. Mas ao ler a sua resenha, mudei de ideia e me animei mais. Esse tipo de história eu adoro, mas concordo com vc que qdo a fala tem mtas girias incomoda mesmo, eu fico achando meio forçado.
    Adorei as capas la de fora com os gatos e o titulo podia continuar com os nomes deles.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oláa!!
    Juro,olhei o livro e pensava que era um livro que nunca tinha visto,ai li a sinopse e fiquei :O..kkkk
    Já lii este romance lindo e nem imaginava pela capa que se tratava da história de Rule!! Me revoltei um pouco com o modo que a família tratava ele,que não merecia isso.. Mas fazer o que?! E sinceramente,não gostei nem da capa e muito menos da tradução do nome do livro,nada a ver,a original é maravilhosa.. Gostei da sinopse!
    Bjoos*--*

    ResponderExcluir
  3. Olá só para dizer que não basta o cara ter todo um sex appeal diferenciado, sedutor e atrativo, ainda existia um irmão, porque com bis é ainda melhor (não podia perder essa kkkkkkk'), mas se for como você falou, tô achando complicada essa leitura, devido ao excesso de gírias, mas enfim...
    Confesso que estou super babando nessas capas... esses "mocinhos" ~suspiros~

    ResponderExcluir
  4. Olá só para dizer que não basta o cara ter todo um sex appeal diferenciado, sedutor e atrativo, ainda existia um irmão, porque com bis é ainda melhor (não podia perder essa kkkkkkk'), mas se for como você falou, tô achando complicada essa leitura, devido ao excesso de gírias, mas enfim...
    Confesso que estou super babando nessas capas... esses "mocinhos" ~suspiros~

    ResponderExcluir
  5. gostei do livro, nao conhecia ele mas lendo a sinopse me deixou curiosa, a serie e bem grande mas mesmo assim vou tentar ler e ve se gosto

    ResponderExcluir
  6. O livro me ganhou quando vi que a protagonista não é mimizenta, o que é raro nesse tipo de livro! Sério, sem falar que amo ver os personagens mudando aos poucos e se permitindo sentir o que antes não se deixavam <3 E romance entre um tipico bad boy e uma boa moça já moram no meu coração, então definitivamente entrou para o meu top desejados, mesmo que essa parte da gíria possa realmente incomodar um pouco! Irei ler e ver o que acho, gostei da resenha, parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Scheila!
    Confesso que até hoje nunca li um New Adult, acredito que o motivo é porque nenhum realmente me chamou a atenção, pra mim todos parece possuir sempre a mesmice: personagens com passado difícil e de personalidades opostas...
    Gosto quando o livro é narrado com capítulos alternados do ponto de vista do casal protagonista, acho que a história fica mais fácil de se compreender.
    Também achei um exagero o uso de tantas gírias, deveriam ter evitado isso... Gostei mais da capa original, e igual a você não gostei da mudança do título! Parabéns pela resenha!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  8. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um New Adult e esse parece ser ótimo, essa série promete hem!

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gostei da historia, no começo fiquei morrendo de dó do Rule de perde o irmã ainda gêmeo parece um ótimo livro New Adult a capa da serie imaginava o Rule diferente !!!

    ResponderExcluir
  10. O livro é. ÓTIMO o melhor que já li! Fiquei apaixonada pelo Rule e pela Shaw, o casal é Super fofo e os amigos são demais.
    Acabei de ler o livro do Jet e na boa achei que a Andy não merecia ficar com ele. A parte do livro em que o Jet foi preso, e ela diz para a Shaw que não vai para a delegacia pq ele não ligou para ela, me deixou tão puta que parei de curtir a personagem. Para mim ela foi a decepçao até agora.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!