[RESENHA] Acesso aos Bastidores - The Sinners On Tour 1 - Olivia Cunning

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Acesso aos Bastidores
Sinners on Tour
Olivia Cunning
I.S.B.N. 9788565530651
Número de Páginas 328


Sinopse: Myrna é professora de psicologia e fanática pela banda Sinners. Especialmente por Brian Sinclair, o guitarrista e compositor que, além de talentosol, é deliciosamente lindo. Ela se surpreende ao encontrar a banda no mesmo hotel em que está hospedada para participar de uma conferência. Mais surpreendente ainda é, após alguns drinques juntos, despertar o desejo de Brian. Ela sabe que a vida de astro de rock tem um preço e estaria feliz deixando essa paixão para trás. Mas será que Brian e Myrna conseguirão ficar separados? Quando o passado de Myrna ameaça sua vida, Brian precisa decidir se aquilo que tiveram juntos não é a resposta que ele buscava há tanto tempo.





Um livro sem pudores para leitores sem amarras!

Eu vi o burburinho em torno do livro Acesso aos Bastidores nas redes sociais e acabei ficando curiosa. Comprei!
Logo quando postei a foto no Instagram e demais redes sociais do site o povo já começou a me assustar com comentários do tipo:
vai com a mente aberta;
eu gostei, mas não era bem isso que eu esperava;
metade do povo que leu ama e a outra metade odeia, acho que você não vai curtir;
Bom, já que eu já tinha comprado mesmo, me atirei a ler assim que deu... e não me arrependi!

Claro que realmente tem que ter a mente aberta para ler este livro, visto que temos realmente um romance pornográfico nestas páginas. E quando eu digo mente aberta, quero dizer que se você é um leitor que curte “baunilha” ou apenas “papai e mamãe” nos romances que lê, realmente Acesso aos Bastidores não é para você.

Neste livro vamos acompanhar Myrna. Uma professora universitária especializada em sexologia, que em determinada conferencia sobre o assunto, dá de cara com uma das bandas de que ela é fã e utiliza seus riffs de guitarra para ilustrar a sexualidade masculina em suas palestras. A The Sinners.

Mestre Brian Sinclair é o gênio guitarrista da Sinners e embora ele seja o romântico incurável da banda, Myrna irá usufruir em primeira mão de toda a sua despudorada potencia sexual.

Bom, digo uma coisa, este livro é extremamente pornográfico, com muitas cenas incendiárias e cheias de detalhes gráficos, mas sobre tudo, nem um pouco convencionais.
Temos uma verdadeira maratona sexual entre Brian e Myrna, todos os fetiches e posições imagináveis... na cama, na parede, na mesa, na banheira...em fim...onde der dava! hehehe
Afinal, Myrna e seu sexo quente tornam-se a musa inspiradora para as composições da banda, mas o relacionamento deles não para por aí. Olivia Cunning nos brinda com diversas cenas intensas, voyerismo, sexo bissexual e menage, completamente sem nenhuma vergonha, Brian topa tudo e isso passa a ser o diferencial do livro.

Brian se concentra em proporcionar à Myrna todas as melhores e mais avassaladoras experiências sexuais. Sem preconceitos, sem julgamentos.
Embora Myrna tenha muitas vontades, muitas vezes teve que frear sua libido por medo do julgamento de seu ex-marido, mas com Brian, o céu literalmente é o limite em se tratando de sexo.

Gostei muito do livro. Todos os meninos da banda são diferentes, lindos e cativantes à sua maneira.
O livro trás pouco drama, embora trate brevemente do assunto da violência contra a mulher, mas também trás momentos de interação muito divertidos entre os meninos e a própria Myrna.

Claro que não é um romance mulherzinha água com açúcar. A narrativa tem pegada. Todos os personagens são muito fofos e cativantes o que nos leva a ficar ansiosas pelo próximo livro que é o do Sed (cada livro da série é focado em um personagem específico da banda), mesmo assim, ainda conserva o romance que nos faz suspirar e a vontade de querer ver mais do relacionamento entre Myrna e Brian.

O final do livro acabou se tornando um pouco fácil e previsível e alguns errinhos de revisão acabaram tirando um pouco do brilho do livro. Mas no geral é uma boa leitura que flui naturalmente e proporcionando bons momentos. 

Assim, se está com vontade de ler alguma coisa muito, mas muito hot, se agarra em Nossa Senhora da Calcinha Molhada pois Acesso aos Bastidores é uma ótima pedida!


Conheça as capas originais de todos os volumes da Série The Sinners On Tour de Olivia Cunning:



Esta postagem é válida para o TOP COMENTARISTA de JUNHO. 

6 comentários

  1. Hello!
    Nossa, não sabia que esse livro era essa loucura! Me empolguei qdo disse que a narrativa tem pegada, ja vi que vou ler rápidão.
    Adorei a sua resenha, deu pra entender que o livro é quente pelando e q nao é pra qq pessoa!
    Tenho certeza que vou adorar e as capas ja mostram como é intenso esse casal!
    Vou comprar tb! Vou ser do seu time q adorou o livro.. Hahaha.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. wow cara. esse livro tem tudo pra ser bom. Me lembrou um filme (Dando um tempo), e um livro da Thalita Rebouças, a resenha foi super bem feita, esse livro tem cara de ser mega ''quente'' e confesso que despertou meu interesse.

    ResponderExcluir
  3. Eu li e gostei MUITOOO!!
    Não tenho palavras para descrever o quanto amei esse livro e acho desnecessário o estardalhaço que fazem sobre ele, sério mesmo.
    A protagonista é uma mulher decidida do que, de cara já me ganhou, não é desinibida só com relação ao sexo, mas, também porque ele quer algo e ele vai atrás, ele consegue manter os eixos e não faz alarde sobre aquilo, mesmo com o trauma que teve com o ex-marido, mesmo que ainda estivesse abalada por isso ela não fica vê necessidade de ficar dramatizando, tanto que no decorrer do livro, dá para perceber que ela amadurece nesse quesito. Outro fato que me conquistou foi a quebra do "tradicional", que somente o hot, esse tem o hot, mas sem trazer isso para realidade de certa forma, parece mais "humanizado" se assim posso colocar, são situações que existem, mas que raramente são vistas serem narradas em um livro. E por último, Brian, que é sim uma estrela da rock, mas não deixe de homem e nem por isso deixa de esboçar sinceramente seus sentimentos e teve a maturidade e coragem para se relacionar com uma mulher mais velha, quantas vezes isso foi visto no enredo de um livro? Particularmente, amei o livro, o olhar da autora para trazer o que há por trás dos ângulos corriqueiros por vezes retratados nos livros atualmente, me deixou na ânsia para os próximos!!
    Eu recomendo a leitura, não somente pelo hot, mas pela história em seu total.

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Babadoo...kkk Gosto muito de livros hoots.. E com bandas de rock melhoram muito.. :D Já tinha visto este livro,mas não li nada sobre ele,e vim conferir a resenha por curiosidade! A capa chama atenção..Muita atenção!!
    Interessante a história,mas me parece clichê,talvez o que possa diferenciá-lo seja as cenas picantes,porque a maioria são os homens que tem fetiches loucos e não as personagens femininas e esta parece danada ehm?!kkk As capas americanas sãaaaao poxa vida,acho que não deixaria minha mãe pegar num livro desses..kkkkk
    Bjos *--* Adorei a resenha ;)

    ResponderExcluir
  5. Scheila,
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas essa sua resenha me deixou muito curiosa a respeito... haha o fato de cada livro ser focado em cada personagem da banda é muito bom, porque ando meio cansada de séries contando a história de um mesmo personagem ...
    Quanto a essas capas eu não curto muito não, prefiro as capas da tia Megan Maxwell! ;)
    bem, Acesso aos Bastidores com certeza vai pra minha lista. ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi Scheila,
    Meninaaaaaaa, esse livro é quente heim!!! Ui chega deu um calor aqui!! rsrsrrsrsrsrsrs
    Adoro um romance quente, vai pra minha lista com certeza!!! Tomara que a Editora publique a Serie toda!! :)
    Um super abraço

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!