[RESENHA] Segundo eu me chamo Antônio - Pedro Gabriel - @intrinseca

domingo, 19 de julho de 2015


Céu cinza, nuvens negras, noite em branco. Ainda assim tudo azul porque eu te amo.”

Segundo eu me chamo Antônio é o segundo livro de Pedro Gabriel, o autor dos guardanapos. Nele, a gente encontra lindos poemas desenhados. Mas não são poemas enormes, são poemas curtinhos, geralmente de uma ou duas frases. O tema principal desse livro gira em torno do amor. O amor que dá certo e o que não dá. Além disso, fala também sobre medos, dores, lágrimas, saudade e diversos outros sentimentos.

“Ou tem amor, ou tempestade.”

Primeiro livro de poemas desenhados que eu leio, e o livro que fez eu me apaixonar por esse gênero! Não li ainda “Eu me chamo Antônio” (primeiro livro sobre o Antônio), eu sei, li o segundo antes, mas fazer o que! Esse estilo de livro é simplesmente lindo, e esse é demais. Todos os desenhos foram feitos pelo Pedro Gabriel, originalmente em guardanapos, e as frases também são criação suas. Uma mais linda do que a outra! Algumas das frases eu tive dificuldade para ler, mas no final do livro tem todas elas escritas com fonte de computador, onde podemos verificar se a gente leu elas corretamente (adorei isso! Precisei usar esse recurso umas duas vezes apenas).

Livro lindo para se ter na estante, para recolher quotes, para dar de presente, para admirar! Simplesmente encantada com o capricho da edição! Ele é quadrado e menorzinho, mas é perfeito. Estou ansiosa esperando mais livros do Pedro Gabriel!


“O bom de dar voltas é que sempre haverá um de nós de algum lado. Sempre.”








Infelizmente eu ainda não conheço o Pedro Gabriel pessoalmente (ele veio para Porto Alegre esse ano e eu não pude ir, sniif), mas eu tenho meu livro autografado, porq ele é muito fofo e deixa edições autografadas nas livrarias em que passa, e assim eu comprei o meu lindinho *-*








6 comentários

  1. Lindo!!! Pedro Gabriel é um príncipe poeta! Perfeito! É um menino poeta que brinca com as palavras. Acredita que ainda não tenho o primeiro? Eu sei, é uma vergonha ;/ Mas vou providenciar o mais rápido possível. Abçs Ellen!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me apaixonei pelas poesias dele, lindas lindas! <3
      E não se envergonhe, eu tbm não tenho o primeiro ainda!!! (é, eu sei!) hehehe

      Excluir
  2. Scheila,amo poemas curtos e com desenhos que falam de amor,dores ,saudade...poemas como os do Pedro Gabriel são únicos,pois possuem uma marca muito particular de seu estilo que na minha opinião é bastante inovadora,são em guardanapo,adorei saber que no final do livro tem eles reescritos caso não consigamos entender.Com certeza irei conferir. Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele encontrou uma forma única e diferente de expressar seus sentimentos! Uma ideia super criativa fazer isso "rabiscado" em guardanapos!

      As legendas no final me surpreenderam (de uma forma boa!) é realmente um cuidado e capricho muito impressionante do autor e da editora!

      Excluir
  3. Oi, Ellen!
    Nunca li nenhum livro de poema desenhado, e confesso que não conhecia o autor, mas achei bastante interessante esse aqui, e confesso que me agrada saber que no final há as frases escritas com letras de computador pois penso que teria dificuldade em ler por não está acostumada com o estilo.
    A edição tá mesmo linda, ótima pra se ter na estante ou presentear alguém.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Ellen, tudo bem? Adoro poemas, e ainda não pude realizar a leitura do primeiro livro, mas adorei este livro também, linda diagramações e ilustrações. Espero poder conferir os dois assim que possível!!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!