[RESENHA] Black Para Sempre - Sandi Lynn - @EdValentina

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Black
Para Sempre
Sandi Lynn
Editora Valentina
I.S.B.N. 9788565859608
Cód. Barras 9788565859608
Número de Páginas 256
Idioma: Português
Acabamento: Brochura
Sinopse: Quando Ellery se mudou com o namorado, Kyle, para Nova York, achou que pela primeira vez seria feliz, enterrando para sempre os dramas do passado. Ledo engano: um belo dia, o sujeito arruma as coisas e vai embora, alegando “precisar de espaço”. Sozinha e deprimida, ela mergulha de cabeça na pintura, sua grande vocação, até que uma noite ajuda um belo e misterioso bêbado a voltar para casa de uma boate. Mal sabe ela que o homem é ninguém menos do que o cobiçado milionário Connor Black.Ao encontrar Ellery em sua cozinha na manhã seguinte, presumindo que ela infringiu sua regra número um e passou a noite lá, ele fica furioso, mas ela o enfrenta como nenhuma mulher jamais enfrentou, deixando-o intrigado não apenas com sua coragem e independência, mas também com sua bondade.Entretanto, há uma tempestade a caminho. Ambos guardam segredos terríveis que podem destruir a relação tão rara e preciosa que construíram. Qual dos dois terá coragem de abrir o jogo primeiro – ou será que a própria vida fará isso de forma totalmente inesperada?


Eu entrei de cabeça esperando mais um pseudo Cinquenta Tons de Cinza, mas na verdade o que eu encontrei foi um romance extremamente doce e bem construído, que fala da coragem necessária para enfrentarmos nossos demônios e o poder de um grande amor para mudar uma vida. 

Ellery é uma jovem e talentosa artista, que depois de levar um pé na bunda de seu Kyle depois de 4 anos de relacionamento, decide parar de se lamentar e retomar a sua vida.
Com um olhar otimista e curioso, Elle vê a vida em muitos tons de alegria, mesmo nas pequenas coisas e nos pequenos gestos. Acredita em fazer o bem, sem olhar a quem...e é esta máxima que faz seu mundo colidir com o de Connor.
- Você é um anjo? - pergunta ele com a voz arrastada, acariciando meu rosto de leve. Sua pele era quente, e o toque (um pouco gostoso demais) chegou a me deixar arrepiada.Afastei sua mão.- É, acho que sou.
Black Para Sempre - pág. 24
Connor Black tem o mundo a seus pés. Rico, lindo, bem sucedido, leva a vida aproveitando ao máximo os prazeres do sexo sem amarras.
Uma bela manhã depois de uma bebedeira ele dá de cara com uma estranha em sua cozinha, mesmo com a regra sendo clara: É PROIBIDO PASSAR A NOITE EM SUA CASA APÓS TRANSAR!

Narrado em 1ª pessoa pela visão de Elle. Sandi Lynn vai nos apresentando páginas apaixonantes onde aos poucos vamos vislumbrando a vida e sofrimento pelo qual Ellery passou, assim como a sua garra e positividade para sempre ver a vida focando no ponto de vista em que o copo está meio cheio.
Connor Black embora comece como o típico esteriótipo do CEO arrogante e viciado em sexo selvagem e sem compromisso, logo vai quebrando sue casca com a sensibilidade de Elle.

A forma como a autora trabalhou o duelo de vontades entre eles, onde cada um tentou manter as coisas em um nível mais simples de relacionamento amigável devido a suas feridas e esqueletos no armário, nos proporcionou momentos realmente encantadores.

Adoro quando a conquista acontece aos poucos. Sandi Lynn conseguiu encantar Connor com as facetas de Ellery e com certeza aos leitores também.
Fechei a porta e me recostei nela, deslizando até sentar no chão. Segurando o resto, pensei no jeito como ele incendiava meu corpo quanto me tocava. Eu ia entrar numa tremenda roubada, e já sabia disso.
Black Para Sempre - pag. 48
Claro que vamos encontrar diversos clichês, afinal, o que seria dos nossos romances favoritos sem as formulas que já conhecemos e amamos?

O livro é super sexy e é claro que tem várias cenas hots, mas o diferencial é o romantismo e delicadeza de todo o contexto. Sandi Lynn conseguiu trabalhar muito bem todos estes elementos com cenas de muito bom gosto e que ajudam balancear um pouco do drama que se desenrola entre eles.

A vida trágica de Elle também foi muito bem traçada, definida e desenvolvida pela autora. Transformando-a em uma protagonista muito forte e destemida, o que com certeza é um diferencial louvável, visto que estamos muito cansadas de mocinhas frágeis, insossas e submissas.
Apesar de tudo, Ellery é uma guerreira e sua força foi o que definitivamente arrebatou Connor Black e à nós também!

A melhor amiga de Elle, Peyton é um show a parte! Adorei esta personagem! Super divertida, franca e sem papas na língua, ela se torna o grilo falante para ajudá-la a ver a razão em momentos que somente a emoção lhe domina.



E embora o amor seja lindo, ainda há muito em que ser trabalhar para que ele sobreviva.
Em diversos momentos tive vontade de atirar alguma coisa na cabeça de Connor por ele não conseguir lidar com a pressão, mas também me deu vontade de sacudir Elle pelo mesmo motivo.

Mas será que o amor pode sobreviver se o destino não lhes der uma segunda chance? Os dados estão rolando, e juntos vamos viver com eles esta linda história de superação.

A capa ficou muito bonita, adorei ela e depois de toda a polêmica durante o lançamento, após ler Black Para Sempre, vejo que a imagem tem tudo a ver com eles e realmente gostei.
Embora o livro tenha páginas brancas, o trabalho gráfico da Valentina está impecável, com fonte maior e uma revisão cuidadosa, o livro é uma leitura fluída e prazerosa.
Não há como resistir aos encantos de Connor Black e à doçura e irreverência de Ellery Lane.



E como toda a história tem dois lados, Você Para Sempre que conta os mesmos fatos só que agora pelo ponto de vista de Connor já está na pré-venda.
O lançamento oficial será durante a Bienal do Livro do RJ e é claro que nós estaremos lá no estande da Valentina participando de tudo!!

Compre Aqui!



5 comentários

  1. Adorei sua resenha, to querendo muito ler esse livro, como adoro livros do gênero de romance, não tem como não ter ficado interessada.
    Adicionei o livro em minha lista de leitura e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Humm, eu fiquei me perguntando o motivo deste título até que vi o sobrenome do personagem, hehe.
    A capa é bem doce e remete a um romance leve, mas não sei se o livro é todo assim, pela sua resenha eu desconfio que não seja... Parece ser uma trama de amor e superação. Fiqui com muita vontade de ler!!

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Scheila, mesmo que nós tenhamos tido opiniões totalmente opostas sobre o livro adorei a tua resenha. Eu realmente me decepcionei muito com o Connor (pra mim não disse a que veio) e com a Peyton (fiquei chocada com ela no livro), mas a Ellery eu gostei. Mas confesso, eu tenho má vontade com este tipo de livro. :(

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Eu adoro livros nesse estilo,passado sofrido,paixão,ódio,amor e tal.Mas mesmo assim esse livro não me chamou tanta atenção ou foi destaque pra mim.Gostei do que tu disse dele conter várias cenas românticas mas acho que faltou um Q a mais na história.Espero que não tenha muito drama rodeando os personagens,de qualquer maneira eu pretendo ler por que já tenho o livro e vai que eu me encanto com tudo e mudo de opinião.

    ResponderExcluir
  5. Scheila *O*
    Que resenha mais linda ..
    Esse é um livro que está na minha lista de desejados, mas para ser sincera eu não havia lido nenhuma resenha dele até então.
    Confesso que odiei um pouquinho o Connor, ele parece um babaca .. E assim como você, eu estou esperando algo tipo "50 tons", fiquei surpresa do livro fazer mais o estilo romântico! Adorei.
    Bjs

    Blog Passeando com os livros

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!