[Review] Until Friday Night (A Field Party Book 1) - Abbi Glines

domingo, 27 de setembro de 2015

Until Friday Night
Abbi Glines
Amazon: http://amzn.to/1LeUgwI

Sinopse tradução livre: O primeiro romance da nova série de  Abbi Glines-  autora best-seller New York Times e EUA Today sobre uma pequena cidade do Sul cheia com os meninos bonitos em suas picapes, sexta-feira é noite de jogos de futebol e festas loucas que agitam um pouco grandes dramas.

Para todos que o conhece, West Ashby sempre foi aquele cara: o arrogante, popular, muito-bonito-por-sua-boa- forma- de deus do futebol que liderou Lawton para o top dos campeonatos estaduais. Mas enquanto West é o grande homem dentro do campo, do lado de fora, por dentro ele está lutando contra a dor que vem ao assistir seu pai morrer lentamente de câncer.

Dois anos atrás, a vida de Maggie Carleton se desfez quando seu pai matou sua mãe. E depois que ela contou à polícia o que aconteceu, ela parou de falar e não falou outra vez. Mesmo a mudança para Lawton, Alabama, não poderia chamar a Maggie de volta para fora. Então, ela ficou quieta, mantendo sua tristeza e seu coração fraturado escondidos.

Como a dor de West torna-se demais para suportar, ele sabe que precisa falar com alguém sobre seu pai e nas sombras escuras de uma festa pós-jogo, ele se abre para a menina que ele sabe que não vai contar a ninguém.

West espera que falar sobre seu pai poderia trazer algum alívio, ou pelo menos uma enxurrada de emoções que ele não podia controlar. Mas ele nunca esperava que a nova garota tranquila para responder, para revelar uma dor ainda mais profunda do que a sua própria, ou por eles para formar uma conexão tão forte que ele não poderia deixá-la ir ...


Desde que Abbi Glines anunciou uma nova série YA eu já fiquei super animada, embora não tenha gostado da série Existence, eu simplesmente AMO Rosemary Beach que é publicada aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, então, imaginem a minha expectativa por este novo trabalho da Diva!! 

Então vamos lá, Until Friday Night é a típica série que reúne tudo o que aqui de fora dos EUA consideramos como a juventude enlatada americana que acompanhamos nos filmes e seriados que abordam esta temática.

West é uma das estrelas do time de football americano da escola e que junto com o seu melhor amigo Brady e seus companheiros de time, brilham dentro de campo todas as sextas-feiras à noite e juntos esta equipe estelar tem tudo para levar o estadual. O garoto de ouro de Lawton, arrogante, lindo, mas com sua fachada ameaçando a desmoronar e sucumbir pela dor da perda iminente de seu pai.

Maggie é uma garota marcada pela tragédia.  Presa dentro de si mesma, ela não consegue abandonar o horror que foi ver sua mãe ser morta na sua frente. Um sofrimento silencioso, perdida em pensamentos, ela não consegue mais verbalizar seus sentimentos com medo de reviver tudo o que foi obrigada a presenciar 2 anos atrás.

Adoro um bom YA, e realmente estava esperando muito de Until Friday Night visto que pra mim tinha aquele quê de Friday Night Lights que simplesmente era uma das minhas séries favoritas...e é claro que muito tinha de parecido, visto que o futebol americano está na essência da juventude deste país, e quanto à isto Abbi Glines simplesmente não decepcionou.

West além de lindo por fora é maravilhoso por dentro. O típico esteriótipo do esportista-herói-bom moço do interior dos EUA. Que mesmo com a sua armadura de indiferença e arrogância acaba nos conquistando pois sua essência é transparente mesmo através de um olhar.

Maggie é a boa moça sofrida, com o coração puro e a necessidade de encontrar salvação em meio a seus demônios. 
West também precisava de uma luz no fim do túnel, e a dor com certeza é algo poderoso, mas será que somente isso em comum é o bastante para unir dois corações estilhaçados?

Until Friday Night é aquele livro gostosinho, onde todos os personagens acabam desempenhando um papel importante na trama seja por seu humor, por sua personalidade doce ou enigmática que pode render alguma coisa mais para frente.

Abbi Glines combinou tudo o que há de mais clichê em se tratando de High School americano (não que isso seja ruim), e que combinados sempre dá certo e nos trás uma trama envolvente, sobre superação e coragem para encarar seus piores temores, sobre amizades verdadeiras e principalmente sobre como crescer em meio às adversidades da vida.

Gostei do livro. Devorei ele em menos de 24hs, mas até por AMAR tanto a escrita de Abbi, eu esperava um pouco mais. O drama entre West e Maggie foi previsível. Embora a autora nos contemple com alguns momentos muito doces, não sei, eu esperava alguma coisa um pouco mais profunda.

Brady (primo de Maggie) foi um personagem que em diversos momentos nos desafiou mais do que o casal principal, e eu esperava ter visto um pouco mais dele. Acho que Abbi irá nos brindar com ele como personagem principal em algum dos próximos livros da série, mas mesmo assim, achei que ele valia mais algum destaque neste livro inicial.

Todos os meninos são uns fofos, gostei muito da interação deles e dos laços de amizade que os une.
Mas, mesmo assim, infelizmente Until Friday Night é um YA água com açúcar que trata de temas cotidianos em cidadezinhas do interior americano e das aspirações de seus jovens para o futuro.

Me chocou um pouco a maneira simplista com a qual a autora tratou a forma com a qual Maggie perde um dos pois (estou tentando não dar spoilers,..então vai ficar vago mesmo)...acho que ela deveria ter se aprofundado muito mais não no tema em si, mas nos sentimentos contraditórios que com certeza deveriam ser desencadeados nela com o ocorrido.

Como eu falei, o livro é bonzinho, doce como um algodão doce nas arquibancadas de um dos jogos de sexta à noite. AMEI todos os personagens, sem exceção, até mesmo as líderes de torcida malignas e esteriotipadas, mesmo assim acabei de ler com aquela sensação de que faltava algo mais....espero que nos próximos livros Abbi consiga dar maior profundidade à trama e principalmente amarrar as pontas soltas entre os eventos ocorridos e a psiquê de seus personagens. 
Mesmo assim, ainda acho que a série tem tudo pra detonar, mas agora é aguardar e esperar a evolução a partir dos próximos volumes, visto que infelizmente o volume 1 ainda não foi tudo o que eu esperava e nem tudo o que tinha potencial para ser.


14 comentários

  1. Oi, Scheila! Eu estava meio que sumida aqui do blog... Kkk
    Também adoro a escrita da Abbi Glines, também amo a série Rosemary Beach, mas não gostei muito do primeiro libro da série Sea Breeze... E pelos seus comentários, acredito que esta nova série deve ser assim também... Mas vou ler sim, porque também adoro a escrita desta autora... Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu também gosto bastante da série Rosemary Beach, mas nem conhecia esse livro da autora.
    Fiquei com vontade de conhecer a história. Os personagens parecem ser meio clichês, mas eu gosto mesmo assim. Mas é tão chato quando a gente espera muito de um livro e ele não chega a tanto...
    Mesmo o livro não sendo tudo isso, eu fiquei com vontade de ler ele...
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Scheila!
    Ainda não li nenhum livro da Abbi mas gostei da sinopse desse livro apesar de não ter o costume de ler esse gênero, pena que ele não tenha sido tudo aquilo que você esperava de um livro dessa autora. Mas penso que seja uma história que vale a pena ser lida devido as qualidades presentes no livro: "uma história com uma trama envolvente, sobre superação e coragem para encarar seus piores temores, sobre amizades verdadeiras..."
    Enfim, espero que os próximos livros desta série dê uma melhorada afim de contentar os fãs da Abri pois pretendo colocar esse livro na minha lista de leitura e quem saber assim me tornar fã da autora.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, como Abbi adora matar pais de protagonistas com qlqr doença terminal.
    Já li a série Rosemary Beach e confesso que não morri de amores pelos personagens mimados e infantis, mas tbm não consigo largar pq bate uma imensa curiosidade, então mesmo xingando todos eu continuo lendo hahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Eu até gosto dos livros da série Rosemary Beach, mas confesso que não é um dos meus favoritos. Fiquei curiosa pra conhecer essa nova série dela, mesmo ela não sendo tão boa assim, tomara que a série melhore nos próximos livros da série.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Scheila,premissa interessante,duas pessoas que sofreram terríveis dramas como câncer(pai vitimado) e assassinato(pai mata mãe) encontram um no outro o apoio ou seja mostrando uma história de superação e coragem,além é claro de romance,tudo bem clichê a água com açúcar,esperarei os outros para ter uma visão melhor da história .Beijos!!!

    ResponderExcluir
  7. Você estava esperando mais pelo livro ser da Abbi Glines?Hum,não conheço essa autora.Gosto de ver resenhas de livros que ainda não sairam aqui,um dia me animo e começo a treinar lendo em inglês também.
    *doce como um algodão doce nas arquibancadas de um dos jogos de sexta à noite*,fofo,deu pra sentir o que esperar do livro.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Eu gosto razoavelmente da Abbi pois alguns aspectos nos livros dela acabam me irritando um pouco.E esse clima de colégio já me faz imaginar o livro como sendo um filme da sessão da tarde,não que seja ruim,pois são ótimos para entreter.E não sei quantos livros vai ter essa nova série dela mas espero que as coisas vá evoluindo nos próximos volumes.E é bom quando se tem aquela aprofundada nos sentimentos dos personagens,uma pena que isso não tenha sido muito bem trabalhado,pois adolescentes tem muitos sentimentos conflitantes que se bem desenvolvidos nos brindam com uma ótima história.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Eu gosto razoavelmente da Abbi pois alguns aspectos nos livros dela acabam me irritando um pouco.E esse clima de colégio já me faz imaginar o livro como sendo um filme da sessão da tarde,não que seja ruim,pois são ótimos para entreter.E não sei quantos livros vai ter essa nova série dela mas espero que as coisas vá evoluindo nos próximos volumes.E é bom quando se tem aquela aprofundada nos sentimentos dos personagens,uma pena que isso não tenha sido muito bem trabalhado,pois adolescentes tem muitos sentimentos conflitantes que se bem desenvolvidos nos brindam com uma ótima história.

    ResponderExcluir
  10. Particularmente, li os 3 livros da Abbi Glines e ansiava para iniciar o outro, adorei e para quem ainda não leu recomendo Paixão sem Limites, tentação sem Limites e por fim Amor sem Limites, relata uma linda história de amor e não tem impressão colegial pelo contrario mostra como o amor pode mudar o ser humano... amei queria muito que tivesse a 4ª edição!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Gostei de ler Until friday night. É bem docinho e não é tão intenso como na serie Sem Limites e Rosemary Beach, que depois de Rush e Blair o Grant e a Harlow são meu casal favorito, a história deles é linda demais. Sempre me tira o fôlego ler ela de novo, e de novo, e de novo. Rsrs ! Mas voltando a Until friday night, tenho um palpite que a próxima história será de Gunner, pelas dicas no decorrer do história, mas também senti UE a história do West e da Meguie ainda não terminou por ali, talvez o segundo livro da série ainda seja sobre eles. Amo a série Sea Brease e não vejo a hora de sair o livro 10, sempre achei que o livro 1 terminou muito tipo, anyway, e aí a Abbi vai e termina o livro 9 daquele jeito? Tive taquicardia e estarei tendo crises de ansiedade até o próximo livro sair. Ai Deus

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!