[RESENHA] Lick - Kylie Scott - @univdoslivros

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Lick
Kylie Scott
Universo dos Livros
I.S.B.N.: 9788579308802
ALTURA: 23.00 cm
LARGURA: 15.70 cm
PROFUNDIDADE: 1.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS: 304


Sinopse: Uma noite de aventuras. Um casamento inusitado. E uma ardente história de amor...No impulso de uma noite de diversão e bebedeira em Las Vegas, Evelyn Thomas casou-se com um desconhecido. No dia seguinte, porém, ela se deu conta de que aquilo fora um terrível engano. Então, decidiu manter este pequeno deslize em segredo.
O que Evelyn não sabia era que havia se tornado a esposa do cobiçado David Ferris, guitarrista da famosa banda de rock Stage Dive. Agora, ao retornar para sua casa em Portland, ela terá de enfrentar as perseguições de repórteres, fugir às loucuras das fãs do astro e ainda encarar sua família, que não demonstrou nenhum contentamento com o ímpeto matrimonial da jovem filha.
Será que Evelyn conseguirá resistir às delícias de David a fim de permanecer como “a garota certinha” ou decidirá embarcar nessa glamourosa aventura junto ao marido rockstar?



Definitivamente sabemos quando um livro é bom quando não conseguimos parar de devorar cada página!

Lick é simplesmente delicioso e é impossível ler com moderação! Em menos de 24 horas acabei com ele, ou melhor, ele acabou comigo, pois simplesmente quando acabou foi impossível não ficar com aquela sensação de vazio, sentindo falta dos melhores momentos de seu dia através deste livro.

Embora o ditado diga: Tudo o que acontece em Vegas, fica em Vegas. A realidade juntamente com as leis de Murphy infelizmente nos provam o contrário.

Evelyn é uma boa moça.
Certinha e com todo o seu futuro planejado em conjunto com seus pais, juntamente com sua amiga Lauren resolveu se premiar com um ato de rebeldia. Uma noite de diversão em Vegas. Onde por pelo menos uma noite ela não queria ter um plano engessado que determinasse cada passo de seu dia.

Sua vida dá um giro de 180° ao acordar com a cara no piso do banheiro e um belo estranho tatuado super preocupado com seu estado pós bebedeira. Mas o mais aterrorizante não é acordar com um cara lindo e a cara enfiada no vaso vomitando, é descobrir que este mesmo estranho badboy, Deus Grego tatuado é seu marido e além disso e como se não bastasse, você ainda tem uma tatuagem com o nome dele na bunda para provar isso!! Kkkkkkkk

Depois de ler tantos livros meia boca, quando topamos com Lick, fica até um pouco difícil traduzir em palavras porque eu AMEI tanto este livro que tem todos os clichês que já estamos acostumadas, mas em nenhum momento pode ser classificado como mais do mesmo.


Kylie Scott conseguiu compilar o melhor de todos os mocinhos badass-rock stars existentes no mercado, para dar vida ao maravilhoso David Farris (e é claro aos demais membros da Stage Dives).
Mas por incrível que pareça, mesmo amando David, não consegui me conectar com ele, pois Mal literalmente roubou a cena e o meu coração. Enquanto o líder da banda é mais intenso e taciturno, Malcon (Mal) o baterista é um show a parte.
Lindo e completamente irreverente, foi praticamente o "Padrinho Mágico" do casal. Dando leveza em diversos momentos da narrativa e atuando como um pacificador, negociador e sobre tudo amigo leal quando Evelyn e David mais precisavam.

Narrado em primeira pessoa, inicialmente vamos achando que Evelyn é aquele tipo de mocinha sonsa e bobinha que vai cair de quatro pelo roqueiro tatuado e viver babando por ele, resumindo sua vida em drama e cama...cama e drama. Aí foi que Kylie nos surpreendeu!

Evelyn cresce tão rápido durante a narrativa, que fica impossível não sermos cativados por esta pequena guerreira tímida que aos poucos vai encontrando seu lugar no mundo e descobrindo seu poder de sedução.
Uma mulher poderosa em todos os sentidos, mesmo com uma bunda razoável e formas bem redondinhas.
Kylie Scott desenvolveu tão bem o empoderamento de Ev sobre si mesma que certamente depois desta leitura ela se tornará uma de suas melhores amigas!
Eu sou fã de carteirinha dela! hehehehe

Todos os personagens secundários mesmo que aparecendo apenas rapidamente pela narrativa são muito bem desenvolvidos e marcantes.
Adorei todos os integrantes da Stage Dive, até aparentemente idiota do Jimmy (com certeza a autora se inspirou no Liam Gallagher pra ajudar a compor este arrogante Deus do Rock).

Cada membro da banda terá direito ao seu livro e o próximo é o meu novo "namorido literário" Mal. Mas já aviso, o livro dele contem altas doses de bipolaridade, comédia, mas também muito amor e emoção.

A única coisa que fiquei meio assim, foi que o título do livro em inglês quer dizer "lambida" e durante a leitura do volume nacional, na tradução não achei nada que se encaixasse na trama e remetesse ao título original como consegui ver claramente ao ler PLAY que é o livro do Mal e que em diversos momentos da narrativa deixa muito óbvio o porquê do título.

Lick é um NA ótimo e muito quente! Suas cenas de sexo foram relativamente poucas (é gurias, segurem suas calcinhas, mas o novo casalzinho Rock Star demorou para começar a copular igual coelhos! kkkkkkkk), mas muito bem escritas. 
A experiência limitada de Ev nesta área rendeu momentos muito românticos e de exibição esmerada das habilidades de David para tornar todas as primeiras vezes inesquecíveis para ela.

A capa está maravilhosa e todo os trabalho gráfico e de revisão da Universo dos Livros está de parabéns! É um livro que eu recomendo para todos os fãs de um New Adults Sensuais!



Conheça os outros integrantes da Stage Dive



6 comentários

  1. Bom, não curto livros assim, pois não são do meu estilo de leituras, mas confesso que depois de ler sua resenha super positiva em relação a esse livro, fiquei bem curiosa, quem sabe futuramente eu não mude de ideia e dê uma chance para essa série.

    ResponderExcluir
  2. Bem, Scheila, os livros de gêneros quentes e sedutores não me interessam muito. Apesar de ter gostado um pouco da reviravolta que aconteceu na vida da certinha Evelyn e os poucos clichês existentes no livro, mas o livro no geral não me interessou.

    ResponderExcluir
  3. EU nao curto esses romances hots... Mas eu até que gostei da sua resenha e fiquei interessado em ler, Fiquei lembrando do filme Se beber nao case, acho que a autora tirou a ideia do filme hein... hahahahahahaha pra mim eu tava lendo uma resenha sobre o filme .... hahahaha
    Mas gostei de saber que a personagem feminina nao é aquela completa idiota que geralmente é em livros assim, se tiver oportunidade pretendo ler esse livro sim.

    ResponderExcluir
  4. OI Scheila! Não sei porque mas esse livro me lembrou um pouquinho de Belo Desastre, acho que é por causa desse badboy tatuado que me lembrou o Travis rsrs. Ta, e essa ingenuidade da Ev que me lembrou a Abby. Confesso que são poucos os NA que me chamam a atenção e Lick foi um deles. Fiquei super curiosa quanto a Ev acordar em um banheiro e ter esse "pedaço de mal caminho" como marido (um que até que eu queria rs). E o nome tatuado na bunda foi o melhor rsrsrs. Amei! O livro parece ser super divertido e descontraído, com certeza irei procurar para ler!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Adorei,esse livro parece ser tudo de bom.Bad boys tatuados sempre são um ótimo pedido.E melhor ainda saber que a mocinha não é nenhuma songa que vai atrasar a leitura.Sou apaixonada por esses amigos de banda,e ainda mais quando as escritoras resolvem lançar um livro pra cada um deles.Espero gostar tanto dos personagens assim como você e tomara que o livro do Mal seja lançado logo.

    ResponderExcluir
  6. Preciso confessar que eu não sou a maior fã desse tipo de livro que reúne muito clichê em sua trama, mas ninguém resiste a um bom bad boy! As capas do livro são maravilhosas, as artes e diagramação estão realmente incríveis! Além disso, gostei muito da protagonista e de sua personalidade decidida e segura de si. É muito interessante acompanhar o amadurecimento da personagem, como tu mesma mencionou em sua resenha, acredito que isso dê ainda mais veracidade à história.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!