[NOTÍCIA] COSAC NAIFY fecha suas portas

segunda-feira, 30 de novembro de 2015


Editor Charles Cosac comunicou seu fechamento em entrevista exclusiva ao 'Estado'

Quase 20 anos após seu nascimento, a editora Cosac Naify chega ao fim por decisão de seu fundador, o editor Charles Cosac. Ele comunicou seu fechamento em entrevista exclusiva ao Estado, nesta segunda-feira, 30, à tarde, em sua casa, justificando-o não por causa da crise econômica atual – que também pesou, mas nem tanto como as dificuldades em seguir adiante no caminho traçado por ele em 1996. “Só o meu desejo de que ela existisse não justificaria a manutenção da editora, cujos projetos culturais se encontram ameaçados neste momento”, resume. Com 1.600 títulos no catálogo, de clássicos como Tolstoi a monografias de artistas, passando por romancistas estrangeiros como Enrique Vila-Matas e Valter Hugo Mãe, a Cosac Naify surgiu como editora com o livro Barroco de Lírios, de Tunga, e vai encerrar sua história também com um livro do artista pernambucano, ainda em preparo.

Confira AQUI a notícia do Estadão na íntegra.


Esta publicação é válida para o TOP Comentarista de Novembro!!

5 comentários

  1. Nossa Scheila que triste nunca tinha ouvido falar dessa editora, e essa editora parece ser bem antiga com certeza publicou vários livros bons e essa editora vai está sempre na mente dos leitores.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus! Scheila, estou muito triste com esta notícia. Conheci o editor em um post especial de um Blog literário há alguns dias e, hoje, me deparo com esta triste notícia. 1.600 livros são muita coisa, mas queria que o editor continuasse sua trajetória. É uma pena!

    ResponderExcluir
  3. Que notícia triste. Não conhecia a editora, mas o término de uma empresa deste gênero tão importante em nossas vidas como leitores é realmente lamentável :(

    ResponderExcluir
  4. Após 20 anos de existência e 1.600 títulos no catálogo anunciar o fechamento é muito triste, é sem dúvida uma pena e uma grande perda para os leitores da editora.

    ResponderExcluir
  5. Nossa!! Depois de vinte anos de história, é triste saber que uma editora está fechando... :/

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!