[RESENHA] Para todos os garotos que já amei – Jenny Han – @intrinseca

domingo, 13 de dezembro de 2015

"[...] Cem anos atrás, caras de dezoito anos lutavam com baionetas e tinham a vida de outras pessoas na mão! Eles já tinham vivido muito quando chegavam à nossa idade. O que o pessoal da nossa idade sabe sobre o amor e a vida?"

Lara Jean escreve cartas de amor. Mas não quaisquer cartas de amor. Escreve cartas de despedida para os garotos que já gostou. Escreve tudo o que sente nelas, e as guarda em uma caixa de chapéu, bem escondida, pondo fim aos seus sentimentos. Porém um dia... a caixa some, e todas as cartas são enviadas a seus destinatários! Preciso dizer a confusão que isso vai causar na vida de Lara Jean?

Durante toda essa confusão, Lara ainda vive outro dilema: sua irmã mais velha, Margot, que cuidava da casa desde o falecimento de sua mãe, que era sua melhor amiga e ponte da amizade das três irmãs, se mudou para a Escócia, para cursar a faculdade, deixando toda a responsabilidade de cuidar da família nas mãos de Lara Jean. Como se tudo isso não bastasse, uma das cartas enviadas estava endereçada a Josh, o namorado da irmã e seu atual melhor amigo, que ela era apaixonada desde antes de Margot.

A vida de Lara Jean era uma vida pacata, comum. Como toda adolescente, ela se apaixonou algumas vezes, mas nunca teve coragem de se declarar. Tem uma melhor amiga e um melhor amigo. Tem uma família que ama ela. E tem uma irmã mais nova que vive em pé de guerra com ela. Mas tudo isso muda com o envio das cartas. Para não criar confusão, Lara acaba inventando uma mentira: que esta namorando um dos garotos que recebeu uma das cartas. Parece que o mundo de Lara Jean virou de cabeça para baixo... e que ela vai ter uma surpresa com tudo isso.

"[...] Irmãs deveriam brigar e fazer as pazes porque são irmãs, e irmãs sempre encontram o caminho de volta uma para a outra."

O LIVRO É MARAVILHOSO!
Acho que posso afirmar: foi o melhor livro do gênero que eu li este ano!
Estou encantada e maravilhada, esperando loucamente pela continuação, intitulada P.S. ainda amo você (que será lançada no Brasil dia 11 de janeiro de 2016 *pulinhos de alegria*)

O livro é leve, rápido de se ler, empolgante, envolvente, fofo e maravilhoso. Os personagens são extremamente bem construídos, a história não tem pontas soltas e o final deixa aquela vontade imensa de ler o próximo livro! É uma história de amor romântico, com comédia, com amizade e com família. Tudo muito bem retratado. Inclusive, amei a construção da amizade entre a Lara e a Margot! Até bateu aquela vontadezinha de ter uma irmã, hehe (para quem não sabe, eu tenho só irmãos!)

A capa é maravilhosa! A fonte usada no título me encantou, com sua forma caligráfica de ser. A diagramação está perfeita, não encontrei erros de gramática e as folhas são amarelas.

"Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam, ou pelo menos deveriam."

Eu já escrevi duas cartas de amor na minha vida. Uma de amor mesmo, e uma de despedida. Quando escrevi a carta de despedida, me senti parecida com a Lara Jean: a carta me libertou, pôs um fim aos meus sentimentos. Não foi muito fácil, confesso, mas ajudou bastante. Você já escreveu alguma carta de amor ou de despedida? Conta aqui nos comentários para mim! Vou adorar saber que eu e a Lara não somos as únicas!


Dica: no site oficial do livro (acesse aqui), a editora Intrínseca inseriu uma área destinada à criação de cartas! Você pode escrever lá a sua, e se identificar ou não. E também pode ler as cartas de outras pessoas! Achei isso muito bacana, e vale uma conferida! 






 
Imperdível!!

Esta publicação é válida para o TOP Comentarista de Dezembro!!



21 comentários

  1. Oi Ellen eu já li a resenha desse livro em outro blog e eu amei é o tipo de gênero literário que eu gosto de ler, ele já está na minha lista de leitura e como sempre você faz ótimas resenhas bjs.

    ResponderExcluir
  2. Ellen esta resenha está muito fofa!! Fiquei louca para ler o livro! hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha está muito boa, faz um certo tempinho que estou querendo ler esse livro e depois de ler sua resenha, fiquei mais ansiosa ainda, pretendo ler Para Todos Os Garotos que Já Amei em breve.

    ResponderExcluir
  4. Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro. Confesso que o que me atraiu primeiro foi a capa, que eu achei bem linda. Mas a história dele parece ser ótima, e amei saber que o livro é leve e envolvente. Espero ler ele logo e gostar tanto quanto você gostou.
    Amei a resenha =D
    Bjss.

    ResponderExcluir
  5. Aiii...como nao amar esse livro ne?! Ainda mais agora que foi anunciado o primeiro livro, é de morrer de ansiedade.
    Para todos os garotos que já amei foi um dos livros que mais queria ler esse ano, a escrita da Jenny Han é mto envolvente e com nao amar tudo que ela escreve ne?
    Adorei o espaço que a Intrínseca criou pra fazer as cartas, clarooo que vou la fuçar.
    Amei s fotos que tirou, mto lindas e fofas.
    Eu ainda quero mtooo ler!
    Beijos

    Blog Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Oi, Ellen!
    Nossa, que confusão a vida pacata da Lara sofreu, hein?! Fico imaginando todo o sufoco que ela passou por conta dos envios das cartas...
    Confesso que quando li a sinopse de Para todos os garotos que já amei não me interessei pelo livro, mas depois de ler sua resenha quero esse livro pra ontem!! Contudo, como o livro tem uma continuação - aliás, eu não sabia disso, obrigada pela informação - e eu só inicio a leitura de séries apenas quando possuo todos os volumes ao alcance de minhas mãos vou ter que esperar o lançamento de P. S ainda amo você, já dá pra imaginar a minha alegria em relação a data de lançamento da continuação, né?!
    Quanto a sua pergunta, nunca escrevi cartas de amor ou de despedida, apenas versos e pensamentos de amor...
    Ps: amei as fotos, arrasou, hein?!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Bom, eu não sei o que faria, pois nunca fui o tipo que escrevia bilhetinhos de amor, mesmo que eles fossem somente pra serem guardados, em minha adolescência. Entendi que o triângulo amoroso não se concretizou, é isso?

    ResponderExcluir
  8. Já tinha visto Para Todos os Garotos que Já Amei e nem dei atenção.
    E não é que tem um enredo interessante...como assim ela escreve cartas de despedida para os garotos que já gostou e elas são enviadas?!Sua resenha atiçou minha vontade de conhecer esse livro,Ellen.
    E respondendo a pergunta,já escrevi,algumas nunca entreguei.Acho que por isso adorei esse quote:
    "Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam, ou pelo menos deveriam."

    ResponderExcluir
  9. Ellen!
    Gostaria de ler para ver qual foi o impacto nas pessoas a quem as cartas se destinavam e como a protagonista conseguiu superar tudo isso...porque deve ter tido alguns que não gostaram esmo...
    “Somente quando encontramos o amor, é que descobrimos o que nos faltava na vida.” (John Ruskin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  10. De Para Todos os Garotos que Já Amei , só tinha me interessado pela capa (super fofa )... Já a sinopse não tinha me atraido tanto; daí li sua resenha e agora, estou bem curiosa para conhecer mais da história de Lara Jean.
    Eu, particularmente, não sou de escrever cartas, nem de amor nem de despedidas, sou mais do olho no olho, conversar mesmo,rsrs.

    ResponderExcluir
  11. Achei o livro bem atraente, interessante, com certeza eu gostaria de ler, apesar que atualmente quase ninguem escreve cartas, achei bem legal falar sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  12. Para tudo! Que livro mais incrível. Só vi o nome e ele já me ganhou, mas depois dessa resenha, eu só sei que preciso lê-lo o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  13. Gostei pra caramba desse livro desde que ele foi lançado, não só pela capa maravilhosa que ele possui, mas sim pela proposta inusitada do enredo. Acho que, além das confusões e risos garantidos, a história ainda tem muitas lições a nos ensinar, e isso é o que torna o livro tão especial. Gosto da forma como a autora consegue ligar os personagens e suas vidas, acho isso bastante interessante. Ainda bem que a continuação não vai demorar a sair!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ellen. Eu não estava interessado neste livro, mas o ganhei há pouco tempo e estou querendo investir. Para todos os garotos que já amei tem uma história que não passava por minha cabeça, mas não esperava nada desagradável, pois já li Olho Por Olho da mesma autora e sua escrita é incrível. O livro e a personagem, Lara Jean, me surpreenderam, por ser mais que original, duplicamente original. Gostei muito deste estilo de romance. Quero!

    ResponderExcluir
  15. Fiquei empolgado só de ler essa resenha... hahahahha
    confesso que não é o estilo que leio muito, mas de vez em quando gosto de sair da rotina e ler algo que nao sou acostumado, sabe como é ne...rsrs
    E fiquei muito empolgado pela sua resenha, nunca escrevi carta de amor nem de despedida, já escrevi cartinhas sabe, mas não tao intensa...rsrs

    ResponderExcluir
  16. Eu li esse livro semana passada, e ameeei ele. Achei a história dele super fofa, e também achei o livro super leve e gostoso de ler. E também acabei ele super rápido. Agora estou doida pelo próximo livro :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Curiosa para ler esse livro, li algumas resenhas e me interessei muito por esse, tem jeito de ser um livro bem fofinho.

    ResponderExcluir
  18. Eu tb já escrevi uma carte de amor e uma de despedida e para a mesma pessoa, hahahaha.
    Adorei sua resenha e fiquei muito a fim de ler, só não esperava por uma continuação.
    Será que quando eu ler vou querer uma irmã tb? só tenho manos tb... haha.
    Muitas coisas em comum hein!!
    Vou ler este livro certamente. Valeu a dica!

    ResponderExcluir
  19. Não li Para todos os garotos que já amei, mas já quero P.S. ainda amo você. Imaginei a protagonista desta história em uma crise romântica, sem algum namorado e uma patricinha mimada, mas Lara Jean é muito diferente do que a minha imaginação sugeriu, ela é uma boa personagem que se mete em uma enrascada hilária. Estou feliz por ele ter sido eleito como melhor livro do gênero. Já quero!

    ResponderExcluir
  20. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece mesmo maravilhosa!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!