[BAFÃO LITERÁRIO] Sherrilyn Kenyon processa Cassandra Clare

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Segundo o site Livros e Citações: A romancista bestseller Sherrilyn Kenyon abriu um processo contra sua colega Cassandra Clare alegando que a série Os Instrumentos Mortais de Clare e a série “Shadowhunters” foram copiadas consciente e deliberadamente da história dos Dark-Hunters de Kenyon.
A saga Dark-Hunter é de 1998, de acordo com o processo; o primeiro livro da série Instrumentos Mortais e Shadowhunters foi lançado em 2007.

Feito no dia 5 de fevereiro, o processo – que alega violação de copyright e trademark e está pedindo por danos, perda de lucros e um final ao violação – alega uma série de similaridades entre as séries.
Os livros de Dark Hunter e Shadowhunter, o processo diz, “é sobre uma elite de guerreiros que devem proteger o mundo humano de ameaças paranormais que não podem ser vistas e que procuram destruir humanos conforme eles vivem sua vida diariamente”.
Ambos ganham um manual sobre como conduzir a sua missão e como agir enquanto estiverem lidando com entidades e espécies no seu mundo de ficção”, o processo adiciona. Nele, também são destacados pontos como em ambas as séries há guerreiros que protegem os humanos de demônios, ambos encantam espadas divinamente encantadas, que também possuem nomes exclusivos, e aparentemente, em 2006, a série de Clare teria o nome de Dark-Hunter, porém Kenyon pediu para que a autora alterasse isso, o que ela fez, substituindo para “sombras”.
Entretanto, muitos também apontam que Sherrilyn Kenyon não inventou a ideia de um grupo de seres humanos que lutam contra o sobrenatural, e ela não poderia reivindicar a propriedade sobre uma história onde a maioria dos humanos são cegos para o mundo sobrenatural porque já encontramos histórias como essa antes.
Cassandra Clare não manteve o silêncio com toda essa situação e se diz “surpresa e desapontada” com a acusação de plágio. Em sua resposta pública, seu advogado John Cahill disse: “Cassie está tanto surpresa como desapontada com a Sra Kenyon, que trouxe a tona um processo uma década após a estreia de seus livros…”
Kenyon também pede o fim de todos os elementos envolvendo os Caçadores de Sombras, que continua a ser expandido em livros, com vários spin-offs já confirmados. É ou não é para se espantar?
MINHA OPINIÃO: Li as séries Dark Hunters e TMI e sim são parecidos, mas tem muitas diferenças entre um e outro. Pra começar os livros da Cassandra Clare são YAs e os da Sherrilyn Kenyon são Sobrenaturais Hots. Claro que a estrutura dos DH se comparam com os Shadowhunters, mas o universo de Sherrilyn é tão mais rico, misturando vampiros, demônios e mitologias Celta, Grega, Nórdica e etc. Embora nossos lindos Dark Hunters tenham uma hierarquia parecida (com nosso Ash fodão comandando boa parte da bagaça) ele é um descendente de Atlantis, nada a ver com anjos e embora topemos com Apolytas e diversos "semi-deuses" isso sem falar de outras criaturas transmorfas como lobisomens, a estrutura é totalmente diferente.Acredito que Cassandra Clare tenha se inspirado em alguns momentos, mas depois seus livros tomaram outro viés. Se fôssemos para comparar, teríamos a própria J.R. Ward com uma estrutura muito parecida com aIrmandade da Adaga Negra, ou Lara Adrian, assim como diversas outra autoras. Aqui no Brasil, temos a Gisele Souza que escreveu Deus do Rock muito inspirada em Sherrilyn e isso só para citar algumas.

8 comentários

  1. Bafão mesmo. Mas hj em dia séries sobrenaturais, livros eróticos e tantos outros são tão parecidos, que a gente não sabe onde tudo começou. Neste caso trata-se de um briga judicial, vamos ver quem contratou o melhor advogado, mas serve tb pra por estas séries ainda mais em evidência. Mta gente que não leu vai querer conferir as diferencias...ou semelhanças.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Será mesmo? Não entendo porque depois de tanto tempo que a série foi lançada, só agora ela resolveu fazer a denúncia. Acho que uma década é tempo demais pra esperar.
    Enfim, quanto mais se lê, mais vemos semelhanças nas séries, são poucas que realmente inovam em sua obra. a maioria é mais do mesmo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Como assim gente???
    Na minha opinião as pessoas querem ganhar dinheiro facil, "vou processar tal pessoa"
    Eu confesso que NUNCA tinha ouvido falar dessa série Dark Hunters em compensação com a série da Cassandra Clare, TODOS os blogs que costume frequentar já ao menos citou os livros dela, a maioria os donos dos blogs já leram a série, e super recomendam, eu não estou defendendo a Cassandra, até mesmo pq ate hoje nao li nenhum livro dela, Mas essa série dela eu tenho muita vontade de ler, e essa vontade aumenta ao ver as resenhas e comentarios nos blogs que são sempre positivos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas, a Dark Hunters é muito mais antiga, pra você ter uma ideia, eu já tinha lido 22 livros da série em 2010. E ainda nem peguei os Spin Offs. Aqui no Brasil a série começou a ser publicada pela Novo Século em 2013 se não me engano, mas publicaram apenas 2 volumes que foi Amante da Fantasia e Amante Sombrio (algo assim por aqui). A série é simplesmente FODÁSTICA!! Muito rica, cheia de elementos de mitologia e sobrenaturais, assim como humor (às vezes negro) e muitas, mas muitas cenas hots. Mas como eu disse, tem algumas semelhanças sim, mas chega um ponto em que todas as duas tomam rumos muitos diferentes, isso sem falar no público alvo. Assim, por mais que eu ADORE a Sherrilyn por ser a criadora do meu Akry (Acheron Pertonopheus líder dos Dark Hunters) eu acho que ela viajou na maionese com este processo contra a tia Cassie.

      Excluir
  4. Vishi estou chocada com essa notícia, não li essa outra série pra pode dizer se é parecida ou não, e porque só agora a Sherrilyn Kenyon resolveu processa a colega Cassandra Clare!? hum ai tem hem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz tempo que andam uns papos de plágio contra a tia Cassie, mas somente agora é que realmente alguém levou alguma coisa a diante. Mas como eu disse Milena, podem até ter semelhanças, mas depois de um ponto cada série segue um caminho bem distintos. Então, não vejo porquê da Sherrilyn fazer isso feder justo agora.

      Excluir
  5. Complicado... Hoje em dia quase tudo se parece com algo, é inspirado em algo, lembra algo... Lembro que quando saiu Sr. Daniels, o povo estava falando que era muito parecido com Metrica, chegaram a perguntar para a autora se ela tinha se inspirado no livro, a autora falou que nunca tinha lido o livro, mas que depois do comentário iria ler para ver se era realmente parecido. Eu li os livros da Cassandra, eu quase peguei para ler os da Sherrilyn, porem quando vi que a editora não deu continuidade com serie acabei nem pegando, mas já viu falar muito bem da serie. Pra mim plagio é quando se copia quase metade do livro (elementos, enredo, etc). Mas se tratando de mitologia, criaturas sobrenaturais, acho que fica um pouco complicado alegar plágio, acho que ai já parte para o contexto e enredo no qual esses personagens são colocados. Outro exemplo, Sylvia Day, ela mesmo fala, se você ler Toda Sua e achar parecido com alguma semelhança com 50 tons, você não erros, porque ela se inspirou no livro para escrever a serie Crossfire.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Que noticia, mas atualmente a maioria das historia são inspiradas em historias antigas, pois e realmente muito difícil aparecer algo inédito por isso a maioria das historia entra nos clichês e se fossemos comparar todas as que tem esqueletos iguais muitos poucos livros sobrariam e só espero que a Cassandra não seja impedida de lançar mais sobre esse universo !!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!