[RESENHA] 77 páginas para morrer - Marcelo Almeida - nVersos

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016



 “Até agora me parece que todos escondem alguma coisa, ou se escondem de alguma coisa. Preciso fazer como você, parar, ler e pensar. Não é isso que os Leitores fazem?”
JK.  K de Kasqueira, é um detetive novo, formado através de cursos à distância, e que trabalha no escritório A Ratoeira, em São Paulo. Administrado por sua sócia, Madame Tussaud, uma vidente meio chilena e trambiqueira. Ela prometeu a um senhor que o enterraria com um objeto um tanto estranho: um dedo de uma mão. Assim que ele faleceu, deixou uma fortuna para Madame Tussaud, para que ela cumprisse o combinado. Mas ela não o fez.

Com o dinheiro do senhor falecido em mãos, ela resolveu abrir o tal escritório de investigação e procurar o tal dono do dedo perdido. Por isso ela contrata JK. Mas JK não está tão empenhado nessa missão... Até que surge uma oportunidade de ouro, que pode colocar o escritório na mídia e trazer mais clientes.

Um assassinato de um advogado famoso ocorreu em um teatro. E cerca de 1 hora mais tarde, sua secretária foi atropelada em frente de casa e morta também. Duas mortes ligadas, sem suspeitos.

JK e seu novo companheiro de investigações, Leitor, partem para o Rio de Janeiro atrás de pistas para solucionar esse mistério terrível. Nesse crime, todos os envolvidos parecem culpados. Mas quem foi o verdadeiro arquiteto do plano?

Mas nada acaba por aí. A página 77 do livro guarda mais um segredo... será que você consegue descobrir o autor do crime até chegar lá?

(e não vale olhar lá antes hein!)


Preciso dizer. A primeira coisa que eu fiz quando peguei o livro foi ver a quantidade de páginas. Afinal, o nome é 77 páginas para morrer! E qual foi a minha surpresa ao descobrir que o livro possui não 77, mas sim 127 páginas? Confusão é claro. Confesso que de imediato eu não entendi isso muito bem... mas quando entendi, isso se revelou uma sacada genial!
No canto superior direito do livro temos uma contagem regressiva, que irá nos levar até a página 77, onde temos uma surpresa muito boa (que eu não vou contar qual é, para não estragar hehe). A partir daí, temos o desenrolar final da obra.

O personagem mais interessante da obra é o Leitor. Que somos nós, os próprios leitores, inseridos na história. O tempo todo JK passa conversando com a “gente”, nos forçando a pensar no possível assassino. O Leitor sempre carrega um livro, que foi pego na casa de uma das vítimas, e esse livro parece incomodar muito os suspeitos; mas não sabemos qual livro se trata até o final.

É um jogo de vai-e-vem de pistas. Parece um filme de crime mesmo, onde alguns fragmentos são largados para que possamos encaixá-los e descobrir o mistério.

Cheguei no final da história com alguns suspeitos em mente. Queria ter considerado apenas 1, mas não consegui. Pelo menos um dos meus suspeitos foi o correto!


É um livro extremamente pequeno, 127 páginas. E é facilmente lido em um dia.

Um ponto que achei deveras criativo foi o uso de elementos interativos na obra. QR codes e e-mails são inseridos, para que possamos fazer uso da tecnologia durante a leitura. E inclusive tem uma parte em que o livro vira áudio, e ouvimos a história através de um dos QR code.

Juntando isso à história, o livro se tornou gostoso de ler. Para quem gosta de resolver mistérios, ele está mais do que recomendado para leitura!

 

 
Boa Leitura 

11 comentários

  1. Oi Ellen!
    Não conhecia a obra, mas achei muito interessante a premissa do livro.
    Deve ser bem legal ficar o tempo todo tentando desvendar o mistério envolvida na trama. E se vc não conseguiu chegar no final só com um suspeito em mente, isso significa que o livro tem mesmo uma trama bem elaborada. E o fato de ser interativo só me atiçou mais ainda...
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza a trama é super bem fechadinha e elaborada! Vale a pena dar uma chance a ele :D

      Excluir
  2. Oi!
    Achei esse livro bem interessante principalmente pelo personagem falar com o Leitor, fiquei curiosa sobre essa questão da pagina 77 e adorei essa parte interativa do livro e parece ser uma boa historia com um ótimo mistério !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você ler, me conta o que achou depois! Me diga se se surpreendeu com a página 77 :D

      Excluir
  3. Que livro interessante, curto muito um leitura interativa e resolver mistérios, foi pra minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaa!! Me conta depois o que achou da leitura *-*

      Excluir
  4. nunca tinha visto nada sobre esse livro... como assim???? logo eu que adoro esse tipo de livro, cheio de misterios, assassinato, estilo Agatha Christie <3
    nem preciso dizer que fiquei hiper, mega interessado nesse livro né! hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li Agatha Christie (não me puna! eu pretendo ler!! hehe)
      Mas se tu gosta de mistério, com certeza vai curtir esse livrinho!

      me conta depois o que achou dele *-*

      Excluir
  5. Ellen, eu não conhecia esse livro. Mas achei muito bacana. Gosto muito de livros com mistério. Essa ideia de 77 e contagem regressiva já me ganhou! Já sabe né? vai ter que me emprestar!
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê <3 minha estante está aberta pra ti :D pode pegar ele! E espero que tu goste assim como eu, e também se surpreenda com a página 77!

      beijinhos

      Excluir
  6. Olá Ellen. Sou o Marcelo Almeida, autor do livro. A-D-O-R-E-I sua resenha. Sem spoillers e, ao mesmo tempo, muito instigante. Fico muito feliz que vc. tenha gostado. E, como vc. sabe, o mistério do dedo continua... Abraços

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!