[RESENHA] Apenas um ano – Gayle Forman – @Novo_Conceito

sexta-feira, 11 de março de 2016



“Um dia, tudo parece sem esperanças, perdido. E então se toma um trem ou se recebe uma ligação e um novo leque de opções se abre.”

Apenas um ano é a continuação do livro Apenas um dia, de Gayle Forman, lançado pela editora Novo Conceito. Enquanto no primeiro temos a história contada por Allyson, nessa obra quem toma a voz de protagonista é Willem, o holandês misterioso e charmoso que mexeu com o coração da garota americana. Portanto, essa resenha pode conter spoilers do primeiro livro! E se você ainda não conferiu a resenha de Apenas um dia, clique aqui :)


“- Porque nunca encontramos as coisas quando as procuramos.
Encontramos quando não as procuramos.”

O livro começa exatamente no ponto em que Willem some em Paris e deixa Lulu sozinha na cidade dos macarons. Ele está em um hospital, cuidando dos seus ferimentos e se lembra, vagamente, que precisa encontrar uma garota, que ficou esperando-o em algum lugar de Paris. O problema é que ele não se lembra quem é a garota, e não se lembra onde ela está. Willem está sem memória, em um hospital parisiense, sem saber ao certo o que fazer.

Aos poucos ele recupera a memória, e lembra que a garota se chamava Lulu. Apenas isso. Só um apelido. Mas como sabemos, ele não consegue encontra-la em Paris. A garota voltou para América, desolada por ele ter partido sem um adeus.

Willem decide procurar por Lulu. No começo, ele faz de tudo para encontra-la. Mas parece que o destino não quer colaborar. Então, sem esperanças, Willem volta a ser aquele aventureiro que sempre foi, viaja da Europa ao México e vice e versa. Num determinado momento ele decide ir para a Índia, passar uns dias com sua mãe.

Lá, Willem é chamado para atuar em um filme, e sua carreira enfim decola. Quando volta para a Europa, indo morar com seu tio, ele consegue um papel em uma peça de Shakespeare. Mas, durante todo esse tempo, Willem não esqueceu Lulu.

O ano de Willem foi tão cheio de surpresas e mudanças quanto o de Lulu. E quando Shakespeare invade sua vida novamente, ele percebe que o destino enfim irá sorrir para ele.

“Não tenho certeza de que seja possível amar e manter algo em segurança ao mesmo temp. Amar alguém é um ato tão intrinsecamente perigoso. No entanto, é no amor que está a segurança”
Para mim, esse livro foi melhor que o anterior! Eu sofri muito com a busca de Willem pela Lulu. Ele, no início procurou muito mais por ele do ela por ele. Eu senti mais nele o amor, do que na visão da Allyson/Lulu.

Acompanhamos dessa vez, durante um ano, a vida do perdido Willem. Vemos de perto a angustia que ele passou para se lembrar da Lulu, e depois a angustia que foi tentar encontra-la. Willem cresceu e amadureceu demais devido a tudo que aconteceu nesse um ano. Eu me apaixonei mais ainda pelo Holandês encantador e misterioso, que deixou de ser misterioso, pois conhecemos toda sua história de vida, todos os seus problemas e porq ele se tornou esse viajante ambulante que é.

Todos os pontos do livro anterior foram preenchidos na continuação. Eu senti raiva pelo sumiço dele em Apenas um dia, mas depois de entender o que houve de verdade, eu passei a sentir raiva da Allyson, de não ter ido procurar por ele. Acho que o amor dele foi mais mostrado do que o dela. Enfim, eu me re-apaixonei pelo Willem, e amei demais acompanhar o ano dele e viajar mundo afora, conhecendo, através de palavras, países incríveis. E foi mais incrível ainda ver os vários desencontros que os dois sofrerem, e poder acompanhar as duas vidas ao mesmo tempo (eu li os livros em sequência, então estava com a mente fresca da história anterior).

O final é igual ao livro um, com algumas páginas a mais, que deixaram aquele gostinho de quero mais (e logo!), embora tenha um final sim! Mas para saber a continuação e o destino de Allyson e Willem, precisamos aguardar o lançamento do conto Apenas uma noite, sem data de estreia no Brasil ainda (Novo Conceito, nunca te pedi nada na vida, mas por favor, lança logo esse conto!!!).

E se você notaram: a capa mudou (nos dois livros)! Meu Apenas um dia possui a capa anterior (#chatiada). Particularmente, acho a capa nova, essa igual a de Apenas um ano muito mais linda e mais conectada com a história, e gostaria de ter meu outro volume com a nova também, quem sabe um dia, né? Afinal, tudo pode mudar em apenas um dia! hehe


 
“Saba costumava dizer que havia uma diferença entre valentia e coragem. Valentia era fazer algo perigoso sem pensar. Coragem era encarar o perigo sabendo exatamente dos riscos envolvidos.”

 

Me acompanhe nas redes sociais: facebook | instagram | skoob | twitter | Küsse leute :)


7 comentários

  1. Oi Ellen, eu já amei a sinopse de Apenas Um Dia e não podia ser diferente com Apenas um Ano amei a sinopse e a resenha com certeza vou ler esses dois livros bjs.

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita da Gayle Forman, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Essa é uma serie que quero muito ler gostei bastante da historia do primeiro livro e com esse não foi diferente o Willem já me conquistou e gostei de como ele parece crescer ao longo da historia estou doida para ler sobre esse reencontro !!

    ResponderExcluir
  4. Oooooh Dammit e eu jurando que o Apenas um dia era livro unico, rsrsrrs genteee eu devo mesmo ter dedo podre pra series, ler a resenha do Apenas um ano só me deixou com mais vontade de começar a serie logo ( ainda mais pq não tem data pro livro 3 ) hahahhaaha.

    Sofendo por só ter o livro 1 em casa em 3....2..1

    ResponderExcluir
  5. Gente não sabia que era uma trilogia :o
    Fiquei animada em ler o primeiro livro desde que li uma resenha (não lembro se foi aqui :/) e prometir pra mim mesmo que ia adiantar ele nas leituras. Já comecei a lê-lo, ainda estou no comecinho, mas já estou gostanto bastante. E que a Novo Conceito traga logo esse terceiro livro kkk
    Também prefiro essa novo capa de apenas um dia, com a mesma padronagem do segundo livro, ela é bem mais bonita que a primeira.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Sério que é uma trilogia? Não sabia, não li nenhum dos livros ainda mas tenho muita curiosidade, depois que li Se Eu Ficar e Para Onde Ela foi a autora ganhou me coração.

    ResponderExcluir
  7. Não li nada desta autora ainda, mas gostei muito da resenha apesar de não ser o tipo de livro que gosto de ler.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!