[RESENHA] Lola e o garoto da casa ao lado - Stephanie Perkins - @Novo_Conceito

sexta-feira, 27 de maio de 2016





"– Sei que você não é perfeita,
mas são as imperfeições de uma pessoa que a tornam perfeita para alguém."

Dolores Nolan é uma protagonista diferente das que vemos na maioria dos livros amorzinho. Ela é diferentona, gosta de ser ela mesma e possui uma personalidade muito, mas muito forte. A gente vê a diferença já no modo com que ela se veste: sempre de peruca, maquiada e nunca, nunca repete a mesma combinação de roupas (e aliás, são poucas as vezes que ela exibiu seu cabelo natural por aí!).

Lola, como prefere ser chamada, vive em uma adorável cidade com seus dois amáveis pais. Quando pequena, ela foi adotada por um casal gay, que desde então dão todo amor do mundo para ela. A garota tem levado uma vida boa há alguns anos. É estudiosa, obedece aos pais, é boa amiga, tem um namorado lindo ~ mais velho, guitarrista e cantor de uma banda de rock, e super gato! ~ e trabalha em um cinema. É uma vida perfeita para uma menina de 17 anos.

Tudo estava tranquilo até que um dia seus antigos vizinhos retornam à casa ao lado e ameaçam estragar sua estabilidade emocional. Ninguém mais, ninguém menos que os gêmeos Calliope e Cricket Bell estão de volta. Tudo o que Lola tentou apagar da memória sobre os dois retorna como um furacão e sua vida começa a virar de cabeça para baixo.

Calliope Bell é uma exímia patinadora, patricinha, arrogante, cheia de si e ex-amiga de Lola. Todos na família apoiam ela e vivem viajando pelo país atrás das competições de patinação. Se por um lado Calliope é tudo de ruim, o gêmeo Cricket é tudo de melhor. Doce, carinhoso, meio nerd e atencioso, mas que sempre viveu na sombra da irmã. Por muitos anos, ele e Lola foram grandes amigos, até que um dia Lola percebeu que não era só amizade, era algo a mais. Infelizmente Cricket não percebeu isso (Ou será que ele também sentiu?) e acabou quebrando o coração da vizinha. Dois anos se passaram, e eles enfim se reencontraram.

Mas dessa vez, Lola está madura, com vida bem definida e jura de pé junto que não sente mais nada pelo Cricket. Só que, será que é isso mesmo que ela quer para seu futuro? Será que ela realmente apagou o Cricket da memória?



" – Qual é? Ele é aquele deus do rock, sexy e tal. E eu sou o garoto da casa ao lado. Um geek de ciência besta que passou a vida à margem dos rinques de patinação. Com a irmã."

Que livro mais fofo! Por mais que a história seja mais uma história de romance, esse livro com certeza é um dos mais bem escritos e desenvolvidos que já li nesse tema. Por mais que seja um livro leve, ele passa ensinamentos importantes e mensagens bonitas.

A vida da Lola não é puro glitter. Pelo contrário, por trás da fachada que ela construiu de garota sempre alegre e colorida, existe uma vida de caos e problemas. E é quando Cricket retorna à sua vida que ela percebe todos esses erros escondidos – e tenta consertá-los. Lola é aquela adolescente que todas já fomos um dia, e que quando chega o momento certo, cresce e desabrocha para o mundo.

E falando no Cricket: que vontade de abraçar ele! Gente, teve horas que chegou a me dar uma dó desse menino. Ele passou a vida todo esperando a carreira da irmã decolar, e ainda espera o dia que ele poderá ser o centro das atenções e não só ela. Ele é muito paciente e atencioso com isso! Mesmo sem a Calliope merecer tanto, ele realmente a ama e mostra isso.

E quanto ao relacionamento, tanto de amizade quanto de amor, que ele tem com a Lola, é aquele clássico cheio de altos e baixos, encontros e desencontros, que te fazem suspirar e torcer muito pelo casal! (torcer muito pelo final feliz, assim como os pais da Lola, que aliás, para mim, foram os melhores personagens do livro!).

Todos os personagens desse livro tem uma carga de sentimentos e histórias diferentes, que agregam muito mais valor à história. O personagem que menos me agradou foi o Max, namorado da Lola. Por mais que ele fizesse algumas coisas fofas, ele era um babaca e eu fiquei o livro todo duvidando da estima dele, realmente, esse personagem não me desceu.

E para quem não sabe (oi, eu não sabia! Haha) Lola e o garoto da casa ao lado é o segundo livro de uma trilogia não interligada da Stephanie Perkins, os personagens de um livro aparecem no outro. Ou seja, não precisa ler o primeiro, para ler o segundo. No caso desse livro, a Anna e o St. Clair ~ que integram o núcleo do trabalho da Lola ~, são os protagonistas do primeiro livro e aparecem na história da Lola, dando uma continuidade para a outra obra. E o terceiro livro, que eu li e amei (e resenhei aqui) conta com a presença ilustre da Anna, do St. Clair, da Lola e do Cricket! E na época que eu li, eu não tinha ideia que esses quatro tinham seus livros. Enfim, deu para perceber que não precisa ler na ordem cronológica né? Mas eu aconselho que leiam todos, pois são muito bons! Agora, como comecei tudo ao contrário, pretendo ler o primeiro livro, Anna e o beijo francês!

E claro que eu super recomendo o livro! Quer uma leitura leve, envolvente e fofa? Aposte na história da Lola! Ela vai te surpreender!


Ótimo!  

"- Tudo bem, então. - Ele acena com a cabeça. - Se divirta. Não faça nada que eu não faria.
Eu ouço Andy enquanto estou saindo pela porta da frente:
- Querido, esse trato não funciona quando você é gay."







"- Às vezes, um erro não é um o quê. É um quem."



Me acompanhe nas redes sociais: facebook | instagram | skoob | twitter Küsse leute :)

20 comentários

  1. Oi, Ellen!
    Já tinha lido algumas resenhas sobre Lola e o garoto da casa ao lado e confesso que nunca me interessei por esse livro e nem pelos outros livros dessa série, acredito que seja porque não curto histórias onde os personagens principais são adolescentes que ainda estão se descobrindo na vida... Achei a Lola com seu gênio forte e seu modo de vestir um personagem intrigante, mas sinceramente eu não leiria Lola e o garoto da casa ao lado. Mas gostei da fotos, como sempre!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Amo a escrita da autora mas ainda não li esse livro, gostei da personalidade que ela deu a personagem principal deste e o casal que criou, que tenho certeza que vai me arrancar algumas risadas e suspiros, amei o fato da autora ter colocado como os pais de Lola um casal gay, acho que isso torna a obra bem rica, já esta na lista de desejados, amo uma história de romance leve e divertida

    ResponderExcluir
  3. Quando li já li pensando que seria bobinho e que surpresa! É muito bem escrito mesmo, de uma forma que quando você lê, mesmo tendo uma premissa clichê, não acaba sendo. Adorei a forma como a autora conduz a história e os personagens que são tão marcantes e inesquecíveis. Fofo demais *-*

    ResponderExcluir
  4. Sou doida pra ler esse livro, está na lista de leitura faz tempo, parece mesmo ser bem envolvente e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história, ainda esse ano eu leio.

    ResponderExcluir
  5. É um charme o cabelo roxo da Lola na capa.
    Sabia sim dessa 'trilogia,li o primeiro e tenho o último,mas falta esse,rs.
    Que bom que ele é bem desenvolvido!

    ResponderExcluir
  6. Eu ameeei esse livro! Também achei a história dele super fofa, e amei os personagens, só não gostei muito da Calliope e do Max... Mas achei o livro bem leve e gostoso de ler. Eu já li também o primeiro dessa série (que eu também amei), agora estou querendo ler o último *u*

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  7. Apesar dos bons comentários, ainda não li nada da Stephanie Perkins, mas já estão na listinha de futuras leituras. Gosto de histórias leves, engraçadas, fofas e isso é o que sempre se destaca nas resenhas.

    ResponderExcluir
  8. Mds, quero esse maracador!!! <3
    Eu adoro a escrita dessa autora, e eu tenho um caso de amor e ódio com esse livro. Dos três, acho que esse que eu menos gosto (acho que todo o meu coração pertence a Josh e Étienne <3). E concordo com você, o Max é um idiota. E também não gostei muito da Calliope :/
    Espero que você goste de Anna e o Beijo Francês <3

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro a autora, só li um livro dela, mas já amei a escrita da Stephanie Perkins haha
    Eu li Anna e o Beijo Francês e amei os personagens e o enredo, e tenho certeza de que você também vai gostar.
    Esse livro parece ser ótimo também, e acho que vou gostar da Lola também só por ser diferente da maioria das protagonistas... O livro já estava na minha listinha, só espero ler ele logo :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Ainda não conhecia esse livro e nem sua autora, como também é a primeira vez que vejo uma resenha dessa obra. Sua resenha me passou uma ótima ideia do livro, e a sinopse também é muito convidativa. Não é muito meu estilo de leitura, mas as vezes é bom relaxar com algo mais leve e com uma mensagem mais delicada. A capa também está muito fofa. Obrigada pela dica. Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Olá!!
    Que saudadinha que deu da Lola e do Cricket, e principalmente da Anna e do St.Clair! Stephanie Perkins é incrível! O primeiro que eu li foi Anna e o Beijo Francês. É simplesmente perfeito! Foi o livro que fez eu me apaixonar por leitura, lá em 2012, fiz até um blog, tava super empolgada e li demais naquele ano, tudo por causa de Stephanie Perkins, hahaha. Lembro até hoje quando esse livro chegou, fiquei cheirando e folheando cada página, hahaha Eu fiquei completamente apaixonada, é até hoje um dos meus livros favoritos. Aí quando fui ler Lola estava com a maior expectativa, e acho que esse foi o motivo pelo qual eu não gostei tanto de Lola quanto de Anna, fui com "muita sede ao pote" sabe?! É uma história super fofinha também, mas eu acho que eu estava esperando um pouco mais. E Isla eu ainda não li :( Mas quero muito, esta entre meus desejados faz um tempo!! <3

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Já tinha visto esse livro antes mas ainda não tinha parado para ver sobre o que era a historia e lendo a resenha esse livro me surpreendeu, não pensei que fosse gostar tanto mas os personagens me conquistaram principalmente o Cricket que parece ser um fofo e gostei do jeito que a autora coloca que cada personagem tem seus problemas e como eles tentam enfrentar, esse livro entrou para minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  13. Amei as fotos , amei a resenha e invejei esse marcador ! Só li Anna e o Bjo francês e amei , quero muito ler os outros dois ! altas expectativas !

    ResponderExcluir
  14. Tenho um pouco de conhecimento sobre o livro, pois tenho uma amiga que vive falando sobre ele. Kkk
    Adoro a personagem Dolores Nolan, justamente pelo fato de ela possuir uma personalidade forte e ao mesmo tempo, acho MUITO fofo o Cricket.
    E agora estou morrendo de vontade de emprestar o livro, e conhecer mais a história de ambos os personagens. <3

    ResponderExcluir
  15. OLá, Ellen! Tudo bem?

    ACredita que nunca li este livro porque não gostei da capa? Pois é, esses julgamentos bobos que leitores fazem às vezes.
    Agora lendo a resenha, percebi que pode ser o tipo de livro que gosto. Fofo, romântico, que diverte e emociona. Deu vontade de ler, obrigada pela dica ;)

    beijo

    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Já vi muitas resenhas positivas sobre esse livro, ele já esta na minha lista, parece ser o tipo de livro que nos envolve, até as pessoas que não têm o costume de ler livros do gênero.

    ResponderExcluir
  17. Li Lola há poucos dias, e gostei muito, porém não sei dizer qual dos dois livros gostei mais - Anna ou Lola. Achei a narrativa da Stephanie Perkins linda, o único ponto negativo do livro é que ele é previsível demais, mas isso não afetou muito. A capa é linda!

    ResponderExcluir
  18. Gostei bem mais de “Anna e O Beijo Francês”, acho que Paris ajuda muito. E tenho que admitir que saber o que aconteceu com Anna e St Clair é o que me fascinou no inicio. O livro de Lola é tão leve e gostoso de ler como anterior, mas não suficiente para transformar a minha paixonite pelo St. Clair.

    ResponderExcluir
  19. Não li esse livro ainda,mas li Anna e o Beijo Francês e adorei a narrativa, super leve e muito envolvente. Pretendo ler esse livro por causa da Anna e do St.Clair, amo muito esse casal.

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito de Anna e o Beijo Francês e mal posso esperar para ler Lola e o Garoto da Casa ao Lado. Vi muitos comentários positivos a respeito do livro e parece ser aquele tipo de livro para ser lido numa tarde, gostoso, leve e divertido. Acho que estou precisando de um pouco disso e vou gostar muito de ler o segundo livro da Perkins.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!