[#LONEY] Os personagens e o Loney - @intrinseca

quarta-feira, 20 de julho de 2016


Navegue pelo #Loney:
Sinopse | Personagens | Edições | Resenha


Vários personagens compõe o universo de Loney. Padres, católicos, jovens, adultos e até cachorros. Mas o principal personagem dessa obra é o propriamente dito Loney. Mas Ellen, afinal, o que/quem é Loney? Vou explicar: Loney é um lugar da costa da Inglaterra, onde o núcleo personagens vai todo ano - dessa vez com a missão de conseguir um milagre para um deles. O Loney é tão carregado de significâncias, características e segredos que chega a ser fácil de classificá-lo como personagem. No Loney, o grupo se hospeda em uma casa antiga, sombria e enigmática, chamada de Moorings.

O livro é narrado por Tonto, o personagem ~pessoa~ principal da trama. Tonto é um adolescente devoto da igreja, que sempre viveu para Deus e para proteger seu irmão mais velho, Hanny, que tem uma doença e nunca sequer conseguiu falar. Hanny é bobalhão, juvenil e inocente, e cabe a Tonto protegê-lo do mundo. A relação dos dois é de puro amor e cuidado. Tonto realmente se preocupa com o irmão, e mesmo ele sendo o mais novo, é ele quem toma conta de Hanny. E aparentemente, ele é o único que entende Hanny, tanto seus sentimentos quanto sua maneira de se comunicar. Os dois são filhos do casal Smith, religiosos até não poder mais, que amam a Deus e somente ele. A sra. Smith é extremamente devota e tudo na sua vida gira em torno da religião - e em torno da espera de um milagre divino, que vá curar Hanny de sua doença. O sr. Smith, embora devoto, não chega a ser extremista igual a mulher. Digamos que ele é um personagem meio nem fede nem cheira, ele é okay. há

Junto deles, outros dois casais viajam para Loney: o sr. e a sra. Belderboss,e a srta. Bunce seu noivo. A srta Bunce, desde o início, não queria ir para o Loney, mas acabou convencida pelo restante do grupo. Infeliz com a decisão, ela acaba se tornando um tormento na viagem - tudo para ela dá errado, coitada. O sr. e a sra. Belderboss são os mais sensatos de todos. Embora o casal tenha seus próprios problemas a resolver, eles se importam e ajudam em tudo que for possível durante a viagem.

O comandante da expedição ao Loney é o padre Bernard. O jovem novo padre da Igreja São Judas Tadeu, que assumiu o lugar do padre Wilfred, recém falecido e muito amado por todos. Bernard é mais jovem, bebe e não conhece as antigas tradições de Wilfred, e por isso, nem todos gostam dele - Tonto se tornou bastante próximo dele. Já Wilfred era um padre mais carrasco, que aparece na história em períodos passados, quando Tonto relembra dos seus dias como coroinha, junto com Paul e Henry.

Além do núcleo principal, ainda temos os moradores do Loney. Pessoas estranhas e reclusas, que guardam segredos e metem medo em qualquer pessoa. E eu não podia deixar de citar o Monro, o querido cachorro do padre Bernard.

Embora recheado de personagens - e todos enigmáticos! - Loney ainda é o foco principal. E durante toda a leitura eu me perguntava quem estava guardando qual segredo, e queria muito descobrir o propósito do Loney na história. (será que eu descobri?)



10 comentários

  1. Amei o nome do adolescente, Tonto. Ai ai. xD
    E essa coisa religiosa na história rende personagens bem interessantes. Quero ver o que vou achar desse pessoal todo ao ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tonto é o apelido dele, pequeno detalhe que esqueci de mencionar hihi
      Hanny também é apelido, de Andrew!

      E com certeza temas religiosos rendem livros no mínimo interessantes! :D

      Excluir
  2. Aff, poderia ter colocado nome mais legal, Tonto, deu um certo ar de bobagem que me deixou incomodada, mas tirando isso o restante ainda é uma icógnita para mim, adorei o nome do local, que me remete a lonely (sozinho) será que tem algo a ver? Aff agora não estou só curiosa, estou em desespero de leitura literária!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tonto é o apelido dele, pequeno detalhe que esqueci de mencionar hihi O Padre Bernard deu esse apelido para ele por... Não vou contar! Tem que ler o livro para saber!! hihi (ellen má!). Mas vai por mim, o fato do personagem ter esse apelido não influencia negativamente em nada! Ah, Hanny também é apelido, de Andrew!

      Sobre o nome "Loney", acredito que sim, tenha tido a intenção de se parecer com "Lonely" (inclusive eu chamo o livro sempre assim haha) :)

      Excluir
  3. Esse livro tem muito mistério e já acho, sem nem ter lido rs, que merece ser adaptado pro cinema, pois parece ter personagens muito interessantes, destaque pra Tonto (esse nome é mesmo estranho) e a relação com seu irmão mas velho (deve ter muito segredo nessa família). Fiquei curiosa ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem mistério sim! hehe
      Olha, acho que ele tem boas chances de ser adaptado sim, para um filme de terror psicológico! (quem sabe, né?)

      Excluir
  4. Estou doida pra ler esse livro! Já percebi que o livro realmente é recheado de personagens, e todos parecem ser bem construídos. E já fiquei super curiosa pra conhecer eles melhor *u*

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim! Tem bastante personagem!
      E uns beeem intrigantes!

      Excluir
  5. Nossa esses posts, estão me deixando ainda mais curiosa para ler o livro, ele é recheado de personagens, e todos enigmáticos, os quais eu estou super curiosa para conhecer um pouco, e que coisa termos Loney, que é um lugar, mas que podemos vê-lo como personagem, espero poder ler o livro em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tu goste da leitura!!
      E fico feliz de ter despertado essa curiosidade <3 hehe

      Excluir

Deixe seu Comentário!