[RESENHA] Um chapéu cheio de céu - Terry Pratchett - Bertrand Brasil

sexta-feira, 1 de julho de 2016

 
A pequena Tiffany Dolorida está de volta, dessa vez mais crescida e pronta para aprender de vez sobre bruxaria. Aos 11 anos, Tiffany deixa o Giz (sua cidade natal) e vai morar em outro vilarejo, sob a tutela da Srta. Plana, uma peculiar bruxa experiente, a fim de aprender mais sobre e magia, e muito importante: aprender a pilotar uma vassoura!

Nos dois anos que se passam entre as histórias, Tiffany aprendeu alguns truquezinhos novos, Rolland (o menino que vivia na terra das fadas) está cada vez mais próximo e os Nac Mac Feegles arranjaram uma nova Kelda. Mas algumas escolhas de Tiffany nesse meio tempo não foram muito boas...

E a menina acabe sendo perseguida por algo maligno durante sua viagem. Entre fantasmas e descobertas, bruxas e magos, a Dolorida entra em uma nova aventura - e conta, é claro, com a ajuda mais que especial dos Nac Mac Feegles nessa jornada.




O segundo livro da série Tiffany Dolorida (já viu a resenha do primeiro volume?) traz uma nova história, independente da outra, que possui início, meio e fim. E vocês não precisam ler o primeiro volume para pegar esse - embora eu aconselhe que leia os dois.

Como a protagonista já está mais crescida, outras temáticas foram abordadas. Amizades, meninos, escolhas, força e medos, principalmente. O humor que já estava no primeiro livro, continua aqui. E os Feegles estão mais queridos do que nunca! (eu queria ter uma mini aldeia de Feegles para mim...).

Particularmente achei Um chapéu cheio de céu melhor que Os pequenos homens livres. Aqui a história foi muito mais fluída, e eu não me perdi na leitura, como aconteceu em alguns pontos do primeiro. Além disso, teve um misticismo bem mais explorado. Pratchett continuou criando personagens incríveis e memoráveis, e sua criatividade para nomes não diminuiu (YAY!). É um mundo fantástico - e que agora tem fantasmas! - e merece ser lido e apreciado, principalmente, mas não só, pelos jovens.

Deixo vocês com a minha expressão favorita do livro:
AH, DIABOS!

E que venham os próximos livros!
(Sim, vou ler! Os Feegles me conquistaram muito)


Ótimo! 






Me acompanhe nas redes sociais: facebook | instagram | skoob | twitter Küsse leute :)

Esta postagem é válida para o TOP COMENTARISTA de julho!!

9 comentários

  1. Mesmo com essa passagem de tempo de dois anos eu continuou não me interessado por essa série, mas bem que poderiam levar os Feegles para as telonas, gostaria de vê-los em uma animação, acho que seria bem legal...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Os Feegles parecem encantadores e apesar desse não ser o tipo de leitura que tenho procurado no momento, a história deve ser bem interessante para quem curte o gênero. As fotos estão ótimas, gostei :)

    ResponderExcluir
  3. É muito bom quando a história da continuação cresce e faz tudo ficar ainda mais gostoso de ler. Quando a leitura é mais fluida e faz você devorar o livro. Parece que esse está bem melhor que o outro e faz a leitura ser muito mais prazerosa, com aqueles personagens cativantes e a história ganhando um rumo mais interessante. Acho que iria gostar muito desses livros.

    ResponderExcluir
  4. Oi, nunca tinha ouvido falar dessa série. Mas eu amei a história, e essa capa *-*. Não sou muito fã de historias de bruxas, mas por essa me interessei!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Oiiee, tudo bom?
    Estou vendo resenhas positivas sobre a série, estou super curiosa para ler, fico muito feliz que os livros possam ser lidos de forma independente e que bom que esse segundo volume te agradou mais que o primeiro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Já li umas duas resenhas a respeito dessa série, mas mesmo assim nada que me despertasse uma vontade genuína de ler. Acho que para se falar de magia eu acabo comparando imediatamente com Harry Potter (péssimo isso eu sei), e não fico muito entusiasmada. Mas acho que está na hora de eu mudar de ideia e dar uma chance...

    ResponderExcluir
  7. Eu conheci a série aqui no blog, e achei o enredo do primeiro livro bem interessante,mas confesso que fiquei com mais vontade de ler esse livro, pela história ser muito mais fluída. E gostei de saber que a história é independente. Já vou colocar o livro nos meus desejados :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Ellen :)
    Tô me sentindo meio perdida aqui, acredita que eu não conhecia nenhum dos dois livros?! :O
    Parece ser uma história bem encantadora, principalmente pra mim que adoro bruxas (velhas ou novas, rs). A capa está uma fofura! Já fiquei com vontade de ler, vou dar uma olhada na resenha do primeiro.
    Bj :*

    ResponderExcluir
  9. Já conhecia os livros e também já ouvi falar bem deles. Para mim a história não chamou muito a atenção, principalmente porque não curto muito esse tipo de gênero.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!