[RESENHA] AS ÉPICAS AVENTURAS DE LYDIA BENNET – KATE RORICK, RACHEL KILEY

sexta-feira, 30 de setembro de 2016





Título Original: The Epic Adventures Of Lydia Bennet
Tradutor:  Cláudia Mello Belhassof
EAN: 9788576864646
Páginas: 294
Formato: 16 X 23 X 1,6 Cm
Editora: Verus
Preço: R$ 34,90

Sinopse: Continuação de O diário secreto de Lizzie Bennet

Baseado na premiada série de web The Lizzie Bennet Diaries, este livro é estrelado por Lydia, a espevitada irmã de Lizzie, conforme ela encara as alegrias e os tropeços no caminho de se tornar adulta na era digital. Antes de Lizzie começar seu popular vlog, Lydia era apenas uma garota normal tramando maneiras de matar aula e criar a identidade falsa perfeita para entrar nas baladas. Talvez ela não tivesse muito foco, mas amava sua família e se divertia para valer. Até que o vlog de Lizzie transformou as irmãs Bennet em sensações da internet, e Lydia adorou virar o centro das atenções, conforme as pessoas assistiam, debatiam, postavam no Twitter, no Tumblr e em blogs sobre a vida dela. Mas então Lydia aprendeu que nem toda atenção é positiva... Depois que seu ex-namorado, George Wickham, aproveitou a fama recém adquirida de Lydia, traiu sua confiança e destruiu sua reputação, ela não é mais uma garota ingênua e despreocupada. Agora, Lydia terá de batalhar para reconquistar a confiança e o respeito de sua família e encontrar seu lugar no mundo. Este livro começa exatamente no ponto em que O diário secreto de Lizzie Bennet parou e oferece uma nova abordagem a Orgulho e preconceito. 
RESENHA...
Sou apaixonada por tudo que envolve Jane Austen, daquelas doidas que compraram várias edições do mesmo título, e mesmo não simpatizando muito de releituras de suas obras, porém sempre também leio, algumas eu adoro, outras nem tanto.

Mesmo receosa amei a leitura O Diário Secreto de Lizzie Bennet, e fiz o inverso, acabei vendo todos os episódios da websérie que originou o livro, realmente é divertido e uma visão diferenciada e moderna sem descaracterizar os personagens, os autores deram a narrativa do livro.

Depois de Lizzie Bennet quem teve sua websérie, foi Lydia Bennet, a irmã desmiolada de Lizzie, confesso que não assisti muito vídeos, mesmo que a atriz que representa Lydia deu uma repaginada mais simpática e aceitável de Lydia, mas uma antipatia de 25 anos, li pela primeira vez Orgulho e Preconceito com 15 anos (não vou facilitar para vocês saberem minha idade, rsrsrs) é complicado...

Mas decidi dar uma chance para Lydia, e também uma curiosidade de como está sendo a vida da personagem depois da traição de Mr. Wickham, ou melhor, George.  E em AS ÉPICAS AVENTURAS DE LYDIA BENNET, você descobre as peripécias e angústias da personagem para enfrentar o desconforto do escândalo, e deixar de ser uma estrela da internet...

O livro é bem mais emocional que o primeiro, Lydia tem que se reconstruir,  enfrentar os problemas, desapegar de certos hábitos, e tentar amadurecer, apesar de Jane Austen ter descrito a personagem de Lydia secundariamente em Orgulho e Preconceito original, as autoras  conseguiram captar a essência de sua personalidade.

A narrativa é simples, nada irreal, Lydia representa as jovens atuais, muitas vezes se expõem em excesso, através das redes sociais, porém não conseguem delimitar até onde podem compartilhar sua intimidade,  ao mesmo tempo que ser reconhecida é estimulante para sua estima pessoal, mas quando algo dá errado,  gera uma destruição pessoal.

Lydia, tem que enfrentar uma vida de responsabilidades, que antes ela não ligava, mesmo ainda tropeçando e se magoando no decorrer da narrativa, ela mostra um conflito, até onde ela quer mudar, e se necessário essa mudança, ou seja, o leitor acompanha o crescimento pessoal de Lydia.

Nesse momento da resenha eu iria criticar a narrativa em alguns momentos, iria escrever que às vezes  parecia que a narrativa não saia do lugar, em outros momentos a narrativa fluía melhor, mas me dei conta agora do motivo, era Lydia. A personalidade da protagonista deu o ritmo na narrativa...

Quando a protagonista passava por uma fase madura e equilibrada, realmente a leitura ficava desinteressante, agora quando Lydia, mesmo internamente, porque realmente se ela expressasse tudo que pensa, acho que psicóloga iria diagnosticar, “caso perdido”, mas quando a velha Lydia mesmo sem tanta intensidade, era diversão garantida. As tiradas da personagem, as comparações estrambólicas, me fizeram chorar de rir.

Mesmo com uma premissa simples e, o livro é interessante, e realmente a personagem de Lydia, ganha vida através das páginas, praticamente é como uma amiga maluque-te tentando se encontrar... é divertido, porém sem aquele romance de O Diário Secreto de Lizzie Bennet, e com momentos de tristeza e alegrias como todas as histórias de superação.
 
Realmente o livro me surpreendeu, devido minha antipatia crônica pela personagem do livro original, mas em AS ÉPICAS AVENTURAS DE LYDIA BENNET, mudou minha visão de Lydia, instigou minha curiosidade para  voltar assistir a série online,  e quem sabe reler Orgulho e Preconceito, porque Lydia sendo Lydia é muito divertido.

6 comentários

  1. Oi, Ellen!!
    Ainda não li nenhum dos livros. Já li algumas resenhas sobre O diário secreto de Lizzie Bennet mais não li, e agora lendo a sua resenha e que descobri que tem uma continuação só que agora com sua irmã. Parece ser um livro com uma história muito interessante, obrigada pela indicação.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Faz um tempo que vejo falando da tal série da internet e quando o livro saiu achei interessante. Mas está dando vontade de ler é agora com esse segundo. Parece ser bem legal e até é possível mudar de ideia quanto a personagem original! xD
    Ou não.
    Mas queria arrumar um tempo pra assistir antes de ler. Acho que fica mais legal. É uma boa dica pra quem é fã dessa autora maravilhosa, nem que seja pra ter uma ideia nova dos personagens mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Patrícia!
    Confesso que a trama de As Épicas aventuras de Lydia Bennet não me interessou, acho que é porque não há aquele romance presente em O Diário Secreto de Lizzie Bennet, leio de tudo mas sempre de olho no romance da história e pelo que eu pude perceber através da sua resenha o foco desse livro é sobre o amadurecimento da Lydia, algo que não despertou minha curiosidade...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Achei a indicação muito interessante. Não li nenhum dos livros, mas gostaria. Para ser sincera, ainda não li Orgulho e Preconceito, mas espero ler em breve. Ótima resenha. Obrigada pela indicação. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Patricia, Orgulho e Preconceito é um clássico e apesar de gostar da história original essa releitura não me pegou, até tentei com o primeiro livro, mas ainda não consegui lê-lo, sempre que tento paro. Contudo acho a capa e a ideia dos videos bem legais e já até vi alguns da Lizzie ;)

    ResponderExcluir
  6. Patrícia!
    Gosto também de tudo da Jane Austin e mesmo sem ter lido o primeiro livro, fiquei com uma vontade de ler esse.
    Toda releitura de clássicos é bem vinda.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!