[RESENHA] No Limite do Desejo - Katie McGarry - @Verus_Editora

sábado, 3 de setembro de 2016

NO LIMITE DO DESEJO
Katie McGarry
Verus Editora
Nro. de Páginas: 350
Compre AQUI!!
Sinopse: Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la — lutar por ela — é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.
Adorei a leitura!!

Pensem em mais um livro lindo e delicioso da Katie McGarry... mais uma vez fui envolvida, encantada e estou completamente apaixonada por esta leitura! No Limite do Desejo é mais um dos meus queridinhos e olha que eu nem ia muito com a cara do West antes!!

Mais uma vez Katie me desarmou com suas palavras e seu toque especial para contar uma história excelente. A Série No Limite é uma das minhas favoritas quando se trata de New Adults e embora tenha tropeçado um pouco no 2º livro, este 4º volume veio para consolidar a qualidade da escrita da autora!

Adoro o estilo de narrativa desta série que vai alternando em 1ª pessoa as visões das mocinhas e dos mocinhos, assim, vamos acompanhando o livro sobre os dois pontos de vista. Adoro, saber sempre o quê os dois lados estão vivenciando.
Na minha opinião, todas as autoras deveriam adotar este estilo de narrativa quando se trata de um romance.

Haley é uma garota desolada. Sua família perdeu tudo, inclusive sua dignidade.
Após um termino muito traumático com Matt, seu antigo namorado, ela luta diariamente para manter sua família unida, abrigada, mas sobre tudo protegida. Custe o que custar, mas o problema é que o preço é alto e além de sua determinação, Haley não se permite contar com a ajuda de ninguém. Até West aparecer.

West é mimado, impulsivo, briguento, toma decisões erradas no calor do momento e agora está sofrendo muito com a culpa por seus erros e a condição delicada em que se encontra sua irmã Rachel.
Mesmo sendo leal e protetor, West nem sempre consegue enxergar as coisas com clareza e suas péssimas decisões, assim como sua agressividade como forma de entorpecer a dor, acabam lhe rendendo uma expulsão da escola, de sua casa e da vida privilegiada, mas vazia a qual estava habituado.
Haley solta minha mão, e eu solto a dela, descansando a mão sobre a perna. Achei que me sentia sozinho e isolado quando tentei dormir no escuro do carro, mas o frio que me envolveu quando ela soltou minha mão indica que eu nem imaginava o que era solidão.
No Limite do Desejo - pág 91
Os mundos de Haley e West colidem e se fundem. Uma atração irresistível e uma amizade improvável os une e a compreensão das piores situações que os dois já tiveram ou estão tendo que enfrentar forja um elo inquebrável entre seus corações. Tudo na vida é questão de escolhas. É chegado o momento de aprender com as erradas, repensar as atuais, mas sobre tudo, não abrir mão das escolhas futuras.
- Sei como é sentir medo. Duvidar de que alguma coisa vai voltar a ser normal. A impotência, a tristeza que entra pelos poros quando você não sabe o que é ter uma casa, o que significa ter um lar. Posso estar embaixo do teto de alguém, mas isso não é um lar.
No Limite do Desejo - pág. 150
Como já disse antes, sou completamente apaixonada por esta série e com No Limite do Desejo não foi diferente.

Mesmo achando West marrento e cabeça dura demais, não tive como não cair de amores por sua doçura e coragem.

Haley já me conquistou de cara com sua fibra e determinação. Fiquei tocada com as situações vivenciadas por ela e sua família e achei que Katie foi muito sensível na abordagem do tema sobre dificuldades financeiras pelas quais infelizmente muitas pessoas passam e acabam perdendo tudo, inclusive seus sonhos e dignidade.
Como se West percebesse o segredo que escondo: posso quebrar, se é que já não estou quebrada.
No Limite do Desejo - pág. 150
No Limite do Desejo é muito mais do que um romance. Fala sobre família e suas dificuldades, que mesmo das mais ricas às mais pobres os problemas podem ser tão diferentes, mas ao mesmo tempo com os mesmos impactos, principalmente sobre os filhos.

Katie abordou muita coisa como a sobrevivência, resiliência e coragem para enfrentar as situações mais difíceis.
A autora também nos dá uma aula de compaixão, mas sobre tudo sobre ajudar ao próximo ou saber o momento de pedir ou aceitar ser ajudado.
Foi muito legal ver Abby e seu jeitão de fada madrinha mafiosa fazendo o bem, sem olhar a quem, mesmo que fosse de um jeito até então meio incompreensível ou distorcido para os demais personagens e muitas vezes até mesmo para nós leitores.

Todos os personagens de Katie McGarry são profundos e com personalidades tão desafiadoras que fica impossível não nos sentirmos ligados à eles do início ao fim do livro.
Terminei a leitura com aquele gostinho de quero mais! Embora ache que o desfecho poderia ter sido um pouquinho melhor trabalhado, pois ao meu ver a autora acabou simplificando um pouquinho de mais algumas situações ou fatos, mesmo assim o livro estará para sempre no meu coração.

Não vejo a hora de ler o próximo volume que ao que tudo indica abordará Abby e Logan!
Leitura mais do que recomendada para os fãs de New Adults que buscam histórias lindas, realistas, mas que ainda assim conseguem encantar e inspirar o leitor de forma muito positiva.

Conheça a série completa no site de Katie McGarry!!


15 comentários

  1. Oi Scheila, eu li o primeiro volume dessa série e apesar de ter gostado muito ainda não dei continuidade a leitura e vou ter que mudar isso. Esse livro parece ser conter uma história de superação e amor que vale a pena ser lido e concordo contigo que todas as autoras e autores deveriam escrever sempre os dois lados da história, acho até estranho quando pego um livro que só tem uma perspectiva rs. O último quote é lindo, me pegou de jeito e vou ter que correr atrás de ler os outros livros pra chegar nesse ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Scheila!!
    Gostei da resenha já tinha lido outras resenhas sobre essa série mais infelizmente ainda não li nenhum. Espero conseguir comprar o primeiro livro ainda esse mês para finalmente começar essa leitura que parece ser muito interessante!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Não gosto de livros com narração em primeira pessoa apenas do ponto de vista de um dos protagonistas, eu fico super curiosa para saber o que se passa na cabeça do outro protagonista, por isso concordo completamente com você, os romances deveriam ser alternando em 1ª pessoa nas visões das mocinhas e dos mocinhos...
    Em relação a No limite do desejo, não sou muito fã de New Adults, são poucos que acabam me interessando e me faz me aventurar a ler, o que não foi o caso de No limite do desejo, sua trama não despertou meu interesse... por isso esse é um livro que eu não leria...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não i nenhum livro da série ainda, e fiquei bastante interessada na estória. Gosto bastante de livros que abordam vários temas e não ficam simplesmente focados em uma coisa só. Apesar de ser um romance, como você disse ele fala sobre diversos temas e isso é o que me chama mais a atenção. Sua resenha ficou muito boa, você descreve vários elementos o livro. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Essa autora sabe fazer uma boa história, não é? Me apaixonei pelo primeiro, comi o segundo, comi o terceiro e cai de amores pelo quarto. Agora quero ver como esse é. Parece ser bem legal também e o que acho bacana nos livros dela é que não tem mimimi, são dramas reais, situações realmente difíceis e coisas que você consegue enxergar aquela garotada passando. É envolvente e super gostoso de ler.
    E nossa, só sabia de mais um da série além desse. Já tem isso tudo?! Tomara que lancem aqui rapidinho!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nenhum livro dessa série, estou doida pra ler esse livro, curto muito esse gênero, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa série.

    ResponderExcluir
  7. Eu também amo essa série! Amei os primeiros livros, e tenho certeza de que vou amar esse também. Acho que vou gostar bastante dos personagens, mesmo o West sendo meio cabeça dura hahah
    A história parece ser perfeita, e já quero ler também o livro Red at Night (que eu nem sabia que existia hahaha)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. No início da sua resenha fiquei meio confusa se o livro era ou não parte de uma série, e quando cheguei ao final fiquei pensando "meu deus, é enorme". E aí já desisti de ler. Além disso, já não sou muito chegada em narrativas em primeira pessoa, pior ainda quando alterna entre os personagens, geralmente fico irritada com ambos e a leitura não é muito bem aproveitada. De qualquer forma, fiquei bem interessada ao saber que não se trata apenas de um romance, e sim muito mais que isso.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nada da Katie, mas estou sempre lendo resenhas. Acho difícil pegar uma série em andamento quando ela é composta por muitos livros... é o famoso "pegar o bonde andando" hahahahahaha
    Mas uma histórias com as perspectivas dos personagens principais, pra mim, é fundamental. Preciso saber o que os envolvidos estão pensando em sentindo.

    ResponderExcluir
  10. Apesar de não curti muito o gênero, achei legal a história. Não sei se leria algum dia, mas quem sabe...

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Eu gosto de livros com essa premissa, apesar de ser bem clichê de fato fiquei bem curiosa para conferir, mas acho que momento essa não seria uma leitura que funcionaria para mim, quem sabe em outro momento.
    Boa tarde.

    ResponderExcluir
  12. Eu li os dois primeiros livros dessa série, e gostei muito dos livros! Esse livro parece ser ótimo! Eu gosto bastante dos temas abordados pela autora, e pelo jeito nesse livro ela surpreendeu de novo. Sem contar que os personagens realmente são apaixonantes. Só é uma pena que o final não tenha sido muito bom...
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  13. eu ando meio decepcionada com NA/YA; sem falar nesse que pelo jeito a série é enorme
    mas acho legal quando a narrativa alterna entre os dois personagens
    e achei bem legal que a mocinha é uma mulher de fibra
    acho que vou dar uma chance para a série

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Gostei muito da resenha, tenho um livro da autora, o segundo publicado, mas ainda não li, mas pretendo ler em breve,fico feliz que a autora, cria personagens fortes e que nos cativam.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Não é muito meu estilo de leitura, mas talvez um dia venha conferir o enredo desse livro. Sua resenha está muito bem elaborada e motivadora a leitura. Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir

Deixe seu Comentário!