[BLOG TOUR] The Gravity of Us - Brittiny C, Cherry

segunda-feira, 17 de abril de 2017



SBPRBanner-TGOU-BT.jpg

The Gravity of Us, an all-new gripping and emotional standalone from Brittainy C. Cherry is available now!

The Gravity of Us by Brittainy C. Cherry

Release Date: April 13th, 2017 Genre: Contemporary Romance

Cover Designer: Quirkybird Designs

gravity-ebook
Graham Russell and I weren’t made for one another.
I was driven by emotion; he was apathetic. I dreamed while he lived in nightmares. I cried when he had no tears to shed.
Despite his frozen heart and my readiness to run, we sometimes shared seconds. Seconds when our eyes locked and we saw each other’s secrets. Seconds when his lips tasted my fears, and I breathed in his pains. Seconds when we both imagined what it would be like to love one another.
Those seconds left us floating, but when reality knocked us sideways, gravity forced us to descend.
Graham Russell wasn’t a man who knew how to love, and I wasn’t a woman who knew how to either. Yet if I had the chance to fall again, I’d fall with him forever.
Even if we were destined to crash against solid ground.

Graham Russell e eu não fomos feitos um para o outro.
Fui impulsionado pela emoção; Ele estava apático. Sonhei enquanto ele vivia em pesadelos. Eu chorei quando ele não teve lágrimas para derramar.
Apesar de seu coração congelado e minha prontidão para correr, às vezes compartilhamos segundos. Segundos quando nossos olhos se fecharam e nós vimos os segredos um do outro. Segundos quando seus lábios provaram meus medos, e eu respirei em suas dores. Segundos quando nós dois imaginamos como seria amar um ao outro.
Esses segundos nos deixaram flutuando, mas quando a realidade nos derrubou de lado, a gravidade nos forçou a descer.
Graham Russell não era um homem que soubesse amar, e eu não era uma mulher que soubesse como. No entanto, se eu tivesse a chance de cair novamente, eu iria cair com ele para sempre.
Mesmo que estivéssemos destinados a bater contra um terreno sólido.

Excerpt:

Lucy
We didn’t know how to act with one another after our first kiss. Our situation wasn’t the norm when it came to building a relationship. We did everything backward. I fell in love with a boy before our first kiss, and he fell for a girl who he wasn’t allowed to have. Our connection, our heartbeats, matched one another in our fairytale world, but in reality, society deemed us as an awful accident. Maybe we were an accident—a mistake. Maybe we were never supposed to cross each other’s paths. Maybe he was only meant to be a lesson in life and not a permanent mark. But still, the way he kissed me… Our kiss was as if heaven and hell collided together, and each choice was right and wrong at the same exact time. We kissed as if we were making a mistake and the best decision all at once. His lips made me float higher, yet somehow descend. His breaths somehow made my heart beat faster as it came to a complete halt. Our love was everything good and bad wrapped in one kiss. A part of me knew I should’ve regretted it, but the way his lips warmed up the cold shadows of my soul…the way he left his mark on me… I’d never regret finding him, holding him, even if we only had those few seconds as one. He’d always be worth those tiny seconds we shared. He’d always be worth that soul-connecting feeling we created when our lips touched. He’d always be the one I spent my nights dreaming of being near. He’d always be worth it to me. Sometimes when your heart wanted a full-length novel, the world only gave you a novella, and sometimes when you wanted forever you only had those few seconds of now. And all I could do, all anyone could ever do, was make each moment count. After we went home that night, we didn’t talk about it at all. Not the following week, either. I focused on Talon. Graham worked on his novel. I believed both of us were waiting for the right time to come up for us to speak about it, but that was the tricky thing about timing: it was never right. Sometimes you just had to leap and hope you didn’t fall.
Nós não sabíamos como agir um com o outro depois do nosso primeiro beijo. Nossa situação não era a norma quando se tratava de construir um relacionamento. Fizemos tudo ao contrário. Eu me apaixonei por um garoto antes de nosso primeiro beijo, e ele se apaixonou por uma garota que ele não tinha permissão para ter. Nossa conexão, nossos batimentos cardíacos, combinaram um ao outro em nosso mundo de conto de fadas, mas na realidade, a sociedade nos considerou como um terrível acidente. Talvez nós éramos um acidente - um erro. Talvez nunca devêssemos cruzar os caminhos um do outro. Talvez ele só fosse ser uma lição de vida e não uma marca permanente. Mas ainda assim, a maneira como ele me beijou ... Nosso beijo foi como se o céu e o inferno colidissem juntos, e cada escolha estava certa e errada na mesma hora exata. Nós nos beijamos como se estivéssemos cometendo um erro e a melhor decisão de uma só vez. Seus lábios me fizeram flutuar mais alto, mas de alguma forma descer. Suas respirações de algum modo fizeram meu coração bater mais rápido como ele veio a uma parada completa. Nosso amor era tudo bom e ruim embrulhado em um beijo. Uma parte de mim sabia que eu devia ter me arrependido, mas a maneira como seus lábios aqueceram as sombras frias de minha alma ... a maneira que ele deixou sua marca em mim ... Eu nunca lamentaria encontrá-lo, prendendo-o, mesmo que nós apenas tínhamos aqueles poucos segundos como um. Ele sempre valeria a pena, aqueles pequenos segundos que compartilhamos. Ele sempre valeria esse sentimento de conexão com a alma que criamos quando nossos lábios tocaram. Ele sempre seria o único que passei minhas noites sonhando em estar perto. Ele sempre valeria a pena para mim. Às vezes, quando seu coração queria um romance de corpo inteiro, o mundo só lhe dava uma novela, e às vezes quando você queria para sempre você só tinha aqueles poucos segundos de agora. E tudo o que eu podia fazer, tudo o que alguém poderia fazer, era fazer cada momento contar. Depois que fomos para casa naquela noite, nós não falamos sobre isso. Nem na semana seguinte, tampouco. Eu me concentrei em Talon. Graham trabalhou em seu romance. Eu acreditava que nós dois estávamos esperando o momento certo para vir para nós para falar sobre isso, mas que era a coisa complicada sobre timing: nunca foi certo. Às vezes você apenas teve que pular e esperar que você não caiu.

  TGOU-AN

Read Today!

Add to GoodReads: https://goo.gl/2UgSH7
SBPR-BCC-TGOU-Teaser3
Eu era a menina que sentia tudo. E naquele momento, todo o meu mundo começou a desmoronar.

Start the Series of Standalones Today!

(Free in Kindle Unlimited)

The Air He Breathes

The Fire Between High and Low

The Silent Waters

About the Author: Hi! I'm Brittainy! Join me as we travel through my mind as a Romance Author. This includes such things as my random thoughts, tricks, tips, things I'm learning, things I'm re-learning, things I'm forgetting, and my weird ways of crafting stories. Connect with Brittainy: Facebook: https://www.facebook.com/BrittainyCherryAuthor/ Twitter: @BrittainyCherry Stay up to date with Brittainy by signing up for her newsletter: https://goo.gl/VOg4l8 https://brittainycherry.wordpress.com

E enquanto The Silent Waters e The Gravity of Us ainda não chegam ao Brasil pela Record, não deixem de se apaixonar e se emocionar com Tristan e Logan que já estão à venda em todas as livrarias.
 

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!