[SEMANA ESPECIAL] PIANO VERMELHO - JOSH MALERMAN - @intrinseca

quarta-feira, 27 de setembro de 2017


Oi genteeeee!!! Esta semana estamos dando um enfoque especial na obra de Josh Malerman e seu novo livro, Piano Vermelho.

E hoje iremos trazer um pouco do contexto de suas obras, semelhanças e diferenças entre elas, assim como o arrebatamento criativo da narrativa de Malerman que acabam criando uma experiência tão singular assim para seus leitores.

ARE YOU READY??

Bom, como vocês já devem ter percebido pelas resenhas, durante a leitura dos dois livros de Josh, o que mais nos atraiu na narrativa foi o percurso e não realmente o desfecho, visto que parece que esta é uma das marcas deste autor. Os finais acabam ficando muito em aberto para o meu gosto e isso com certeza nos tira muito da zona de conforto durante a leitura. 

Porque sério, eu terminei os dois livros com aquele sentimento de WTH!!


Josh promoveu um verdadeiro bombardeiro de sentidos tanto em Caixa de Pássaros, quanto em Piano Vermelho.

Durante Caixa de Pássaros, embarcamos em uma viagem completamente às cegas em busca de sobrevivência.
A agonia dos personagem que não podem em hipótese alguma ver o que há lá fora é realmente contagiante e acabamos ficando tão desesperados quanto eles.


No desespero, uma mãe encara uma verdadeira odisseia confiando apenas na audição de seus filhos pequenos, conficionados desde cedo e com seus sentidos muito desenvolvidos.

Mas o que era a salvação no em Caixa de Pássaros, é a perdição em Piano Vermelho.

Josh durante os dois livros vai criando um suspense crescente onde consegue nos fazer duvidar até das situações mais corriqueiras, conseguem me entender?


E são tantas hipóteses que acabamos conjecturando. Tantos nortes para qual a trama vai apontando, que mais uma vez a forma com que tudo se desenrola e a apreensão construída são a fórmula secreta para a popularidade deste autor entre seus leitores.

Amanhã falarei um pouquinho sobre os personagens tão intrigantes deste autor. Fiquem ligados!

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!