[RESENHA] IRMÃOS DE SANGUE (TRILOGIA A SINA DO SETE #1) - NORA ROBERTS

domingo, 4 de março de 2018


Título original: Blood Brothers
Tradução: Maria Clara de Biase
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 288
Peso: 0.44 kg
Acabamento: brochura
ISBN: 9788580416787
EAN: 9788580416787

Sinopse: Nora Roberts já vendeu 500 milhões de livros no mundo.
“Como qualquer livro escrito por Nora Roberts, este é fantástico. Nora cria uma paisagem pitoresca e sombria.” –The Best Reviews
A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.
Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.
Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa,
Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.
Em Irmãos de sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal.

Resenha...


Irmãos de Sangue, o primeiro livro da Trilogia Sina do Sete, da diva Nora Roberts. Onde a autora retorna com suas tramas que envolvem magia e romance na medida certa. Sou uma leitora apaixonada por Nora, e essa combinação  ela desenvolve com maestria.
E já característico da autora nos primeiros livros de trilogias que abordam esses temas, ela apresenta ao leitor os pontos e as características dos personagens que virão no decorrer da trilogia.

O contexto da trilogia se baseia numa maldição que ocorre a cada 7 anos desde que três garotos de 10 anos foram comemorar seus aniversários próximos a uma amaldiçoada pedra na floresta de Hawkins Hollow. Cal, Fox e Caleb são amigos desde sempre, já que todos nasceram no mesmo dia, por isso tiveram a ideia de fazer um ritual de sangue para selar a amizade, mas em vez de ser um ato simbólico, acabam libertando um demônio, que a cada sete anos atormenta a cidade, ocasionando uma onda de violência, como estupros, suicídios, assassinatos entre os moradores da cidade, pessoas pacatas se tornam violentas por influência do demônio.

Os três meninos, desde aquela época adquiriram poderes paranormais, um enxerga fatos do passado, outro consegue ler os pensamentos das pessoas, e o outro prevê o futuro. E lutam contra o demônio no período da maldição.
E mesmo após 21 anos eles não conseguem encontrar uma solução, agora homens não conseguem viver fora da cidade devido a responsabilidade de ajudar as pessoas a superaram esses períodos. Porém eles estão em busca de uma solução, e talvez ganhem uma ajuda extra...


Quinn Black uma escritora especializada em livros sobre fenômenos sobrenaturais, chega à cidade interessada em conhecer sobre a maldição. Quinn é uma personagem vibrante, personalidade forte e uma lutadora contra a balança opressora, rsrsrsrs. O leitor se diverte com o dilema da personagem no que pode ou não comer, segundo ela todo o excesso vai para o bumbum. 
rsrsrs

Ao conhecer Caleb Hawkins, um dos três, acontece uma forte ligação que vai além do tempo, e juntos irão descobrir que o destino os uniu, e o que trouxe Quinn foi mais que uma simples pesquisa, juntamente com Fox e Caleb, além da chegada de mais duas mulheres, irão tentar combater e talvez acabar com a maldição.


Apesar de Caleb ser um dos protagonistas deste livro, mas foi Quinn que construiu o grupo, o deixou forte, com uma sensibilidade e perspicácia ela começou realmente a investigação sobre os verdadeiros motivos para despertar do demônio. Será que foi uma infeliz coincidência ou o que os três meninos fizeram há 21 anos, já estava planejado para acontecer.

E o livro nos apresenta mais duas personagens, Layla uma nova iorquina que está tendo dificuldades de aceitar o que está acontecendo, e Cybil amiga de Quinn, que não tem problema nenhuma em acreditar no sobrenatural, pelo contrário, tem um estilo bastante peculiar, meio cigana e curandeira será de grande ajuda para desvendar certo mistérios. 


Sendo o primeiro livro, apenas tem várias interrogações e poucas soluções, mas mostra uma trama bastante promissora e sombria, já li várias obras de Nora Roberts, mas pelo que li neste livro, a Nora descreve cenas assustadoras e de um suspense incrível, claro que nada tão profundo, já que falamos de Nora.

Ao mesmo tempo o romance do casal protagonista, e os personagens continuam com a marca Nora de qualidade. Mocinhas corajosas e destemidas, e homens a altura das heroínas. A autora tem essa característica nos seus personagens, uma sintonia e equilíbrio, mesmo quando alguns apresentam traumas graves, dificilmente verás um sobrepor o outro, na verdade um irá complementar o outro. 

E vamos para segundo livro... resenha no blog

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!