[CINEMA] SOL DA MEIA NOITE

quarta-feira, 13 de junho de 2018

“Sol da Meia-Noite”, dirigido por Scott Speer, conta a história de Katie (Bella Thorne), uma garota de 17 anos que vive sua vida inteira trancada dentro de casa, por conta de uma doença rara que não permite que ela entre em contato com a luz do Sol. Com exceção de seu pai viúvo Jack (Rob Riggle) e sua única amiga Morgan (Quinn Shephard), Katie não se relaciona com mais ninguém. Ela passa seus dias sozinha compondo músicas no violão e olhando o mundo pela janela do seu quarto.

Com o anoitecer, ela pode se aventurar com segurança e frequenta a estação de trem onde toca para os passageiros. Uma noite, Charlie (Patrick Schwarzenegger) passa pelo local, ouve a música que Katie está tocando e a segue até a plataforma. Quando o caminho dos dois se cruza, o amor floresce e tudo muda em suas vidas. 

"Sol da Meia-Noite" estreia nos cinemas brasileiros em 14 de junho, com distribuição da Diamond Films.

Como um típico romance adolescente, Sol da meia-noite apresenta Katie (Bella Thorne) uma garota de 17 anos que possui uma rara doença que a faz ter alergia a luz solar. Essa doença é chamada Xeroderma Pigmentosa, onde é apelidada como “XP”. Por conta disso a garota é obrigada a evitar por completo a exposição à luz solar, passando sua vida toda dentro de casa. 

Katie dorme durante o dia e fica acordada a noite compondo músicas no violão além de receber visitas da sua única amiga Morgan (Quinn Shephard). 

Quando Katie se apresenta em uma estação de trem para os passageiros, Charlie acaba ouvindo a garota e fica encantado com sua musica. Assim toma a decisão de conhecê-la. 

Um romance de verão é a melhor definição do filme, Bella Thorne tentou, mas Quinn Shephard e Patrick Schwarzenegger roubaram a cena e encantaram. 

Acredito que o diretor Scott Speer poderia ter explorado mais a questão das dificuldades de ser uma adolescente doente, pois acaba passando a sensação de que tudo é aceitável, o que acaba tornando fraco tanto o roteio como a trilha sonora, pois acabaram ficando clichês. O final é surpreendente e rolou algumas lágrimas. Então se você gosta de um romance, Sol da Meia-Noite vai ser perfeito. É um filme muito fofo e com certeza vai fazer você se divertir e suspirar em diversos momentos durante o filme.






Crítica por Natália Amengual

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!