Contra todas as probabilidades do amor - Rebekah Crane - Faro Editorial

sábado, 30 de junho de 2018




Zander é uma menina normal: aluna inteligente, atleta dedicada, namorada do jogador de futebol do colégio. Ela foi mandada ao Acampamento Pádua por seus pais. O acampamento é um refúgio de verão para jovens com problemas reais, que precisam de ajuda psicológica e apoio para superar seus diversos traumas. Mas se Zander é normal e saudável, por que ela está lá? A garota esconde algo em seu casulo emocional, algo que nem ela entende direito – muito menos admite ao outros.

Mesmo um pouco contrariada, Zander se adapta ao lugar e desenvolve uma amizade com outros três jovens: Cassie, Grover e Alex. Os quatro não tem nada em comum, ao mesmo tempo que tem tudo em comum. Parece contraditório, mas acredite, isso é possível. Personalidades distintas, vidas completamente diferentes, mas sentimentos, medos e angustias os unem como nunca. Juntos eles aprendem sobre amor, autoconhecimento e principalmente sobre amizade. 

Não é só o acampamento que irá ajuda-los. Uma Zander mais forte para enfrentar a vida e com amigos de verdade irá voltar para casa.




À primeira vista eu julguei o livro pela capa e pelo título, sem nem ler o resumo, e achei que seria uma história de amor mamão com açúcar – bem daquelas que eu amo. Me surpreendi ao ler um livro sobre autoconhecimento e amizade verdadeira. Totalmente diferente do que eu esperava, mas que me fez tão bem no final, que preciso compartilhar isso.

O livro traz Zander, uma adolescente aparentemente com uma vida boa, que é enviada ao acampamento sem entender o porquê. Ao longo do livro vamos descobrindo seus segredos, assim como de outros campistas, alguns com mais detalhes e outros nem tanto. Os adolescentes aqui têm problemas diversos (anorexia, tendência suicida, mentirosos compulsivos, etc), mas todos têm algo em comum: eles precisam de ajuda. E não só de ajuda psicológica, mas ajuda de amigos e familiares, de alguém que veja o que eles estão passando e os ajude, que os apoie (e isso não se aplica somente a adolescentes problemáticos, todos estamos sujeitos e esse tipo de ajuda, portando, fica o alerta a todos!!!). Nesse caso, os maiores apoiadores aqui são eles mesmos, através da amizade que desenvolveram entre si.

No começo parece meio caótica e até um pouco forçada a história. Mas isso logo muda, e a história se torna algo real e palpável. A história começa a se encaixar e revelar seus segredos, mostrando ao que veio: mostrar o poder da amizade. Em certos pontos, a autora aborda temas tensos (como suicídio), mas ela o faz de uma forma leve e entendível, de uma forma que conscientiza o leitor.

Não, não é um livro de autoajuda. E certamente não é um livro para se ler em um dia. É um livro sobre um verão inesquecível, onde jovens aprendem que a vida vale a pena, que eles podem crescer. É um livro para apreciar a leitura e extrair o máximo de conhecimento, de forma leve e agradável. 


 

Boa Leitura




Contra todas as probabilidades do amor | Rebekah Crane
ISBN: 9788595810105 | Ano: 2018 | Páginas: 240 | Editora: Faro Editorial | Adaptação cinematográfica: Não






 Me acompanhe nas redes sociais: facebook | instagram | skoob | twitter

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!