[RESENHA] Pequenos Incêndios por Toda a Parte - Celeste Ng - @intrinseca

terça-feira, 26 de junho de 2018

Pequenos incêndios por toda a parte
Autora: Celeste Ng
Editora: Intrínseca
I.S.B.N.: 8551003127
Páginas: 416

Sinopse: Um encontro entre duas famílias completamente diferentes vai afetar a vida de todos.
Em Shaker Heights tudo é planejado: da localização das escolas à cor usada na pintura das casas. E ninguém se identifica mais com esse espírito organizado do que Elena Richardson.
Mia Warren, uma artista solteira e enigmática, chega nessa bolha idílica com a filha adolescente e aluga uma casa que pertence aos Richardson. Em pouco tempo, as duas se tornam mais do que meras inquilinas: todos os quatro filhos da família Richardson se encantam com as novas moradoras de Shaker. Porém, Mia carrega um passado misterioso e um desprezo pelo status quo que ameaça desestruturar uma comunidade tão cuidadosamente ordenada.
Eleito nos Estados Unidos um dos melhores livros de 2017 por veículos como Entertainment Weekly, The Guardian e The Washington Post, Pequenos incêndios por toda parte explora o peso dos segredos, a natureza da arte e o perigo de acreditar que simplesmente seguir as regras vai evitar todos os desastres.
“Uma experiência de leitura totalmente envolvente, muitas vezes dolorosa e capaz de causar profunda empatia.” — The New York Times Book Review

Oi gente, a Resenha de hoje é pelo nosso novo colaborador Bruno Bastos. Confira o que ele achou desta leitura e deixem seus comentários. 

Uma casa de família rica, em uma pequena cidade no interior do estado americano de Ohio, pega fogo, todos da família parecem saber quem causou aquele incêndio, a filha mais nova não está entre os moradores que se reúnem em frente à casa em chamas, mas quais os motivos que ela teve para tomar essa atitude tão drástica? Teria sido ela realmente? Quais as consequências que esse ato causará à família.

Este é o segundo romance de Celeste Ng, e não digo romance no sentido de história de amor, e sim no que diz respeito à uma história muito bem construída, cheia de questões a serem resolvidas e que trata de fechar todo o enredo por ela proposto. Celeste é magnifica em criar estes tipos de história, e a maneira como ela conduz “Pequenos Incêndios por Toda Parte” é a prova da sua capacidade grandiosa como escritora.
O livro trata de muitos temas polêmicos, de muitas histórias misturadas, margeando a história principal e o grande mistério da trama, quais segredos guardam uma mulher e sua filha que do nada aparecem na vida da família Richardson? Mia é uma mulher misteriosa, nem sua filha Pearl sabe muito sobre o seu passado. Os Richardson recebem as duas de braços abertos para que Mia trabalhe em sua casa.
Os mistérios de Mia contagiam a filha mais nova da família, Isabelle, ou apenas Izzy como todos a chamam, percebe que sua mãe tem muitos defeitos e sua rebeldia se aflora ainda mais, vendo que existem mães carinhosas e que se preocupam muito mais com seus filhos.

Apesar da relação mãe e filha ser o tema central das histórias, várias outras polêmicas da vidas dos personagens são tratadas durante a história, temas que geram muito debate, muita briga e que levam a trama a ficar ainda mais instigante, como por exemplo gravidez na adolescência e adoção.

A capacidade da autora criar discussão é gigantesca, como por exemplo no caso da adoção, ela não trata o tema apenas como “adotar ou não adotar uma criança”, ela vai muito além disso, cria situações surpreendentes e inimagináveis, com soluções dolorosas, pouco convencionais e cheias de argumentos contra e a favor do tema.

Eu gosto muito de títulos que tem tudo haver com a trama do livro, mas fico apaixonado por títulos que em uma frase, lá pro final do livro, passam a fazer sentido para você e caem como uma luva na história e para você entender a necessidade de um título de 5 palavras, quase uma pequena frase, vai precisar ler mais de ¾ dessa trama apaixonante.

Pequenos Incêndios por Toda Parte é daqueles livros que faz você ter todos os sentimentos possíveis durante a leitura, vai do ódio ao carinho eterno pelos personagens, sorri e fica feliz com o desenrolar de uma cena, mas na seguinte faz até os mais durões dos leitores chorar, você se sente dentro da família, se sente amigo daqueles personagens que ti cativam e odeia com todas as forças aqueles que simplesmente te fazem sentir os piores sentimentos possíveis.

O livro não tem muita ação, acho o estilo de escrita muito parecido com o de John Grisham, que não expõe violência na trama e que tratam muito bem de casos judiciais e sabem como conduzir uma história cheia de mistérios e com muitas surpresas dentro da história.

Pequenos Incêndios por Toda Parte é a afirmação de Celeste como escritora, ela se tornou para mim uma daquelas autoras que quando lança um livro vou correr para a livraria e comprar, e se você ainda não conhece ela, não faz ideia do que está perdendo.

A capa e a edição feitas pela intrínseca são maravilhosas, dignas da grandiosidade desta obra. Ao lado de “Uma Guerra Americana”, “Pequenos Incêndios por Toda Parte” é o melhor romance do ano para mim, uma grande história, cheia de nuances, repleta de reviravoltas e muito instigante, Celeste Ng entra para a prateleira de grandes escritoras para mim, estupenda, fantástica, uma obra perfeita, você não pode deixar de ler, sua cabeça vai explodir com tantos acontecimentos impactantes.

E você, quais os pequenos incêndios que gostaria de provocar?

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!