[RESENHA] UM REINO DE SONHOS (DINASTIA WESTMORELAND #1) - JUDITH MCNAUGHT

sexta-feira, 13 de julho de 2018


Título Original: A Kingdom of Dreams
Tradutor: Valéria Lamin
EAN: 9788528622324
Gênero: romance estrangeiro
Páginas: 378
Formato: 16 x 23 x 2 cm
Editora: Bertrand Brasil


Sinopse: Um romance da Dinastia Westmoreland.

Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia. Quando seu irmão, Stefan, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas de um lorde escocês, do convento onde vivem, as vidas de Royce e Jennifer se entrelaçam. Ele, um poderoso guerreiro que já ganhou muitas batalhas, não vê a hora de encontrar uma mulher que o amará pelo homem que é, não pelo medo inspirado por sua lenda. Ela, uma jovem rebelde em busca do amor e da aceitação de seu clã, mesmo na condição de prisioneira, não se deixa abalar pela fama de seu arrogante captor.

Conforme os conflitos entre os dois se tornam mais frequentes, a urgência de se entregarem um ao outro só aumenta. Certa noite, quando ele a toma apaixonadamente nos braços, desperta nela um desejo irresistível. Mas, se Jennifer seguir seu coração, perderá tudo aquilo pelo que vem lutando e jurou honrar. 


Resenha...

 Eu leio romance de época algum tempo, uns 18 anos por aí, e percebi que deve fazer este tempo que espero a publicação no Brasil do livro Um Reino de Sonhos da autora Judith McNaught, e o primeiro da série Dinastia Westmoreland. Porém os outros livros da série Whitney, Meu Amor e Até Você Chegar, já foram publicados no Brasil, alguns anos atrás, e até existe várias reedições, e no momento a editora irá relança-los.



Um Reino de Sonhos, o único livro ambientado no período medieval tanto da série quanto escrito pela autora, irá nos mostrar os ascendentes da família Westmoreland. Mas independente da época a autora sempre deixa sua marca registrada: personagens fortes, reviravoltas e muito romance.




Royce Westmoreland, o duque de Claymore, mais conhecido como o temível, Lobo Negro, um guerreiro poderoso, corajoso, grande líder do seu exército e leal súdito do rei Henrique da Inglaterra. Atualmente sua luta com os escoceses, e o seu próximo confronto será com o clã Merricks, porém talvez não seja necessário derramar sangue para conquistar as terras deste clã.





Jennifer Merrick, a filha mais velha do líder do clã dos Merrick, tem uma personalidade forte, destemida, audaciosa e inteligente, era adorada por seu povo, mas devido uma armação e várias mentiras espalhadas pelo seu meio irmão sobre ela, acabou criando uma animosidade do clã em relação a ela. E quando foi reagir contra o meio irmão, gerou certa confusão, e o pai decidiu enviá-la juntamente com a meia-irmã Brenna, para um convento.


Jenny estava uns dois anos no convento, e quando voltava de uma visita ao vilarejo local, foi raptada, juntamente com a irmã Brenna, pelos homens do exército do Lobo Negro. E neste momento começará o inferno... não de Jenny, mas sim de Royce Westmoreland, só acho...





Royce é um guerreiro imbatível, mas um homem justo, naquela época com as filhas do seu inimigo em seu poder, Jenny e Brenna poderiam sofrer muitos outros tipos de infortúnios. E mesmo tendo de aguentar todas as situações arquitetadas por Jenny, além do temperamento tempestuoso, os embates entre os dois, levando Royce da fúria, mas ao mesmo tempo ao encantamento por ela.



Os sentimentos começam a mudar... Jenny começa a perceber que todas as informações horríveis do temido, duque de Claymore são desmentidas por suas atitudes nobres em relação a ela. Eles acabam se apaixonando, mesmo não tendo um futuro juntos, já que ela sendo escocesa e ele um inglês, e ambos os países em guerra, torna-se impossível a união, a não ser...





Leitoras da Tia Ju (sim, sou íntima) sabem que a autora abala nossas emoções durante a leitura, com suas reviravoltas inesperadas, e quando você imagina que nada pode dar errado, a autora consegue criar habilmente uma situação e muda tudo. Mas ela consegue consertar tudo magistralmente.




Outra particularidade que os personagens são inesquecíveis, e não somente os principais, mas também os secundários, neste livro destacam dois: a falante e engraçada Tia Elinor, uma senhora muito perspicaz e bastante intrusiva, mas acaba conquistando todos, inclusive Arik, calado, praticamente não falou durante todo o livro, mas as falta de palavras juntamente com a esfuziante Tia Elinor roubaram algumas cenas nos livros. 



A autora também escreve  romances contemporâneos, a Editora Bertrand algum tempo atrás publicou Tudo por Amor (resenha aqui). E apesar de ser uma autora com mais de 20 anos de carreira, tem somente 18 livros publicados (e no Brasil só falta um, já foram publicados 12 livros ), por motivos pessoas, a autora não escreve desde 2006, mas recentemente ela anunciou seu retorno com um novo livro. E mesmo com a pouca quantidade de livros, mas são suficientes para deixar uma grande legião de leitoras fiéis e apaixonadas que não cansam de ler e reler suas obras.

A Editora lançou recentemente o segundo livro da série Dinastia Westmoreland, “Whitney, Meu Amor”, que na verdade foi o primeiro livro escrito pela autora, mas vamos deixar essas informações para a resenha do livro que em breve estará no blog.
 
Whitney, Meu Amor (Dinastia Westmoreland #2)
Judith McNaught

Nova edição do clássico livro de estreia de Judith McNaught.


A encantadora e impetuosa Whitney não tem medo de dizer o que pensa. Por conta de seu comportamento pouco apropriado para uma moça da sociedade inglesa do século XIX, ela é forçada, pelo pai frio e severo, a mudar-se para a casa dos tios em Paris, onde recebe aulas para se tornar uma dama. Sob o cuidado dos amorosos e dedicados tios, ela desabrocha em uma mulher sofisticada e bela, tornando-se a sensação da esfuziante sociedade parisiense. Quando retorna à Inglaterra, está mudada, mas ainda deseja conquistar o belo Paul, seu primeiro amor. Mas há alguém que parece disposto a destruir sua felicidade: trata-se de Clayton Westmoreland, um poderoso duque, que está decidido a ter Whitney a qualquer preço.

 

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!