[RESENHA] NADA ESCAPA A LADY WHISTLEDOWN - JULIA QUINN; MIA RYAN; SUZANNE ENOCH; KAREN HAWKINS

sexta-feira, 31 de agosto de 2018



Lançamento: 09/04/2018
Título original: The Further Observations of Lady Whistledown
Tradução: Ana Beatriz Rodrigues
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 320
Peso: 0.42 kg
Acabamento: brochura
ISBN: 9788580418262
EAN: 9788580418262


Sinopse: Em Nada escapa a lady Whistledown, a cronista eternizada por Julia Quinn continua a revelar os acontecimentos mais apimentados da temporada londrina. Suas colunas são o fio condutor das quatro histórias que formam esta encantadora e divertida coletânea. 

Há tanto a ser dito sobre o baile oferecido por lady Trowbridge, em Hampstead, que esta autora não teria como contar tudo em só uma coluna...

Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1813

Julia Quinn encanta...

A alta sociedade está em polvorosa, afinal a debutante mais promissora da temporada foi rejeitada por seu pretendente... apenas para ser conquistada em seguida pelo charmoso irmão mais velho do canalha que não a quis.

Suzanne Enoch fascina...

Um futuro noivo fica sabendo que o comportamento escandaloso de sua bela prometida foi parar na coluna de lady Whistledown e volta correndo para Londres com o intuito de ganhar o coração da moça de uma vez por todas.

Karen Hawkins seduz...

Um conhecido libertino tem sua amizade mais antiga e seu coração postos à prova quando uma adorável dama se encanta por outro cavalheiro.

Mia Ryan delicia...


Uma jovem é despejada da própria casa por um detestável – embora charmoso – marquês que pretende tomar posse não apenas do imóvel, mas também de sua antiga moradora.


O segundo livro da antologia Nada Escapa a Lady Whistledown, também constitui de 4 contos com as mesmas autoras da antologia anterior, Lady Whistledown Contra-Ataca (resenha aqui). Sendo que os contos do livro anterior não tem ligação com os contos deste novo livro. 
Cada história com um casal diferente. Enquanto  no outro tinha uma trama paralela que interligava os quatro contos, neste apenas as narrativas são interligadas entre si. Igualmente como antologia anterior, as crônicas da nossa querida colunista de fofoca, Lady Whistledown, que aprendemos a amar na série Bridgertons, aparecem em cada capítulo de cada conto, porém escritas pela autora, Julia Quinn. 


Então vamos conhecer um pouquinho de cada conto?!?!?



Quando o teu prometido deste do nascimento volta após 19 anos sem nenhuma carta ou contato reivindicando o casamento?


Lady Anne Bishop já não tinha esperanças que seu prometido noivo retornasse algum dia, por isso decidiu aproveitar a temporada para quem sabe encontrar algum outro pretendente, ou fingir querer arranjar outro pretendente, porque na verdade era estava curtindo uma possível solteirice permanente. Ao mesmo tempo ela não entendia  porque foi abandonada durante tanto tempo, já que não era feia, pelo contrário uma beldade da sociedade.


Porém um belo dia o tal noivo aparece, Maximiliam Trent, o marquês de Halfurst, após ler um nota no jornal, ou melhor na coluna da nossa fofoqueira preferida,  de um suposto interesse de Lady Anne em outra pessoa, no caso, em sir Royce Pemberley (protagonista do segundo conto), revolve assumir o compromisso afirmado de tantos anos, mas Anne não ira facilitar em nada a corte do marquês.


Maximiliam terá que usar seu poder de sedução, e muita paciência e enfrentar grandes embates, no melhor estilo que Suzanne Enoch sabe escrever, para  conquistar, ou melhor, para fazer Anne aprender amá-lo, da mesma maneira que ele sente por ela.


Um romance divertido, romântico e sensual, impossível não amar... apesar de poucas páginas Suzanne Enoch deixa sua marca de uma excelente romancista e duelista  de palavras de seus protagonistas. 


Sou suspeita para falar da autora, amo sua escrita desde a época das publicações dos seus livros de banca, foram mais de 20 publicados no Brasil (tenho todos, rsrsrs).



Quando uma amizade antiga vira uma paixão avassaladora...


Srta. Elizabeth Pritchard aos 31 anos, é tida como uma solteirona fora do mercado de casamento, órfã e dona de uma boa fortuna decidiu encontrar alguém para compartilhar a solitária vida. E encontra isso inicialmente na pessoa de lorde Durham, um senhor sem grandes atributos físicos e que tem uma vida simples no campo. Elizabeth não tem grandes perspectivas que encontrará alguém melhor... mas será que o par ideal não está bem ao lado esse tempo todo???


Sir Royce Prembeley, irmão da melhor amiga de Elizabeth, e também seu amigo de anos. Um solteirão convicto, charmoso e libertino, e como definido pela Lady Whistledown em sua coluna, “perverso e diabólico”, nunca teve um relacionamento sério com alguém, e foge de casamentos. Mas o interesse da amiga e confidente, Elizabeth em alguém, desperta emoções diferentes em Royce, que o próprio não tinha conhecimento,  talvez uma certa preocupação com a felicidade de sua amiga? Ou um ciúme derivado de sentimentos escondidos?


Tanto Royce quanto Elizabeth irão rever sua relação, ela querendo um parceiro para vida, e ele talvez não preparado para encontrar sua cara metade... 


Muitas mudanças em tão poucas páginas... Karen Hawkins foi primorosa em passar ao leitor todos os nuances das mudanças de sentimentos entre o casal, com diálogos divertidos e inteligentes, uma sensualidade envolvente e um romance bastante maduro. Karen conquista e nos prende do inicio ao fim da leitura.


A autora tem uma particularidade, praticamente todos seus protagonistas são casais mais maduros, em ambos os contos das antologias.


Um detalhe tem um momento do livro que ela se refere à família Bridgertons da série da autora Julia Quinn, juntamente com os St. John, são personagens de uma série da Hawkins, Talisman Ring, sendo que o quinto e último livro são um dos três livros publicados da autora no Brasil em formato de banca.


Alguém que você deteste, será que um dia poderá amá-lo???


Qualquer outra estaria feliz da vida por ter um pretendente, quase um noivo para casar... mas Lady Caroline Starling estava chorando... de tristeza. Não gostaria de se casar principalmente, com alguém tão enfadonho que até nome rimava, Ernest Wereing, conde de Pellering. No momento de angustia um lindo cavalheiro veio confortá-la, mas precisamente emprestar um lenço para secar suas lágrimas, o que ela não sabia que o tal cavalheiro nem tão galante assim, era alguém que ela odiava...


Terrence Greyson, lorde Darington, um homem taciturno que vivia mais no campo, e não sabia como se comportar em sociedade, herdou uma propriedade depois da morte do seu primo, este casado com a mãe de Caroline, algumas inconveniências mal explicadas aconteceram neste período, que ocasionou quase a expulsão da mãe da Caroline e da própria da propriedade onde moravam, automaticamente culparam o grosseirão, lorde Darington, mas elas não sabiam que o próprio não estava a par da situação...

Darington quer casar com alguém que ajuda se integrar na sociedade londrina, Caroline não é uma boa opção porque não a influência que ele precisa, mas a forte atração dele por ela, poderá mudar seus planos, o problema é Caroline aceitar a sedução, e esquecer os fatos do passado.

Este conto é bem curtinho e fofo, o estilo de Mia Ryan, desde o outro conto na antologia anterior, não a conhecia, e realmente não tem muitos livros publicados, até utiliza de outros pseudônimos. Ryan é uma autora que em poucas páginas consegue construir uma linda história, além de sempre ter algum elemento engraçado, neste ficou por conta dos gatos de Caroline, o Lorde Libertino e Srta. Cuspidela (somente lendo o livro para descobrir o motivo do nome...)


Ainda há esperança no dia de São Valentin...

Srta. Susannah Balister era uma beldade, e pelo que tudo indicava um futuro perfeito ao lado de um homem invejável, mas tudo mudou repentinamente, de grande sucesso virou chacota, e uma debutante esquecida da sociedade, até que aparece o ex cunhado.

David Mann-Formsley, conde de Renminster, diferente do irmão Clive, um homem discreto e responsável, ficou constrangido devido a atitude do irmão diante de Susannah, e tudo que ocasionou para vida da moça, e resolveu tentar consertar, o que ele não sabia que iria se apaixonar pela bela, inteligente e bondosa ex-noiva do irmão.

Um casal improvável, porém perfeito, toda sua sisudez começa ser derretida pela meiga e corajosa Susannah, pelo qual ele passa admirar devido a postura que enfrentou toda uma sociedade.  E ela encontra nele talvez o que ela pensava que tinha encontrado em Clive.

Julia Quinn através de uma escrita que somente ela consegue construir com suavidade, romantismo e uma doce sensualidade que impossível não conquistar todas nós leitoras românticas. 

Neste conto bem no início ela faz referências os Smythe-Smith e a Penelope Featherington.          

Por incrível que pareça se me perguntar qual das duas antologias é a melhor, podem acreditar não tenho como responder... 

Meu ponto de vista aconteceu algo interessante, por exemplo, o conto da Suzanne Enoch da primeira antologia (Lady Whistledown Contra-Ataca) gostei mais do que o conto desta antologia, já o conto da Julia Quinn prefiro desta da antologia a anterior. Porém da Mia Ryan, gostei mais do conto da outra antologia do que desta. E da Karen Hawkins gostei desta antologia do que da outra. Resumindo... empate técnico. Podem acreditar é verdade...

Mas independente das preferências são 8 contos bem construídos, um trabalho primoroso de sincronismo, principalmente desta já que não tinha um fator que interligava como na anterior, simplesmente eram acontecimentos que apareciam praticamente todos os casais nas mesmas cenas ou em algumas situações. Indicado a leitura das duas antologias. Com certeza uma excelente diversão!!!!                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                            
 

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!